14588
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 3º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - G ou Gu?

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 3º ano do Fundamental sobre construção alfabética

Plano 03 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Amanda Fortunato Araujo Sousa

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a terceira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é compreender o uso correto das regularidades ortográficas no emprego de palavras com G ou Gu.

Materiais necessários: Caderno, folha de bloco ou folha pautada da escola, equipamentos tecnológicos como: TV com cabo HDMI, computador on-line ou outro equipamento que possa projetar, painel de descobertas (cartaz em papel pardo, color set ou outro suporte para escrita) e atividade em folha para exercitação e para impressão.

Dificuldades antecipadas: Alguns alunos podem apresentar pouca fluência para ler e escrever, pois não dominam os padrões da escrita. As letras ou os dígrafos que podem representar um mesmo fonema em uma mesma posição e assim podem criar dificuldades na hora de escrever. É recomendável utilizar duplas produtivas de trabalho, por isso antes da atividade relembre todas as regras ortográficas estudadas até aqui, se for o caso escreva algumas palavras no quadro, para que sirva de modelo.

Referências sobre o assunto:

BRASIL. Ministério da Educação. Base nacional comum curricular. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: . Acesso em 04 de set. de 2018.

NÓBREGA, Maria José. Ortografia. São Paulo: Melhoramentos, 2013. Disponível em: http://www.plataformadoletramento.org.br/hotsite/especial-ortografia-reflexiva/#cap1 Acesso em 04 de set. de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações: Os alunos devem ser informados sobre a proposta da aula, que é a reflexão sobre as regularidades da escrita utilizando as letras G/Gu, projete ou escreva no quadro o tema da aula.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações:

  • Realize a tarefa coletivamente e oralmente. Essa situação favorece a circulação dos conhecimentos e antecipa as possíveis intervenções que serão necessárias, ampliando o repertório coletivo, favorecendo uma escrita mais autônoma.
  • Relembre as discussões realizadas nas aulas 1 e 2, retome o painel de descobertas quanto o uso de G/Gu. Caso essa seja sua primeira aula comece refletindo com os alunos sobre a escrita e explicitando que a aula de hoje será sobre as regularidades da escrita utilizando G seguido das vogais A, O, U e Gu seguido das vogais E, I.
  • Projete a atividade, caso não tenha como projetar, escreva no quadro, com a finalidade de preparar os alunos para uma leitura intencional, ou seja, que o aluno ao ler a palavra consiga relacionar a regra à escrita da palavra, caso o aluno não consiga ler a palavra convencionalmente, o professor deve ser o modelo, servindo de apoio nos casos de dúvida.
  • Peça aos alunos que observem o som produzido pelo uso do G/GU em cada palavra, chame a atenção para a letra que vem depois da letra G.
  • Neste momento abra uma discussão para que pensem em outras palavras escritas com G/Gu e reflitam sobre a escrita de cada palavra.
  • Atente-se aos dígrafos que ocorrem quando duas letras são utilizadas para representar um único fonema no caso da letra G serão considerados dígrafos as letras gu quando estiverem seguidas das vogais E/I para representar o fonema G, por exemplo a palavra ÁGUA não é dígrafo, pois você ouve todas as letras.
  • Peça para que alguns alunos deem exemplos de outras palavras que conhecem, e indique a qual coluna essa palavra se encaixa e explique o porquê. Caso o aluno erre ou não saiba explicar, será um bom momento para organizar as intervenções necessárias com os diferentes tipos de ocorrências de escrita, medie para que o aluno possa identificar qual regra se aplica.

Materiais complementares: Equipamentos tecnológicos como: TV com cabo HDMI, computador on-line ou outro equipamento que possa projetar, painel de descobertas (cartaz em papel pardo, color set ou outro suporte para escrita)

Atividade para impressão, disponível aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos.

Orientações:

  • Organize os alunos em duplas, considerando os diferentes níveis de aprendizagem que pode existir na sala de aula. Os agrupamentos produtivos podem proporcionar situações de conflito, debate, argumentação e isso se constitui como boa ferramenta para que exercitem as regularidades ortográficas da aula.
  • Diga aos alunos que eles farão uma atividade de revisão de texto, que um aluno escreveu uma redação, mas cometeu erros quanto ao uso das letras G e Gu ao grafar algumas palavras.
  • Entregue a atividade aos alunos.
  • Projete a atividade para que acompanhem a leitura (caso não tenha como projetar faça a leitura convencionalmente e peça para que os alunos acompanhem com o texto impresso).
  • Em seguida explique que eles devem localizar as palavras grafadas erradas e sinalizar com lápis de cor ou caneta marca texto. Faça intervenções, contraponha exemplos e auxilie os alunos a explicitar a escolha feita, o objetivo da atividade, que é refletir sobre a escrita destas letras.
  • A atividade tem como foco a utilização dos conhecimentos já construídos pelos alunos sobre as regularidades no som da letra G, a atividade favorece que os alunos exercitem o que já sabem a respeito das diferentes grafias possíveis para a representação dos diferentes sons empregados em uma mesma letra.
  • Circule pela sala e registre em seu material pessoal possíveis dúvidas e dificuldades dos alunos para retomá-las posteriormente.
  • Anote no quadro algumas palavras escritas pelos alunos, para que ao final sirvam de análise. Dica: Copie as corretas e as incorretas, assim podem analisar conjuntamente o erro cometido.

Materiais complementares: Equipamentos tecnológicos como: TV com cabo HDMI, computador on-line ou outro equipamento que possa projetar. Atividade em folha para exercitação.

Atividade para impressão.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Oriente os alunos para que, após localizarem as palavras grafadas erradas, devem ir ao final da atividade e escrever as palavras da forma que eles consideram correta. A transcrição é uma ótima oportunidade para refletir sobre como se escreve, uma vez que o conteúdo já é conhecido por eles.
  • Discuta aspectos ortográficos com os já alfabetizados, retomando algumas regras e estabelecendo novas relações entre o som que a letra G representa de acordo com a letra que vem depois.
  • Neste momento abra uma discussão coletiva e pergunte aos alunos quais são as palavras que eles grifaram como erradas.
  • Escreva no quadro ou em cartaz as palavras erradas, a fim de destacar o erro cometido.
  • Questione os alunos qual foi o erro cometido em cada situação. Por exemplo: Por que consegui se escreve com Gui? E qual o som produz? Quais letras aparecem depois de Gu que formam o mesmo som? A letra G seguidas pelas vogais E ou I produzem qual som?
  • Após a análise com a turma de cada palavra, escreva no quadro as palavras corretas.
  • Oriente os alunos para que façam uma autocorreção. Caso demonstrem dificuldade em compreender alguma palavra, auxilie realizando a leitura da mesma e dando exemplos de palavras com o mesmo som, a fim de que reflitam nas correspondências e regularidades.
  • Os alunos podem consultar os registros feitos para elaborar uma dica, ou seja, construir em dupla uma regra que favoreça a antecipação do contexto em que é correto usar uma ou outra situação. Professor circule pelas duplas chamando a atenção para o fato de que a falta ou acréscimo de uma letra pode mudar o som e até mesmo o sentido da palavra.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.

Orientações:

  • Dê continuidade a aula no coletivo para sistematizar as regularidades.
  • O contexto interno da palavra é que determina que letra usar em sua grafia nos casos citados pela habilidade. Levar o aluno a construir regras é a estratégia indicada, e pode ocorrer pela análise comparativa das ocorrências em listas de palavras, favorecendo a antecipação do contexto em que é correto usar uma ou outra letra, o que o contribui para a compreensão da regra.
  • Retome as descobertas discutidas até aqui. Espera-se que, tendo vivenciado aprendizagens desafiadoras e estabelecido relações de semelhança e diferença, os alunos possam organizar o que sabem com base na elaboração de uma “regra” comum para o grupo.
  • Pergunte aos alunos quais foram as maiores dificuldades enfrentadas pela dupla em localizar as palavras grafadas erradas.
  • Retome com eles que para escrever corretamente palavras ou ampliar seu repertório vocabular, é importante e necessário uma consulta ao dicionário, aos materiais expostos em sala de aula, ao caderno, ler diferentes portadores, tudo isso ajuda na ampliação de repertório.
  • Informe que durante a atividade você registrou algumas dúvidas e dificuldades e que agora irá retomá-las.
  • Solicite aos alunos que verbalizem as palavras grafadas que mais tiveram dúvida em suas escritas e proponha uma reflexão a respeito do uso recorrente de algumas palavras e como isso facilita que sua escrita seja mais assertiva.
  • Após sanar todas as dúvidas, liste as palavras no quadro para que copiem no caderno, as mesmas palavras devem ir para o painel de descobertas, servindo como fonte de consulta.
  • Em seguida escolha algumas palavras e peça para que os alunos expliquem o por quê da escrita. Faça perguntas desafiadoras como: Quais letras aparecem depois de Gu que juntas produzem o mesmo som? Qual a diferença entre o som e a grafia das palavras Girafa e Guitarra? Por que a palavra Aguente é escrita com Gu, mas o som do Gu é diferente das letras Gu da palavra Guerra? Cite outros exemplos? Existe alguma semelhança ou diferença entre a grafia das palavras Português e Portugal?
  • Após cada pergunta peça para que expliquem justificando a resposta, exercite a capacidade dos alunos de formular e defender opiniões.
  • É importante que os alunos terminem a aula sabendo que os dígrafos ocorrem quando duas letras são utilizadas para representar um único fonema no caso da letra G serão considerados dígrafos as letras gu quando estiverem seguidas das vogais E/I para representar o fonema G, por exemplo a palavra GUARANÁ não é dígrafo, pois você ouve todas as letras, G seguido pelas vogais A, O ou U representa G, G seguido pelas vogais E/I nunca representa G, sendo assim o G representa G em todos os casos, menos em G + E, G + I .
  • Elabore um registro coletivo, se houver necessidade além do registro elaborado para o painel, peça aos alunos que copiem no caderno algumas dicas, as mais importantes para que possam consultar posteriormente e relembrar a discussão.
  • O registro coletivo e a lista de palavras devem fazer parte do painel de descobertas, servindo para consultas posteriores, evitando que tais erros sejam cometidos.

Materiais complementares: Painel de descobertas e caderno.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a terceira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é compreender o uso correto das regularidades ortográficas no emprego de palavras com G ou Gu.

Materiais necessários: Caderno, folha de bloco ou folha pautada da escola, equipamentos tecnológicos como: TV com cabo HDMI, computador on-line ou outro equipamento que possa projetar, painel de descobertas (cartaz em papel pardo, color set ou outro suporte para escrita) e atividade em folha para exercitação e para impressão.

Dificuldades antecipadas: Alguns alunos podem apresentar pouca fluência para ler e escrever, pois não dominam os padrões da escrita. As letras ou os dígrafos que podem representar um mesmo fonema em uma mesma posição e assim podem criar dificuldades na hora de escrever. É recomendável utilizar duplas produtivas de trabalho, por isso antes da atividade relembre todas as regras ortográficas estudadas até aqui, se for o caso escreva algumas palavras no quadro, para que sirva de modelo.

Referências sobre o assunto:

BRASIL. Ministério da Educação. Base nacional comum curricular. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: . Acesso em 04 de set. de 2018.

NÓBREGA, Maria José. Ortografia. São Paulo: Melhoramentos, 2013. Disponível em: http://www.plataformadoletramento.org.br/hotsite/especial-ortografia-reflexiva/#cap1 Acesso em 04 de set. de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações: Os alunos devem ser informados sobre a proposta da aula, que é a reflexão sobre as regularidades da escrita utilizando as letras G/Gu, projete ou escreva no quadro o tema da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações:

  • Realize a tarefa coletivamente e oralmente. Essa situação favorece a circulação dos conhecimentos e antecipa as possíveis intervenções que serão necessárias, ampliando o repertório coletivo, favorecendo uma escrita mais autônoma.
  • Relembre as discussões realizadas nas aulas 1 e 2, retome o painel de descobertas quanto o uso de G/Gu. Caso essa seja sua primeira aula comece refletindo com os alunos sobre a escrita e explicitando que a aula de hoje será sobre as regularidades da escrita utilizando G seguido das vogais A, O, U e Gu seguido das vogais E, I.
  • Projete a atividade, caso não tenha como projetar, escreva no quadro, com a finalidade de preparar os alunos para uma leitura intencional, ou seja, que o aluno ao ler a palavra consiga relacionar a regra à escrita da palavra, caso o aluno não consiga ler a palavra convencionalmente, o professor deve ser o modelo, servindo de apoio nos casos de dúvida.
  • Peça aos alunos que observem o som produzido pelo uso do G/GU em cada palavra, chame a atenção para a letra que vem depois da letra G.
  • Neste momento abra uma discussão para que pensem em outras palavras escritas com G/Gu e reflitam sobre a escrita de cada palavra.
  • Atente-se aos dígrafos que ocorrem quando duas letras são utilizadas para representar um único fonema no caso da letra G serão considerados dígrafos as letras gu quando estiverem seguidas das vogais E/I para representar o fonema G, por exemplo a palavra ÁGUA não é dígrafo, pois você ouve todas as letras.
  • Peça para que alguns alunos deem exemplos de outras palavras que conhecem, e indique a qual coluna essa palavra se encaixa e explique o porquê. Caso o aluno erre ou não saiba explicar, será um bom momento para organizar as intervenções necessárias com os diferentes tipos de ocorrências de escrita, medie para que o aluno possa identificar qual regra se aplica.

Materiais complementares: Equipamentos tecnológicos como: TV com cabo HDMI, computador on-line ou outro equipamento que possa projetar, painel de descobertas (cartaz em papel pardo, color set ou outro suporte para escrita)

Atividade para impressão, disponível aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos.

Orientações:

  • Organize os alunos em duplas, considerando os diferentes níveis de aprendizagem que pode existir na sala de aula. Os agrupamentos produtivos podem proporcionar situações de conflito, debate, argumentação e isso se constitui como boa ferramenta para que exercitem as regularidades ortográficas da aula.
  • Diga aos alunos que eles farão uma atividade de revisão de texto, que um aluno escreveu uma redação, mas cometeu erros quanto ao uso das letras G e Gu ao grafar algumas palavras.
  • Entregue a atividade aos alunos.
  • Projete a atividade para que acompanhem a leitura (caso não tenha como projetar faça a leitura convencionalmente e peça para que os alunos acompanhem com o texto impresso).
  • Em seguida explique que eles devem localizar as palavras grafadas erradas e sinalizar com lápis de cor ou caneta marca texto. Faça intervenções, contraponha exemplos e auxilie os alunos a explicitar a escolha feita, o objetivo da atividade, que é refletir sobre a escrita destas letras.
  • A atividade tem como foco a utilização dos conhecimentos já construídos pelos alunos sobre as regularidades no som da letra G, a atividade favorece que os alunos exercitem o que já sabem a respeito das diferentes grafias possíveis para a representação dos diferentes sons empregados em uma mesma letra.
  • Circule pela sala e registre em seu material pessoal possíveis dúvidas e dificuldades dos alunos para retomá-las posteriormente.
  • Anote no quadro algumas palavras escritas pelos alunos, para que ao final sirvam de análise. Dica: Copie as corretas e as incorretas, assim podem analisar conjuntamente o erro cometido.

Materiais complementares: Equipamentos tecnológicos como: TV com cabo HDMI, computador on-line ou outro equipamento que possa projetar. Atividade em folha para exercitação.

Atividade para impressão.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Oriente os alunos para que, após localizarem as palavras grafadas erradas, devem ir ao final da atividade e escrever as palavras da forma que eles consideram correta. A transcrição é uma ótima oportunidade para refletir sobre como se escreve, uma vez que o conteúdo já é conhecido por eles.
  • Discuta aspectos ortográficos com os já alfabetizados, retomando algumas regras e estabelecendo novas relações entre o som que a letra G representa de acordo com a letra que vem depois.
  • Neste momento abra uma discussão coletiva e pergunte aos alunos quais são as palavras que eles grifaram como erradas.
  • Escreva no quadro ou em cartaz as palavras erradas, a fim de destacar o erro cometido.
  • Questione os alunos qual foi o erro cometido em cada situação. Por exemplo: Por que consegui se escreve com Gui? E qual o som produz? Quais letras aparecem depois de Gu que formam o mesmo som? A letra G seguidas pelas vogais E ou I produzem qual som?
  • Após a análise com a turma de cada palavra, escreva no quadro as palavras corretas.
  • Oriente os alunos para que façam uma autocorreção. Caso demonstrem dificuldade em compreender alguma palavra, auxilie realizando a leitura da mesma e dando exemplos de palavras com o mesmo som, a fim de que reflitam nas correspondências e regularidades.
  • Os alunos podem consultar os registros feitos para elaborar uma dica, ou seja, construir em dupla uma regra que favoreça a antecipação do contexto em que é correto usar uma ou outra situação. Professor circule pelas duplas chamando a atenção para o fato de que a falta ou acréscimo de uma letra pode mudar o som e até mesmo o sentido da palavra.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.

Orientações:

  • Dê continuidade a aula no coletivo para sistematizar as regularidades.
  • O contexto interno da palavra é que determina que letra usar em sua grafia nos casos citados pela habilidade. Levar o aluno a construir regras é a estratégia indicada, e pode ocorrer pela análise comparativa das ocorrências em listas de palavras, favorecendo a antecipação do contexto em que é correto usar uma ou outra letra, o que o contribui para a compreensão da regra.
  • Retome as descobertas discutidas até aqui. Espera-se que, tendo vivenciado aprendizagens desafiadoras e estabelecido relações de semelhança e diferença, os alunos possam organizar o que sabem com base na elaboração de uma “regra” comum para o grupo.
  • Pergunte aos alunos quais foram as maiores dificuldades enfrentadas pela dupla em localizar as palavras grafadas erradas.
  • Retome com eles que para escrever corretamente palavras ou ampliar seu repertório vocabular, é importante e necessário uma consulta ao dicionário, aos materiais expostos em sala de aula, ao caderno, ler diferentes portadores, tudo isso ajuda na ampliação de repertório.
  • Informe que durante a atividade você registrou algumas dúvidas e dificuldades e que agora irá retomá-las.
  • Solicite aos alunos que verbalizem as palavras grafadas que mais tiveram dúvida em suas escritas e proponha uma reflexão a respeito do uso recorrente de algumas palavras e como isso facilita que sua escrita seja mais assertiva.
  • Após sanar todas as dúvidas, liste as palavras no quadro para que copiem no caderno, as mesmas palavras devem ir para o painel de descobertas, servindo como fonte de consulta.
  • Em seguida escolha algumas palavras e peça para que os alunos expliquem o por quê da escrita. Faça perguntas desafiadoras como: Quais letras aparecem depois de Gu que juntas produzem o mesmo som? Qual a diferença entre o som e a grafia das palavras Girafa e Guitarra? Por que a palavra Aguente é escrita com Gu, mas o som do Gu é diferente das letras Gu da palavra Guerra? Cite outros exemplos? Existe alguma semelhança ou diferença entre a grafia das palavras Português e Portugal?
  • Após cada pergunta peça para que expliquem justificando a resposta, exercite a capacidade dos alunos de formular e defender opiniões.
  • É importante que os alunos terminem a aula sabendo que os dígrafos ocorrem quando duas letras são utilizadas para representar um único fonema no caso da letra G serão considerados dígrafos as letras gu quando estiverem seguidas das vogais E/I para representar o fonema G, por exemplo a palavra GUARANÁ não é dígrafo, pois você ouve todas as letras, G seguido pelas vogais A, O ou U representa G, G seguido pelas vogais E/I nunca representa G, sendo assim o G representa G em todos os casos, menos em G + E, G + I .
  • Elabore um registro coletivo, se houver necessidade além do registro elaborado para o painel, peça aos alunos que copiem no caderno algumas dicas, as mais importantes para que possam consultar posteriormente e relembrar a discussão.
  • O registro coletivo e a lista de palavras devem fazer parte do painel de descobertas, servindo para consultas posteriores, evitando que tais erros sejam cometidos.

Materiais complementares: Painel de descobertas e caderno.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 3º ano :

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 3º ano:

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF03LP01 da BNCC

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

3º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano