2ª Brincadeira: Diversão com lanternas

Observar o comportamento da luz é algo fascinante para as crianças. Com algumas lanternas e um lugar escuro, dá para fazer muitas experiências na escola

POR:
Rosi Rico
Ilustração: Pedro Hamdam

Desejo de tocar, capturar e transformar a sombra. As brincadeiras que exploram a existência e os efeitos da luz fascinam os bebês e os estimulam a realizar diversos gestos – num processo de autoconhecimento em relação ao próprio corpo e também ao do outro. Essas brincadeiras podem ser apresentadas de maneiras diferentes a eles. 

A professora Rozemar Messias Cândido dos Santos elaborou uma proposta para trabalhar com a lanterna, investigando a luz projetada pelo objeto em diversos ângulos e direções, fora e dentro de cabanas. Veja como organizar tudo para a diversão das crianças. 

Faixa etária: bebês 

Lista de materiais: Lanternas e tecidos escuros para a montagem de cabanas.

Espaço: Na sala, monte duas cabanas com tecidos colocados em cima das mesas. Os tecidos devem cobrir toda a mesa, para garantir um espaço escuro dentro. Distribua as lanternas: duas dentro de cada cabana (uma apagada e uma acesa) e outras duas ou três (apagadas) fora. Deixe espaço livre entre as cabanas para que os bebês circulem. Feche as cortinas e deixe as luzes da sala apagadas. Fique com uma lanterna para usá-la com os bebês que preferirem não entrar nas cabanas. 

Hora de explorar: Fale da atividade e convide os bebês a entrar na sala. Distribua as lanternas para que explorem o objeto. Se os bebês menores não conseguirem acendê-las, mostre como fazer para que possam repetir a ação. Assim que um bebê se aproximar da cabana, ressalte a ação positivamente. A ideia é estimular outros a entrar também. Observe e narre as descobertas a partir das explorações das crianças com a luz e a sombra. Você também pode convidar os bebês a entrar ou recortar uma janela no tecido da cabana, para que os que estão fora observem e participem. Pode pegar o bebê no colo e incentivá-lo a olhar pelo vão, direcionando a luz por meio dele, nos objetos e nas outras crianças. Diga: “Olhe, seu amigo está brilhando”. 

Observações: Durante a brincadeira, se possível, faça registros em fotos ou vídeos. E depois complemente com os registros escritos. Observe como os bebês se relacionam com a luz e com as sombras e quais explorações fizeram.

Inclusão: Identique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir uma criança de participar e aprender. Proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada uma delas. Auxilie quando necessário. O objetivo é assegurar condições para que todos participem. 

O plano de aula completo, com orientações sobre a brincadeira com lanternas, preparado pela professora Rozemar Messias Cândido dos Santos, está disponível aqui.

Tags

Guias