17915
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 7º ano > Mundo do trabalho

Plano de aula - As multinacionais e a produção industrial no Brasil

Plano de aula de Geografia com atividades para 7° ano do Fundamental sobre Analisar as causas da chegada das transnacionais e a sua importância para o desenvolvimento industrial no país

Plano 07 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Allan Fábio Veríssimo Pacheco

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre o plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre o plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07GE08 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

O objetivo deste plano é proporcionar uma reflexão sobre o que levou a instalação de inúmeras empresas transnacionais no país e a importância delas para o desenvolvimento industrial brasileiro. Este plano utiliza a “aula invertida” como metodologia ativa e, desta forma, para sua realização, será necessário que você divida previamente a turma em pequenos grupos, com até 4 pessoas, e a cada um deles dê a tarefa de pesquisar: o país de origem, o ramo de atividade (alimentício, automobilístico, farmacêutico, etc.), o ano da chegada no Brasil, os principais produtos fabricados, o número de funcionários no Brasil, o significado do logotipo e o faturamento médio anual de uma das transnacionais listadas abaixo:

  • Automobilísticas: Ford, Toyota, Volkswagen e Fiat.
  • Alimentícias: Nestlé, PepsiCo, Coca-Cola e Danone.
  • Tecnologia: IBM, Microsoft, Samsung, Sony.
  • Petróleo: Chevron e Exxon Mobil.
  • Diversos: Johnson e Johnson, P&G.

Materiais necessários: cartolina, lápis, borracha, régua, hidrocor e lápis de cor.

Materiais complementares:

Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/5QgHtWBp44hQWJUAJyuEZnrS7EgHVhuMmCEbhUbuPwCSX7ZYX99tgTWHKahp/ge07-08un07-contextualizacao-imagens-e-texto.pdf

Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/v3vPhjQK6brZhCCX2e6yYdaBJfRyzBCG3mhnbSwYRfzSRK5kpZRDKHJGCFcj/ge07-08un07-problematizacao-imagens.pdf

Ação propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ZBjTctUsmZ4nURgKyZUqRYnwqfVVTeSYPMgzbWKtz6bSCZZqDvrfbdU29vwx/ge07-08un07-acao-propositiva-diagrama.pdf

Para você saber mais: Denominamos de empresas multinacionais aquelas que possuem sede em um determinado país e, através de filiais, atuam em outros. Alguns autores utilizam o termo transnacional pelo fato destas empresas não pertencerem a vários países, como o termo multinacional deixa subentendido. Além disso, boa parte dos lucros obtidos pelas filias são enviados para a sede da empresa, geralmente em um país desenvolvido.

Durante a segunda metade do século XX estas empresas se instalam em outros países atraídos por vantajosos fatores locacionais como: mão de obra barata, amplo mercado consumidor, incentivos fiscais, matéria-prima abundante, leis trabalhistas e ambientais frágeis ou flexíveis, etc.

Em tempos de globalização, o desenvolvimento tecnológico e informacional permitiu a fragmentação do processo produtivo, possibilitando que um determinado produto tenha suas peças fabricadas por empresas diferentes, localizadas em países diferentes, que depois são montados e vendidos para todo o mundo.

Para mais informações acesse os links abaixo:

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Solicite que os alunos se organizem em grupos já previamente definidos. Apresente o tema da aula à turma e informe-os que terão a tarefa de refletir sobre a chegada e importância das empresas transnacionais para a industrialização do país.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Faça a pergunta contida no slide e deixe que os alunos respondam. Aproveite este momento de construção colaborativa do conceito multinacional, ao qual os estudantes possam ter tido mais contato, e questione se elas são, na verdade, empresas que pertencem a vários países ou empresas que atuam em vários países. Informe que estas empresas possuem sede em um país, para onde enviam parte de seus lucros e, por isso, o termo mais apropriado para elas é o de transnacional.

Após, para exemplificar o que são transnacionais, pergunte qual é a nacionalidade das principais empresas fabricantes dos telefones celulares mais utilizados no Brasil. Se os alunos não souberem informar a origem da empresa fabricante utilize a listagem abaixo, isto ajudará no entendimento do significado de transnacionais.

Entre as principais empresas fabricantes de smartphones no mundo estão: Samsung (Coréia do Sul), Huawei (China), Apple (EUA), Nokia (Finlândia), Xiaomi (China), LG (Coréia do Sul), Sony (Japão), Asus (Taiwan), Lenovo/Motorola (China).

Como adequar à sua realidade: utilize produtos ou exemplos de empresas multinacionais que façam parte da realidade socioeconômica de seus alunos.

Fontes das imagens:

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Solicite aos alunos que leiam os trechos de reportagens contidos no slide. Após, pergunte qual é a importância destas empresas para o país. Reforce que, apesar de possibilitarem um grande desenvolvimento dos produtos, serviços (telefonia, internet, bancários, transportes, etc.) e empregos ofertados no país, também aumentaram a nossa dependência tecnológica, visto que o Brasil não produz, na maioria das vezes, tecnologia própria.

Material complementar

Imagens e texto: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/5QgHtWBp44hQWJUAJyuEZnrS7EgHVhuMmCEbhUbuPwCSX7ZYX99tgTWHKahp/ge07-08un07-contextualizacao-imagens-e-texto.pdf

Para você saber mais: para maiores informações sobre o poder econômico destas empresas acesse os links abaixo:

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações: Faça a pergunta contida no slide e deixe que os alunos respondam. Se necessário, pergunte quais vantagens locacionais o país oferecia que atraíram estas empresas.

Material complementar

Imagens: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/v3vPhjQK6brZhCCX2e6yYdaBJfRyzBCG3mhnbSwYRfzSRK5kpZRDKHJGCFcj/ge07-08un07-problematizacao-imagens.pdf

Como adequar à sua realidade: utilize fatores locacionais (atrativos e/ou repulsivos) existentes no bairro ou município onde a escola está inserida para exemplificar o que a indústria considera na hora de selecionar um local para construção de uma nova unidade.

Para você saber mais: até a década de 1950 a indústria brasileira está fincada em apenas dois pilares: capital nacional privado oriundo, principalmente, da economia cafeeira, que investiu em indústria de bens de consumo não duráveis e semi-duráveis (têxteis, alimentícias, bebidas, etc.) e capital estatal, que investiu em indústrias de base, não havendo no país indústrias de bens de consumo duráveis e de maior tecnologia, como, por exemplo, as automobilísticas. A chegada das transnacionais no país teve início no final da década de 1950 durante o Governo de Juscelino kubitschek, que através de seu “plano de metas” buscou desenvolver o Brasil “50 anos em 5” através da abertura da economia ao capital estrangeiro (política de substituição de importações) e do forte investimento federal em infraestrutura (energia, comunicações, rodovias, portos, etc.), provocando um forte endividamento externo. Tudo isto atraiu inúmeras empresas transnacionais ao país, diversificando o parque industrial brasileiro, criando empregos e facilitando o acesso da população a produtos até então importados.

Para mais informações acesse os links abaixo:

Fonte da imagem:

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Utilize a imagem contida neste slide para esmiuçar os principais fatores responsáveis pela chegada das transnacionais no país. Solicite aos grupos que expliquem a importância de cada um deles para a indústria. Após, pergunte como as multinacionais auxiliaram no desenvolvimento industrial do país. Espera-se com isto evidenciar a importância da chegada destas empresas, que permitiu diversificar o parque industrial brasileiro e produzir internamente produtos que até então eram importados, facilitando o acesso da população a estes.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos

Orientações: Cada grupo deverá criar o seu diagrama na folha de cartolina, utilizando as informações encontradas em pesquisa solicitada previamente.

Material complementar

Diagrama: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ZBjTctUsmZ4nURgKyZUqRYnwqfVVTeSYPMgzbWKtz6bSCZZqDvrfbdU29vwx/ge07-08un07-acao-propositiva-diagrama.pdf

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Solicite aos alunos que apresentem os seus diagramas, explicando as principais informações encontradas sobre a transnacional pesquisada. Espera-se, ao final deste plano, que os alunos compreendam o que são transnacionais, os motivos que levaram a sua vinda para o Brasil e como auxiliaram no desenvolvimento industrial do país.

Fonte da imagem: https://unsplash.com/photos/zFSo6bnZJTw

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre o plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07GE08 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

O objetivo deste plano é proporcionar uma reflexão sobre o que levou a instalação de inúmeras empresas transnacionais no país e a importância delas para o desenvolvimento industrial brasileiro. Este plano utiliza a “aula invertida” como metodologia ativa e, desta forma, para sua realização, será necessário que você divida previamente a turma em pequenos grupos, com até 4 pessoas, e a cada um deles dê a tarefa de pesquisar: o país de origem, o ramo de atividade (alimentício, automobilístico, farmacêutico, etc.), o ano da chegada no Brasil, os principais produtos fabricados, o número de funcionários no Brasil, o significado do logotipo e o faturamento médio anual de uma das transnacionais listadas abaixo:

  • Automobilísticas: Ford, Toyota, Volkswagen e Fiat.
  • Alimentícias: Nestlé, PepsiCo, Coca-Cola e Danone.
  • Tecnologia: IBM, Microsoft, Samsung, Sony.
  • Petróleo: Chevron e Exxon Mobil.
  • Diversos: Johnson e Johnson, P&G.

Materiais necessários: cartolina, lápis, borracha, régua, hidrocor e lápis de cor.

Materiais complementares:

Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/5QgHtWBp44hQWJUAJyuEZnrS7EgHVhuMmCEbhUbuPwCSX7ZYX99tgTWHKahp/ge07-08un07-contextualizacao-imagens-e-texto.pdf

Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/v3vPhjQK6brZhCCX2e6yYdaBJfRyzBCG3mhnbSwYRfzSRK5kpZRDKHJGCFcj/ge07-08un07-problematizacao-imagens.pdf

Ação propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ZBjTctUsmZ4nURgKyZUqRYnwqfVVTeSYPMgzbWKtz6bSCZZqDvrfbdU29vwx/ge07-08un07-acao-propositiva-diagrama.pdf

Para você saber mais: Denominamos de empresas multinacionais aquelas que possuem sede em um determinado país e, através de filiais, atuam em outros. Alguns autores utilizam o termo transnacional pelo fato destas empresas não pertencerem a vários países, como o termo multinacional deixa subentendido. Além disso, boa parte dos lucros obtidos pelas filias são enviados para a sede da empresa, geralmente em um país desenvolvido.

Durante a segunda metade do século XX estas empresas se instalam em outros países atraídos por vantajosos fatores locacionais como: mão de obra barata, amplo mercado consumidor, incentivos fiscais, matéria-prima abundante, leis trabalhistas e ambientais frágeis ou flexíveis, etc.

Em tempos de globalização, o desenvolvimento tecnológico e informacional permitiu a fragmentação do processo produtivo, possibilitando que um determinado produto tenha suas peças fabricadas por empresas diferentes, localizadas em países diferentes, que depois são montados e vendidos para todo o mundo.

Para mais informações acesse os links abaixo:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Solicite que os alunos se organizem em grupos já previamente definidos. Apresente o tema da aula à turma e informe-os que terão a tarefa de refletir sobre a chegada e importância das empresas transnacionais para a industrialização do país.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Faça a pergunta contida no slide e deixe que os alunos respondam. Aproveite este momento de construção colaborativa do conceito multinacional, ao qual os estudantes possam ter tido mais contato, e questione se elas são, na verdade, empresas que pertencem a vários países ou empresas que atuam em vários países. Informe que estas empresas possuem sede em um país, para onde enviam parte de seus lucros e, por isso, o termo mais apropriado para elas é o de transnacional.

Após, para exemplificar o que são transnacionais, pergunte qual é a nacionalidade das principais empresas fabricantes dos telefones celulares mais utilizados no Brasil. Se os alunos não souberem informar a origem da empresa fabricante utilize a listagem abaixo, isto ajudará no entendimento do significado de transnacionais.

Entre as principais empresas fabricantes de smartphones no mundo estão: Samsung (Coréia do Sul), Huawei (China), Apple (EUA), Nokia (Finlândia), Xiaomi (China), LG (Coréia do Sul), Sony (Japão), Asus (Taiwan), Lenovo/Motorola (China).

Como adequar à sua realidade: utilize produtos ou exemplos de empresas multinacionais que façam parte da realidade socioeconômica de seus alunos.

Fontes das imagens:

Slide Plano Aula

Orientações: Solicite aos alunos que leiam os trechos de reportagens contidos no slide. Após, pergunte qual é a importância destas empresas para o país. Reforce que, apesar de possibilitarem um grande desenvolvimento dos produtos, serviços (telefonia, internet, bancários, transportes, etc.) e empregos ofertados no país, também aumentaram a nossa dependência tecnológica, visto que o Brasil não produz, na maioria das vezes, tecnologia própria.

Material complementar

Imagens e texto: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/5QgHtWBp44hQWJUAJyuEZnrS7EgHVhuMmCEbhUbuPwCSX7ZYX99tgTWHKahp/ge07-08un07-contextualizacao-imagens-e-texto.pdf

Para você saber mais: para maiores informações sobre o poder econômico destas empresas acesse os links abaixo:

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações: Faça a pergunta contida no slide e deixe que os alunos respondam. Se necessário, pergunte quais vantagens locacionais o país oferecia que atraíram estas empresas.

Material complementar

Imagens: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/v3vPhjQK6brZhCCX2e6yYdaBJfRyzBCG3mhnbSwYRfzSRK5kpZRDKHJGCFcj/ge07-08un07-problematizacao-imagens.pdf

Como adequar à sua realidade: utilize fatores locacionais (atrativos e/ou repulsivos) existentes no bairro ou município onde a escola está inserida para exemplificar o que a indústria considera na hora de selecionar um local para construção de uma nova unidade.

Para você saber mais: até a década de 1950 a indústria brasileira está fincada em apenas dois pilares: capital nacional privado oriundo, principalmente, da economia cafeeira, que investiu em indústria de bens de consumo não duráveis e semi-duráveis (têxteis, alimentícias, bebidas, etc.) e capital estatal, que investiu em indústrias de base, não havendo no país indústrias de bens de consumo duráveis e de maior tecnologia, como, por exemplo, as automobilísticas. A chegada das transnacionais no país teve início no final da década de 1950 durante o Governo de Juscelino kubitschek, que através de seu “plano de metas” buscou desenvolver o Brasil “50 anos em 5” através da abertura da economia ao capital estrangeiro (política de substituição de importações) e do forte investimento federal em infraestrutura (energia, comunicações, rodovias, portos, etc.), provocando um forte endividamento externo. Tudo isto atraiu inúmeras empresas transnacionais ao país, diversificando o parque industrial brasileiro, criando empregos e facilitando o acesso da população a produtos até então importados.

Para mais informações acesse os links abaixo:

Fonte da imagem:

Slide Plano Aula

Orientações: Utilize a imagem contida neste slide para esmiuçar os principais fatores responsáveis pela chegada das transnacionais no país. Solicite aos grupos que expliquem a importância de cada um deles para a indústria. Após, pergunte como as multinacionais auxiliaram no desenvolvimento industrial do país. Espera-se com isto evidenciar a importância da chegada destas empresas, que permitiu diversificar o parque industrial brasileiro e produzir internamente produtos que até então eram importados, facilitando o acesso da população a estes.

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos

Orientações: Cada grupo deverá criar o seu diagrama na folha de cartolina, utilizando as informações encontradas em pesquisa solicitada previamente.

Material complementar

Diagrama: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ZBjTctUsmZ4nURgKyZUqRYnwqfVVTeSYPMgzbWKtz6bSCZZqDvrfbdU29vwx/ge07-08un07-acao-propositiva-diagrama.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Solicite aos alunos que apresentem os seus diagramas, explicando as principais informações encontradas sobre a transnacional pesquisada. Espera-se, ao final deste plano, que os alunos compreendam o que são transnacionais, os motivos que levaram a sua vinda para o Brasil e como auxiliaram no desenvolvimento industrial do país.

Fonte da imagem: https://unsplash.com/photos/zFSo6bnZJTw

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Mundo do trabalho do 7º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07GE08 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano