14374
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - Diversidade cultural - Bumba meu boi

Nesta atividade, as crianças irão conhecer as músicas, as danças e a história de uma festa regional.

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Cristiane Martins Soares

O que fazer antes?

Contextos prévios:

É fundamental que você pesquise sobre a festa do Bumba meu boi para que possa incentivar a investigação das crianças e o respeito pelas diferentes culturas. Se você é da região onde essa festa é popular, terá mais elementos e materiais para enriquecer o plano e para encaminhar as proposições. Aproveite essa oportunidade para valorização da cultura local.

Eis algumas indicações para pesquisa, você deve buscar outros elementos, esses podem ser apenas para o inspirar ou para serem efetivamente utilizados no desenrolar das propostas com as crianças:Uma Conversa sobre Bumba-Meu-Boi no Maranhão - Território do Brincar ,Expedições apresenta o Bumba-Meu-Boi do Maranhão - TV Brasil

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Diversidade Cultural - "Bumba meu boi".

A festa do boi em diferentes representações.

Conhecendo e explorando instrumentos da festa do Boi.

Construindo nosso Boi

Brincando de Boi com outras turmas da escola.

Materiais:

Vídeo de curta duração sobre a festa do Boi maranhense (sugestão: Território do Brincar | Série MiniDocs | Brincantes e brincadeiras com o bumba-meu-boi do Maranhãoou outro que escolher). Aparelho para a reprodução do vídeo, livro de históriaque traga a abordagem cultural da dança do Bumba meu Boi (sugestão: Bumba meu boi - Stela Barbieri e Fernando Vilela, Ed. Girafinha).

Materiais para desenho (papel sulfite e diversidade de materiais riscantes, como lápis de cor, giz de cera, lápis grafite).

Espaços:

Sala ou outro ambiente que permita a reprodução de vídeo e a movimentação das crianças.

Tempo sugerido:

Entre 40 minutos e uma hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como as crianças relacionam as suas vivências pessoais com as novas experiências culturais que estão experimentando?

2. Como manifestam interesse por conhecer outras culturas?

3. Comunicam suas descobertas, ideias e hipóteses de forma progressiva considerando os diferentes aspectos investigados? Como fazem isso?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Pense na organização das crianças para que todas estejam envolvidas nas experiências propostas. Você pode sugerir que algumas sentem-se mais próximas ao aparelho de reprodução do vídeo, para uma escuta mais atenta. Durante o relato de vivências culturais, se necessário, conte uma vivência sua, para motivá-las a dar contribuições ao grupo.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se acomodarem em grande roda. Proponha um diálogo a partir da pergunta: Que tipo de festas vocês já foram com suas famílias? Amplie as possibilidades de relatos e outras manifestações comunicando sobre as festas de sua região e as que ocorrem na escola. Se na turma houver crianças de outras cidades ou regiões do Brasil ou mesmo de outros países, peça que contem sobre as festas de sua região. Também pode acontecer de conhecerem outras festas com as quais entraram em contato a partir de viagens e de vivências de parentes! É importante dar espaço para que tragam esses aspectos, caso hajam.

A partir dessa troca, pergunte se alguém já ouviu falar na festa do “Bumba meu boi”, e se tiver, convide a criança a comunicar aos colegas o que tem nessa festa e como ela acontece. Se ninguém a conhecer, troquem ideias sobre como acham que ela é, partir do nome dela. Os conhecimentos e experiências a respeito do Bumba meu Boi variam de acordo com o local em que está situada sua escola, mas a possibilidade de investigação de uma cultura regional é instigante para todas as crianças.


2

Diga às crianças que você trouxe algumas canções da festa do Bumba meu Boi para que as conheçam. Reproduza apenas o som do video: “Território do Brincar | Série MiniDocs | Brincantes e brincadeiras com o bumba-meu-boi do Maranhão” ou outro que você escolheu com antecedência. Escute as hipóteses que elas levantam sobre os sons (música, instrumentos musicais, enredo). Amplie as investigações sobre a festa perguntando sobre o que fala a música, quais instrumentos são tocados, como será que as pessoas dançamna festa do Boi, que roupas utilizam etc.Além de falarem de suas próprias ideias a respeito da festa, as crianças podem experimentar movimentos e iniciar uma dança do Bumba meu Boi.


3

Reproduza agora o vídeo completo (som e imagem), favorecendo novas descobertas sobre a festa. Envolva as crianças na ampliação de observações quanto aos diferentes elementos, como vestimentas, instrumentos, dança, história, local da festa etc.Você pode fazer pausas em momentos que achar oportuno, assim as crianças poderão observar com mais calma um detalhe diferente, rever um trecho da dança ou mesmo aproveitar para expressar corporalmente suas descobertas. Em uma dessas pausas traga a atenção para o personagem principal, que é típico do Maranhão, perguntando a elas porque acham que o Boi está no centro festa - Qual será a história desse boi tão festejado? Proporcione que novas hipóteses sejam compartilhadas.

Possíveis ações da criança neste momento: As crianças podem aproveitar o som e imagens para se expressar corporalmente, podem imitar passos da dança assistida, ou criar seus próprios, imitar os personagens imprimindo simbolismo para os movimentos, além de imitar a sonoridade dos personagens como o boi.


4

Proponha que as crianças conheçam mais sobre esse Boi e sobre a festa com a leitura de um livro. Peça para que se acomodem em uma grande roda, no espaço em que costumam usar para a leitura de histórias e escolha uma obra que não trate a história de forma simplista. Leia um texto rico em detalhes e imagens que ampliem as investigações e traga uma abordagem cultural real. A sugestão aqui é “Bumba meu boi” - Stela Barbieri e Fernando Vilela, Ed. Girafinha. Quando apresentar o livro, mostre para as crianças a capa ou outra imagem, possibilitando que a relacionem com o vídeo que assistiram. Leia a história para as crianças. Ao terminar a leitura, incentive-as a falar sobreo contexto geral da história e a relacionarem-na com o vídeo assistido. É o momento de elas comentarem o que gostaram de saber sobre a festa, qual personagem lhe chamou mais a atenção, o que ele representa e de se manifestarem usando também o corpo, caso sintam desejo ou necessidade.

<fim-cartao2>


5

Reproduzanovamente o vídeo utilizado na etapa 3 para que as crianças tenham a oportunidade de explorar a sonoridade por meio da dança livre. Observe se escolhem representar um personagem ou apenas brincar com os movimentos do corpo. Coloque em um canto da sala material de desenho à disposição das crianças que não querem dançar, sugerindo que podem representar a festa, a história ou os colegas dançando no papel.


Para finalizar: Ao final da música, reúna as crianças e proponha que conversem com seus familiares sobre a festa do Boi, contando um pouco da história, de como é a dança, as roupas, instrumentos etc. Peça que busquem saber se alguém da família conhece a festa, a história ou outros elementos relacionados a essa festividade. Diga a elas que em outro dia poderão contar seus relatos para os colegas e convidar pessoas que já participaram do Bumba meu Boi para conversar ou dançar com a turma na escola.

Desdobramentos

Inclua em sua rotina momentos de escuta de músicas relacionadas à festa do Bumba meu Boi e a brincadeiras de danças e encenações ligadas a elas, a partir das ideias que surgiram nesta atividade. Traga novas referências para ampliar o repertório das crianças. Você também pode programar uma visita a uma biblioteca ou a uma casa de cultura local que possua no acervo materiais referentes a festa do Bumba meu Boi. Caso algum familiar das crianças conheça a festa, tenha fotos, instrumentos ou outros objetos típicos, convide-o com antecedência para compartilhar vivências com as crianças.

Engajando as famílias

Apoie as crianças na construção de um pequeno cartaz, com o objetivo de compartilhar com os familiares essa aprendizagem. Os desenhos feitos por elas são a base para o cartaz, que também pode conter a descrição de algumas delas crianças sobre o que conheceram da festa do Bumba meu Boi. Peça às crianças sugestões para o título, nesse momento você é o escriba para as ideias delas.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano