14850
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Brincar com bichos de brinquedo

Nesta atividade, pelúcias servem como mote para as crianças explorarem as semelhanças e as diferenças entre diversos bichos.

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Nataly Gomes Ovando

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Converse previamente com os familiares dos bebês e peça que enviem para a escola animais de brinquedos de diversos tamanhos cores e texturas. Oriente os responsáveis para que os pequenos participem da escolha dos seus bichos preferidos.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Som e imagem de pássaros com bebês (link)

Brincar com bichos de brinquedo (link)

Imitar bichos com os bebês (link)

Explorar os bichos do jardim (link)

Conhecer bichos de estimação (link)

Materiais:

Você precisará de: duas caixas organizadoras (pode ser de papelão, encapadas com plástico ou papel, para que fiquem mais resistentes, ou ainda, caixas de madeira); animais de brinquedos em pelúcia, madeira, plástico ou tecido de variados tamanhos cores e texturas; dois tapetes para acomodar em pequenos grupos os bebês, pedaços grandes de tecidos (cangas, lençol ou toalha de mesa) para cobrir as caixas, aparelho de som com dispositivo móvel que contenha músicas com a temática bichose sons de animais.

Espaços:

Em ambiente interno, organize espaços com tapetes, nos quais as crianças possam se acomodar em dois pequenos grupos. Perto deles, disponibilize as caixas preparadas, contendo em seus interiores animais de brinquedos, variando-os em tamanho, cor e textura. Prepare o som com músicas cuja temática seja bichos. Como sugestão, pode ser inserido no repertório musical as seguintes canções: Leãozinho (Palavra Cantada), Tartaruga e o Lobo (Palavra Cantada), Um Bem-Te-Vi (Crianceiras), Caranguejo (Tiquequê), Bota Ovo (Tiquequê).

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1.Como os bebês exploram os bichos de brinquedo apresentados? Conseguem diferenciar os animais presentes na brincadeira?

2. Como imitam os gestos e os movimentos das crianças e adultos durante as brincadeiras com os bichos?

3. Como é a interação entre os bebês e entre adultos e bebês participantes? Observe como comunicam suas necessidades, desejos e emoções.


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Organize para que todas tenham asseguradas as condições de participar. Nesse contexto, cuide para que os bebês muito pequenos e que não se sentam com autonomia tenham o apoio necessário e estejam dispostos com o grande grupo. Garanta um espaço seguro para aqueles que se sentam com autonomia e espaço de mobilidade para aqueles que engatinham ou andam, com ou sem autonomia.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Em roda, ou da maneira em que os bebês fiquem confortáveis e visualizem o processo, comunique ao grupo todo a proposta de atividade. Cubra as caixas com tecidos e instigue os bebês a se voltarem para o que está escondido sob os panos. Garanta que o momento tenha encantamento, propondo ao grupo curiosidade, empolgação e imaginação. Com entusiasmo, identifique os bichos representados pelos brinquedos. Divida a turma em dois pequenos grupos e disponibilize uma caixa ao centro de cada equipe. Os bebês estão curiosos! Querem se aproximar da caixa. Se expressam com gestos, balbucios e gritos. Engatinham até a caixa e se apoiam para visualizar o que nela contém. Repetem por diversas vezes o movimento de tirar e colocar os brinquedos de dentro da caixa e se apoiam para tirar o brinquedo do seu interior. Desafiam-se ficando em pé para conseguir alcançar o objetivo de segurar o brinquedo e explorá-lo com propriedade. Esteja sempre presente nos pequenos grupos, apoiando-os com gestos, movimentos, falas e expressões. Garanta que todos os bebês se aproximem da caixa e selecionem o brinquedo que desejam manipular.


2

Os bebês exploram os bichos de brinquedos livremente. Sentem as diferentes texturas e formas. Levam-nos à boca, observam-nos e os jogam no chão. Provoque as crianças a identificar os bichos de brinquedo, traçando novas descobertas e brincadeiras ao grupo de bebês. Participe da brincadeira pedindo que os bebês lhe tragam alguns animais, por exemplo o cachorro, o gato, o leão, para que assim possam identificar e diferenciar os bichos ali representados por brinquedos. Convide-os a interagir com os colegas e com os adultos presentes, propondo trocas. Brinque junto com a turma, propondo brincadeiras de faz de conta, por exemplo, casinha para os bichos.


3

Chame a atenção do grupo de bebês, provocando-os para perceber ainda mais diferenças e semelhanças entre os bichos que estão ali à disposição para pesquisa exploratória. Fale sobre a cor, textura, se têm pelos, diferenças de tamanho, habitat natural de cada bicho ali representado e use o corpo para dançar ao som das músicas selecionadas e que remetem ao tema. Os bebês balbuciam, batem palmas e buscam interagir. Amplie a atenção periférica deles, chamando a atenção do grupo para o som presente no ambiente. A cada cada nova música, provoque-os a ouvir o som e a identificar os bichos que a canção propõe. A cada troca de canção, incentive-os a identificar o bicho trazido pela composição. Use o banco de sons selecionado para instigar os bebês no jogo imitativo. Caso o ambiente tenha espelhos, utilize-os como recurso, para que os bebês possam visualizar seus próprios movimentos e os dos outros bebês e adultos envolvidos nesse momento. Registre com vídeos cada balbucio e expressão, garantindo assim uma ação reflexiva posterior, com a análise das ações dos bebês.


Para finalizar:

Para encerrar a atividade, comunique aos bebês que em alguns minutos irão começar a guardar os brinquedos e compartilhe com eles a próxima proposta. Peça ajuda para que, dentro de suas possibilidades, cada qual possa colocar os brinquedos dentro das caixas e organizá-las em seus devidos lugares. Cante uma canção que costuma determinar o momento de arrumação com sua turma, por exemplo, a do grupo Palavra Cantada, Para arrumar a bagunceira. Apoie e encoraje as iniciativas dos pequenos nesse momento.

Desdobramentos

Organize uma brincadeira de esconder e procurar os bichos com o grupo de bebês. Para isso, esconda os animais de brinquedos em diversos cantos da sala e provoque as crianças para a brincadeira de esconder/achar. Essa proposta amplia o repertório delas e oportuniza novas descobertas.

Engajando as famílias

Monte um painel próximo à sala dos bebês, em uma altura que facilite a visualização de crianças e adultos. Selecione as imagens em sequência de fatos. Crie legendas, de modo que as famílias possam entender como foram importantes e desafiadores cada momento vivenciado pelo bebê. Escolha registros que expressem sentimentos e descobertas vivenciados, revelando o percurso do grupo em suas pesquisas exploratórias sobre os bichos, seus movimentos e sons ao brincar de forma prazerosa, envolvendo habilidades motoras e favorecendo a representação do pensamento.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01ET01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EO04 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano