14826
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Brincando de Cadê? Achou!

Nesta atividade, as famílias são convidadas a brincar com as crianças no momento da despedida da sala.

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Fernanda Alves da Silva

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para esta atividade, o professor deverá preparar a sala para uma atividade com diversas caixas grandes de papelão. As disponha horizontalmente, para formar túneis com janelas, de maneira que os bebês possam passar por dentro delas. Coloque tecidos nas entradas das caixas e por dentro nas janelas. Para aqueles que ainda não engatinham, adapte a proposta, providencie colchonetes, caixas de papelão de diversos tamanhos e tecidos, para que eles possam brincar de se se esconder. Informe à família sobre proposta que será realizada no momento de despedida dos bebês, enviando um bilhete anteriormente, para que possam, se possível, chegar uns minutos antes da saída, para brincar junto com as crianças.Podem surgir situações delicadas quando um familiar chegar, por exemplo, de um bebê cujo familiar não chegou ou não vem, começar a chorar. Ou um pequeno que começa a chorar com a entrada de um responsável que ele não conhece na sala. Acolha esses bebês por meio do diálogo, convidando-os para brincar com você.

Materiais:

Caixas de papelão de tamanhos grandes, caixas pequenas com tampas, tecidos, bolas.

Espaços:

Organize o espaço da sala de referência de maneira atrativa, de modo que o túnel de caixas esteja disposto no centro e, no entorno dele, estejam os colchonetes, os tecidos e as caixas menores com as bolas.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como foi a interação das crianças entre elas e com os adultos ao explorarem os objetos?

2. De que formas as crianças utilizaram o corpo nas brincadeiras?

3. Quais movimentos foram utilizados pelos bebêspara exprimir desejos e emoções?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Garanta que todos os bebês tenham oportunidade de explorar o espaço. Proponha apoios e adaptações necessárias para atender as necessidades, interesses e ritmos do grupo.

0

O que fazer durante?

ilustracao

1

Para esta atividade é importante que haja mais de um professor em sala, pois a proposta deve ser feita com todo o grupo. Durante oplanejamento da rotina com os bebês, converse com eles informando que próximo da hora de ir embora, os responsáveis vão entrar para brincar com eles. Essa informação deve ser reforçada novamente próximo da hora da atividade.


2

Convide as crianças para se aproximar do material organizado na sala, para brincar com ele e explorá-lo. Organize o grupo todo para brincar nos túneis de caixa e nos colchonetes, dividindo-os em pequenos grupos, para que todos tenham a oportunidade de participar da proposta. Garanta que os bebês que ainda não engatinham, ou que ainda não se sentam, tenham o apoio necessário e que sejam posicionados de forma a poder brincar e observar as outras crianças nos colchonetes dispostos para a sua interação com os materiais.Brinque com os bebês, demonstrando as possibilidades que o ambiente traz.

Possíveis falas do professor neste momento: Olhem essas caixas para brincar! O que será que tem dentro desses túneis? Vamos entrar?

3

Aguarde os bebês brincarem e explorarem as caixas. Valide as ações das crianças, propondo experimentações e possibilidades de interação com os materiais. Aqueles que estiverem sentados e que não engatinham devem ter próximos a eles caixas e lenços para brincar e explorar. Observe os bebês e suas interações. Apoie as ações do grupo.Conforme os responsáveis estiverem chegando, convide-os para entrar e brincar com os bebês. Registre, se possível, esses momentos com fotos e filmagens das explorações e das interações que estão acontecendo, para fins de documentação pedagógica.

Possíveis ações da criança: Um bebê neste momento pode pegar um colega pela mão para entrar com ele no túnel. Um bebê pode ficar parado na frente do túnel, com receio de entrar.

Possíveis falas do professor neste momento: Vamos entrar nesse túnel e descobrir o que tem dentro dele? O que será que tem nessa caixa? Você não quer entrar agora, então vamos olhar pela janela o colega passando? Olha quem é? Cadê seu amigo?


4

Neste momento, os bebês e os adultos devem estar envolvidos na brincadeira. Incentive as crianças a entrarem no túnel e peça aos responsáveis esperarem por elas do outro lado. Quando o bebê sair do túnel, oriente que digam cadê o bebê? achou! Para os bebês que ainda não engatinham, solicite que o responsável pegue o tecido e cubra o rosto do pequeno, brincando e se expressando cadê o bebê (neste momento fale o nome da criança)? Achou! Observe as expressões dos bebês e como se comunicam durante a brincadeira com os seus familiares.

Possíveis ações das crianças neste momento: O bebê pode inclinar o corpo para frente para pegar o tecido que cairá do seu rosto.


5

Encoraje os bebês a descobrir outras formas de brincadeiras com os materiais, por exemplo, pegue as caixas e deixe-as viradas para cima e disponibilize bolas para as crianças jogarem.Varie a brincadeira, propondo aos bebês esconder os objetos e a encontrá-los. Facilite suas ações, aproximando-os dos materiais e dos outros colegas. Todos devem estar brincando ao mesmo tempo, porém, as explorações e as brincadeiras podem ser individuais.


Para finalizar:

Para finalizar, informe aos bebês e aos responsáveis que em cinco minutos você irá finalizar a atividade. Solicite ajuda dos pais para guardar as caixas. Convide os responsáveis, juntos com os bebês, para cantar uma música que marque a saída das crianças. Agradeça a participação de todos.

Desdobramentos

É importante que esta atividade aconteça de maneira rotineira, para que seja construído o vínculo entre família e escola. Faça essa proposta em outros ambientes da instituição de ensino. Proponha na entrada ou saída um momento em que os familiares possam brincar com os bebês na escola.

Engajando as famílias

Ao convidar asas famílias para entrar na escola, diariamente ou de vez em quando, o professor constrói uma relação de confiança e corresponsabilidade pelo cuidado e pela educação do bebê. Envie um bilhete para os responsáveis agradecendo a participação deles na escola e reforçando o quão importante é ter a presença deles por lá. Após a realização da proposta, organize um cartaz com as fotos tiradas durante a brincadeira, insira pequenas frases nele e deixe um espaço para que as famílias registrem suas impressões sobre a proposta.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EO03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano