13400
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - Manuseio de livros

POR: Helena Cristina Cintra Eher 17/11/2018
Código: EDI2_25UND02

Creche / Educação Infantil

Atividade alinhada à BNCC:

(EI02EF04) Formular e responder perguntas sobre fatos da história narrada, identificando cenários, personagens e principais acontecimentos.

(EI02EF06) Criar e contar histórias oralmente, com base em imagens ou temas sugeridos.

(EI02EF07) Manusear diferentes portadores textuais, demonstrando reconhecer seus usos sociais.

Plano de atividades de Educação Infantil com atividades para Crianças bem Pequenas sobre Criação e contos de histórias oralmente baseado em imagens ou temas sugeridos

Resumo

ilustracao

Os pequenos irão explorar e manusear obras já conhecidas dispostas no espaço da sala.

O que fazer antes?

Contextos prévios:

É importante que alguns dos livros apresentados às crianças sejam de histórias que elas já conhecem, por já terem sido contadas ou lidas pelo professor.Fique atento à qualidade das narrativas, das ilustrações e à adequação dos livros à faixa etária. Certifique-se que não reforçam estereótipos e preconceitos. (Sugestão de leitura: "Como escolher boa literatura para crianças?" da Revista Emília).

Materiais:

Separe diversos livros numa quantidade maior do que a de crianças. É interessante que haja histórias que elas conhecem e outras que não. Garanta que esses livros sejam adequados à faixa etária e a todas as crianças, com ilustrações que chamem a atenção, fáceis de folhear. Alguns podem ser táteis. Você pode disponibilizar os livros em algumas mesas (adequadas ao tamanho das crianças), em caixas ou cestos. Para o espaço, use materiais como almofadas, tapetes, cadeiras, colchonetes e tecidos. Providencie um aparelho de som ou seu celular para colocar música, um caderno, uma caneta para anotações, alguns jogos e brinquedos.Separe papel para cartaz, canetinha e uma máquina fotográfica ou celular para tirarfotos da atividade - para o item Engajando as famílias.

Espaços:

Crie um ambiente aconchegante na sala. Disponibilize almofadas, colchonetes e tapetes, delimitando alguns espaços. Coloque também cadeiras e mesas (adequadas ao tamanho das crianças) em um outro espaço. Em um dos cantos da sala, monte uma cabana com tecidos, se for uma prática conhecida das crianças. Distribua os livros por esses espaços, oportunizando que as crianças se organizem em pequenos grupos ao escolher os locais em que querem ficar e os livros que querem ler.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que forma as crianças manuseiam os livros (posição do livro, folheiam as páginas, observam as ilustrações, tentam ler o texto)? Elas demonstram interesse em manuseá-los?

2. Como as crianças contam/recontam suas histórias? Lembram-se de algumas partes ou personagens?

3. Como são as conversas das crianças sobre as histórias? Quais suas estratégias para responder questões sobre a narrativa? Que tipos de comentários ou indicações sobre a história elas fazem?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Fique atento às crianças que precisam de alguma ajuda para se locomover ou se comunicar, verbalize o que elas expressam por meio de gestos, de sons, de expressões ou apontando algo. Se alguma criança tiver dificuldade para segurar ou virar as páginas do livro, ajude-a durante a atividade. Procure incentivar todas a participar, mas respeite se alguma preferir só observar.

O que fazer durante?

1

Reúna as crianças e conte que hoje irão ler os livros que você trouxe. Caminhepelo espaço com elas, mostre os diferentes cantos organizados na sala e as caixas ou cestos com livros. Explique que há obras que elas já conhecem e outras que vocês ainda não leram juntos, mas que poderão ler depois. Pegue alguns exemplos desses livros, mostre a capa, leia o título, pergunte quem lembra daquela história, quem gostaria de ler o livro. Fique atento aos comentários e às perguntas das crianças, verbalize o que elas comunicam por meio de gestos, expressões ou apontando algo.


2

Deixe as crianças à vontade para explorar, escolher os livros, onde querem ler (mesa, chão, almofada, colchonete, cabana) e como querem ler (individualmente, em pequenos grupos, com um adulto). Ajude as que tiverem dificuldade para pegar o livro ou para se locomover pelo espaço. Coloque uma música baixa e tranquila de fundo para deixar o ambiente ainda mais agradável.

Possíveis ações das crianças neste momento: Folhear rapidamente um livro e trocar por outro. Pegar vários livros ao mesmo tempo. Mostrar para outra criança o que ela está vendo. Pedir que o professor leia o livro para ela. Reler/ler uma história para ela mesma, para outra criança ou para o professor. Olhar por um tempo o que as outras estão fazendo, para depois pegar um livro.

Possíveis falas do professor neste momento: Se tiver uma criança que não pegou nenhum livro, convide-a a ver um com você, dizendo: Você se lembra-se daquela história que você gosta, dos Três Porquinhos? Será que a gente encontra esse livro? Você já viu essa história? Acho que vai gostar. Ou convide-a a ouvir a história que outro amigo está contando.


3

Fique atento à interação das crianças com os livros. Observe se elas os seguram na posição certa, se conseguem folheá-los, se recontam uma história que memorizaram, se criam histórias com as ilustrações. Aproveite para escrever suas observações ao longo de toda a atividade e registrá-las por meio de fotos.

Possíveis ações das crianças neste momento: Algumas crianças podem pegar os livros e usá-los como brinquedo, para empilhar, por exemplo. Deixe que os explorem, depois pegue uma obra para folhear próximo a elas e convide-as para ver o livro com você. Se ainda não quiserem, respeite o tempo delas.


4

Interaja com as crianças, convide-as para contar uma parte da história usando as ilustrações como base e ajude-as a lembrar de certos acontecimentos. Peça que apontem os personagens, as situações e outros pontos da história que possam identificar no livro e/ou recordar de quando vocês o leram. Fique atento às diversas formas de expressão da criança: pela fala, pelos gestos, pelas expressões, pelas atitudes, apontando etc. Converse sobre suas preferências, peça que mostrem seu livro favorito ou um que gostem muito, diga que percebeu que elas gostam bastante de certo livro, porque o escolheram de novo. Registre por escrito essas preferências.

Possíveis falas e ações do professor e das crianças neste momento: Você gosta bastante desse livro, né? Como é que ele começa? O que esse lobo aprontou? (Criança abre a boca.) Ele comeu a vovó? Você achou aquela história que nós lemos? O que acontece com a joaninha? (Criança diz caiu) Isso mesmo, ela desmaiou. Eu não lembrava desse livro. O que acontece com o menino? Esse livro a gente ainda não leu. Do que será que ele fala? Por que você gosta desse livro? (Criança aponta para um leão.) Você gosta de histórias com leões? Será que tem outro livro com leões para você ver?


5

Observe como as crianças interagem umas com as outras, se preferem ler o livro sozinhas ou em pequenos grupos, se preferem contar a história para os amigos ou ouvir quando alguém conta. Observe como conversam entre elas sobre o livro e sobre suas preferências. Folheie uma obra também e esteja disponível para lê-la para as que pedirem, para observar o que te mostram, escutar as que quiserem contar a história, fazer comentários, verbalizar o que elas apontam no livro.


6

Se houver conflitos por um livro ou por um espaço e houver necessidade de uma intervenção, converse com a criança e ajude-a a encontrar uma solução: ler junto, trocar de livro, encontrar outro livro com a mesma história ou aguardar enquanto a outra criança termina a leitura. Aproveite para anotar quais são os livros mais disputados, essa informação te ajudará a identificar as preferências do grupo e a preparar a atividade novamente, caso queira repeti-la. Se as crianças demonstrarem um grande interesse por algum espaço, construa mais de um igual a ele quando for repetir a atividade.


7

Algumas crianças podem rasgar ou amassar os livros, pois ainda estão aprendendo a manuseá-los. Se tiver sido sem querer, não é necessário repreendê-las, ajude-as a terminar de ver o livro e depois deixe-o separado para que possa ser consertado. Se rasgarem propositalmente, converse sobre a importância de cuidar dos livros, para que possam ler e reler a história. Mostre alternativas para o uso mais adequado do livro, tanto com exemplos dados por você como com outros que ela pode observar no comportamento das outras crianças.


Para finalizar:

Em um canto da sala, disponibilize brinquedos e jogos como uma opção de atividade para as crianças que terminarem de manusear os livros antes das outras.Quando notar que o interesse da maioria está diminuindo, avise que a atividade acabará em dez minutos. Avise-as novamente quando faltarem cinco minutos. Ao fim desse tempo, convide-as para guardar os livros e arrumar os espaços. Neste momento, cante uma música que já usa nos momentos de arrumação ou coloque "Arrumar a Bagunceira", da Palavra Cantada, disponível aqui. Sugira que os pequenos organizem os livros e o local enquanto dançam ao ritmo da música. Se tiver montado a cabana, ela pode servir como espaço permanente de leitura, de aconchego ou de privacidade para as crianças.

Desdobramentos

Caso queira explorar ainda maisesta atividade, ela pode ser realizada com frequência, assim as crianças podem se apropriar cada vez mais desse comportamento leitor, além de exercitar a autonomia na escolha dos livros e ter a oportunidade de expressar preferências. Peça que, depois do manuseio, as crianças escolham um livro para você ler. Elas podem sugerir as obras dizendo o nome delas, apontando-as ou levando-as até você. Faça um sorteio ou uma votação para escolher um livro dentre as sugestões dadas.

Engajando as famílias

Faça um painel com fotos desse momento e uma lista com alguns dos livros favoritos da turma. Peça que os pais complementem-na com outras histórias favoritas das crianças. Se tiverem o livro em casa, peça que emprestem para que você o leia para a turma. Durante uma semana, no momento de chegada e saída das crianças, prepare um espaço para o manuseio de livros (pode ser no hall de entrada, na biblioteca, em um canto da sala etc) e convide as famílias (avise-as com antecedência) para compartilhar esse espaço e ler histórias com as crianças. Deixe diversos livros disponíveis e espaços onde os adultos e as crianças possam se sentar juntos para lê-los.


Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora:  Helena Cristina Cintra Eher

Mentora: Nilcileni Aparecida Ebani Brambilla

Especialista do subgrupo etário: Karina Rizek

Sugestão de idade: De 1 ano e 7 meses a 2 anos e 11 meses

Campo de Experiência:  Escuta, fala, pensamento e imaginação.

Objetivos e códigos da Base
Centrais:

(EI02EF04) Formular e responder perguntas sobre fatos da história narrada, identificando cenários, personagens e principais acontecimentos.
(EI02EF06) Criar e contar histórias oralmente, com base em imagens ou temas sugeridos.

Transversal:

(EI02EF07) Manusear diferentes portadores textuais, demonstrando reconhecer seus usos sociais.

Abordagem didática: Ler diariamente possibilita que as crianças desenvolvam o prazer pelo mundo fantástico dos livros. Explorar as obras com os pequenos permite a eles se aproximarem da linguagem escrita. Observando a capa, eles podem construir hipóteses sobre o que e onde está escrito e identificar informações como o nome do autor, o título etc. Dentro do livro, outros conhecimentos são importantes, como diferenciar a ilustração da escrita, antecipar textos e acontecimentos com base na ilustração, entre outros. A própria narrativa, com seus personagens e cenários, pode ser aproveitada para a realização de boas conversas com e entre as crianças.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS ATIVIDADES DESSA UNIDADE:

ATIVIDADES DESSA DISCIPLINA:

ATIVIDADES RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes