15980
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - A arte geométrica das máquinas

Nesta atividade, as crianças irão observar as obras do artista Abraham Palatnik e criar obras de arte que se movem

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Lisa Lea Barki Minkovicius

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para esta atividade é fundamental que as crianças já tenham vivenciado algumas propostas com as formas geométricas considerando as principais características dos sólidos geométricos e das figuras planas. Você vai precisar de recurso audiovisual para projetar algumas obras do artista brasileiro Abraham Palatnik. Seus objetos cinéticos, como são chamadas algumas de suas obras de artes, são máquinas que colocam a luz, cor e formas geométricas em movimentos constantes. Sugerimos aqui um vídeo para você conhecer mais sobre o artista e sua obra e selecionar algumas imagens para a apreciação das crianças.

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

As formas geométricas do nosso entorno

Máscaras geométricas

A arte geométrica das máquinas

Tridimensionalidade e formas geométricas

Arte, tecnologia e formas

Materiais:

Organize a projeção das imagens do artista em um computador e projetor de imagem. Selecione materiais diversos, tendo em vista o convite às crianças para criarem máquinas geométricas, como caixas de papelão em tamanhos diversos, arames para artesanato, carretéis de linha, mangueiras finas, rolhas, pequenas peças, pedaços de canos, tubos de papelão, recortes de acrílicos, botões, papéis de diferentes espessuras, dentre outros materiais em formatos geométricos. Disponha ainda de tesouras, colas, lápis de cor, canetas, fios de nylon e elásticos. Separe papel, caneta e máquina fotográfica para que você faça registros das crianças vivenciando a atividade. Reserve também alguns livros para compor um espaço de leitura.

Espaços:

Preveja um espaço que acolha o grupo todo, de forma confortável para apreciar as obras projetadas e conversar sobre o artista. Observe que, depois, o grupo será organizado em trios para a criação das máquinas geométricas.Sendo assim, escolha e prepare um local agradável e flexível para esse momento. Você pode considerar iniciar na sala e dar continuidade na área externa, por exemplo. Estabeleça uma organização estética para os materiais que selecionou para a criação em trios. Caso você disponha de uma mesa grande, o material poderá ser organizado seguindo suas caraterísticas e especificidades ou ser acolhido no chão, em bandejas e caixas. Observe que apresentar o material, tendo em vista a dimensão estética, convida as crianças para que, de forma autônoma, se relacionem, buscando neles belezas, funções e expressões para criação delas. Organize também um espaço com livros para as crianças que terminarem primeiro a atividade leiam enquanto aguardam o grupo finalizar as criações.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 01 hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. O que as crianças expressavam ao criar as máquinas geométricas? Falavam de desafios, atribuíam à elas funções considerando os detalhes criados?

2. Quais critérios as crianças estabeleciam para escolher os materiais para compor as criações? Buscavam na composição das formas a representação das ideias para criar detalhes, como botões ou tubos para as máquinas, por exemplo?

3. De que forma as crianças coordenavam as habilidades manuais para as criações? Buscavam apoio nos pares para compor as ideias? Pediam para que um colega ajudasse no recorte ou fixação com arame? Ressignificavam a ideia? Buscavam apoio no adulto?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Apoie para que todas expressem suas impressões, contando o que estão sentindo e pensando a respeito das obras. Se notar que alguma criança prefere nãoexpressar verbalmente suas impressões, considere que esta não é a única forma de se manifestar. Sendo assim, busque observar o que seus olhares, expressões faciais e corporais revelam. Na hora da criação das máquinas, incentive a troca e ajuda entre as crianças.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Reúna as crianças no espaço que preparou e conte que hoje elas irão conhecer um pouco das obras de Abraham Palatnik. Conte que ele foi um artista brasileiro que estudou em Israel e depois voltou para o Brasil. Conte que ele sempre gostou de máquinas e que tem duas paixões: arte e tecnologia. Sendo assim, a composição de suas máquinas são, na verdade, magníficas obras de arte. Digaque preparou a projeção de algumas obras do artista para que elas apreciem e conversem sobre as impressões que as obras geram. Conte que, depois, você planejou uma atividade para que, em trios inspirados nas obras do artista, a turma crie máquinas que também serão obras de arte.


2

Inicie a apresentação das obras para o grupo. Considere apresentar as obras oportunizando um tempo de passagem entre uma e outra, para que as crianças observem detalhes e estabeleçam relações. Atente-se para não fazer perguntas neste primeiro momento, respeitando a apreciação e criação de significados pelas crianças.

Após essa primeira apreciação, instigue as crianças a falarem sobre suas impressões acerca das obras. Você pode questionar o que as crianças veem na obra, se é parecido ou diferente de outras que conhecem, o que parecem, quais formas conseguem identificar, se gostaram e quais sentimentos a apreciação evocou.


3

Depois da apreciação, diga que chegou o momento delas criarem e que a proposta é inventarem máquinas geométricas em trios usando objetos com formas diversas. Acorde que as crianças darão um nome para a criação e decidirão sobre sua funcionalidade. Caso tenha organizado um espaço diferente para a criação, convide o grupo para se dirigir a esse local.


4

Na roda, apresente os materiais que selecionou e deixe expostos de forma organizada e convidativa, para que as crianças os utilizem com autonomia. Diga que elas poderão voltar à mesa dos materiais quantas vezes sentirem necessidade. Acorde com elas a duração da atividade e a organização do espaço ao final da confecção. Peça que formem trios para a confecção da máquina. Atente-se para a possibilidade de uma criança querer componentes que já formaram outro trio ou ficar parada, sem saber o que fazer. São situações que podem gerar desconforto mas são oportunidades para desenvolver cooperação e respeito.

Possíveis falas do professor antes das crianças formarem os trios: Como podemos fazer para que todos formem um trio? E se um trio já estiver formado e mais alguém quiser fazer parte?

Possíveis falas do professor ao notar que alguma criança está parada sozinha: Quer que eu te ajude? Com quem você quer formar um trio? Vamos juntos resolver?


5

Com os triosorganizados, solicite que, antes de iniciarem, planejem com os componentes do grupo qual máquina farão equais materiais utilizarão para iniciar a construção. Esteja atento para as necessidades de apoio que, porventura, alguns grupos precisarão. Encoraje as crianças a trocarem ideias e decidirem de comum acordo a escolha dos materiais e como será a confecção. Observe como está sendo esta troca, se justificam suas escolhas em contraponto com o outro.

Possíveis falas do professor neste momento: (Ao observar que um trio está discutindo que tipo de máquina querem fazer) Percebi que vocês estão decidindo como será a máquina. Qual será a função dela? Como vocês estão pensando em fazê-la? Todos do grupo concordam com a ideia?

6

Enquanto as crianças estão criando suas máquinas, circule pela sala e observe como está sendo o processo, quais significados estão atribuindo aos materiais e às formas geométricas, como estão dividindo as tarefas, quem são as crianças que assumem lideranças,dentre outros movimentos que emergem no contexto. Faça anotações de suas observações, fotografias e, caso perceba necessidade, instigue-as a pensarem como utilizar os materiais.

Possíveis falas do professor neste momento: O que pretendem fazer com o arame? Como farão isso? Estão todos de acordo? Interessante, vocês pegaram triângulos de diversos tamanhos. Qual ser a função deles na máquina?


7

Conforme as crianças forem terminando suas criações, peça que deem um nome para as máquinas para que você o escreva em uma ficha que servirá de etiqueta para uma exposição posterior. Solicite que apreciem livros no espaço de leitura enquanto aguardam a finalização de todo o grupo. Quando todas as crianças terminarem, engaje-as na organização dos materiais utilizados e convide-as para que, acomodadas em uma roda, partilhem suas criações.


Para finalizar:

Na roda, peça que cada trio apresente sua máquina. Incentive as crianças a contarem para que serve, como foi a criação, o que deu certo, o que não deu e o porquê. Potencialize a conversa com as anotações que fez ao longo da atividade.Após todos compartilharem, convide as crianças para a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

Em outromomento, você poderá sugerir a criação de móbiles ou esculturas tridimensionais com as formas geométricas. Poderá oferecer massinhas coloridas ou argila e tinta. Outra possibilidade é convidar membros da comunidade para que criem com as crianças máquinas que se movimentam, ou criar um pêndulo cinético que crie desenhos simétricos (Aqui ensina-se como fazer).

Engajando as famílias

Considere organizar uma exposição das máquinas e envolva o grupo na elaboração de um convite. Escreva um pequeno texto contextualizando a atividade. Utilize as fotos que tirou e insira falas e expressões das crianças para compor a exposição.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03TS02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano