13591
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Reescrever um texto fazendo mudanças lexicais

POR: Juliana Pacheco Oliveira Neves 22/11/2018
Código: ING8_05UND13

8º ano / Inglês

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF08LI10) Reconstruir o texto, com cortes, acréscimos, reformulações e correções, para aprimoramento, edição e publicação final.

Plano de aula de Inglês com atividades para 8o ano do EF sobre Reescrever um texto fazendo mudanças lexicais

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Preparação para a aula: Antes dessa aula, passe para os alunos como atividade de casa a leitura do texto do link https://www.explainthatstuff.com/rollercoasters.html e a seguinte atividade sobre ele: aqui. Também devem ser providenciados dicionários e material para a confecção de cartazes (cartolina, canetinhas coloridas, lápis de cor etc).

Objective select-down

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia o objetivo da aula com os alunos e cheque a compreensão.

Context select-down

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Para essa atividade, a proposta é começar a fazer os alunos pensarem na escolha do léxico como parte importante da construção de um texto, e que deve ser considerada quando se pensa quem é o público-alvo do texto, em que contexto está sendo produzido. A atividade é simples: os alunos, divididos em trios ou quartetos, devem receber uma cópia do seguinte documento. Nele estão contidas as palavras base. Leia com os alunos as palavras (se houver tempo, peça que repitam as palavras em voz alta, para garantir que a pronúncia de algum vocabulário desconhecido também seja trabalhada) e cheque se eles entendem o significado delas. Mostre aos alunos o slide (ou uma cópia em tamanho grande ou escreva as palavras no quadro) e diga que nele estão, embaralhados, sinônimos para estas palavras que eles têm no handout. Eles devem, seguindo o modelo presente na atividade, escrever as palavras junto de seus sinônimos.

  • Let’s read the words we have in our hands. Do you understand them? Is there any word you are not sure of?
  • Now, look at the words we have on the slide. They are synonyms of the words you have in your handout. Can you place the words around their synonyms, just like in the example? You have 5 minutes to do so.

Se considerar necessário, permita que os alunos usem dicionários para ajudar na tarefa. Corrija a atividade com base neste documento.

Como segunda parte da atividade, coloque os alunos para pensar em quais dos sinônimos seriam mais adequados para quais contextos. Para isso, peça que em cada um dos grupos de sinônimos que eles formaram, sublinhem as palavras que usariam em contextos mais simples, como um bilhete para um amigo ou um post na internet, e circulem aquelas que são mais apropriadas para um artigo científico, um trabalho escolar ou uma situação formal. Caso os alunos tenham disponível lápis de cor ou canetas coloridas, você pode trocar sublinhar e circular por pintar usando duas cores diferentes, para um efeito visual mais marcante. Dê cerca de 2 minutos para que o façam, e depois peça que os grupos compartilhem algumas de suas respostas.

  • Now let’s think about the context in which we use those words. Please, circle the words you would use or see in a more formal context, like a scientific article, a school assignment, a president’s speech. Also, underline the words you think are more common, used in informal contexts, like a facebook or instagram post, a message to a friend, a kid’s book. You have 2 minutes to do it.

*Pode ser interessante comentar com os alunos que os sinônimos às vezes apresentam pequenas variações de sentido, como no caso de “gaze” ou “glance” que apresentam pequenas variações em relação a “look”. É interessante mencionar que isso só acrescenta ao que está sendo trabalhado, já que algumas dessas palavras são mais adequadas para quando não se precisa ser muito específico ou detalhista, enquanto outras podem ser usadas quando se quer um sentido mais geral.

Input select-down

Tempo sugerido: 10 minutos

Propósito: Relembrar o texto lido em casa e seu contexto, para entender como adaptá-lo para um novo contexto.

Expectativa: Que os alunos tenham entendimento do contexto de produção e do público alvo do texto (neste momento os alunos já devem ter lido o texto em casa e feito as atividades sobre ele, portanto não se trata de um momento de compreensão ou interpretação do texto).

Orientações: Link do texto: https://www.explainthatstuff.com/rollercoasters.html . Mostre aos alunos a imagem do slide, ou imprima em tamanho grande para que todos possam ver. Faça as perguntas para os alunos, buscando explorar o contexto de produção e os objetivos do texto, Lembre-se de que eles já conhecem o conteúdo, portanto não é necessário fazer inferências, mas apenas retomar o que já leram.

  • Where is this text from? (Ss: From a website called ‘explain that stuff’)
  • What can you guess by the name of the website? Does the expression ‘stuff’ sound very scientific? (Ss: It’s a website that explains things, but in a simpler way. The expression ‘stuff’ indicates a more informal language than what you would find in a scientific article.)
  • Who do you think the article was written for? Can you see evidences of that in the way the text is written? (Ss: For people who are interested in science, but are not specialists. The text uses relatively simple language and tries to explain physics concepts that specialists may already know, but are new to common people).
  • Who do you think would be interested in knowing about rollercoasters? (Ss: Lots of different people, but specially kids and teenagers, who are the main public for amusement parks, generally.)
  • Do you think the language in the article is suitable for children? Do you think a young public, who are generally very interested in rollercoasters, would be able to understand the words used? Can you give examples from the text? (Ss: The text is not specifically written for children, some of the vocabulary and the concepts can be hard for a child. Concepts like kinetic energy, psychology and friction or objects like and electric winch may be difficult for children to picture).

Output select-down

Tempo sugerido: 25 minutos

Propósito: Praticar a reescrita focando nas adaptações lexicais de acordo com o propósito do texto.

Expectativa: Que os alunos façam adaptações nos próprios textos a partir da nova finalidade atribuída a ele.

Orientações: Retome a discussão da atividade anterior, perguntando aos alunos o que poderia ser feito para que crianças, que são um público que provavelmente teria interesse em saber mais sobre as montanhas-russas, pudessem entender o texto.

  • So, if we know children would be interested in that content, but probably wouldn’t be able to understand the text, what could we do to help? What kind of adaptations would we have to do? (Ss: We would have to change the language, the vocabulary, to give examples and to explain the concepts)
  • What would be the best way to present that information to them? How do we get children to understand and be interested in something? Can you remember what used to catch your attention when you were younger? (Ss: Drawings, songs, colorful posters and movies are some of the things children are drawn to.)

Divida os alunos em trios. Diga que então eles usarão cartazes, que combinam desenhos e informações simples, para apresentar sobre o que aprenderam com o texto para um público de crianças. Para isso devem pegar a atividade de casa respondida, onde vão encontrar alguns dos conceitos do texto resumidos. Mas, como devem usar o texto em cartazes para crianças, terão de fazer adaptações na linguagem, usando sinônimos mais simples (relembre-os da atividade do context, se necessário). Também devem fazer ilustrações coloridas, para chamar a atenção das crianças. Os trios devem escolher apenas umas das respostas que deram na atividade de casa para transformar em cartaz.

  • Let’s make posters to present all that interesting information to younger children. We are going to use the version of the text we made at home, when we answered the questions in the activity. We have to adapt them to make them suitable for children to understand. Remember to use synonyms and to pay attention to the concepts and vocabulary you choose to use. Also, illustrate your poster, so children will be interested in it. You have 20 minutes to prepare it.

Caso os alunos tenham dificuldade em se organizar no tempo da atividade, divida o tempo para que os primeiros 5 minutos sejam usados para o planejamento do cartaz, incluindo qual dos conceitos deve ser utilizado (ou seja, qual das questões da atividade de casa) e que tipo de ilustração farão, os 7 minutos seguintes deverão ser dedicados a reescrever o texto que será colocado no cartaz, fazendo alterações no vocabulário e deixando-o mais simples e o tempo restante será usado para a confecção do cartaz.

Lembre-se de permitir o uso de dicionários (e, se possível, dicionário de sinônimos, inglês-inglês), já que eles são ferramentas importantes para a descoberta de vocabulário alternativo.

Os cartazes devem ter destino real, ou seja, serem de fato apresentados a crianças, que pode ser uma turma mais jovem na escola ou através de uma visita a uma creche ou a outra escola. Isso deve ser planejado para aulas subsequentes ou em horário oposto ao das aulas.

Feedback select-down

Tempo sugerido: 3 minutos

Propósito: Sistematizar os conhecimentos ativados durante a aula.

Expectativa: Que os alunos consigam refletir e fornecer feedback relevante sobre o próprio processo de aprendizagem.

Orientações: Faça aos alunos a pergunta título do slide e deixe que dêem suas contribuições em forma de plenária. Se o tempo estiver curto, mostre o slide completo e leia com eles cada um dos itens, pedindo exemplos da aula quando possível. Como esta aula tem como produção um texto destinado a um público real, e que deve ser mostrado a este público, a aula terá um segundo feedback, quando os alunos apresentarem seus cartazes para as crianças. Tanto o feedback das próprias crianças é importante (mesmo que não seja dado diretamente, mas através da percepção da reação delas ao trabalho), quanto o feedback que pode ser dado pelos alunos após apresentarem os textos, já que a apresentação pode contribuir para novas aprendizagens.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Preparação para a aula: Antes dessa aula, passe para os alunos como atividade de casa a leitura do texto do link https://www.explainthatstuff.com/rollercoasters.html e a seguinte atividade sobre ele: aqui. Também devem ser providenciados dicionários e material para a confecção de cartazes (cartolina, canetinhas coloridas, lápis de cor etc).

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Leia o objetivo da aula com os alunos e cheque a compreensão.

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Para essa atividade, a proposta é começar a fazer os alunos pensarem na escolha do léxico como parte importante da construção de um texto, e que deve ser considerada quando se pensa quem é o público-alvo do texto, em que contexto está sendo produzido. A atividade é simples: os alunos, divididos em trios ou quartetos, devem receber uma cópia do seguinte documento. Nele estão contidas as palavras base. Leia com os alunos as palavras (se houver tempo, peça que repitam as palavras em voz alta, para garantir que a pronúncia de algum vocabulário desconhecido também seja trabalhada) e cheque se eles entendem o significado delas. Mostre aos alunos o slide (ou uma cópia em tamanho grande ou escreva as palavras no quadro) e diga que nele estão, embaralhados, sinônimos para estas palavras que eles têm no handout. Eles devem, seguindo o modelo presente na atividade, escrever as palavras junto de seus sinônimos.

  • Let’s read the words we have in our hands. Do you understand them? Is there any word you are not sure of?
  • Now, look at the words we have on the slide. They are synonyms of the words you have in your handout. Can you place the words around their synonyms, just like in the example? You have 5 minutes to do so.

Se considerar necessário, permita que os alunos usem dicionários para ajudar na tarefa. Corrija a atividade com base neste documento.

Como segunda parte da atividade, coloque os alunos para pensar em quais dos sinônimos seriam mais adequados para quais contextos. Para isso, peça que em cada um dos grupos de sinônimos que eles formaram, sublinhem as palavras que usariam em contextos mais simples, como um bilhete para um amigo ou um post na internet, e circulem aquelas que são mais apropriadas para um artigo científico, um trabalho escolar ou uma situação formal. Caso os alunos tenham disponível lápis de cor ou canetas coloridas, você pode trocar sublinhar e circular por pintar usando duas cores diferentes, para um efeito visual mais marcante. Dê cerca de 2 minutos para que o façam, e depois peça que os grupos compartilhem algumas de suas respostas.

  • Now let’s think about the context in which we use those words. Please, circle the words you would use or see in a more formal context, like a scientific article, a school assignment, a president’s speech. Also, underline the words you think are more common, used in informal contexts, like a facebook or instagram post, a message to a friend, a kid’s book. You have 2 minutes to do it.

*Pode ser interessante comentar com os alunos que os sinônimos às vezes apresentam pequenas variações de sentido, como no caso de “gaze” ou “glance” que apresentam pequenas variações em relação a “look”. É interessante mencionar que isso só acrescenta ao que está sendo trabalhado, já que algumas dessas palavras são mais adequadas para quando não se precisa ser muito específico ou detalhista, enquanto outras podem ser usadas quando se quer um sentido mais geral.

Tempo sugerido: 10 minutos

Propósito: Relembrar o texto lido em casa e seu contexto, para entender como adaptá-lo para um novo contexto.

Expectativa: Que os alunos tenham entendimento do contexto de produção e do público alvo do texto (neste momento os alunos já devem ter lido o texto em casa e feito as atividades sobre ele, portanto não se trata de um momento de compreensão ou interpretação do texto).

Orientações: Link do texto: https://www.explainthatstuff.com/rollercoasters.html . Mostre aos alunos a imagem do slide, ou imprima em tamanho grande para que todos possam ver. Faça as perguntas para os alunos, buscando explorar o contexto de produção e os objetivos do texto, Lembre-se de que eles já conhecem o conteúdo, portanto não é necessário fazer inferências, mas apenas retomar o que já leram.

  • Where is this text from? (Ss: From a website called ‘explain that stuff’)
  • What can you guess by the name of the website? Does the expression ‘stuff’ sound very scientific? (Ss: It’s a website that explains things, but in a simpler way. The expression ‘stuff’ indicates a more informal language than what you would find in a scientific article.)
  • Who do you think the article was written for? Can you see evidences of that in the way the text is written? (Ss: For people who are interested in science, but are not specialists. The text uses relatively simple language and tries to explain physics concepts that specialists may already know, but are new to common people).
  • Who do you think would be interested in knowing about rollercoasters? (Ss: Lots of different people, but specially kids and teenagers, who are the main public for amusement parks, generally.)
  • Do you think the language in the article is suitable for children? Do you think a young public, who are generally very interested in rollercoasters, would be able to understand the words used? Can you give examples from the text? (Ss: The text is not specifically written for children, some of the vocabulary and the concepts can be hard for a child. Concepts like kinetic energy, psychology and friction or objects like and electric winch may be difficult for children to picture).

Tempo sugerido: 25 minutos

Propósito: Praticar a reescrita focando nas adaptações lexicais de acordo com o propósito do texto.

Expectativa: Que os alunos façam adaptações nos próprios textos a partir da nova finalidade atribuída a ele.

Orientações: Retome a discussão da atividade anterior, perguntando aos alunos o que poderia ser feito para que crianças, que são um público que provavelmente teria interesse em saber mais sobre as montanhas-russas, pudessem entender o texto.

  • So, if we know children would be interested in that content, but probably wouldn’t be able to understand the text, what could we do to help? What kind of adaptations would we have to do? (Ss: We would have to change the language, the vocabulary, to give examples and to explain the concepts)
  • What would be the best way to present that information to them? How do we get children to understand and be interested in something? Can you remember what used to catch your attention when you were younger? (Ss: Drawings, songs, colorful posters and movies are some of the things children are drawn to.)

Divida os alunos em trios. Diga que então eles usarão cartazes, que combinam desenhos e informações simples, para apresentar sobre o que aprenderam com o texto para um público de crianças. Para isso devem pegar a atividade de casa respondida, onde vão encontrar alguns dos conceitos do texto resumidos. Mas, como devem usar o texto em cartazes para crianças, terão de fazer adaptações na linguagem, usando sinônimos mais simples (relembre-os da atividade do context, se necessário). Também devem fazer ilustrações coloridas, para chamar a atenção das crianças. Os trios devem escolher apenas umas das respostas que deram na atividade de casa para transformar em cartaz.

  • Let’s make posters to present all that interesting information to younger children. We are going to use the version of the text we made at home, when we answered the questions in the activity. We have to adapt them to make them suitable for children to understand. Remember to use synonyms and to pay attention to the concepts and vocabulary you choose to use. Also, illustrate your poster, so children will be interested in it. You have 20 minutes to prepare it.

Caso os alunos tenham dificuldade em se organizar no tempo da atividade, divida o tempo para que os primeiros 5 minutos sejam usados para o planejamento do cartaz, incluindo qual dos conceitos deve ser utilizado (ou seja, qual das questões da atividade de casa) e que tipo de ilustração farão, os 7 minutos seguintes deverão ser dedicados a reescrever o texto que será colocado no cartaz, fazendo alterações no vocabulário e deixando-o mais simples e o tempo restante será usado para a confecção do cartaz.

Lembre-se de permitir o uso de dicionários (e, se possível, dicionário de sinônimos, inglês-inglês), já que eles são ferramentas importantes para a descoberta de vocabulário alternativo.

Os cartazes devem ter destino real, ou seja, serem de fato apresentados a crianças, que pode ser uma turma mais jovem na escola ou através de uma visita a uma creche ou a outra escola. Isso deve ser planejado para aulas subsequentes ou em horário oposto ao das aulas.

Tempo sugerido: 3 minutos

Propósito: Sistematizar os conhecimentos ativados durante a aula.

Expectativa: Que os alunos consigam refletir e fornecer feedback relevante sobre o próprio processo de aprendizagem.

Orientações: Faça aos alunos a pergunta título do slide e deixe que dêem suas contribuições em forma de plenária. Se o tempo estiver curto, mostre o slide completo e leia com eles cada um dos itens, pedindo exemplos da aula quando possível. Como esta aula tem como produção um texto destinado a um público real, e que deve ser mostrado a este público, a aula terá um segundo feedback, quando os alunos apresentarem seus cartazes para as crianças. Tanto o feedback das próprias crianças é importante (mesmo que não seja dado diretamente, mas através da percepção da reação delas ao trabalho), quanto o feedback que pode ser dado pelos alunos após apresentarem os textos, já que a apresentação pode contribuir para novas aprendizagens.

Contents

  1. INPUT: “Rollercoasters”, an article by Explain that stuff!
  2. OUTPUT: Poster for children

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular

(EF08LI10) Reconstruir o texto, com cortes, acréscimos, reformulações e correções, para aprimoramento, edição e publicação final

Este plano foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Professor-autor: Juliana Neves

Mentor: Newton Murce

Especialista: Celina Fernandes


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes