15412
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Organizando nosso acervo de coleções

Nesta atividade, as crianças irão classificar e organizar os itens das coleções feitas por elas em dias anteriores.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Leiry Kelly Silva Oliveira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para esta proposta é fundamental que as crianças já estejam engajadas em uma atividade de colecionar objetos, em grupos de três a cinco crianças por coleção. Contudo, parte-se do princípio de que elas já tenham concluído o ajuntamento dos objetos que colecionam. Observe a necessidade do sentido de conclusão ser tangível para as crianças, portanto,é essencial que, ao darem início às suas coleções, cada grupo tenha estabelecidouma meta de quantidade de itens, ou esteja seguindo outra estratégia que projete o marco para que as coleções estejam completas antes da realização desta atividade. Considere ainda que é essencial que você tenha oportunizado aos grupos o contato com a logística da organização de um acervo, por meio da visita do bibliotecário da escola para narrar para as crianças quais estratégias são consideradas para catalogar e organizar os livros, como se dá o processo de empréstimo e de devolução deles e por que é importante pensar nessas estratégias. Caso sua escola não possua um bibliotecário ou você deseja enriquecer a experiência das crianças, outras visitas podem ser organizadas, como a de um curador de um museu ou de uma exposição. Possibilite ainda a observação de como os museus organizam suas coleções, por meio de visitações em tours virtuais, como propomos no plano Classificando elementos das coleções. Neste plano você encontra também uma exemplo de como engajar as crianças na classificação dos objetos de suas coleções, ação fundamental para a realização da atividade aqui proposta. Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

1. Iniciando coleções;

2. Classificando elementos das coleções;

3. Acompanhando o crescimento das coleções;

4. Estimativa de quantidade com coleções;

5. Montagem de acervo de coleções.

Espaços:

Considere preparar um espaço em que as crianças serão acomodadas na grande roda ao início da atividade, além de um local apropriado para que elas interajam nos pequenos grupos no decorrer da atividade. Sugerimos um lugar amplo e que possibilite a todas as crianças a se relacionar com os materiais e com os pares.Organize ainda as caixas e os recipientes que selecionou para o acondicionamento das coleções, atentando-se para dispô-los de forma que convide as crianças a refletir sobre suas escolhas, tendo em vista as características que os materiais apresentam e a coleção que ele acomodará. Organize também os materiais ou jogos que você selecionou para os grupos que realizarão a atividade com autonomia.

Materiais:

Coleções diversas realizadas pelas crianças, pelo menos uma coleção de mais de 50 itens por grupo. Objetos com a função de acondicionar itens das coleções, tais como, sacos plásticos zip lock, liguinhas de borrachas, bandejas com divisórias, potes transparentes de tamanhos variados, caixas diversas,para a organização das coleções segundo os critérios escolhidos pelos grupos de colecionadores. Atente-se que o número e o estilo de materiais para a proposta dependerá dos tipos, das quantidades de coleções do grupo e dos critérios que as crianças estão estabelecendo para organizar o acervo. Para apoiar o registro das características de cada coleção, sugerimos a impressão de etiquetas para serem fixadas junto ao material que a acomodará. Acesse um modelo aqui.Planeje ainda organizar caneta ou marcador permanente para o registro nas etiquetas e os materiais referentes à atividade que você selecionou para um dos grupos vivenciar enquanto o outro está engajado na organização do acervo. Organize ainda os jogos ou os materiais da atividade que você selecionou para as crianças realizarem com autonomia.

Tempo sugerido:

Aproximadamente uma hora e 30 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como as crianças reagiram à proposta de compartilhar suas coleções com outras crianças e professores? Se animaram com a ideia ou tiveram receio em dividir? O que expressaram oralmente e fisicamente?

2. Como as crianças trouxeram os critérios para organizar as coleções? Como elas realizaram as classificações para o acervo? Quais estratégias e apoios consideraram?

3. De que forma as crianças interagiram durante a atividade? Ajudaram umas às outras? Como acolheram as ideias dos pares e reagiram frente aos desafios vivenciados?


<inicio-h1>

Para incluir todos:

<fim-h1>

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Certifique-se de que todas as crianças conseguem visualizar os cartazes e que todas elas compreenderam o propósito da atividade. Atente-se também para a interação entre os pares no momento da organização do acervo, observando a forma como as crianças acolhem ideias e opiniões umas das outras.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se acomodarem no espaço da grande roda que você organizou. Diga que hoje, considerando que completaram as metas estabelecidas para as coleções, você fará uma proposta especial para que reflitam sobre estratégias que possibilitem organizá-las de modo que possam disponibilizá-las para a comunidade.Após esse momento, investigue junto ao grupo quais ações um colecionador pode estabelecer para partilhar com mais pessoas sua coleção. Considere questioná-las sobre o que podem fazer para que a comunidade aprecie as coleções, aprendam e brinquem com elas.

Possíveis falas do professor: Que ótimo que pudemos aprender tanto com nossas coleções! Mas e agora, o que podemos fazer com elas? Vocês acham que elas poderiam ajudar outras crianças da escola a também aprender coisas novas? O que os colecionadores fazem com suas coleções? Por que algumas ficam em museus? Que tal criarmos um acervo de coleções em nossa escola? Alguém sabe me dizer o que é um acervo?


2

Ainda em roda, desafie as crianças a pensar no conceito de um acervo, lançando questionamentos e considerando as relações que estabeleceram ao longo das atividades realizadas com as coleções. Você poderá utilizar recursos visuais para contribuir com essa conversa, como fotos do acervo da biblioteca da escola e de outros acervos visitados pelas crianças.

Possíveis ações falas e ações das crianças: Ah, já sei! Acervo é igual a biblioteca. É quando tem muitas coisas e todas as coisas ficam arrumadas! Considerando este conceito que a criança traz, o professor pode dizer: Então você se lembrou da visita do bibliotecário em nossa turma. Ele nos contou como organiza os livros na biblioteca. Alguém sabe me dizer como ele faz isso? Ah, então os livros de histórias assustadoras recebem uma etiqueta com a imagem de um fantasma?


3

Após a reflexão anterior, conte às crianças que você preparou materiais para guardar os objetos das coleções e que os organizou conforme suas especificidades e similaridades. Mencione ainda que preparou etiquetas para que registrem as informações que identificam cada coleção. Leia uma etiqueta para o grande grupo, apresentando os itens que a compõem.


4

Após apresentar os materiais diga que, para a atividade, você organizará as crianças nos seus pequenos grupos de coleção. Comente que enquanto estará com você fazendo o registro da etiqueta, os outros ficarão envolvidos em uma atividade que já realizam com autonomia. Deixe claro que, em seguida, as crianças farão a troca de atividades entre os grupos. Acorde que cada grupo ficará em média, dez minutos com você e que, depois do preenchimento da etiqueta, as crianças irão organizar a coleção nas caixas e nos materiais que selecionou. Após os acordos, organize-as nos pequenos grupos para a vivência da atividade.


5

Com o primeiro grupo acomodado no espaço que organizou, convide as crianças para contar sobre as características de suas coleções. Instigue-as a dizer sobre os materiais que a compõem, quais características elas levantaram para classificar a coleção e por que escolheram aquele material para colecionar. Converse também sobre o espaço que será ocupado pelo acervo, entre outras características que julgar interessante. Após esse momento, conte que você apoiará o preenchimento da etiqueta e que, depois, eles escreverão com autonomia o nome dos colecionadores. Para isso, informe que traçarão suas próprias estratégias, considerando se cada um escreverá seu nome ou se um colega será o escriba. Decidirão também, caso necessitem, a quais apoios recorrerão, como por exemplo, a consulta às fichas dos nomes. Diga que depois você os apoiará no preenchimento das demais informações da etiqueta.


6

Inicie sua mediação quanto ao preenchimento da etiqueta da coleção com o grupo de colecionadores. Conte que você assumirá a função de escriba. Comece investigando qual será o nome que o grupo dará para a coleção. Observe que sua mediação considerará a lógica de que o nome revele sobre o que caracteriza a coleção. Em seguida parta para o registro da quantidade de objetos. Considere utilizar a tabela de acompanhamento das coleções ou outras estratégias percorridas pelo grupo no processo de colecionar. Para o registro dos atributos que classificam a coleção, examine o que as crianças consideraram para selecionar e classificar suas coleções. Atente-se para usar os objetos da coleção para apoiar as reflexões do grupo.

Possíveis ações do professor: Considere que o grupo coleciona botões e classificou a coleção em pequenos, médios e grandes: Olhem, neste espaço vou escrever botões grandes. E aqui, para indicar a quantidade, 20. Esse é um atributo da coleção de vocês. Há outro atributo que consideraram? Ah, verdade, os botões médios..."


7

Quando estiver quase terminando o preenchimento da etiqueta, avise ao próximo grupo para começar a organizar a atividade extra, pois em breve os integrantes irão trocar de lugar. Ao terminar o preenchimento da etiqueta do primeiro grupo, direcione as crianças que fazem parte dele para um espaço onde possam começar a organizar as coleções e escolher os materiais para acomodar as coleções dogrupo.


8

Considere repetir as mesmas estratégias dos passos anteriores com os outros grupos. Contudo, caso perceba que as crianças estão cansadas, diga ao grupo que você repetirá a mesma atividade no dia seguinte, para que elas organizem suas coleções.


9

Depois de todos os grupos terem preenchido e organizado suas coleções nos materiais selecionados, convide todas as crianças para a grande roda e instigue-as a expressar quais foram os critérios que estabeleceram para a escolha do material. Após as trocas, entregue as etiquetas para que cada grupo escolha o melhor local para inseri-la no suporte que escolheu para acondicionar sua coleção.


Para finalizar:

Ainda em roda, conte ao grupo que vocês farão uma instalação do acervo no pátio ou em outro espaço da escola que a acomode, para que a comunidade aprecie as coleções. Diga que depois vocês podem pensar em um espaço especial da escola para dispor o acervo de forma permanente. Em seguida, organize o grupo para a próxima proposta do dia.

Desdobramentos

Engajar o grupo na organização de um acervo é um momento especial. Sendo assim, considere selecionar junto às crianças um local para acolher o acervo de coleções. Escolha um local acessível à todos, pois a ideia é que esse acervo seja de livre acesso à comunidade. Engaje o grupo na construção de regras para a utilização das coleções e para as estratégias para o acompanhamento dos empréstimos e devoluções. Você pode também proporque as crianças criem convites para as outras turmas da escola e familiares. Incentive também a produção de outras formas de divulgar o acervo, tais como cartazes, panfletos, placas etc.

Engajando as famílias

Prepare uma instalação do acervo no pátio da escola. Considere expor fotografias e relatos que coletou ao longo do processo da vivência do grupo na composição das coleções. Dessa forma, você convidará as famílias para refletir sobre o quanto é divertida e recheada de aprendizados a ação de colecionar, encorajando-as a compor novas coleções com as crianças.#

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano