16340
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 7º ano > Formas de representação e pensamento espacial

Plano de aula - Leitura e interpretação de mapas cartográficos

Plano de aula de Geografia com atividades para 7° ano do Fundamental sobre Desenvolver a leitura e a interpretação de mapas cartográficos, destacando seus principais elementos (título, convenções cartográficas, legenda)

Plano 01 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Allan Fábio Veríssimo Pacheco

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Sobre este plano: Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07GE09 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Esta habilidade se refere ao desenvolvimento e aprofundamento da leitura e interpretação de mapas cartográficos, focando na análise e compreensão de seus principais elementos: título, tema, convenções cartográficas e legenda.

Materiais necessários: projetor, computador, papel A4, lápis, régua, borracha, lápis de cor

Para você saber mais:

O mapa é um dos principais instrumentos de estudo e análise do espaço geográfico e também um dos principais aliados do professor de geografia em sala de aula. Para tanto, é muito importante que os alunos estejam familiarizados com esta importante ferramenta geográfica.

Há muito tempo o homem utiliza os mapas como instrumento de orientação, localização e comunicação, precedendo a própria escrita. Nos dias atuais isso não é diferente, podendo ser utilizados por cientistas e leigos, viajantes ou engenheiros, alunos e professores. Por ter a espacialização de fenômenos (naturais e sociais) como uma de suas principais obrigações, os mapas ganham grande importância nas aulas de geografia.

Nunca é demais lembrar que o mapa não é uma fotografia onde todos os elementos (naturais e humanos) estão presentes. Como uma primeira aproximação ao tema, podemos dizer que o mapa é uma representação análoga à realidade, ou seja, ele é um desenho que representa um determinado local (rua, bairro, município, país, etc.) através de símbolos. Neste contexto, o mapa, enquanto representação gráfica, é um misto de ciência, arte, técnica e linguagem que, através de uma visão vertical (demonstra um local visto de cima) demonstra uma determinada característica geográfica (clima, relevo, economia, etc.) do local selecionado.

Para desenvolver uma boa leitura e interpretação de mapas geográficos é necessário estar atento aos seus principais elementos: título, tema, legenda, escala, convenções cartográficas, legenda e orientação.

Material complementar: todas as imagens, mapas e textos utilizados nesta aula (Geo07_09Un01) estão disponíveis no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/dDJdR7RTKv65WdgmjcMaa6J2s9MAJkQW45TGCnNVQZTe66mDy98nArcnJsuD/ge07-09un01.pdf

Link para os mapas e demais imagens utilizados nesta aula (GEO07_09UN01): Acesso em 03 de novembro de 2018.

Mapa Brasil Antigo. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv6687.pdf>

Mapa da América do Sul. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/mapas/GEBIS%20-%20RJ/map9773.pdf>

Mapa Rio de Janeiro. Disponível em: <https://7a12.ibge.gov.br/images/7a12/estados//rio_janeiro.pdf>

Mapa de relevo do Rio de Janeiro. Disponível em: <ftp://geoftp.ibge.gov.br/produtos_educacionais/atlas_educacionais/atlas_geografico_escolar/mapas_do_brasil/mapas_estaduais/fisico/rio_de_janeiro.pdf>

Sugestões de pesquisas:

MARTINELLI, Marcelo. Cartografia temática: caderno de mapas. Disponível em: <https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=lang_pt&id=c8oCNsR6714C&oi=fnd&pg=PA11&dq=related:BKzi_T_kuKQJ:scholar.google.com/&ots=nOsubGopjf&sig=RI2ckoxzm9EAOYyUBNbfSfAqfLc#v=onepage&q&f=false >Acesso em 03 de novembro de 2018.

FONSECA, Fernanda Padovesi. O potencial analógico da cartografia. Disponível em: <http://www2.fct.unesp.br/docentes/geo/raul/cartografia_tematica/leitura%201/fernanda.pdf > Acesso em 30 de novembro de 2018.

ARCHELA, Rosely Sampaio. Orientações metodológicas para construção e leitura de mapas temáticos. Disponível em: <https://journals.openedition.org/confins/3483?lang=pt#tocto2n3 > Acesso em 10 de novembro de 2018.

Como são feitos os mapas? IBGE.Youtube. 28 de maio de 2015. 13m55s. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=IusAgSY20wM>. Acesso em 05 nov. 2018.

ALMEIDA, Rosângela Doin. Cartografia escolar. São Paulo: Contexto, 2014.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Este plano de aula tem por objetivo desenvolver no aluno uma correta leitura e interpretação de mapas cartográficos através da observação, análise, comparação e reflexão de alguns de seus principais elementos (título, tema, simbologia e legenda).

O plano se inicia com uma observação e comparação de mapas, seguido da análise e reflexão da simbologia cartográfica (linhas, pontos, cores, etc.). Como ação propositiva, os alunos terão que produzir um mapa da escola e, para concluir a aula, terão que produzir um pequeno texto que explique a importância e função das convenções cartográficas e da legenda nos mapas.

Obs.: A questão da escala cartográfica não será abordado neste plano.

Para iniciar, solicite aos seus alunos que se organizem em duplas ou trios (esta configuração deverá ser mantida até o final da aula) e certifique-se que tenham em mãos os materiais necessários para a realização desta aula: caneta, lápis, borracha, régua, lápis de cor e papel A4 ( que poderá ser substituído por outro papel, ou mesmo a folha do caderno). Após organizados os grupos, projete as imagens presentes nos próximos slides e informe que eles deverão observar as principais informações, características, semelhanças e diferenças entre os mapas apresentados.

Se a sua escola não possui um projetor de imagens, faça o download e imprima as imagens utilizadas neste plano.

Como adequar à sua realidade: Você poderá substituir os mapas utilizados por estes planos por outros que contemplem o estado e/ou município onde se localiza a escola. Você também poderá utilizar mapas presentes no atlas ou no livro didático do aluno.

Para você saber mais:

O mapa é um dos principais instrumentos de estudo e análise do espaço geográfico e também um dos principais aliados do professor de geografia em sala de aula. Para tanto, é muito importante que os alunos estejam familiarizados com esta importante ferramenta geográfica.

Há muito tempo o homem utiliza os mapas como instrumento de orientação, localização e comunicação, precedendo a própria escrita. Nos dias atuais isso não é diferente, podendo ser utilizados por cientistas e leigos, viajantes e engenheiros, alunos e professores. Por ter a espacialização de fenômenos (naturais e sociais) como uma de suas principais obrigações, os mapas ganham grande importância nas aulas de geografia.

Nunca é demais lembrar que o mapa não é uma fotografia onde todos os elementos (naturais e humanos) estão presentes. Como uma primeira aproximação ao tema, podemos dizer que o mapa é uma representação análoga à realidade, ou seja, ele é um desenho que representa um determinado local (rua, bairro, município, país, etc.) através de símbolos. Neste contexto, o mapa, enquanto representação gráfica, é um misto de ciência, arte, técnica e linguagem que, através de uma visão vertical (demonstra um local visto de cima) demonstra uma determinada característica geográfica (clima, relevo, economia, etc.) do local selecionado.

Para desenvolver uma boa leitura e interpretação de mapas geográficos é necessário estar atento aos seus principais elementos: título, tema, legenda, escala, convenções cartográficas, legenda e orientação.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: O mapa deste slide foi confeccionado no ano de 1546 por Pierre Descelliers, refletindo as técnicas e crenças existentes naquele período. Como uma primeira aproximação ao tema, solicite que os alunos observem o mapa e digam quais informações contidas nele mais chamaram a atenção. Informe que, naquele tempo, a cartografia era vista como arte, ou seja, possuía uma forte preocupação estética, daí a presença de iluminuras (“adornos” decorativos), mas sem abrir mão da técnica, daí a sua elevada precisão, visto que servia aos interesses da colonização e do mercantilismo europeu. Diga aos seus alunos que, por se tratar de uma representação antiga, não existe no mapa título, legenda ou escala. Aproveite e construa com a turma um título apropriado para ele.

Mapa de Pierre Descelliers. Parte americana do planisfério feito em Arques (França) - 1546

Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv6687.pdf > Acesso em 03 de nov. 2018.

Material complementar: os mapas utilizados na etapa da contextualização deste plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link a seguir: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: liste no quadro os principais elementos constitutivos de uma representação cartográfica (título, convenções cartográficas, legenda, orientação e escala) e solicite aos alunos que identifiquem cada um deles no mapa. Promova uma reflexão na turma sobre importância de cada um deles nos mapas.

América do Sul. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/mapas/GEBIS%20-%20RJ/map9773.pdf > Acesso em 03 de nov. 2018.

Material complementar: os mapas utilizados na etapa da contextualização deste plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: solicite aos seus alunos que comparem os dois mapas e apontem suas semelhanças e diferenças. Informe que cada um deles foi confeccionado em tempos diferentes, refletindo a cartografia de seu tempo. Vale ressaltar que, atualmente, a cartografia utiliza modernas técnicas (sensoriamento remoto, imagens de satélites, computadores, impressoras, etc.) de obtenção de dados, captura de imagens e produção de mapas, o que a torna muito mais precisa.

Material complementar: os mapas utilizados na etapa da contextualização deste plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Este momento é muito importante neste plano, pois é onde serão analisadas algumas simbologias utilizadas em mapas geográficos escolares. É somente a partir do entendimento destes signos que os alunos serão capazes de ler e interpretar adequadamente mapas cartográficos. Informe à turma que qualquer elemento (natural ou antrópico) significativo presente no espaço geográfico poderá ser representado através de símbolos (linhas, pontos, figuras geométricas, cores, hachuras, etc.), de forma a transmitir a informação de maneira simples e direta. Não se esqueça de informá-los que esses símbolos são convencionados (convenções cartográficas), ou seja, são “padronizados” de forma a facilitar a sua interpretação. Solicite aos alunos que analisem os símbolos contidos nas legendas utilizadas neste slide, destacando a gradação de cores (frias e quentes) utilizadas para representar a variação do relevo.

Para saber mais: para que um mapa se comunique com o seu leitor, ele se utiliza de símbolos (signos) para representar a ocorrência e localização de objetos (ruas, rios, etc.) e fenômenos (urbanização, desmatamento, etc.) presentes no espaço geográfico. Isto se dá através da utilização de linhas, pontos, cores, hachuras, etc. De maneira geral, os símbolos presentes nos mapas podem ser agrupados em três categorias:

  • símbolos pontuais: utilizados para representar pequenas localidades, objetos ou elementos nos mapas. Ex.: portos, aeroportos, capitais, picos, etc.
  • símbolos lineares: são utilizados para representar objetos de grande extensão e largura pequena. Ex.: ruas, avenidas, rios, divisas, etc.
  • símbolos zonais: utilizados para representar objetos ou fenômenos de grande extensão em relação à área representada no mapa, através de hachuras ou cores,. Ex.: climas, relevo, vegetação, etc.

Material complementar: as legendas e os mapas utilizados na etapa da contextualização deste plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: estando os alunos familiarizados com o alfabeto cartográfico (simbologia), chegou a hora de desenvolver neles a correta leitura e interpretação de mapas cartográficos. Os mapas presentes neste e no próximo slide servirão de base para esse desenvolvimento. Solicite que os alunos leiam o mapa, identifiquem os seus principais elementos (título, tema e simbologia), interpretem e analisem as principais informações contidas nele.

Como adequar à sua realidade: Você poderá substituir os mapas utilizados nesta etapa do plano por outros que contemplem o estado e/ou município onde se localiza a escola. Você também poderá utilizar mapas presentes no atlas ou no livro didático do aluno.

Para você saber mais:

O mapa utilizado neste slide utiliza variáveis visuais discretas, ou seja, demonstra simplesmente a existência, extensão e localização de objetos e/ou fenômenos (sociais ou naturais) presentes na área representada, através de variáveis visuais seletivas: pontos, linhas, cores, etc.

Mapa do Rio de Janeiro. Disponível em: < https://7a12.ibge.gov.br/images/7a12/estados//rio_janeiro.pdf > Acesso em 03 de nov. 2018.

Material complementar: os mapas utilizados nesta etapa de problematização do plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/872grA3rDsKSaXdkcEGAXWvSFzHmqBzem4y3nu2pgJEzkuJC6UQq6evYDVj8/ge07-09un01-problematizacao.pdf

Sugestões de pesquisas:

NUNES, Christian. Variáveis visuais e a legenda representadas no mapa. Disponível em: <http://www.geoluislopes.com/2014/12/variaveis-visuais-e-legenda-representadas-no-mapa.html> Data de acesso: 20 nov. 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Solicite que seus alunos interpretem o mapa deste slide, analisando seus principais elementos, simbologias, semelhanças e diferenças para o mapa do slide anterior. Se for preciso, informe que, além dos símbolos que representam os rios, estradas e cidades, este mapa utiliza um gradação de cores (frias e quentes) para representar a variação do relevo do estado do Rio de Janeiro, cuja explicação está contida na legenda. É fundamental que os alunos entendam as diferentes simbologias utilizadas neste mapa, para que a sua interpretação ganhe amplitude e profundidade.

Para você saber mais:

O mapa deste slide utiliza diferentes variáveis visuais para representar objetos e fenômenos presentes no estado do Rio de Janeiro. As

variáveis visuais discretas, são utilizadas simplesmente para representar a localização e/ou extensão de rios, rodovias e cidades. Já as variáveis contínuas demonstram, além da existência, localização e extensão, a variação do relevo no estado do Rio de Janeiro, através de uma gradação de cores (frias e quentes), demonstrando ordenamento e hierarquização do fenômeno representado, onde as cores frias (azul escuro, azul claro, verde escuro e verde claro) representam as áreas de baixa altitude e as cores quentes (amarelo, laranja, vermelho) para as áreas de maior altitude.

Mapa de relevo do Rio de Janeiro. Disponível em <ftp://geoftp.ibge.gov.br/produtos_educacionais/atlas_educacionais/atlas_geografico_escolar/mapas_do_brasil/mapas_estaduais/fisico/rio_de_janeiro.pdf. Acesso em 03 de nov. 2018.

Ação propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações: este é o momento em que os alunos colocarão “a mão na massa”. Cada dupla ou trio terá a tarefa de produzir um mapa que será usado na orientação de visitantes que a escola receberá. Os alunos deverão utilizar variáveis visuais discretas (linhas, pontos, formas geométricas, etc.) e/ou variáveis visuais contínuas (gradação de cores) para representar os diferentes objetos e ambientes existentes na escola (salas de aula, refeitório, quadra esportiva, pátio, direção, etc.). Deixe claro aos seus alunos que o mapa deverá obrigatoriamente conter título, símbolos e legenda. Não se preocupe com escala cartográfica nesta atividade.

Para tornar a atividade mais individualizada e participativa, você poderá requerer que os alunos pintem o mapa produzido utilizando uma gradação de cores frias (azul escuro, azul claro, verde escuro e verde claro) e cores quentes (amarelo, laranja, vermelho) para representar os sentimentos que têm para cada ambiente da escola (sala de aula, laboratório de informática, direção, quadra poliesportiva, pátio, etc.), sendo as cores quentes utilizadas para os lugares que eles mais gostam na escola. Desta forma, os lugares que eles mais gostam deverão estar pintados de vermelho, enquanto os lugares que eles menos gostam de azul escuro.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Entregue a cada grupo de alunos recortes de papel contendo, cada qual, um conceito chave da cartografia (convenções cartográficas, representação, símbolos, legenda, mapas) dispostos em ordem aleatória. Solicite que reflitam sobre o mapa que elaboraram e que escrevam um pequeno texto, utilizando os conceitos contidos nos recortes, que explique o que são mapas e a importância dos símbolos e da legenda para a sua compreensão.

Material complementar: os conceitos utilizados nesta etapa sistematização deste plano de aula (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Sobre este plano: Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07GE09 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Esta habilidade se refere ao desenvolvimento e aprofundamento da leitura e interpretação de mapas cartográficos, focando na análise e compreensão de seus principais elementos: título, tema, convenções cartográficas e legenda.

Materiais necessários: projetor, computador, papel A4, lápis, régua, borracha, lápis de cor

Para você saber mais:

O mapa é um dos principais instrumentos de estudo e análise do espaço geográfico e também um dos principais aliados do professor de geografia em sala de aula. Para tanto, é muito importante que os alunos estejam familiarizados com esta importante ferramenta geográfica.

Há muito tempo o homem utiliza os mapas como instrumento de orientação, localização e comunicação, precedendo a própria escrita. Nos dias atuais isso não é diferente, podendo ser utilizados por cientistas e leigos, viajantes ou engenheiros, alunos e professores. Por ter a espacialização de fenômenos (naturais e sociais) como uma de suas principais obrigações, os mapas ganham grande importância nas aulas de geografia.

Nunca é demais lembrar que o mapa não é uma fotografia onde todos os elementos (naturais e humanos) estão presentes. Como uma primeira aproximação ao tema, podemos dizer que o mapa é uma representação análoga à realidade, ou seja, ele é um desenho que representa um determinado local (rua, bairro, município, país, etc.) através de símbolos. Neste contexto, o mapa, enquanto representação gráfica, é um misto de ciência, arte, técnica e linguagem que, através de uma visão vertical (demonstra um local visto de cima) demonstra uma determinada característica geográfica (clima, relevo, economia, etc.) do local selecionado.

Para desenvolver uma boa leitura e interpretação de mapas geográficos é necessário estar atento aos seus principais elementos: título, tema, legenda, escala, convenções cartográficas, legenda e orientação.

Material complementar: todas as imagens, mapas e textos utilizados nesta aula (Geo07_09Un01) estão disponíveis no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/dDJdR7RTKv65WdgmjcMaa6J2s9MAJkQW45TGCnNVQZTe66mDy98nArcnJsuD/ge07-09un01.pdf

Link para os mapas e demais imagens utilizados nesta aula (GEO07_09UN01): Acesso em 03 de novembro de 2018.

Mapa Brasil Antigo. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv6687.pdf>

Mapa da América do Sul. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/mapas/GEBIS%20-%20RJ/map9773.pdf>

Mapa Rio de Janeiro. Disponível em: <https://7a12.ibge.gov.br/images/7a12/estados//rio_janeiro.pdf>

Mapa de relevo do Rio de Janeiro. Disponível em: <ftp://geoftp.ibge.gov.br/produtos_educacionais/atlas_educacionais/atlas_geografico_escolar/mapas_do_brasil/mapas_estaduais/fisico/rio_de_janeiro.pdf>

Sugestões de pesquisas:

MARTINELLI, Marcelo. Cartografia temática: caderno de mapas. Disponível em: <https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=lang_pt&id=c8oCNsR6714C&oi=fnd&pg=PA11&dq=related:BKzi_T_kuKQJ:scholar.google.com/&ots=nOsubGopjf&sig=RI2ckoxzm9EAOYyUBNbfSfAqfLc#v=onepage&q&f=false >Acesso em 03 de novembro de 2018.

FONSECA, Fernanda Padovesi. O potencial analógico da cartografia. Disponível em: <http://www2.fct.unesp.br/docentes/geo/raul/cartografia_tematica/leitura%201/fernanda.pdf > Acesso em 30 de novembro de 2018.

ARCHELA, Rosely Sampaio. Orientações metodológicas para construção e leitura de mapas temáticos. Disponível em: <https://journals.openedition.org/confins/3483?lang=pt#tocto2n3 > Acesso em 10 de novembro de 2018.

Como são feitos os mapas? IBGE.Youtube. 28 de maio de 2015. 13m55s. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=IusAgSY20wM>. Acesso em 05 nov. 2018.

ALMEIDA, Rosângela Doin. Cartografia escolar. São Paulo: Contexto, 2014.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Este plano de aula tem por objetivo desenvolver no aluno uma correta leitura e interpretação de mapas cartográficos através da observação, análise, comparação e reflexão de alguns de seus principais elementos (título, tema, simbologia e legenda).

O plano se inicia com uma observação e comparação de mapas, seguido da análise e reflexão da simbologia cartográfica (linhas, pontos, cores, etc.). Como ação propositiva, os alunos terão que produzir um mapa da escola e, para concluir a aula, terão que produzir um pequeno texto que explique a importância e função das convenções cartográficas e da legenda nos mapas.

Obs.: A questão da escala cartográfica não será abordado neste plano.

Para iniciar, solicite aos seus alunos que se organizem em duplas ou trios (esta configuração deverá ser mantida até o final da aula) e certifique-se que tenham em mãos os materiais necessários para a realização desta aula: caneta, lápis, borracha, régua, lápis de cor e papel A4 ( que poderá ser substituído por outro papel, ou mesmo a folha do caderno). Após organizados os grupos, projete as imagens presentes nos próximos slides e informe que eles deverão observar as principais informações, características, semelhanças e diferenças entre os mapas apresentados.

Se a sua escola não possui um projetor de imagens, faça o download e imprima as imagens utilizadas neste plano.

Como adequar à sua realidade: Você poderá substituir os mapas utilizados por estes planos por outros que contemplem o estado e/ou município onde se localiza a escola. Você também poderá utilizar mapas presentes no atlas ou no livro didático do aluno.

Para você saber mais:

O mapa é um dos principais instrumentos de estudo e análise do espaço geográfico e também um dos principais aliados do professor de geografia em sala de aula. Para tanto, é muito importante que os alunos estejam familiarizados com esta importante ferramenta geográfica.

Há muito tempo o homem utiliza os mapas como instrumento de orientação, localização e comunicação, precedendo a própria escrita. Nos dias atuais isso não é diferente, podendo ser utilizados por cientistas e leigos, viajantes e engenheiros, alunos e professores. Por ter a espacialização de fenômenos (naturais e sociais) como uma de suas principais obrigações, os mapas ganham grande importância nas aulas de geografia.

Nunca é demais lembrar que o mapa não é uma fotografia onde todos os elementos (naturais e humanos) estão presentes. Como uma primeira aproximação ao tema, podemos dizer que o mapa é uma representação análoga à realidade, ou seja, ele é um desenho que representa um determinado local (rua, bairro, município, país, etc.) através de símbolos. Neste contexto, o mapa, enquanto representação gráfica, é um misto de ciência, arte, técnica e linguagem que, através de uma visão vertical (demonstra um local visto de cima) demonstra uma determinada característica geográfica (clima, relevo, economia, etc.) do local selecionado.

Para desenvolver uma boa leitura e interpretação de mapas geográficos é necessário estar atento aos seus principais elementos: título, tema, legenda, escala, convenções cartográficas, legenda e orientação.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: O mapa deste slide foi confeccionado no ano de 1546 por Pierre Descelliers, refletindo as técnicas e crenças existentes naquele período. Como uma primeira aproximação ao tema, solicite que os alunos observem o mapa e digam quais informações contidas nele mais chamaram a atenção. Informe que, naquele tempo, a cartografia era vista como arte, ou seja, possuía uma forte preocupação estética, daí a presença de iluminuras (“adornos” decorativos), mas sem abrir mão da técnica, daí a sua elevada precisão, visto que servia aos interesses da colonização e do mercantilismo europeu. Diga aos seus alunos que, por se tratar de uma representação antiga, não existe no mapa título, legenda ou escala. Aproveite e construa com a turma um título apropriado para ele.

Mapa de Pierre Descelliers. Parte americana do planisfério feito em Arques (França) - 1546

Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv6687.pdf > Acesso em 03 de nov. 2018.

Material complementar: os mapas utilizados na etapa da contextualização deste plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link a seguir: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Slide Plano Aula

Orientações: liste no quadro os principais elementos constitutivos de uma representação cartográfica (título, convenções cartográficas, legenda, orientação e escala) e solicite aos alunos que identifiquem cada um deles no mapa. Promova uma reflexão na turma sobre importância de cada um deles nos mapas.

América do Sul. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/mapas/GEBIS%20-%20RJ/map9773.pdf > Acesso em 03 de nov. 2018.

Material complementar: os mapas utilizados na etapa da contextualização deste plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Slide Plano Aula

Orientações: solicite aos seus alunos que comparem os dois mapas e apontem suas semelhanças e diferenças. Informe que cada um deles foi confeccionado em tempos diferentes, refletindo a cartografia de seu tempo. Vale ressaltar que, atualmente, a cartografia utiliza modernas técnicas (sensoriamento remoto, imagens de satélites, computadores, impressoras, etc.) de obtenção de dados, captura de imagens e produção de mapas, o que a torna muito mais precisa.

Material complementar: os mapas utilizados na etapa da contextualização deste plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Slide Plano Aula

Orientações: Este momento é muito importante neste plano, pois é onde serão analisadas algumas simbologias utilizadas em mapas geográficos escolares. É somente a partir do entendimento destes signos que os alunos serão capazes de ler e interpretar adequadamente mapas cartográficos. Informe à turma que qualquer elemento (natural ou antrópico) significativo presente no espaço geográfico poderá ser representado através de símbolos (linhas, pontos, figuras geométricas, cores, hachuras, etc.), de forma a transmitir a informação de maneira simples e direta. Não se esqueça de informá-los que esses símbolos são convencionados (convenções cartográficas), ou seja, são “padronizados” de forma a facilitar a sua interpretação. Solicite aos alunos que analisem os símbolos contidos nas legendas utilizadas neste slide, destacando a gradação de cores (frias e quentes) utilizadas para representar a variação do relevo.

Para saber mais: para que um mapa se comunique com o seu leitor, ele se utiliza de símbolos (signos) para representar a ocorrência e localização de objetos (ruas, rios, etc.) e fenômenos (urbanização, desmatamento, etc.) presentes no espaço geográfico. Isto se dá através da utilização de linhas, pontos, cores, hachuras, etc. De maneira geral, os símbolos presentes nos mapas podem ser agrupados em três categorias:

  • símbolos pontuais: utilizados para representar pequenas localidades, objetos ou elementos nos mapas. Ex.: portos, aeroportos, capitais, picos, etc.
  • símbolos lineares: são utilizados para representar objetos de grande extensão e largura pequena. Ex.: ruas, avenidas, rios, divisas, etc.
  • símbolos zonais: utilizados para representar objetos ou fenômenos de grande extensão em relação à área representada no mapa, através de hachuras ou cores,. Ex.: climas, relevo, vegetação, etc.

Material complementar: as legendas e os mapas utilizados na etapa da contextualização deste plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: estando os alunos familiarizados com o alfabeto cartográfico (simbologia), chegou a hora de desenvolver neles a correta leitura e interpretação de mapas cartográficos. Os mapas presentes neste e no próximo slide servirão de base para esse desenvolvimento. Solicite que os alunos leiam o mapa, identifiquem os seus principais elementos (título, tema e simbologia), interpretem e analisem as principais informações contidas nele.

Como adequar à sua realidade: Você poderá substituir os mapas utilizados nesta etapa do plano por outros que contemplem o estado e/ou município onde se localiza a escola. Você também poderá utilizar mapas presentes no atlas ou no livro didático do aluno.

Para você saber mais:

O mapa utilizado neste slide utiliza variáveis visuais discretas, ou seja, demonstra simplesmente a existência, extensão e localização de objetos e/ou fenômenos (sociais ou naturais) presentes na área representada, através de variáveis visuais seletivas: pontos, linhas, cores, etc.

Mapa do Rio de Janeiro. Disponível em: < https://7a12.ibge.gov.br/images/7a12/estados//rio_janeiro.pdf > Acesso em 03 de nov. 2018.

Material complementar: os mapas utilizados nesta etapa de problematização do plano (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/872grA3rDsKSaXdkcEGAXWvSFzHmqBzem4y3nu2pgJEzkuJC6UQq6evYDVj8/ge07-09un01-problematizacao.pdf

Sugestões de pesquisas:

NUNES, Christian. Variáveis visuais e a legenda representadas no mapa. Disponível em: <http://www.geoluislopes.com/2014/12/variaveis-visuais-e-legenda-representadas-no-mapa.html> Data de acesso: 20 nov. 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Solicite que seus alunos interpretem o mapa deste slide, analisando seus principais elementos, simbologias, semelhanças e diferenças para o mapa do slide anterior. Se for preciso, informe que, além dos símbolos que representam os rios, estradas e cidades, este mapa utiliza um gradação de cores (frias e quentes) para representar a variação do relevo do estado do Rio de Janeiro, cuja explicação está contida na legenda. É fundamental que os alunos entendam as diferentes simbologias utilizadas neste mapa, para que a sua interpretação ganhe amplitude e profundidade.

Para você saber mais:

O mapa deste slide utiliza diferentes variáveis visuais para representar objetos e fenômenos presentes no estado do Rio de Janeiro. As

variáveis visuais discretas, são utilizadas simplesmente para representar a localização e/ou extensão de rios, rodovias e cidades. Já as variáveis contínuas demonstram, além da existência, localização e extensão, a variação do relevo no estado do Rio de Janeiro, através de uma gradação de cores (frias e quentes), demonstrando ordenamento e hierarquização do fenômeno representado, onde as cores frias (azul escuro, azul claro, verde escuro e verde claro) representam as áreas de baixa altitude e as cores quentes (amarelo, laranja, vermelho) para as áreas de maior altitude.

Mapa de relevo do Rio de Janeiro. Disponível em <ftp://geoftp.ibge.gov.br/produtos_educacionais/atlas_educacionais/atlas_geografico_escolar/mapas_do_brasil/mapas_estaduais/fisico/rio_de_janeiro.pdf. Acesso em 03 de nov. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações: este é o momento em que os alunos colocarão “a mão na massa”. Cada dupla ou trio terá a tarefa de produzir um mapa que será usado na orientação de visitantes que a escola receberá. Os alunos deverão utilizar variáveis visuais discretas (linhas, pontos, formas geométricas, etc.) e/ou variáveis visuais contínuas (gradação de cores) para representar os diferentes objetos e ambientes existentes na escola (salas de aula, refeitório, quadra esportiva, pátio, direção, etc.). Deixe claro aos seus alunos que o mapa deverá obrigatoriamente conter título, símbolos e legenda. Não se preocupe com escala cartográfica nesta atividade.

Para tornar a atividade mais individualizada e participativa, você poderá requerer que os alunos pintem o mapa produzido utilizando uma gradação de cores frias (azul escuro, azul claro, verde escuro e verde claro) e cores quentes (amarelo, laranja, vermelho) para representar os sentimentos que têm para cada ambiente da escola (sala de aula, laboratório de informática, direção, quadra poliesportiva, pátio, etc.), sendo as cores quentes utilizadas para os lugares que eles mais gostam na escola. Desta forma, os lugares que eles mais gostam deverão estar pintados de vermelho, enquanto os lugares que eles menos gostam de azul escuro.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Entregue a cada grupo de alunos recortes de papel contendo, cada qual, um conceito chave da cartografia (convenções cartográficas, representação, símbolos, legenda, mapas) dispostos em ordem aleatória. Solicite que reflitam sobre o mapa que elaboraram e que escrevam um pequeno texto, utilizando os conceitos contidos nos recortes, que explique o que são mapas e a importância dos símbolos e da legenda para a sua compreensão.

Material complementar: os conceitos utilizados nesta etapa sistematização deste plano de aula (Geo07_09Un01) poderão ser baixados no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NVqQmuPxnw2Nn3fuMwfu5AQnuZfGWz38j2Pp89QHpzYqeb5fu8SvzPqWtU9j/ge07-09un01-contextualizacao.pdf

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Formas de representação e pensamento espacial do 7º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07GE09 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano