13703
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Você conhece? É o gênero dramático!

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do Fundamental sobre gênero dramático

Plano 01 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Elisa Greenhalgh Vilalta

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero dramático e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Leitura/escuta.

Materiais necessários: computador e projetor multimídia, cópias do quebra-cabeça com a foto de uma peça de teatro sendo encenada, envelopes com adivinhas e 1 cartolina para registro de sistematização.

Informações sobre o gênero: O texto dramático pode ter apenas função literária, mas seu principal objetivo é ser encenado. É dessa maneira que o gênero se mantém “vivo e atual”, pois cada nova encenação pode trazer algo diferente, tendo em vista quem atua, quem dirige e quem vai assistir a apresentação. Justamente porque as pessoas vão ao teatro para "assistir" alguma coisa, o texto dramático conta com muitos elementos visuais, descritos em marcas cênicas (também conhecidas como “didascálias” ou “rubricas”). Essas marcas podem orientar quanto a ambientação, cenário, iluminação, roupas, gestos, vozes dos personagens, entre outros... Em geral esse é um texto sem narrador e é comum que a obra seja, em sua maior parte, dialogada. Outra característica do gênero é a “concentração no conflito” ou no “drama” como o próprio nome anuncia, para isso o antagonismo na construção dos personagens é importante, bem como a expectativa gerada com o desenlace do conflito. O drama também tem por objetivo “presentificar o instinto de jogo da condição humana” ou seja o lúdico, as regras, o esforço e a colaboração para a encenação estão presentes nas peças e nos “jogos teatrais”. Por último, vale lembrar que o “teatro é teatro” e que as emoções e encenações são apenas representações da realidade, sugerindo um exercício reflexão, posicionamento e de ampliação do universo cultural e social dos alunos. (adaptado do texto "Encenar e ensinar – o texto dramático na escola" de Rosemari Calzavara)

Dificuldades antecipadas: Em geral, os alunos têm pouca familiaridade com o gênero dramático, o que pode dificultar a leitura da imagem e consequentemente a montagem do quebra-cabeça. Tendo isso em vista, o contorno das peças do quebra-cabeça não foi pré-definido. O recorte que o professor fará, vai conferir maior ou menor grau de complexidade à atividade. Os alunos também podem apresentar dificuldades em encontrar as palavras que completem as adivinhas por ter tido pouco ou nenhum contato com o gênero dramático. Se achar conveniente, um banco de palavras pode ser disponibilizado para que sirva como um apoio para a atividade.

Referências sobre o assunto:

CALZAVARA, Rosemari Bendlin. Encenar e ensinar – o texto dramático na escola. R.cient./FAP, Curitiba, v.4, n.2 p.149-154, jul./dez. 2009. Disponível em: http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/revistacientifica/article/view/1612/952

Prepare-se para cenas dramáticas - disponível em https://novaescola.org.br/conteudo/2205/prepare-se-para-cenas-dramaticas - acessado em 21 de julho de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Explique para a turma a proposta da aula do dia.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: A atividade será introduzida a partir da montagem de um quebra-cabeça que irá antecipar informações sobre o gênero dramático. A imagem para o quebra-cabeça está disponível nos materiais complementares para a impressão. É interessante que ela esteja impressa ou colada em um papel com gramatura maior. Caso não seja possível a impressão, pode-se procurar fotografias em revistas ou jornais, com anúncios de peças teatrais, e utilizar como quebra-cabeça.

  • Faça grupos de 4 alunos. Arrume esses grupos ao redor de uma mesa e entregue uma caixa com o quebra-cabeça. Ao seu sinal, os alunos abrem a caixa e começam a montar o quebra-cabeça. Quando estiver montado, os alunos podem colá-lo em uma folha de papel sulfite (ofício). Determine o tempo para montagem para que os alunos não se dispersem.

Materiais complementares:

Quebra-cabeça.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Após a montagem do quebra-cabeça, mostre o slide e inicie uma discussão sobre o que os alunos veem na imagem. Lembre-se que como o teatro é a representação da realidade e que os alunos podem fazer comentários de ambas perspectivas (por exemplo: podem dizer na cena veem uma árvore ou a representação de uma árvore). Proponha as questões a seguir:
  • O que vocês estão vendo nessa fotografia?
  • O que mais chamou sua atenção? (Já pensando na “leitura de imagens” peça que descrevam características mais específicas do que lhes chama atenção. Exemplo: se disserem “a bruxa” pergunte “o que na bruxa?”, pode ser sua roupa, sua expressão facial, postura corporal...)
  • Onde podemos encontrar essa cena?
  • Quais são as personagens?
  • O que estão fazendo?
  • Onde está sendo encenado?
  • Para quem esse texto foi produzido?

Comentários: Promova uma discussão em que seja possível os alunos refletirem sobre a duplicidade de sentidos existentes nessas perguntas. Assim valide respostas de ambos os tipos: diante da pergunta “o que estão vendo?” os alunos podem por exemplo dizer que estão vendo atores encenando uma peça, enquanto outros vão dizer que estão vendo a branca de neve e outros personagens. Quanto a pergunta “onde é possível encontrar essa cena?” o mesmo pode ocorrer, alguns vão dizer que é “no Teatro” enquanto outros podem dizer “na floresta”, fazendo alusão a representação do que estão vendo. Com relação a última pergunta “para quem o texto foi produzido?” pode surgir como resposta “para atores encenarem” ou “para o público que vai ao Teatro”, esclareça que o texto é produzido para os atores lerem e ensaiarem, mas que tem o intuito de chegar até o público em forma de encenação. Cuide para que não haja respostas certas ou erradas, oriente sempre no sentido de melhorar a elaboração das ideias.

2. Essa atividade de identificação do gênero, a partir da imagem, será uma abertura e um levantamento de hipóteses sobre os conhecimentos prévios que os alunos têm acerca do gênero. As perguntas para guiar a interpretação e compreensão da imagem são importantes, pois são como uma guia à construção do pensamento desses alunos. Em algumas turmas, pode acontecer de não serem necessárias tantas perguntas, os alunos podem ir comentando o que já conhecem desse gênero, mas, em outras, o trabalho do professor conduzindo a atividade será essencial.

Materiais complementares:

Quebra-cabeça.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Projete o slide com as orientações para a tarefa a ser realizada pelos grupos de alunos. Caso não consiga imprimir, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as instruções para os alunos.

  • Coloque no quadro envelopes numerados e dentro do envelope uma adivinha cuja resposta seja um elemento característico do gênero dramático.
  • Ainda em grupos de quatro alunos, um componente de cada grupo deve ir até o quadro, escolher um envelope, retirar a adivinha e fazer a leitura para toda a turma. Ele pode escolher qualquer envelope, não precisa ser na ordem da numeração. A leitura pode ser refeita de acordo com a necessidade dos grupos. Todos discutem qual será a palavra que responderá à adivinha. O leitor, ainda diante do quadro, escolhe alguém, de um grupo que não seja o seu, para responder a adivinha. Caso a resposta não seja a correta, ele pode escolher outro grupo para responder até que um grupo acerte. Pode acontecer, que por falta de familiaridade com o vocabulário relacionado com o gênero dramático, nenhum grupo acerte a adivinha. Nesse caso, você pode dar outras dicas como, por exemplo, o número de letras da palavra, a letra inicial ou um sinônimo. Caso os alunos não tenham tido contato com o gênero e a atividade se torne muito difícil, um banco de palavras pode ser disponibilizado. A intenção é que no final da atividade todas as adivinhas tenham sido respondidas.
  • Após terminar a leitura e o jogo de adivinhas, peça que os alunos observem as palavras que foram descobertas sobre o gênero. Essas palavras podem ser escritas no quadro ou junto ao quebra-cabeça que foi colado no papel sulfite.
  • Questione:
  • Essas adivinhas têm a ver com a imagem do quebra-cabeça que vocês montaram?
  • O que elas apresentam de semelhante?
  • Alguém pode localizar esses elementos na figura do quebra-cabeça? Quais?
  • Vocês conhecem esse gênero textual? Sabem como se chama? (Nesse momento o nome “gênero dramático” pode ser apresentado)

Materiais complementares:

Adivinhas.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações: Projete o slide com as orientações para a discussão a ser realizada pelos grupos de alunos. Caso não consiga imprimir, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as questões para os alunos.

  • Coloque no quadro uma cartolina (ou papel pardo ou papel 40Kg) e inicie a discussão com as questões do slide. Essas questões são importantes para guiar a discussão e não deixar que os comentários se dispersem. Os componentes dos grupos podem ir fazendo anotações em seus cadernos sobre o que foi discutido para facilitar a sequência da atividade.
  • Após a discussão, peça que cada grupo anote em um papel uma descoberta que fez sobre o gênero e apresente para a turma. Essa descoberta será redigida no cartaz coletivo pela professora. Caso algum grupo diga uma característica que outro grupo já tenha citado, copie apenas uma vez e estimule esse grupo a encontrar outra característica do gênero. A socialização das explicações/hipóteses dos alunos é um momento importante da aula. Procure garantir a participação oral de todos da classe, para que seja possível fazer um levantamento rápido de quanto cada um conseguiu avançar.

  • Durante a discussão e o levantamento das descobertas que os grupos fizeram é possível que os alunos citem : “O objetivo do texto dramático é ser encenado com o intuito de entreter o público”, “Esse texto é dirigido aos atores que vão ensaiar e ao público que vai assistir a encenação”, “Esse gênero pode ser apresentado em teatros, praças, auditórios…”, “Elementos desse gênero são, além do próprio texto, os atores, o cenário, o palco, o figurino…” (é possível que utilizem as palavras descobertas nas adivinhas), “Esse gênero tem falas, diálogos entre os personagens”... Pode ser que como descobertas surja a ideia de que as pessoas “representam” a realidade no Teatro, dando “vida” às histórias com o uso de roupas, cenários, sons e interpretações verossímeis. Nesse momento, não é necessário intervir muito, o cartaz deve ter as conclusões dos alunos nas suas palavras. Lembre-se que esta primeira aula tem como finalidade o levantamento de hipóteses e conhecimentos prévios dos alunos acerca do gênero. Nas próximas aulas, as características desse gênero serão estudadas com maior aprofundamento.
  • O cartaz com as descobertas dos grupos deve ficar exposto na sala, dessa forma, conforme as aulas sobre o gênero forem acontecendo, os alunos podem voltar sempre ao cartaz e verificar se o que citaram é válido ou não para todos os textos do gênero.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero dramático e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Leitura/escuta.

Materiais necessários: computador e projetor multimídia, cópias do quebra-cabeça com a foto de uma peça de teatro sendo encenada, envelopes com adivinhas e 1 cartolina para registro de sistematização.

Informações sobre o gênero: O texto dramático pode ter apenas função literária, mas seu principal objetivo é ser encenado. É dessa maneira que o gênero se mantém “vivo e atual”, pois cada nova encenação pode trazer algo diferente, tendo em vista quem atua, quem dirige e quem vai assistir a apresentação. Justamente porque as pessoas vão ao teatro para "assistir" alguma coisa, o texto dramático conta com muitos elementos visuais, descritos em marcas cênicas (também conhecidas como “didascálias” ou “rubricas”). Essas marcas podem orientar quanto a ambientação, cenário, iluminação, roupas, gestos, vozes dos personagens, entre outros... Em geral esse é um texto sem narrador e é comum que a obra seja, em sua maior parte, dialogada. Outra característica do gênero é a “concentração no conflito” ou no “drama” como o próprio nome anuncia, para isso o antagonismo na construção dos personagens é importante, bem como a expectativa gerada com o desenlace do conflito. O drama também tem por objetivo “presentificar o instinto de jogo da condição humana” ou seja o lúdico, as regras, o esforço e a colaboração para a encenação estão presentes nas peças e nos “jogos teatrais”. Por último, vale lembrar que o “teatro é teatro” e que as emoções e encenações são apenas representações da realidade, sugerindo um exercício reflexão, posicionamento e de ampliação do universo cultural e social dos alunos. (adaptado do texto "Encenar e ensinar – o texto dramático na escola" de Rosemari Calzavara)

Dificuldades antecipadas: Em geral, os alunos têm pouca familiaridade com o gênero dramático, o que pode dificultar a leitura da imagem e consequentemente a montagem do quebra-cabeça. Tendo isso em vista, o contorno das peças do quebra-cabeça não foi pré-definido. O recorte que o professor fará, vai conferir maior ou menor grau de complexidade à atividade. Os alunos também podem apresentar dificuldades em encontrar as palavras que completem as adivinhas por ter tido pouco ou nenhum contato com o gênero dramático. Se achar conveniente, um banco de palavras pode ser disponibilizado para que sirva como um apoio para a atividade.

Referências sobre o assunto:

CALZAVARA, Rosemari Bendlin. Encenar e ensinar – o texto dramático na escola. R.cient./FAP, Curitiba, v.4, n.2 p.149-154, jul./dez. 2009. Disponível em: http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/revistacientifica/article/view/1612/952

Prepare-se para cenas dramáticas - disponível em https://novaescola.org.br/conteudo/2205/prepare-se-para-cenas-dramaticas - acessado em 21 de julho de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Explique para a turma a proposta da aula do dia.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: A atividade será introduzida a partir da montagem de um quebra-cabeça que irá antecipar informações sobre o gênero dramático. A imagem para o quebra-cabeça está disponível nos materiais complementares para a impressão. É interessante que ela esteja impressa ou colada em um papel com gramatura maior. Caso não seja possível a impressão, pode-se procurar fotografias em revistas ou jornais, com anúncios de peças teatrais, e utilizar como quebra-cabeça.

  • Faça grupos de 4 alunos. Arrume esses grupos ao redor de uma mesa e entregue uma caixa com o quebra-cabeça. Ao seu sinal, os alunos abrem a caixa e começam a montar o quebra-cabeça. Quando estiver montado, os alunos podem colá-lo em uma folha de papel sulfite (ofício). Determine o tempo para montagem para que os alunos não se dispersem.

Materiais complementares:

Quebra-cabeça.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Após a montagem do quebra-cabeça, mostre o slide e inicie uma discussão sobre o que os alunos veem na imagem. Lembre-se que como o teatro é a representação da realidade e que os alunos podem fazer comentários de ambas perspectivas (por exemplo: podem dizer na cena veem uma árvore ou a representação de uma árvore). Proponha as questões a seguir:
  • O que vocês estão vendo nessa fotografia?
  • O que mais chamou sua atenção? (Já pensando na “leitura de imagens” peça que descrevam características mais específicas do que lhes chama atenção. Exemplo: se disserem “a bruxa” pergunte “o que na bruxa?”, pode ser sua roupa, sua expressão facial, postura corporal...)
  • Onde podemos encontrar essa cena?
  • Quais são as personagens?
  • O que estão fazendo?
  • Onde está sendo encenado?
  • Para quem esse texto foi produzido?

Comentários: Promova uma discussão em que seja possível os alunos refletirem sobre a duplicidade de sentidos existentes nessas perguntas. Assim valide respostas de ambos os tipos: diante da pergunta “o que estão vendo?” os alunos podem por exemplo dizer que estão vendo atores encenando uma peça, enquanto outros vão dizer que estão vendo a branca de neve e outros personagens. Quanto a pergunta “onde é possível encontrar essa cena?” o mesmo pode ocorrer, alguns vão dizer que é “no Teatro” enquanto outros podem dizer “na floresta”, fazendo alusão a representação do que estão vendo. Com relação a última pergunta “para quem o texto foi produzido?” pode surgir como resposta “para atores encenarem” ou “para o público que vai ao Teatro”, esclareça que o texto é produzido para os atores lerem e ensaiarem, mas que tem o intuito de chegar até o público em forma de encenação. Cuide para que não haja respostas certas ou erradas, oriente sempre no sentido de melhorar a elaboração das ideias.

2. Essa atividade de identificação do gênero, a partir da imagem, será uma abertura e um levantamento de hipóteses sobre os conhecimentos prévios que os alunos têm acerca do gênero. As perguntas para guiar a interpretação e compreensão da imagem são importantes, pois são como uma guia à construção do pensamento desses alunos. Em algumas turmas, pode acontecer de não serem necessárias tantas perguntas, os alunos podem ir comentando o que já conhecem desse gênero, mas, em outras, o trabalho do professor conduzindo a atividade será essencial.

Materiais complementares:

Quebra-cabeça.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Projete o slide com as orientações para a tarefa a ser realizada pelos grupos de alunos. Caso não consiga imprimir, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as instruções para os alunos.

  • Coloque no quadro envelopes numerados e dentro do envelope uma adivinha cuja resposta seja um elemento característico do gênero dramático.
  • Ainda em grupos de quatro alunos, um componente de cada grupo deve ir até o quadro, escolher um envelope, retirar a adivinha e fazer a leitura para toda a turma. Ele pode escolher qualquer envelope, não precisa ser na ordem da numeração. A leitura pode ser refeita de acordo com a necessidade dos grupos. Todos discutem qual será a palavra que responderá à adivinha. O leitor, ainda diante do quadro, escolhe alguém, de um grupo que não seja o seu, para responder a adivinha. Caso a resposta não seja a correta, ele pode escolher outro grupo para responder até que um grupo acerte. Pode acontecer, que por falta de familiaridade com o vocabulário relacionado com o gênero dramático, nenhum grupo acerte a adivinha. Nesse caso, você pode dar outras dicas como, por exemplo, o número de letras da palavra, a letra inicial ou um sinônimo. Caso os alunos não tenham tido contato com o gênero e a atividade se torne muito difícil, um banco de palavras pode ser disponibilizado. A intenção é que no final da atividade todas as adivinhas tenham sido respondidas.
  • Após terminar a leitura e o jogo de adivinhas, peça que os alunos observem as palavras que foram descobertas sobre o gênero. Essas palavras podem ser escritas no quadro ou junto ao quebra-cabeça que foi colado no papel sulfite.
  • Questione:
  • Essas adivinhas têm a ver com a imagem do quebra-cabeça que vocês montaram?
  • O que elas apresentam de semelhante?
  • Alguém pode localizar esses elementos na figura do quebra-cabeça? Quais?
  • Vocês conhecem esse gênero textual? Sabem como se chama? (Nesse momento o nome “gênero dramático” pode ser apresentado)

Materiais complementares:

Adivinhas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações: Projete o slide com as orientações para a discussão a ser realizada pelos grupos de alunos. Caso não consiga imprimir, você pode copiar as instruções no quadro ou ler as questões para os alunos.

  • Coloque no quadro uma cartolina (ou papel pardo ou papel 40Kg) e inicie a discussão com as questões do slide. Essas questões são importantes para guiar a discussão e não deixar que os comentários se dispersem. Os componentes dos grupos podem ir fazendo anotações em seus cadernos sobre o que foi discutido para facilitar a sequência da atividade.
  • Após a discussão, peça que cada grupo anote em um papel uma descoberta que fez sobre o gênero e apresente para a turma. Essa descoberta será redigida no cartaz coletivo pela professora. Caso algum grupo diga uma característica que outro grupo já tenha citado, copie apenas uma vez e estimule esse grupo a encontrar outra característica do gênero. A socialização das explicações/hipóteses dos alunos é um momento importante da aula. Procure garantir a participação oral de todos da classe, para que seja possível fazer um levantamento rápido de quanto cada um conseguiu avançar.

  • Durante a discussão e o levantamento das descobertas que os grupos fizeram é possível que os alunos citem : “O objetivo do texto dramático é ser encenado com o intuito de entreter o público”, “Esse texto é dirigido aos atores que vão ensaiar e ao público que vai assistir a encenação”, “Esse gênero pode ser apresentado em teatros, praças, auditórios…”, “Elementos desse gênero são, além do próprio texto, os atores, o cenário, o palco, o figurino…” (é possível que utilizem as palavras descobertas nas adivinhas), “Esse gênero tem falas, diálogos entre os personagens”... Pode ser que como descobertas surja a ideia de que as pessoas “representam” a realidade no Teatro, dando “vida” às histórias com o uso de roupas, cenários, sons e interpretações verossímeis. Nesse momento, não é necessário intervir muito, o cartaz deve ter as conclusões dos alunos nas suas palavras. Lembre-se que esta primeira aula tem como finalidade o levantamento de hipóteses e conhecimentos prévios dos alunos acerca do gênero. Nas próximas aulas, as características desse gênero serão estudadas com maior aprofundamento.
  • O cartaz com as descobertas dos grupos deve ficar exposto na sala, dessa forma, conforme as aulas sobre o gênero forem acontecendo, os alunos podem voltar sempre ao cartaz e verificar se o que citaram é válido ou não para todos os textos do gênero.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 4º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano