15375
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Produção de textos

Plano de aula - Estratégias de planejamento de poemas de forma fixa e livre

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do Ensino Fundamental sobre o planejamento de um poema composto de versos livres e de versos fixos.

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Marianna Zaroni Parro

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Atenção: esta adaptação reúne os três planos de aula de produção textual do gênero poema

Recursos indicado
Necessários: mídias de comunicação e interação (WhatsApp ou e-mail) para envio das orientações e das sugestões de atividades. Escolha o modo mais acessível aos estudantes e às famílias.
Como se trata de uma sequência que trabalha com a oralidade e discussões, sugerimos que utilize ferramentas que propiciem a interação em encontros síncronos. Procure o mais adequado para a sua turma: para pequenos grupos de até 4 pessoas  WhatsApp; até 6 pessoas  Instagram; até 50 pessoas  Facebook Messenger ou Skype (versão gratuita). Saiba mais no artigo disponível aqui.
Padlet (tutorial disponível aqui).
Flippity (tutorial disponível aqui) para games e sorteios de grupos em roleta.
Spreaker Studio para gravação, análise, edição e publicação de podcasts (tutoriais disponíveis aqui e aqui).
Inshot para gravação e edição de vídeos (tutoriais disponíveis aquiaqui e aqui).
TikTok, disponível aqui.

Opcionais: canais para aulas online, como Google Meet (tutorial disponível aqui) ou Zoom (tutorial disponível aqui).

Observações gerais
O estudo do gênero poema solicita ainda mais as habilidades de escuta compreensiva e mais atenção à oralidade e à prosódia, as quais envolvem aspectos como entonação, tonicidade e pronúncia no uso da língua. Esses aspectos implicam na melodia e no ritmo empregados para os efeitos de sentidos pretendidos e indicados na declamação dos poemas. Além disso, há intencionalidades específicas nos poemas, que implicam também criar novos e diferentes sentidos para as palavras. Sendo assim, a leitura e produção textual desse gênero demandam discussões e reflexões para atribuir e produzir múltiplos sentidos às palavras no poema. Recomendamos, por isso, o uso de podcast e vídeo para as interações e envio de atividades entre professores e estudantes, nesta sequência de 15 planos dedicados ao gênero.

Introdução: Planejamento para a produção textual do poema
Tendo em vista o momento do ER, que solicita orientações e períodos mais breves nas diferentes etapas da aula, sugerimos que utilize uma ferramenta síncrona para esta aula (veja indicações no início desta adaptação, em “recursos necessários”). Escolha aquela que atender melhor a sua turma. Inicie esta adaptação seguindo o plano original LPO7_06SQA13, informando aos estudantes que eles serão organizados em duplas e trios para planejar a produção textual de um poema. Informe também que a elaboração do poema, a produção textual, será individual. Para formar as duplas e trios, considere o perfil da sua turma. Se preferir, utilize o Flippity para sortear as parcerias.

Siga as orientações do professor do plano original LPO7_06SQA13, tanto do slide de introdução quanto de desenvolvimento. Estipule sempre o tempo para que os estudantes troquem as ideias entre as duplas e retornem ao momento coletivo síncrono. Após a primeira discussão sobre os possíveis temas escolhidos por eles para a produção do poema, compartilhe na tela a tabela proposta no plano original LPO7_06SQA13, no slide do desenvolvimento, e anote as sugestões de temas coletivamente.

Em seguida, envie essa tabela para que as duplas e trios preencham os outros itens. A partir da escolha dos temas, eles devem também definir o eu-lírico e as abordagens, ou seja, a intencionalidade do poema (levar a refletir sobre um tema, emocionar, sensibilizar para um fato ou ideia, fazer uma crítica social, divertir, brincar com as palavras e os sons etc.), e anotar o que definirem para usar na produção textual. Estipule mais um tempo para essa atividade. No contexto do ensino remoto, consideramos pertinente que os estudantes se mantenham em duplas e trios durante toda esta etapa de planejamento.

Ao final do tempo estipulado, todos devem seguir para um momento coletivo síncrono, para que você faça uma síntese das abordagens sobre os temas, sugeridas pelas duplas e trios, motivando-os a participar (siga as orientações da etapa de fechamento do plano original). Compartilhe com eles, ao final, a tabela completa, enviando o link no chat, para que possam utilizá-la na próxima etapa da produção textual.

Desenvolvimento: Preparação para a produção textual do poema
Informe aos estudantes que eles vão expor os poemas produzidos, com a possibilidade de declamá-los também. É sempre uma grande motivação produzir um texto com uma finalidade de alcançar leitores. Lembre-os que essa produção textual será individual, embora possam trocar ideias com os parceiros das duplas e trios ou com você durante toda o processo.

Nesta etapa do plano original LPO7_06SQA14, os estudantes vão definir e compartilhar estratégias e material linguístico para a produção dos poemas, a partir da tabela realizada na introdução desta adaptação e compartilhada com eles. Siga as orientações ao professor, do slide da introdução do plano original, que apresenta os parâmetros/critérios que devem ser definidos antes da produção do texto. Esse momento será dedicado a uma atividade proposta para as duplas e trios. Estipule um tempo para essa troca de ideias.

Ao final do tempo estipulado, todos devem seguir para um momento coletivo síncrono. Siga, em parte, as orientações ao professor, do desenvolvimento do plano original LPO7_06SQA14, mas faça-o primeiro sincronamente, em forma de brainstorming, ou seja, solicitando que os estudantes tragam palavras e rimas relacionadas aos temas propostos, com base no que sabem ou lembram.  Só depois desse momento proponha uma pesquisa pelas duplas, para a construção de um repertório coletivo. Solicite, então, que eles busquem imagens para palavras que remetam à temática que escolheram (tendo em vista a criação de analogias inusitadas em prol da criação de metáforas), palavras de um mesmo campo semântico e rimas.

Estipule um tempo um pouco maior para essa atividade e indique links para pesquisa de imagens e para dicionários de sinônimos (sugestão disponível aqui), de modo que possam encontrar mais facilmente palavras que pertencem a um mesmo campo semântico. Solicite também que busquem palavras que rimem (veja o site disponível aqui) para trabalhar o ritmo e a sonoridade no poema. Essas são algumas sugestões, mas é possível criar também jogos que levem à busca de sons da língua, figuras de linguagem como assonância e aliteração (que estudaram nesta sequência do gênero poemas), para que possam usar na produção do poema.  Oriente-os a colocar o resultado dessa pesquisa no Padlet, preparado por você e dividido pelos temas propostos.

Faça um breve fechamento coletivo desta etapa e informe aos estudantes que eles terão acesso no Padlet ao repertório que elaboraram conjuntamente durante todo o período que terão para produzir o poema.

Fechamento: Produção textual dos poemas
Esta etapa da aula corresponde ao plano original LPO7_06SQA15. No entanto, os estudantes não terão apenas este momento para a produção textual, pois recomendamos que tenham um prazo maior, tendo em vista o período de isolamento e ER. Aproveite esta etapa da aula, então, para explicar como será o processo de produção, revisão, reescrita e depois de apresentação e exposição dos poemas elaborados por eles.

Estipule um prazo para a produção da primeira versão do poema, que devem postar no Padlet preparado por você. Explique que haverá uma aula (determine a data) para que façam uma revisão do poema do colega (você indicará os parceiros, considerando para isso os integrantes das duplas e trios que já trabalharam juntos). Para a revisão, eles devem seguir os critérios já definidos anteriormente (no desenvolvimento desta adaptação, no plano LPO7_06SQA14). Faça os combinados para que essas revisões sejam feitas com respeito aos colegas e considerando os critérios estabelecidos, que sejam críticas construtivas para o aperfeiçoamento e o aprendizado de todos.

Haverá, então, um prazo para a reescrita e postagem no Padlet, preparado por você para receber a versão final do poema de cada um dos estudantes. Informe-os que você fará uma leitura final. Liberadas as versões para a exposição, elas serão organizadas no próprio Padlet. Ficará como opção gravar um áudio ou vídeo com a declamação do poema. Mas a produção textual, escrita, deverá constar do material exposto para o público.

Comunique que os familiares serão convidados a visitar essa exposição de poemas, motivando-os a participar da etapa de reescrita e a caprichar na realização da declamação. Proponha que alguns voluntários elaborem um convite aos familiares para a data de inauguração, que deve ficar em cartaz por algum tempo, para que sejam vistos pela comunidade escolar também. Informe que receberão um cronograma com todas as datas desse processo para que se organizem e participem. Para as declamações, eles podem enviar as gravações por áudio ou vídeo. Para vídeo, indique o TikTok ou o Inshot. Os áudios podem ter efeitos especiais se gravados como podcast no Speaker Studio.

Convite às famílias
É importante que as famílias sejam informadas que os estudantes continuam a sequência de aulas que envolve o gênero poema. Informe-os que os estudantes vão precisar trabalhar coletivamente, com você e a turma toda, de maneira síncrona, durante o período de algumas aulas em que vão fazer a produção textual de poemas. Além disso, vão fazer algumas atividades em duplas e trios. É preciso, então, que reservem os horários das aulas para que os estudantes não se atrapalhem com a dinâmica da casa, possam fazer uso do celular e internet etc. Ao final, informe que os estudantes, terão também a opção de gravar a declamação do poema. Quando tiverem finalizado o poema, devem postá-lo no Padlet, preparado por você como um espaço para exposição. No mesmo espaço, deverão postar, junto aos poemas, as respectivas declamações, em áudio ou vídeo. Informe nesse convite todos os prazos e oriente que conversem com o estudante para saber o que será necessário para a realização dessas atividades.

Reforce a importância do apoio da família, incentivando-os para que cumpram o prazo, participem e interajam com toda a turma. A exposição de poemas terá uma data de inauguração para a qual os familiares serão convidados. Ela permanecerá aberta, durante um determinado tempo, para visitas de toda a comunidade escolar também.

Sugestão Enviada Por: Silvia Albert


Código: LPO7_06SQA13

(EF69LP51) Engajar-se ativamente nos processos de planejamento, textualização, revisão/ edição e reescrita, tendo em vista as restrições temáticas, composicionais e estilísticas dos textos pretendidos e as configurações da situação de produção – o leitor pretendido, o suporte, o contexto de circulação do texto, as finalidades etc. – e considerando a imaginação, a estesia e a verossimilhança próprias ao texto literário.

(EF67LP31) Criar poemas compostos por versos livres e de forma fixa (como quadras e sonetos), utilizando recursos visuais, semânticos e sonoros, tais como cadências, ritmos e rimas, e poemas visuais e vídeo-poemas, explorando as relações entre imagem e texto verbal, a distribuição da mancha gráfica (poema visual) e outros recursos visuais e sonoros.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Produção de textos do 7º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas