14867
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Classificando elementos das coleções

Nesta atividade, as crianças irão agrupar objetos colecionados por eles de acordo com características em comum que eles possuam.

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Leiry Kelly Silva Oliveira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para a realização desta atividade é imprescindível que as crianças já estejam engajadas em uma atividade de colecionar objetos de forma coletiva, em grupos de três a cinco crianças por coleção. Também é importante que os grupos possuam quantidade de objetos suficientes na coleção para realizar a classificação (mínimo de 40 objetos por grupo). É recomendado ainda, que você organize, previamente, uma visita virtual através de sites de museus que possuem coleções disponíveis online. Esta visualização de coleções organizadas em acervos, servirá como início da atividade, oportunizando às crianças que estabeleçam relações sobre as diferentes maneiras de como coleções são organizadas e classificadas.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

1. Iniciando coleções;

2. Classificando elementos das coleções;

3. Acompanhando o crescimento das coleções;

4. Estimativa de quantidade com coleções;

5. Montagem de acervo de coleções.

Espaços:

Planeje um espaço para a grande roda que será realizada no início e término da atividade, preveja ainda,a necessidade de um espaço para que as crianças possam se reunir em seus pequenos grupos de coleção para fazerem a classificação.

Materiais:

Organize um projetor de imagem e computador com acesso a internet, para projetar o tour virtual em museus que acolhem coleções. Você poderá pesquisar alguns museus que disponibilizam seus acervos online, como o Museu de História Natural AmericanoMuseu de Arte de Cincinnati e o Museu da Infância. Prepare ainda, as coleções de objetos de cada grupo, próximas ao local da grande roda, para facilitar a organização dos pequenos grupos e recipientes para que as crianças armazenem as coleções ao término da classificação, de forma que continuem organizadas, seja por um recipiente com divisórias ou por recipientes diferentes.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 01 hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que forma as crianças reagiram a proposta de classificação das coleções? Trouxeram comentários sobre elas? Deram sugestões de classificação?

2. Quais critérios as crianças utilizaram para classificar suas coleções? Se inspiraram nas organizações e classificações observadas na visita sobre coleções? Ou criaram suas próprias formas de organização?

3. Como as crianças interagiram durante a classificação em pequenos grupos? Ajudaram umas às outras? Acolheram as diferentes opiniões?


<inicio-h1>

Para incluir todos:

<fim-h1>

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Atente-se quanto às relações estabelecidas entre as crianças, especialmente nos pequenos grupos, propondo alternativas para a qualidade das interações, traçando estratégias para que uma criança ajude a outra.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Inicie a atividade convidando as crianças para sentar com você em uma grande roda, e diga que hoje você preparou um tour virtual em alguns museus. Conte que o tour virtual, é uma forma de conhecer as coleções que estão em museus muito distantes e que o intuito desta “visita virtual” é que todos vocês possam ver como as coleções são organizadas e quais objetos eles colecionam.

Possíveis falas do professor: “Crianças, todos estamos realizando coleções em grupo há algum tempo, hoje nós iremos observar as coleções mantidas por alguns museus no mundo todo. Como não podemos viajar para todos esses lugares, vamos fazer uma visita virtual, isso é: vamos visitar as coleções por meio da internet.” A medida que vocês observam as fotografias das coleções, estimule as crianças a expressar oralmente suas observações sobre as coleções: “Vejam, como os objetos estão organizados aqui? Por tamanho, por cor, por tipo? Essa organização é a mesma do museu anterior?” Pois hoje eu gostaria de desafiá-los a classificarem suas coleções! Vocês podem organizá-las da forma que desejarem, mas lembrem que precisam pensar em quais características dos objetos vocês irão escolher para que eles fiquem juntos ou separados para essa organização.

Sugerimos que para potencializar esta atividade, você acesse o plano Iniciando coleções desta sequência de atividade. Nele, sugerimos estratégias para engajar as crianças na composição de coleções em pequenos grupos.


2

Encerre a visita virtual dizendo às crianças que você gostaria de fazer uma proposta desafiadora em relação aos objetos que elas estão colecionando em grupo. Diga-lhes que hoje, você gostaria que cada pequeno grupo organizasse sua própria coleção, inspirados nas coleções que vocês acabaram de visitar. Ou seja, que cada grupo classifique sua coleção em diferentes seções. Rememore com elas as diferentes possibilidades de classificações de itens de coleções vistas durante a visita virtual. Acorde que agora todos irão, em seus pequenos grupos, investigar formas de classificarem suas coleções. Instigue-as a refletirem sobre quais características dos objetos irão escolher para que eles fiquem juntos ou separados na organização que estabelecerão. Combine com o grupo um tempo para isso, dizendo que após as investigações, cada um será convidado para partilhar com os colegas, a forma que organizaram suas coleções.


3

Organize as crianças em pequenos grupos. Atente-se para o grupo seja composto pelos parceiros colecionadores, ou seja, os grupos que planejaram e coletaram os objetos. Uma vez organizadas nos pequenos grupos, entregue as coleções de cada grupo e convide-as para primeiro explorarem e conversarem sobre quais características seus objetos possuem: “temos objetos de tamanhos diferentes? cores diferentes? formatos diferentes?” E que depois, comecem a organizar a coleção seguindo a classificação escolhida e, por fim, acondicionando os objetos da coleção nos recipientes de acordo com a classificação. Observe que é fundamental que você propicie à elas espaços para se reunirem nos pequenos grupos, seja no chão ou em mesas, para realizarem a organização. Organize também, recipientes diversos ou com divisórias que possam acolher as coleções classificadas.


4

Circule entre os pequenos gruposapoiando e problematizando as interações das crianças e os critérios utilizados por elas para realizarem a classificação. Considere registrar as expressões das crianças no momento de interação com a proposta. Assim, você escutará quais pistas elas estão trazendo, quais desafios estão vivenciando sobre seus conhecimentos e que hipótesesconstroemacerca de categorizações das coleções, pois haverá um rico processo de negociação e experimentação das possibilidades de classificação entre as crianças.Dessa forma, faça registros escritos e se possível, filme algumas dessas relações para utilizar como forma de reflexão para futuros planejamentos e documentações diversas.

Possíveis ações do professor: Ao observar um dos grupos, o professor percebe que metade das crianças está classificando os objetos por tamanho e a outra metade por cor. O professor poderá se aproximar e propor às crianças que pensem em uma forma de unir as duas classificações: “Será que poderíamos classificar esses objetos por cor e tamanho? Como poderíamos fazer isso?”

5

Prossiga investigando as relações que as crianças estão estabelecendo acerca das classificações. Note que alguns grupos podem se deparar com desafios. Esteja atento para apoiá-los, oportunizando pensamentos, trocas entre os pares e boas perguntas que convidam para aprofundamento e sistematização dos sentidos que estão sendo estabelecidos, por meio da relação com o contexto da proposta.

Possíveis ações do professor: Ao notar que as crianças enfrentam desafios quanto ao estabelecimento de um critério para organizar a coleção, sente com o grupo e inicie uma conversa sobre os objetos. São parecidos? Como? São diferentes? Vamos lembrar como as coleções são organizadas nos museus virtuais que visitamos hoje? Como vocês acham que poderíamos organizar a de vocês? Como são os objetos de vocês? Alguns são parecidos? Tem a mesma função? Formato?"

6

Quando todos os grupos finalizarem as classificações dos elementos de sua coleção, convide as crianças para voltarem para a grande roda. Em seguida, inicie o diálogo, a fim de investigar junto à elas, as diferentes maneiras que encontraram para classificar os objetos das coleções. Neste sentido, estimule os pequenos grupos a apresentarem suas classificações, contando como chegaram a essa organização. Incentive-os a revelarem aos colegas as especificidades das características consideradas na classificação e como estão guardadas no recipiente para que não se desorganizem facilmente.


Para finalizar:

Ao terminar a partilha, convide as crianças para guardarem os recipientes com suas coleções no espaço que reservou para acolhê-las e convide-as para vivenciarem a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

Num outro momento, você poderá convidar as crianças para construírem um gráfico sobre as características e quantidades de cada coleção de objetos, como por exemplo, quantos objetos de cada cor, tamanho ou outro atributo tem em cada uma das coleções, ou ainda, quantas subcategorias tem em cada coleção. Prepare o gráfico previamente em uma cartolina ou papel kraft grande e fixado próximo a roda de conversa, para que as crianças possam preenchê-lo durante a conversa sobre a organização de suas coleções.

Engajando as famílias

Você poderá consultar se existem membros das famílias ou da comunidade escolar que são colecionadores e organizar a visita delas para exporem suas coleções às crianças. Também é possível, escrever com as crianças um bilhete às famílias, convidando-as para que visitem com as crianças os websites utilizados no tour virtual. Assim, as crianças poderão conversar com os familiares sobre os critérios de organização das coleções nos museus.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano