15117
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - As formas geométricas do nosso entorno

Nesta atividade, leve a turma a uma volta no quarteirão da escola e convide-as a identificar formas geométricas presentes nesse percurso.

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Lisa Lea Barki Minkovicius

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para dar início a esta sequência é fundamental que as crianças já tenham vivenciado algumas propostas que envolviam formas geométricas, considerando as principais características dos sólidos geométricos e das figuras planas, como por exemplo: contextos de brincadeiras com blocos de construção com diferentes formas e volumes formando castelos, construção de maquetes, apreciação de obras de artistas etc.

Nesta atividade as crianças serão convidadas a dar uma volta pelo quarteirão da escola, sendo assim, será necessário a autorização escrita das famílias. Assegure-se de que todos os procedimentos de segurança estabelecidos por sua instituição estão sendo seguidos. Considere ainda envolver alguns familiares para acompanhar e apoiar a vivência das crianças. Observe que essa é uma forma interessante de envolver as famílias em situações cotidianas da escola. Ainda assim, caso tenha poucos adultos para acompanhar a saída ou sua turma seja muito numerosa, faça a atividade com um pequeno grupo por vez, considerando que as demais crianças ficam na escola, com outro adulto, realizando alguma outra atividade, por exemplo, um jogo coletivo, desenhos ou participando de uma leitura de história. Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

As formas geométricas do nosso entorno

Máscaras geométricas

A arte geométrica das máquinas

Tridimensionalidade e formas geométricas

Arte, tecnologia e formas

Materiais:

Para esta atividade, separe cerca de quatro máquinas fotográficas e, se possível, gravadores, para a utilização das crianças, cinco pranchetas, papéis e canetas para cada pequeno grupo registrar suas observações em uma volta pelo quarteirão da escola. Considere utilizar um aparelho digital em que seja possível gravar o áudio e a imagem do grupo na investigação.

Espaços:

A atividade iniciará na roda com o grupo todo reunido. Depois, as crianças serão organizadas em pequenos grupos para uma volta pelo quarteirão da escola. No final, reúna todos novamente para que compartilhem a experiência.

Para compor os grupos considere as competências complementares entre as crianças, acerca de liderança, autonomia e organização.

Tempo sugerido:

Aproximadamente uma hora e 30 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que maneira as crianças se relacionaram com um contexto repleto de informações de natureza geométrica? Como manifestaram a percepção do espaço que as rodeiam?

2. Como as crianças analisaram e compararam os objetos encontrados no caminho? Identificaram e descreveram formas geométricas ao longo do passeio? Quais trocas e apoios entre si ocorreram? Ao compartilharem suas descobertas, como as crianças justificaram suas percepções?

3. De que forma as crianças se movimentaram na vivência? Encontraram formas de adequar seu corpo, como maneira de qualificar sua observação?

?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Providencie o suporte necessário para o deslocamento de todos, como outros adultos que possam acompanhar as crianças, de forma a assegurar a qualidade das interações possíveis durante a visita. Potencialize para que todos se sintam à vontade na exploração e estimule-os a conversarem entre si, contando uns para os outros o que estão vendo, sentindo e pensando a respeito da expedição. Respeite quem preferir não se manifestar e observe sua interação com as outras crianças, suas expressões faciais e gestos enquanto se movimenta. Incentive que uma criança ajude a outra.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se sentarem na roda com você e conte que a proposta de hoje será encontrar as formas geométricas que estão à nossa volta. Para dar início à busca, peça a elas que percorram o olhar pela sala, a fim de encontrar, de forma rápida, objetos que apresentam formatos geométricos. Ao identificar alguns deles, instigueas crianças a descrever e a justificar suas observações, incentivando-as a expressar as pistas que levaram-nas a decidir sobre a qualificação do objeto, comparando-o a formas geométricas.

Possíveis falas do professor neste momento: Pessoal, hoje nós iremos fazer uma busca das formas geométricas que estão à nossa volta. Onde será que as encontramos? Daqui da roda, deem uma olhadinha em nossa sala. Há objetos que se parecem formas geométricas?

Possíveis ações das crianças neste momento: criança aponta a janela e diz que parece um retângulo.

Possíveis falas do professor neste momento: Uau! Vejam! Onde mais podemos encontrar retângulos aqui na sala?


2

Revele para as crianças que agora elas terão uma missão: procurar formas geométricas em uma volta pelo quarteirão da escola. Diga que para isso você irá organizá-las em pequenos gruposde aproximadamente seis integrantes e que vocês que farão combinados para a saída. Instigue as crianças a refletir e elencar quais os são combinados para a saída. Acolha as ideias delas a respeito de como o grupo deve se portar para que a exploração seja agradável, cuidadosa e cumpra com seu objetivo.

Possíveis falas do professor neste momento: Pessoal, quais combinados são importantes para que nossa exploração seja um sucesso? Quais cuidados devemos ter? O que podemos fazer para identificar as formas geométricas ao longo do percurso?


3

Ainda na roda, anuncie que cada grupo receberá pranchetas, papéis, canetas e uma máquina fotográfica para os registros. Peça às crianças que, ao longo do percurso, troquem com os pares suas opiniões, compartilhem impressões e contem por que acreditam que as figuras têm características que as fazem relacionar com as formas geométricas. Terminando os acordos, chame individualmente as crianças para a composição dos grupos.


4

Entregue os materiais para cada pequeno grupo (as pranchetas com papéis, uma máquina fotográfica, gravador e canetas) e convide-os para dar início à investigação. Ao longo docaminho, faça algumas paradas em pontos estratégicos para as análises e os registros das crianças, lembrando-as de que é possível registrar de diferentes formas, por exemplo, usando a máquina fotográfica, fazendo um desenho, escrevendo algo, ou gravando um som ou uma fala. Atente-se às buscas dos grupos e às diversas expressões que as crianças podem trazer. Quais critérios estão usando para apontar as figuras? Quais são suas hipóteses? Observe a interação dos pequenos e se trocam informações entre si. Faça questionamentos e provocações e, se possível, um registro audiovisual da investigação.

Possíveis falas do professor neste momento: Ao observar que uma criança está um tempo parada observando um telhado, você pode se aproximar e dizer:Interessante esse telhado! Está observando algo específico dele ou a imagem como um todo? Você encontrou nele alguma forma geométrica?

e


5

Siga o percurso com o grupo de crianças, acolhendo suas descobertas e lançando questionamentos, a partir de suas observações, que as façam refletir e aprofundar as relações que estão estabelecendo nos encontros com as formas geométricas, oportunizando também que compartilhem entre si pensamentos e desafios.

Possíveis ações da criança neste momento: Ao perceber que uma criança parou na frente de um objeto e revela em sua expressão estar vivenciando um desafio para descobrir com qual figura geométrica ele se parece, aproxime-se e pergunte: Você acha que parece com uma forma geométrica? Que tal você perguntar para o seu grupo o que os colegas acham?

Ao completar a volta ao quarteirão, considere convidar as crianças para beber água, utilizar o banheiro e, em seguida, reúna-as na sala para que compartilhem as experiências e as descobertas que o caminho percorrido proporcionou.


6

Em roda, convide-as para partilhar as impressões acerca do vivido, os registros que fizeram, suas experiências e sensações durante a investigação. Encoraje-as a descrever onde localizaram uma determinada forma e que pistas usaram para decidir o que era. Atente-se aos argumentos e às justificativas das descrições das figuras registradas. Observe se falam das características e dos atributos das formas. Busque perceber que impressões revelam acerca do espaço visitado; se a atividade foi prazerosa ao grupo, entre outros pontos que julgar importantes. Potencialize o diálogo trazendo algumas observações que você registrou ao longo da vivência das crianças.

Possíveis falas do professor neste momento: Pessoal, eu percebi que alguns grupos registraram a janela da casa azul como um quadrado e outros como retângulo. Como podemos saber ao certo se é um ou outro? Que atributo cada um tem?


Para finalizar:

Ainda na roda, diga que em outro momento irão organizar todos os registros, as impressões das fotos e as falas que anotou durante a caminhada para montarem uma exposição. Após a conversa, diga que investigarão mais sobre as formas geométricas no cotidiano ao longo de novas atividades. Em seguida, convide o grupo para vivenciar a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

Para que as crianças observem melhor o mundo geométrico que as rodeiam, é importante promover o desenvolvimento da percepção espacial e de habilidades como memória e discriminação visual. Considere engajá-las em outras atividades, por exemplo, criar objetos e construções com formas geométricas de madeiras de tamanhos variados.

Engajando as famílias

Considere elaborar um convite com o grupo para que a comunidade aprecie uma exposição com os registros que fizeram na exploração da volta pelo quarteirão. Disponha também a filmagem da vivência que você realizou para compartilhá-la com as famílias dos pequenos.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano