15073
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Bebês

Atividade - Leitura divertida para bebês

Nesta atividade, realize uma leitura para as crianças seguida de uma rápida discussão e vivência relacionadas ao tema da obra.

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Bruna Bonfá Terra da Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Com a finalidade de demonstrar possibilidades quanto ao desenvolvimento da proposta, utilizaremos para exemplificação o livro “Curumim”, da editora Positivo. Outros livros, como “A pena perdeu um passarinho”, também da editora Positivo, e “A flor do mato”, da editora Bergamota, são boas sugestões para atividades como essa. O professor deve conhecer previamente a história selecionada para que possa conduzir a leitura com tranquilidade e favorecer as interações dos bebês com o enredo. Selecione variados livros que tenham contextos parecidos e os reserve em uma cesta de vime. Os recursos representativos sugeridos devem ser substituídos de acordo com a história escolhida a fim de caracterizar determinado enredo. Lembre-se que é importante garantir a escolha de livros de qualidade e para tanto, você pode ter como referência: a qualidade das ilustrações, a presença de uma narrativa, evitar textos que apenas descrevam as ilustrações, livros com autor e editora e narrativas que abordem as situações cotidianas da vida das crianças.

Materiais:

Livro “Curumim” e um boneco de pano que o represente. Cesta de vime com variados livros de enredos semelhantes ao selecionado para a atividade. As frutas disponíveis na creche dentro de uma bacia de plástico. Algumas almofadas para dar sustentação aos bebês menores e duas cangas de praia (ou algo similar). Aparelho sonoro de pilha ou bateria (rádio, notebook ou celular) para colocar as canções sugeridas no plano. Câmera fotográfica para os registros de documentação pedagógica.

Espaços:

Realize a atividade no jardim da creche e com todo o grupo de bebês. Organize as cangas embaixo da sombra de uma árvore, por exemplo, e disponha as almofadas ao entorno delas criando um círculo. Acomode a cesta de vime com livros na centralidade do ambiente. Coloque o livro principal “Curumim” na posição vertical, em cima dos livros da cesta e, ao lado dela, posicione o boneco de pano que representa o personagem principal. Inicialmente, deixe a bacia com as frutas higienizadas em um canto mais distante. Posicione o aparelho sonoro em um canto do ambiente.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Quais são as reações dos bebês ao reconhecerem os elementos presentes nas imagens da história? Como eles comunicam essa identificação?

2. Como os bebês imitam os gestos e as entonações de voz que o adulto realiza ao apresentar o enredo do livro?

3. De quais maneiras os bebês expressam suas necessidades e descobertas? Quais movimentos corporais apresentam para se comunicar?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Garanta que todos os bebês participem da proposta e se envolvam no momento da leitura, interagindo com o adulto-leitor e com o enredo do livro. Favoreça a diversidade de exploração dos materiais que compõe o ambiente por meio da manipulação e da descrição. Incentive o grupo a vivenciar e a observar a natureza com atenção.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Um ambiente convidativo promove o interesse na proposta pelos bebês. Deste modo, organize o espaço em que a atividade será desenvolvida a fim de oportunizar situações exploratórias pelo grupo. Ainda em sala, conte aos bebês sobre a proposta de leitura do livro “Curumim”, que será realizada no jardim da creche, e crie expectativas sobre as descobertas e brincadeiras que poderão acontecer. Convide-os a se deslocarem até o local preparado e auxilie todos no deslocamento, principalmente os bebês que necessitam de ajuda para locomoção. Registre esses momentos, quando possível.

Possíveis falas do professor neste momento: pessoal, eu trouxe uma surpresa para vocês! Sim, é algo bem diferente do que estamos acostumados. Preparei um espaço de leitura confortável e divertido lá no jardim!

Possíveis ações da criança neste momento: os bebês podem sorrir e bater palmas, demonstrando encantamento pela proposta.


2

Permita a exploração espontânea e apoie as iniciativas de investigação do grupo em relação aos materiais disponibilizados (cesta de vime, boneco de pano, livros variados, almofadas e cangas de praia). Deixe os bebês folhearem o livro “Curumim”, analisarem os outros livros, trocarem as almofadas de lugar, rolarem sobre as cangas e brincarem com o boneco de pano. Ofereça suporte corporal e auxilie a busca pelo objeto de interesse dos bebês menores, possibilitando diferenciados momentos de interações. Incentive a observação atenta e o contato respeitoso com elementos da natureza. Após esse momento, convide os bebês do grupo a se acomodarem confortavelmente em volta das cangas, explicitando que agora você apresentará o livro “Curumim”. Auxilie-os a se organizarem um ao lado do outro, formando o círculo conforme a disposição das almofadas.

Possíveis ações da criança neste momento: Os bebês podem aguardar com expectativa o início da leitura, apresentando ações como sorrir, bater palmas, manipular os materiais e os elementos naturais, demonstrando encantamento pela proposta.


3

Com o livro e o boneco de pano em mãos, comece a apresentação explorando a capa e os elementos que a compõe. Use diferentes entonações de voz e variadas expressões faciais de acordo com as características do enredo ou do personagem. Torne-se parte da narrativa ao brincar e interagir com o boneco, por meio de gestos e movimentos. Faça as pausas necessárias para que o grupo possa apreciar e identificar os elementos presentes nas imagens do livro. Motive os bebês a apontarem e a nomearem esses elementos figurativos da história, colaborando com comparações entre as imagens do livro e a realidade vivenciada. Encoraje os bebês a se envolverem nessa proposta imitando suas falas e expressões, para que, assim, cada um deles possa fazer a leitura. Incentive o grupo a participar da leitura por meio de balbucios, palavras, gestos, movimentos e brincadeiras de imitação do ato de ler, valorizando as diversas formas de comunicação.

Possíveis ações da criança neste momento: Os bebês podem relacionar o enredo do livro com a vivência do momento e, assim, interagir com o professor e com os colegas ao comunicarem suas descobertas.


4

Finalizada a leitura, pergunte aos bebês sobre suas brincadeiras e comidas preferidas, correlacionando-as com o cotidiano do Curumim apresentado no livro. Faça os questionamentos ao grupo e garanta que todos os bebês se expressem, cada um a seu modo. Em seguida, pegue a bacia de frutas e ofereça a eles. Enquanto distribui as frutas, conforme as preferências dos bebês, relembre a relação que o Curumim tem com as que ele colhe. Permita que os bebês explorem o contexto apresentado e os incentive a protagonizar divertidas brincadeiras, apoiando suas iniciativas de investigação em relação ao ambiente natural. Ligue o aparelho sonoro (rádio, notebook ou celular) para colocar a canção "Indiozinhos", do personagem Bob Zoom, e as músicas "A canoa virou" e"Peixe vivo", do grupo Palavra Cantada, para que o grupopermaneça envolvido na temática do livro. Você pode também, convidar os bebês para escutar os sons da natureza, tal como os índios fazem ou convidá-los a brincar de imitar outras ações e comportamentos dos índios que aparecem na história lida.


Para finalizar:

Sinalize o encerramento da atividade e indique o que será feito posteriormente. Prepare anteriormente o ambiente para a transição de momentos e para as etapas subsequentes. Leve para o espaço da brincadeira alguns fantoches, caixa de encaixes sólidos, cesto de brinquedos favoritos para oferecer outra opção ao bebê que se interessar por outra atividade, concedendo autonomia para suas escolhas. Após um momento, anuncie novamente o término da brincadeira e convide o grupo a colaborar com a organização dos materiais, reconhecendo as tentativas de participação. Cante uma música que marque os momentos de finalização de atividades.

Desdobramentos

Se possível, apresente ao grupo o vídeo "Lenda da Caipora", da Turma do Folclore, para ampliar o repertório de diferentes linguagens com contextos semelhantes. Nesta faixa etária, os bebês necessitam da repetição para dar continuidade às ações exploratórias e assimilar os conteúdos abordados. Deste modo, coloque os materiais utilizados na sala de referência e faça a leitura do livro em outros momentos ao longo dos dias. O professor poderá fazer adaptações na ambientalização sugerida para desenvolver a atividade em outros locais, como na sala ou pátio.Esta proposta pode ser desenvolvida ao longo do ano. É necessário apenas variar os títulos, modificar os ambientes e trocar os recursos representativos de acordo com o enredo selecionado.

Engajando as famílias

Para que as famílias se envolvam e valorizem as leituras de histórias, prepare um varal com algumas fotografias que fazem parte dos registros pedagógicos. Utilize barbante ou corda de nylon para fazer o varal. Coloque as fotos, intercalando com breves relatos de situações que observou durante a atividade. Disponha o varal próximo a sala de referência para que fique acessível a apreciação das famílias, funcionários e crianças da creche.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EF04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EF05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano