15860
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Tintas caseiras em suportes para deixar marcas

Nesta atividade, as crianças irão produzir pinturas com tintas naturais elaboradas anteriormente

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Jéssica Ribeiro Carnevale

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Meleca com amido colorido (link)

Exploração de massinha caseira (link)

Tintas naturais nas massas (link)

Tintas naturais em suportes para deixar marcas (link)

Arte com tintas naturais, massas e melecas (link)

Para realizar esta proposta, é importante que o grupo de bebês já tenha explorado previamente as tintas naturais.

Materiais:

Tintas naturais feitas com beterraba, espinafre e pó de gelatina na cor azul. Utensílios para pintura, como rolinho de papel higiênico, brochas e rolinhos de pintura. Suportes para deixar marcas, como papel kraft e caixas de diversos tamanhos dispostas vertical e horizontalmente. Pegue um pedaço bem grande de papelão e faça um furo no meio. Organize as crianças em volta do papelão e no buraco, possibilitando a interação entre elas durante a pintura.

Espaços:

Em uma área externa, organize pelo espaço amplo diversos tipos de suporte em diferentes tipos de papel e formatos, de forma que as crianças possam se agrupar em volta. Eles serão onde as crianças deixarão suas marcas a partir da pintura livre e espontânea. Próximo aos papéis, deixe utensílios que poderão ser utilizados para a pintura. Deixe também potes com as tintas produzidas no plano de aula anterior. Bons recipientes para colocar a tinta são formas de gelo, caixa de ovo (de plástico) e potes com fundo raso, retirados de uma caixa de material de largo alcance. Disponibilize uma caixa com brinquedos de plástico ou borracha (que dê para lavar facilmente, caso sujem de tinta) para que possam brincar e tenham acesso quando desejarem.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como os bebês expressam seus desejos, emoções e necessidades durante a pintura? (pintam calmamente, os corpos ficam agitados, demonstram curiosidade, se portam como pesquisadores, receptivos etc.)

2. Como registram suas marcas nos suportes? (utilizam os utensílios, pintam com as mãos, testam diferentes suportes para comparar marcas…)

3. Como a proposta garante participação dos bebês no cuidado com seus próprios corpos e promoção do seu bem estar?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Garanta que todos possam estar em atividade de acordo com suas preferências, ritmos e possibilidades. Disponibilize uma caixa com brinquedos de plástico ou borracha (que dê para lavar facilmente, caso sujem de tinta) para que possam brincar e tenham acesso quando desejarem.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide todo o grupo para ir ao espaço organizado e converse com eles. Diga que farão pintura com as tintas que já conhecem, feitas de beterraba, espinafre e pó de gelatina na cor azul. Leve-os ao espaço, auxiliando no deslocamento daqueles que não andam. Ao chegar lá, apresente todos os materiais organizados previamente (utensílios, suportes e potes de tinta) e convide-os a utilizar o material que mais interessar.


2

Neste momento, cada bebê está próximo ao suporte que escolheu e começa a deixar suas marcas. Valide suas iniciativas e nomeie suas ações, atribuindo sentido e incentivando novas descobertas. Permita que explorem o máximo de combinações possíveis entre suportes, utensílios e tintas. Inicie documentação pedagógica com fotografias e vídeos. Ao final da experiência, registre com trechos descritivos as situações mais relevantes.

Possíveis ações da criança neste momento: Um bebê se encaminha para o papel que está no chão, molha o dedo na tinta e passa no papel. Depois, molha novamente na tinta e agora passa na caixa. Com o olhar curioso, olha para o dedo sujo de tinta e as marcas realizadas nos dois suportes.

Possíveis falas do professor neste momento: O que você descobriu aí? Conte para a gente!


3

Incentive o uso do corpo para deixar marcas, como pintura com os dedos, as mãos e pés. Pinte seus pés e ande pelos suportes chamando atenção para as marcas realizadas. Convide os bebês para fazerem o mesmo. Brinque com eles de deixar caminhos pelos papéis, cantando a música “Pé com pé” do grupo Palavra Cantada.


4

Aproxime-se das crianças que fizerem o uso dos utensílios e potencialize suas ações perguntando como ficam as marcas diferentes. Por exemplo, fale sobre o uso do rolinho de papel higiênico carimbado, depois sobre o rolinho de pintura, e, por fim, compare-os. Analise também utensílios diferentes em um mesmo papel (por exemplo: traçados de brocha e rolinho no papel kraft).


Para finalizar:

À medida que as crianças forem terminando, inicie a limpeza com um pano úmido, se necessário. Diga que após a limpeza vocês irão para a próxima proposta. Solicite a ajuda das crianças para a limpeza e organização do espaço. Convide todas a fazerem uma “tour” pelas marcas produzidas, apreciando tudo que experimentaram nesta proposta. Converse com elas se gostariam de expor os suportes. Escolha junto com as crianças um local para a exposição dos diferentes papéis marcados pelo grupo.

Desdobramentos

Com as tintas produzidas, organize um momento para pintura corporal. Inspire-se em gravuras onde crianças e adultos tenham seus corpos pintados, como em tribos e grupos que utilizam a pintura corporal em suas culturas. Faça essa proposta acontecer em frente a um espelho, colocado na altura das crianças, possibilitando que elas se vejam ao pintarem seus corpos.

Engajando as famílias

Convide as famílias a apreciarem a exposição mandando um bilhete pela agenda dos bebês. Próximo à exposição, faça um mural com fotos e escritos da documentação pedagógica feitos por você no momento da proposta. Deixe papel e caneta para que as famílias registrem suas impressões sobre essa experiência.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01TS02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano