15152
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Bebês

Atividade - O brincar no refeitório com poemas e parlendas

Nesta atividade, as crianças irão explorar objetos e textos relacionados ao momento da refeição.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Bruna Bonfá Terra da Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para realizar essa atividade, selecione poemas e parlendas do repertório próprio ou da cultura regional que tenham relação com a temática de alimentação. A proposta é levar os bebês até o refeitório da escola para realizar a brincadeira. Combine antes com os demais funcionários da escola o horário. Será utilizado, como forma de exemplificação, o poema “Sopa de letrinhas”, escrito por Lalau, e as parlendas “Um, dois, feijão com arroz” e “Meio dia, macaco assobia”, a fim de expandir o repertório cultural na primeira infância. Esses textos e as sugestões de elementos representativos em relação aos temas estão disponíveis no material indicado. Substitua os recursos sugeridos de acordo com o contexto abordado e conforme disponibilidade na creche. Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

O brincar em roda com poemas e parlendas 

O brincar de imitações com poemas e parlendas

O brincar no refeitório com poemas e parlendas

O brincar com a sonoridade de poemas e parlendas

O brincar na interação com poemas e parlendas

Materiais:

O poema e as parlendas impressos, colados em folhas de papel colorido e plastificados. Também é possível utilizar alguns livros de poesias, parlendas e cantigas, conforme disponibilidade. Toalha de mesa, pratos vazios e colheres pertencentes a creche para cada um dos bebês do grupo. Quatro saquinhos de voal ou tule, dois com punhado de arroz e dois com feijão, ambos crus. Panelas leves e em perfeito estado de conservação. Alguns alimentos como legumes e frutas que estiverem disponíveis na creche no momento da realização da atividade. Aparelho sonoro (rádio, notebook ou celular) e as canções do grupo Palavra Cantada, “Bolacha de água de sal” e “Sopa”. Câmera fotográfica para documentação pedagógica.

Espaços:

A fim de abordar de modo integral o contexto do poema e das parlendas selecionadas, desenvolva a atividade no refeitório. Escolha um local em que os bebês fiquem seguros e que favoreça o movimento do grupo. Coloque a toalha de mesa no chão e disponha os pratos com as colheres dentro para cada um dos bebês. Deixe os saquinhos de voal ou tule no centro da toalha, juntos com as panelas e outros alimentos. Posicione o aparelho sonoro fora da toalha, mas em local de fácil alcance a você.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como acontece a imitação de gestos e movimentos pelos bebês? Qual diferença da imitação espontânea e da incentivada pelo professor ou colega?

2. De que forma o grupo vivencia a apreciação de poemas e parlendas?

3. Quais as reações dos bebês diante dos elementos representativos no contexto da brincadeira? Como eles interagem com seus pares nesses momentos?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Favoreça a exploração dos materiais por meio da manipulação e da descrição. Incentive a brincadeira de imitação, propiciando momentos de interação com o grupo. Garanta que todos os bebês se envolvam na proposta ao vivenciarem o ritmo e a sonoridade dos textos apresentados.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Organize os materiais sugeridos em um espaço do refeitório, promovendo um ambiente convidativo para as explorações e interações do grupo. O local selecionado deve possibilitar o brincar divertido e com segurança, principalmente aos bebês menores que necessitam de apoio para participar da atividade. Na sala de referência, junte-se ao grupo e pergunte se eles gostariam de brincar com poemas e parlendas outra vez. Diga que preparou uma brincadeira diferente em um lugar novo. Crie expectativas sobre as descobertas que poderão fazer em relação aos materiais disponibilizados (portadores de textos, toalha de mesa, pratos e colheres, saquinhos de voal ou tule com arroz e feijão crus, panelas leves, alguns legumes e frutas). Convide-os a se deslocarem até o refeitório e auxilie todos no deslocamento, principalmente os bebês que necessitam de ajuda para locomoção. Lembre-se de pegar a câmera fotográfica para registrar esses momentos.

Possíveis falas do professor neste momento: Turma, vocês se lembram que brincamos com poemas e parlendas? Gostariam de brincar novamente, de um jeito diferente, no refeitório? Preparei um ambiente divertido para nossas brincadeiras! Vamos até lá?

Possíveis ações da criança neste momento: Os bebês podem sorrir e bater palmas, demonstrando encantamento pela proposta.


2

No espaço delimitado para a atividade, permita que o grupo se familiarize com os elementos representativos que compõem o ambiente. Contribua com os momentos exploratórios, permanecendo atento às ações de cada bebê e auxiliando a busca pelo objeto de interesse, quando necessário. Perceba como interagem quando comunicam suas descobertas. Após esse momento, convide os bebês do grupo a se acomodarem confortavelmente em volta da toalha e informe-os que apresentará um poema chamado “Sopa de letrinhas”, escrito por Lalau. Auxilie-os a se organizarem, deixando um prato e uma colher para cada um deles e um para você. Pegue o poema e comece a recitar. Torne-se parte da narrativa ao brincar com a ação de pegar o alimento no prato e levá-lo à boca, com referência ao contexto do poema. Faça as pausas necessárias para que o grupo possa interagir com esse momento ao serem incentivados a imitarem as ações apresentadas pelo professor ou dos seus colegas.

Possíveis ações da criança neste momento: os bebês podem gesticular e balbuciar, a fim de interagir com as proposições, ou permanecer atentos ao professor.


3

Permita que os bebês explorem o contexto do poema de modo que possam protagonizar divertidas brincadeiras. Apoie as iniciativas de investigação em relação ao ambiente. Em seguida, apresente ao grupo a parlenda “Um, dois, feijão com arroz”, fazendo movimentos com os saquinhos de voal ou tule contendo arroz e feijão, gesticulando as mãos ao dizer os números. Incentive a observação dos movimentos pelos bebês e encoraje a imitação dessas ações, cada um a seu modo, por meio de balbucios, palavras e gestos. Repita a parlenda algumas vezes. Instigue a comunicação deles e dê apoio quando necessário, para que todos possam vivenciar a parlenda apresentada através da sonoridade e dos recursos materiais presentes na brincadeira. Dê suporte necessário aos bebês menores para que consigam participar e se envolver na proposta.

Possíveis falas do professor neste momento: Pessoal, percebam os movimentos que faço enquanto recito a parlenda. Vamos, brinquem também!

Possíveis ações da criança neste momento: Os bebês podem permanecer atentos às falas e ações do professor ou gesticular interagindo com a proposta.


4

Na sequência, recite a parlenda “Meio dia, macaco assobia”, brincando com os elementos representativos. Para isso, utilize, por exemplo, uma panela das panelas entre os materiais da brincadeira. Faça movimentos e gestos que possam caracterizar o contexto apresentado. Permita que o grupo se envolva na proposta ao brincar com os materiais. Deixe os bebês baterem com as colheres nos pratos, chacoalharem os saquinhos com arroz e feijão e manipularem as panelas e os alimentos. Faça observações atentas e seja flexível para continuar ou interromper a brincadeira. Após esses momentos exploratórios, ligue o aparelho sonoro (rádio, notebook ou celular) e coloque as canções do grupo Palavra Cantada "Bolacha de água e sal" e "Sopa".

Possíveis ações da criança neste momento: os bebês podem balbuciar, falar e gesticular interagindo com a brincadeira. Podem imitar o professor, sorrir e incentivar um colega a participar, demonstrando sua descoberta e contentamento.


Para finalizar:

Sugira outra opção caso algum bebê se interesse por outra atividade, concedendo autonomia para suas escolhas. Deste modo, leve para o espaço da brincadeira fantoches, caixa de encaixes sólidos ou cesto de brinquedos favoritos. Como estarão no refeitório, o momento seguinte pode ser uma das refeições oferecidas pela creche. Antecipe o encerramento da atividade usando uma música que marque os momentos de finalização. Enquanto prepara a transição de momentos, deixe os bebês livres para continuar suas situações exploratórias ao som das canções sugeridas. Após um momento, anuncie novamente o término da brincadeira e convide o grupo a colaborar com a organização dos materiais, reconhecendo as tentativas de participação.

Desdobramentos

É interessante que esses poemas possam ser recitados no momento que seguirá de alimentação e repetidos em outros dias nesse mesmo contexto. Você também pode manter os elementos representativos na sala de referência por um tempo. Na primeira infância é fundamental propiciar a continuidade das situações exploratórias, para que os bebês possam assimilar os conteúdos abordados por meio da repetição de brincadeiras. A fim de ampliar o repertório do professor quanto a diversidade de materiais e subsidiar outras atividades, acesse o conteúdo sugerido.

Engajando as famílias

Utilize um pedaço de papel pardo para escrever sobre as atividades e os poemas e parlendas desenvolvidas até o momento, criando um mural. Agradeça o envio dos poemas, das parlendas e das cantigas populares que lhes foram solicitadas, de acordo com os planos de atividade 1 e 2. Conte quais foram as reações e interações dos bebês ao vivenciarem o proposto e cole algumas fotos que forem mais representativas desses momentos. Coloque esse material na porta ou na parede lateral da sala, deixando disponível para apreciação pelas outras turmas, funcionários e famílias.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EO03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EF08 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano