15795
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Descobrir e relacionar novas coleções na natureza

Nesta atividade, as crianças adicionam à sua coleção de objetos da natureza novos itens coletados com as famílias.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Fernanda Zanatta

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Peça para os familiares que recolham elementos naturais no caminho de casa para escola junto com as crianças e que os envie para a escola. Oriente os pequenos a colocar tais elementos num espaço, que pode ser uma caixa, uma bandeja ou uma cesta, de forma a criar uma nova coleção. Prepare um espaço para os materiais até o dia da realização da proposta. Esteja atento para que os bebês não coloquem pedras ou sementes na boca, no nariz...

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Um passeio pela natureza 

Recolhendo elementos da natureza

Organizando coleções com elementos da natureza

Folhas, galhos, pedras e um pouco mais

Descobrir e relacionar novas coleções na natureza 

Materiais:

Coleções de elementos da natureza já organizadas pelas crianças anteriormente em outras propostas e que estejam disponíveis para elas brincarem no cotidiano. Outros elementos da natureza coletados pelas famílias no caminho de casa para a escola ou que tenham sido coletados em suas casas. Bandejas, caixas ou cestas de tamanhos variados.

Espaços:

A proposta pode ser realizada na sala do agrupamento de bebês ou em outro espaço coletivo da sua escola. Organize as coleções que estão na sala dos pequenos em dois cantos sobre estantes baixas ou sobre tapetes (escolha um local acessível a todos). Junto a elas, disponha os elementos coletados pelas famílias em cestas, caixas ou bandejas. Deixe disponível em outro canto as cestas, as caixas ou as bandeja vazias.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que forma as crianças exploram as propriedades (odor, cor, textura, temperatura) dos elementos da natureza (cheiram, apertam, passam pelo corpo, sacodem, batem um no outro)?

2. Como a proposta favorece aos bebês a percepção das diferenças e semelhanças entre os elementos? Como demonstram as descobertas feitas ao relacionar os elementos da natureza?

3. De que forma os bebês usam seu corpo no momento de brincar, manipular e fazer as novas coleções com os elementos da natureza?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Garanta que todos possam estar em atividade, de acordo com suas preferências, ritmos e possibilidades. Reserve e deixe disponível um cesto com objetos preferidos das crianças, oferecendo-o quando necessário.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Converse com a grupo todo de crianças a respeito da proposta a ser realizada, que será brincar com os elementos da natureza, descobrindo e construindo relações com as coleções feitas anteriormente e com os elementos trazidos pelas famílias. Convide-as a explorar livremente os cantos organizados. Aconchegue confortavelmente os bebês menores próximos aos materiais e coloque os objetos ao alcance deles. Observe quais são as primeiras ações que realizam ao encontrar os elementos da natureza que foram trazidos pelas famílias. Esteja perto, observando e intervindo a partir das ações delas, dirigindo o menos possível. Aproveite para registrar os momentos e compor a documentação pedagógica do grupo.


2

Acompanhe duplas de bebês e pequenos grupos que vão se organizando, por interesses próprios, nos cantos propostos. Atente-se para como usam as coleções já conhecidas por eles e para quais ações realizam com esses elementos. Encoraje os bebês a descobrir novas formas de brincar com eles: entre junto na brincadeira e relacione os materiais já conhecidos com os novos.

Possíveis ações da criança neste momento: Dois bebês que engatinham se dirigem a um cesto cheios de gravetos. Cada um pega dois gravetos, um em cada mão, e batem um no outro. Ouvem atentos o som e sorriem um para o outro. Integrantes de grupo menor que caminha intercalam-se entre um canto e outro, observando o que há nas cestas. Param próximo a cesta com pedras e sentam-se. Ficam ali por um tempo a brincar com elas, rolando-as pelo chão, batendo umas nas outras, apertando-as contra seu corpo.


3

Acompanhe as explorações com os elementos coletados pelas famílias. Veja como manipulam os elementos, se os olham, passam as mãos neles, os cheiram, os passam pelo corpo, apropriando-se assim das suas características. Fique junto a eles durante essa experiência, demonstrando interesse e valorizando suas iniciativas, visando ampliar experiências. Você pode também passar sua mão nos materiais, cheira-los, passá-los no seu corpo, funcionando como modelo e entrando na brincadeira com eles.

Possíveis ações da criança neste momento: Um bebê se aproxima do cesto com elementos da natureza, tira dele sementes grandes ainda não conhecidas por ele. Observa, as passa de uma mão para outra, as cheira, as bate no chão e as aperta com as duas mãos. Outros dois bebês observam-no e também retiram da cesta algumas folhas secas grandes. Passam-nas a mão sentindo a textura, as cheiram e balbuciam um para o outro, sorrindo.

Possíveis falas do professor nesse momento: O que você encontrou nessa cesta? Que elementos são esses? Como podemos brincar com eles? Você já viu materiais parecidos com esses aqui na escola? E em casa?


4

Participe de momentos de trocas e de construção ao relacionar as coleções já conhecidas pelas crianças e os novos elementos trazidos pelas famílias. Acompanhe individualmente e em duplas as experiências que realizam ao brincar com os materiais. Perceba como relacionam os elementos, se buscam os já conhecidos primeiro e depois vão até os novos, ou vice-versa. Pegue elementos das coleções conhecidas e convide as crianças a buscarem semelhantes no cesto dos novos. Use comentários como: Onde encontramos folhas como essas nessas outras cestas? Você quer me ajudar a procurar? Veja, temos vários tipo de sementes! O que elas têm de parecido? Essa é maior, aquela está mais quente. Encoraje a turma a partir de ações realizadas pelos bebês, propondo imitações dos outros que os observam.


5

Após esses ricos momentos de investigação, proponha organizar novas coleções com os elementos trazidos pelas famílias, usando também alguns dos elementos que já fazem parte das coleções conhecidas pelos bebês. Observe alguma criança que esteja, por exemplo, com uma bandeja já com pedrinhas e proponha que coloquem outras pedras de tamanhos diferentes ali. Inicie também algumas ações como pegar outra bandejae colocar pedras de tamanhos semelhantes nela, convidando os pequenos para colocar outros elementos também em outras bandejas.

Possíveis falas do professor neste momento: O que esses elementos têm de parecidos? Quais são diferentes desse outro? Como podemos separá-los? Você pode ajudar?


Para finalizar:

Ao perceber menos envolvimento na proposta e boas experiências já vivenciadas com os elementos naturais, informe às crianças que em alguns minutos irão organizar o espaço e voltar à sala para a próxima proposta do dia. Passado esse tempo, convide-as para colocar as coleções de elementos nos lugares. Sugira que guardem os materiais que sobraram para brincar em outros momentos da rotina, aprofundando a experiência. Valorize as iniciativas das crianças nesse momento, encorajando cada uma no momento da organização.

Desdobramentos

Realize a proposta com um grupo de crianças maiores, ampliando o campo de experiências dos bebês. Utilize também alguns brinquedos favoritos dos bebês, para que explorem-nos juntamente com os elementos.

Engajando as famílias

Faça um caderno com os registros das propostas realizadas dentro da sequência de atividades com os elementos naturais, pontuado a riqueza de vivências com esses elementos, incluindo os que foram trazidos pelas famílias. Envie esse caderno para que os responsáveis façam uma atividade num espaço com elementos naturais junto ao bebê e registrem a experiência ali. Assim, cria-se um acervo de memórias que passarão de família para família, possibilitando a troca de vivências e ampliando as formas de todos brincarem. Compartilhe o rico material com todos da comunidade escolar em uma reunião ou em outro momento no qual vocês costumam se encontrar.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01ET01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01ET05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EO02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano