14199
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - Luz e sombras: Brincando com objetos luminosos

POR: Rozemar Messias Candido dos Santos 30/11/2018
Código: EDI1_14UND05

1º ano / Educação Infantil

Atividade alinhada à BNCC:

(EI01CG03) Imitar gestos e movimentos de outras crianças, adultos e animais.

(EI01ET04) Manipular, experimentar, arrumar e explorar o espaço por meio de experiências de deslocamentos de si e dos objetos.

(EI01EO02) Perceber as possibilidades e os limites de seu corpo nas brincadeiras e interações das quais participa.

Plano de atividade de Educação Infantil com atividades para bebês sobre manipulação de seu corpo na criação de figuras utilizando a sombra

Resumo

ilustracao

Use um projetor ou lâmpadas para mostrar imagens e brincar com sombras na parede da sala de referência.

O que fazer antes?

Contextos prévios:

A proposta é fazer atividades com objetos luminosos que envolvemluz/sombra. Para isso, você pode usar recursos como retroprojetor, datashow, abajour, lâmpada spot ou outro que tenha disponível em sua escola. Selecione as músicas que serão utilizadas enquanto as sombras “dançam” na parede. Podemos colocar fotos impressas em transparências no retroprojetor ou colá-las na parede e direcionar as luzes nelas. Monte o espaço antecipadamente, organizando as transparências com fotos das crianças bem como os demais materiais e recursos necessários.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Luz e sombra: brincadeiras com lanterna (link)

Luz e sombra: brincadeiras com celofane (link)

Luz e sombras: brincadeiras com lençol (link)

Luz e sombra: vamos fugir ou pegar? (link)

Luz e sombras: brincando com objetos luminosos (link)

Materiais:

Retroprojetor (datashow ou outro tipo de lâmpadapara obter os objetos luminosos), aparelho de som (rádio, caixa de som ou celular com música), transparências com fotos das crianças impressas, objetos diversos (talheres, pratos, copos, bolas, bambolês, tecidos, elementos da natureza como galhos, gravetos, pinhas, folhas, pedras etc.).

Espaços:

Prepare um local aconchegante para que todo o grupo de bebês possa sentar na sala, se assim desejarem, de frente para o recurso que irá reproduzir os objetos luminosos. Use tapetes, colchonetes, almofadas, pufes, travesseiros, ou outro material que você tenha disponível para acomodar as crianças. Apague as luzes e feche as cortinas. Se achar necessário, coloque cobertores nas janelas, para ficar mais escuro. Direcione a luz para a parede e posicione-se ao lado do retroprojetor ou da lâmpada, para que você possa mudar as transparências e objetos. Organize de um jeito atraente os cantos de atividades, um com bolas, bambolês e tecidos e outro com elementos da natureza. Esses cantos ficarão disponíveis para que as crianças tenham acesso quando desejarem. Deixe espaço livre entre os cantos, para os bebês circularem sozinhos, com os pares ou com a ajuda do professor, se necessário.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos

Perguntas para guiar suas observações:

De que forma os bebês perceberam e/ou ampliaram a percepção das possibilidades e limites de seu corpo nas brincadeiras com objetos luminosos?

Que tipos de explorações as crianças fizeram durante a atividade? (manipulação, experimentação, arrumação e deslocamentos de si e dos objetos...)

Como interagiram durante a atividade: as crianças imitam as outras? Imitam os adultos?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cadacriança ou do grupo. Organize para que todas as crianças tenham asseguradas as condições de participar. Incentive a participação de todas. Auxilie quando necessário, garantindo que todas estejam em atividade, conforme suas preferências, ritmos e possibilidades.

O que fazer durante?

1

Convide todo grupode bebês para se aproximar e apresente o material. Explique a proposta e permita a livre exploração. Se posicione ao lado do retroprojetor ou lâmpada. Garanta que os bebês menores estejam acomodados de forma confortável, próximos ao grupo todo e de maneira que possam fazer tentativas de locomoção até os objetos de interesse, quando necessário. É importante que um adulto acompanhe as crianças nesse momento, enquanto outro realiza os movimentos com a lâmpada nas transparências. Apresente as fotos dos bebês de forma atrativa, chamando atenção com variações na entonação de voz e gestos de surpresa. Seja um mediador para as descobertas dos bebês. Permita que explorem os materiais por um tempo e observe atentamente seus gestos,expressões e iniciativas de interação. Apoie as ações deles, evitando ao máximo dirigir as iniciativas. Aproxime-se fazendo comentários como:

“Olhem, quem é este aqui? Vocês conhecem? Será que é ele mesmo? Como está grandão! E agora, quem é? Parece que todos cresceram”.

Possíveis ações das crianças neste momento: ao ver sua imagem refletida na parede, um dos bebês bate palmas, demonstrando se reconhecer. Outra criança que está de pé ao lado, aponta o dedo em direção ao amigo fazendo a associação entre ele e a imagem.


2

Interaja com os bebês que se aproximam do projetor de luz, incentivando que pequenos grupos venham dançar einteragir com as sombras na parede. Coloque uma seleção de músicas para tocar. Oportunize que cada bebêmovimente o corpo, seja balançando os braços ou batendo palmas, para que percebam e relacionem seus movimentos com os das sombras. O professor que está no tapete com os bebês incentiva os que não se locomovem com autonomia a dançar e cantar a música, assim como bater palmas, por exemplo. Faça movimentos de balanço com o corpo em frente à luz, instigando a observação bem como a imitação em relação às sombras na parede. Registre através de fotos, vídeos, ou escrita de palavras chave, o que facilitará a continuidade da documentação pedagógica após o término da atividade. Faça comentários para desafiar a percepção deles.

Possíveis falas do professor nesse momento: Olhem minha sombra que interessante, venham ver! E a sombra de vocês? Onde ela está? Sumiu? Achou? Olhem, minha sombra está parada agora. Eu me mexo e ela se mexe também, está me imitando!


3

Após esse momento de descobertas e explorações iniciais, chame uma das crianças que esteja envolvida na exploração dos cantos e solicite que traga um dos objetos para pesquisa no suporte de luz (retroprojetor ou o que estiver sendo usado). É provável que, observando essa ação, mais bebês tragam objetos dos cantos e tentem colocá-los no mesmo lugar. Facilite essas ações de forma que todos tenham chance de explorar, interagindo com os objetos luminosos. Apoie e valideas diferentes brincadeiras e as formas de pesquisa iniciadas pelas crianças. Convide uma delas para trazer algum elemento da natureza que esteja explorando e colocá-lo próximo a lâmpada ou em cima do retroprojetor. Chame atenção para a sombra refletida. Com outras crianças, proponha que coloquem o objeto no chão, perto da parede e mais distante da lâmpada, levantando comparações que instiguem hipóteses e novas explorações para verificação.Encoraje os bebês em ações nesse sentido, evitando dirigi-los. Permita a livre expressão da criança e facilite suas descobertas. Chame a atenção de todo o grupo para essas ações e vivências, com a intenção de que, se assim desejarem, possam fazer o mesmo.


Para finalizar:

Para encerramento da atividade, com 10 minutos de antecedência, avise qual será a próxima proposta. Convide o grupo de bebês para ajudar na organização da sala. Acenda as luzes e abra as cortinas. Leve as caixas até os bebês, para que guardem os brinquedos bem como os elementos da natureza. Peça ajuda para que, dentro de suas possibilidades, cada criança possa guardar os objetos em seus lugares. Valorize e encoraje todas as iniciativas nesse sentido!

Desdobramentos

Variações possíveis para essa brincadeira:

1) Uma ideia interessante é a construção de caixas de luz. Você pode utilizar caixas de sapato, substituindo o retângulo da tampa de cima por papel celofane colorido. Dentro da caixa você pode colocar uma lanterna ou até mesmo o celular com a lanterna ligada. É só direcionar a luz, como se fosse uma lanterna colorida!

2) Para aqueles que não possuem datashow, é possível a construção de um pintando uma caixa de sapato com tinta preta e recortando um círculo na parede lateral da caixa. Nesse círculo, cole uma lupa. Você poderá passar imagens ou vídeos colocando o celular ligado com a imagem de ponta cabeça dentro da caixa, em direção à lente da lupa. Direcione a lupa na parede, assim como fez com o retroprojetor.

3) Para quem entende um pouquinho de instalação elétrica, é possível fazer um canhão de luz usando um cone de trânsito. Forre dentro dele com papel alumínio e encaixe uma lâmpada branca, deixando que o fio da lâmpada saia pela outra extremidade e seja ligado na tomada. Há muitas ideias interessantes e criativas na internet, é só pesquisar!

Engajando as famílias

Durante as atividades, registre, através de fotos e vídeos, divulgando posteriormente em reuniões iniciais com as famílias, para mostrar como funciona a unidade e quais são as propostas da turma.

Monte uma exposição com fotos, incluindo imagens e suas impressões sobre a proposta. Essa atividade também pode fazer parte dos portfólios, jornais informativos, álbum do bebê ou outras formas de registro utilizadas pela escola.

Faça um bilhete às famílias solicitando fotos dos bebês com seus familiares Passe essas fotos para as transparências e utilize no lugar das fotos só dos bebês. Se possível, exponha no dia da reunião para que as famílias possam apreciar suas imagens sendo refletidas na parede, ao lado desse registro descrito acima, que explica todo percurso da proposta.


Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor:  Rozemar Messias Candido dos Santos

Mentor: Keli Patricia Luca

Especialista do subgrupo etário: Ana Teresa Gavião

Campos de Experiência: O eu, o nós e o outro

Corpo, gestos e movimentos  Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações

Objetivos e códigos da Base:

(EI01EO02) Perceber as possibilidades e os limites de seu corpo nas brincadeiras e interações das quais participa.

(EI01ET04) Manipular, experimentar, arrumar e explorar o espaço por meio de experiências de deslocamentos de si e dos objetos.

(EI01CG03) Imitar gestos e movimentos de outras crianças, adultos e animais.

Abordagem didática:

Elemento de grande impacto emotivo para as crianças, que gera surpresa, mistério, encanto e diversão. As crianças em frente à ‘luz e sombra’ realizam diversos gestos em busca do desejo de tocar, capturar e transformar tais fenômenos. A sombra é uma oportunidade para se conhecer através de sua imagem projetada, que por vezes é privada de informações figurativas. Também é uma forma de conhecer o outro, de maneiras diversas – sombra maior, menor, desfocada, inclinada, entre outras perspectivas.     

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

ATIVIDADES DESSA UNIDADE:

ATIVIDADE 05

Luz e sombras: Brincando com objetos luminosos

VOCÊ ESTÁ AQUI

ATIVIDADES DESSA DISCIPLINA:

ATIVIDADES RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes