14761
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Cuidando da horta

Nesta proposta, as crianças conhecerão quais são as ações necessárias para cuidar das plantas da escola.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Karla Alessandra Santos Pereira de Souza

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Em algum momento anterior a realização desta atividade, as crianças já deverão ter plantado alimentos na horta da escola e você registrado algumas imagens do momento. Pesquise na internet ou converse com pessoas que entendam do assunto sobre os cuidados necessários para cada plantação de tipo de alimento e se aproprie das informações o máximo que puder. Dessa forma, você poderá ajudar as crianças no que for preciso. Combine com a equipe da escola que um professor irá auxiliar, ou outro educador que esteja disponível, para acompanhar as crianças em sala, enquanto a dupla ou trio estiver na horta.

Materiais:

Para acompanhamento e registros: calendáriograndepara acompanhar os cuidados diários e a passagem do tempo;fotos das crianças (o tamanho pode ficar a seu critério); imagens impressas ou de revistas dos principais cuidados com as plantas de uma horta, imagens das crianças plantando mudas na horta; cartaz feito de cartolina em forma de tabela com os dias da semana; equipamento para as fotos: câmera ou celular. Para os cuidados com a horta: instrumentos diversos como regadores, baldinhos, pás e canecas. Para cantos de atividade de livre escolha: mesinhas, brinquedos que envolvam cozinha/comidinha (alimentos de plástico ou reais, panelas e talheres), massinha, jogos de encaixe etc. Outros recursos: fita adesiva, cola,pincel atômico, água, mangueira.

Espaços:

A proposta será iniciada na sala onde as crianças estão habituadas a realizar suas atividades. Organize os instrumentos a serem usados na horta num espaço permanente por todo o período de cuidados comela. Fixe o calendário e o cartaz na parede, ao alcance das crianças. Cada pequeno grupo (um por dia) irá a horta, onde serão realizados os cuidados. Enquanto isso, as outras crianças ficarão no espaço inicial, brincando de livre escolha, utilizando os outros recursos em mesinhas ao alcance das crianças ou no chão, como for melhor. Você também pode realizar esta atividade na própria horta, a depender da sua realidade. Nesse caso, pode dispensar o uso das imagens e iniciar a primeira conversa em grande grupo. Além disso, pode preparar cantos de brincadeira livre, próximos a horta e ir aos poucos convidando as crianças para os cuidados.

Tempo sugerido:

Entre 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1.Quais são as estratégias das crianças para cuidar da horta? Elas se apropriam dos principais cuidados? Fazem uso dos instrumentos? Compartilham os materiais? Ajudam umas às outras?

2. De que forma as crianças manifestam suas preferências? Que materiais ou cuidados lhe causam mais interesses?Preferem mexer na terra ou apenas molhar?

3. Como as crianças percebem a passagem do tempo e o desenvolvimento das plantas? Apontam para o calendário? Percebem e indicam as mudanças nas plantinhas, a partir do plantio, de um dia para o outro ou de uma semana para outra?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Incentive que as crianças colaborem entre si nos momentos de cuidar da horta, regando e preparando a terra. Promova o engajamento das crianças e assegure que consigam, cada uma à sua maneira, contribuir com os cuidados da horta. Respeite as preferências de cada criança, incentivando mas não as obrigando a participar.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Reúna as crianças em grande grupo e desperte o interesse delas sobre a horta, apresentando imagens realizadas no momento de plantar os vegetais, retomando em uma conversa como foi esse momento.Comunique que a partir de hoje elas irão cuidar das mudas que plantaram na horta. Mantenha uma postura atenta para ouvir e observar como se manifestam. À medida que as crianças forem pronunciando sobre a experiência anterior, aproveite as falas, gestos e/ou balbucios para instigá-las sobre os cuidados diários com as plantas da horta. Demonstre dúvida sobre esses cuidados e solicite ajuda para esse levantamento prévio das ações necessárias para que as plantas cresçam saudáveis.

Possíveis falas do professor neste momento: Ah, você acha que devemos molhar? Exato! Elas precisam de água para crescerem sadias. Quais outros cuidados com as plantinhas da horta precisamos ter? Alguém tem uma ideia?

Ao observar que uma criança aponta para a pá: Olha! Cuidar da terra e tirar o mato também é importante! Elas estão pequenininhas…! É verdade! Você tem razão, tem que amassar a terra, né?


2

Continue conversando com as crianças sobre como podem fazer para ajudar as plantinhas a crescerem bonitas e saudáveise ressalte, com o uso de algumas imagens, os principais cuidados, como molhar, podar, colocar terra, receber luz, tirar possíveis matinhos que estiverem nascendo, repor o aduboetc. Mostre o calendário comunicando que, através dele, vocês irão acompanhar as ações diárias.Você pode ainda, de acordo com suas pesquisas dos cuidados necessários e com a ajuda das crianças, utilizar as imagens para fazer a previsão das ações de uma semana.

Possíveis falas do professor neste momento: Ah, sabe o que eu descobri também? Tem alguns matinhos que crescem junto com as plantinhas e que podem fazer mal a elas, por isso precisam ser retirados. Tem também aquela terra diferente que a gente precisa usar... vocês lembram dela? O nome é adubo e ela contém os alimentos que as plantas precisam, assim como a gente precisa comer fruta, verdura, arroz, feijão etc.

3

Avise as crianças que todos os dias, em pequenos grupos (podendo ser duplas ou trios), elas irão até a horta, para realizar os cuidados necessários com as plantinhas. Explique que cada grupo irá em um dia. Observe e escute-as neste momento. Se atente às reações, como manifestam o interesse, se há euforia etc. Apresente o cartaz com os dias da semana, bem como as imagens dos cuidados e diga a elas que suas fotos e responsabilidades com a horta ficarão registrados ali. Peça para colocarem no cartaz, frente aos dias da semana, as fotos, formando as duplas/trios de acordo com as preferências delas. Deixe que as próprias crianças se manifestem naorganização das duplas ou trios e para os cuidados. Colabore, se necessário.


4

Diga às crianças que o pequeno grupo irá escolher os instrumentos e ir até a horta enquanto os demais ficarão na sala com outro educador, explorando as atividades de livre escolha. Use as imagens e combine com o grupo do dia quais ações farão. Encaminhe esse pequeno grupoaos espaços preparados com os materiais a serem usados nos cuidados. Neste momento, as crianças podem se interessar bastante, já escolhendo um determinado instrumento e indicando o que vão fazer com ele. Como não há certo ou errado, não interfira no uso que a criança der ao instrumento, mesmo se, por exemplo, alguma desejar brincar com um regador. Aos poucos e com a repetição da atividade, elas vão se apropriando dos instrumentos específicos para cada ação. Apenas observe e respeite. Com os materiais escolhidos, encaminhe-os até a horta no dia designado a cada dupla/trio.


5

Na horta as crianças devem ficar a vontade. Fique sempre atento para que explorem com segurança. Você pode motivá-las, tendo a iniciativa de mexer na terra com as mãos ou com a pá, regando, retirando matinhos e ainda perguntando o que aconteceria com as plantas se elas ficassem sem cuidados. Observe os que elas comunicam.Este momento deve acontecer de forma natural e prazerosa. Mesmo se as crianças tiverem ações que não condizem com os cuidados, respeite as iniciativas e a forma lúdica como elas interagem com o espaço e com as outras crianças.Interfira ou oriente se, por exemplo, estiverem arrancando ou pisando nas plantas. Durante todo o processo, faça registros com fotos, que podem ser semanais, observando a evolução e as mudanças das plantas com o passar do tempo.

Possíveis ações da criança neste momento: Elas podem disputar ou brincar de faz de conta com algum instrumento, imitar ações de poda ou até mesmo de plantio.Uma criança que esteja com o regador pode logo se direcionar a uma planta e, mesmo com o regador vazio, imitar a ação de molhar. Outra criança pode, com uma pazinha, bater na terra ou tentar arrancar uma muda, pensando ser um matinho.

Para finalizar:

Observe o interesse das crianças eavise que terão mais 5 minutos para voltar à sala. Caso estejam muito interessadas na atividade, diga que terão mais um tempinho. Comunique que chegou o momento de voltar e convide as criançasa pegarem seus instrumentos para lavarem e guardarem, para que os outros coleguinhas possam usar nos dias seguintes, durante o revezamento dos grupos. Oriente-as a voltarem para a sala para dar continuidade às atividades do dia.Na sala, mostre o calendário e marque junto com as crianças o que foi feito naquele diae, a seu critério, outras anotações que possam ajudar a orientar as próximas ações dos grupos até a colheita. A anotações poderão, junto com as imagens, servir de referência para outros pequenos grupos antes dos cuidados diários com a horta, quando serão retomadas as orientações dos passos 4 e 5.

Desdobramentos

Além de realizar o cuidado com a horta diariamente com o revezamento dos pequenos grupos, sugira em uma roda de conversa a realização de uma experiência com as crianças, na qual uma planta da horta é escolhida pela turma para ficar sem receber cuidados. A medida que forem acompanhando os acontecimentos, faça observações e registros, para que possam levantar hipóteses que expliquem o não desenvolvimento da planta e depois comparar com as plantas que receberam cuidados. Mostre como é importante cuidar do corpo, não só do ser humano, mas de qualquer ser vivo. Também é possível montar um mural com fotos de todo o processo de cuidados da horta.

Engajando as famílias

Para envolver as famílias, plante feijões com as crianças na escola em copinhos descartáveis. Proponha que cada criança leve seu copinho para casa, para que junto às famílias acompanhe o desenvolvimento. Envie um bilhete comunicando sobre o objetivo da atividade. Peça que registrem o dia a dia (podendo ser com fotos) para que as crianças percebam a evolução. Diga que enviem os registros à escola para que seja montado um mural na porta da sala junto a todas as outras fotos da atividade. Assim, as experiências podem ser compartilhadas com todos.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02CG04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET06 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano