14300
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Marcas linguísticas e interlocução das cartas de reclamaçãov

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do EF sobre Marcas linguísticas e interlocução das cartas de reclamaçãov

Plano 05 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Danuza Kryshna Da Costa Lima

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a quinta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero cartas de reclamação/apresentação de propostas orais e no campo de atuação da vida pública, podendo estender-se para o campo jornalístico-midiático. A aula faz parte do módulo de Análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Um envelope grande contendo: Textos escritos, atividade para impressão, etiquetas explicativas (caso não tenha como imprimir como etiquetas autoadesivas, imprima normalmente e peça para os alunos recortar e colar com cola comum) nas dimensões (2cm x 4cm), canetas coloridas, cartolina ou papel cartão nas dimensões (31cm X 34 cm) e fita adesiva.

Informações sobre o gênero: Texto de caráter epistolar, as cartas de reclamação expressam a necessidade de um sujeito, inserido em uma prática de linguagem social concreta e determinada de se comunicar com o outro e, para isso, lança mão da escrita. Os interlocutores não estão presentes então, há, portanto, um distanciamento espaço-temporal e por isso, a utilização de elementos típicos dos gêneros epistolares, tais como “remetente”, “local”, “data”, “assinatura”. Neste gênero, o remetente descreve um problema ocorrido ao seu destinatário a fim de que este consiga resolvê-lo. Uma das características mais específicas da cartas de reclamação é o seu caráter persuasivo, por utilizarem-se do discurso argumentativo para convencer o outro a solucionar determinado problema, este por sua vez, de ordem individual e/ ou coletiva.

Dificuldades antecipadas: dificuldade em relacionar as marcas linguísticas aos seus respectivos interlocutores, tendo em vista a necessidade de consolidação dos conceitos de remetente e destinatário”, bem como de suas marcas no texto.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA, J. P. Carta de solicitação e carta de reclamação. Coleção Trabalhando com os gêneros do discurso. São Paulo: Editora FTD, 2005.

DA SILVA, L. N; LEAL, T. F. Caracterizando o gênero carta de reclamação. Disponível em: <http://alb.com.br/arquivo-morto/edicoes_anteriores/anais16/sem10pdf/sm10ss12_07.pdf>

Acesso em: 12 de ago. 2018.

ABAURRE, M. L. Produção de textos: interlocução e gêneros. São Paulo: Editora Moderna, 2007.

PARANÁ. Cadernos PDE: os desafios da escola pública paraense na perspectiva do professor PDE - Produções didático-pedagógicas. vol. 2, 2016. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_pdp_port_uenp_reginamarciamichelatosilva.pdf>. Acesso em 13 de set. 2018.

BEATO-CANTO, A. P. M.; BAUMGARTNER, C. T.; CECILIO, S. R. Uma perspectiva de ensino da língua através do gênero textual carta de reclamação. Londrina: UEL, 2006 (trabalho não publicado).

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema para a turma. Tente despertar a curiosidade dos alunos, questionando-os sobre os elementos que podem compor uma carta de reclamação. É desejável que os alunos já tenham entrado em contato com o gênero para conseguirem realizar esta aula. Espera-se que mencionem a presença de elementos composicionais do gênero, tais como data, endereço, destinatário, o relato de um problema seguido por solicitação de resolução, expressões de saudação, despedida, assinatura do remetente.
  • Organize a turma em duplas. A atividade em duplas proporcionará maior diálogo entre os alunos, tendo em vista as novas descobertas para esta aula. Em alguns momentos, será importante a troca de ideias e o diálogo.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 4 minutos

Orientações:

  • Distribua, para cada dupla de alunos, um envelope contendo as atividades para a aula e materiais a serem utilizados. As atividades devem ser distribuídas todas de uma única vez, pois possibilita agilidade na organização e administração do tempo pedagógico da aula. Nos links, será encontrada uma carta dirigida a uma secretaria municipal de educação reclamando da falta de cadeiras e mesas nas salas de aula. Junto com essa carta, haverá também um conjunto de etiquetas explicativas com os elementos composicionais do gênero para que o aluno cole cada etiqueta ao lado de cada elemento na carta de reclamação que exige mesas e cadeiras. Também será encontrada uma carta lacunada reclamando do abastecimento de água, para que os alunos preencham com os elementos composicionais do gênero que estão faltando.

2. Solicite aos alunos que organizem o material sobre a mesa.

Materiais complementares:

Etiquetas explicativas

Atividade para impressão_Texto 1

Atividade para impressão_Texto 2

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Peça para que os alunos façam a leitura silenciosa da carta de reclamação direcionada à Secretaria Municipal de Educação na íntegra. Disponibilizamos a carta aqui nos slides também.

Materiais complementares:

Para acessar a Carta de Reclamação 1 (Falta de cadeiras e bancas), clique aqui.

Para acessar a Resolução da Atividade com as etiquetas, clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que os alunos façam a leitura silenciosa da carta de reclamação direcionada à Secretaria Municipal de Educação na íntegra. Disponibilizamos a carta aqui nos slides também.

Materiais complementares:

Para acessar a Carta de Reclamação 1 (Falta de cadeiras e bancas), clique aqui.

Para acessar a Resolução da Atividade com as etiquetas, clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que os alunos façam a leitura silenciosa da carta de reclamação direcionada à Secretaria Municipal de Educação na íntegra. Disponibilizamos a carta aqui nos slides também.

Materiais complementares:

Para acessar a Carta de Reclamação 1 (Falta de cadeiras e bancas), clique aqui.

Para acessar a Resolução da Atividade com as etiquetas, clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que os alunos façam a leitura silenciosa da carta de reclamação direcionada à Secretaria Municipal de Educação na íntegra. Disponibilizamos a carta aqui nos slides também.

Materiais complementares:

Para acessar a Carta de Reclamação 1 (Falta de cadeiras e bancas), clique aqui.

Para acessar a Resolução da Atividade com as etiquetas, clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Converse sobre as etiquetas que serão usadas na atividade, projetando-as no slide, e certifique-se de que todos lembram dos conceitos de “remetente” (quem escreve e envia a carta de reclamação), “destinatário” (a quem se destina a carta), “pronome de tratamento” (forma de referir-se a alguém, como por exemplo ‘Senhora’, ‘Vossa Excelência’ etc), “despedida” em uma carta de reclamação (atenciosamente, cordialmente, agradeço desde já sua atenção etc). Retome com os alunos que a carta de reclamação é um documento escrito com um registro mais formal, então, não podemos usar pronomes de intimidade (tu, você), tampouco despedidas mais comuns (tchau, até mais), pois dessa forma, estaremos arriscando não sermos ouvidos. O tom mais formal passa uma ideia de que o assunto é sério e que a relação que estamos estabelecendo é de respeito.
  • Solicite que os alunos colem as etiquetas ao lado (ou próximas) dos elementos já explorados. Caso não tenha como imprimir como etiquetas autoadesivas, imprima normalmente e peça para os alunos recortar e colar com cola comum. Solicite que os alunos colem, ao lado da carta que trata da falta de mesas e cadeiras, próximo de cada elemento, as etiquetas explicativas. Os alunos devem colá-las no lugar corretamente, observando a definição de cada uma das etiquetas e também sua importância para a construção, funcionalidade do gênero e a relação entre os interlocutores. Acesse sugestão de resposta desta atividade aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que as duplas conversem sobre as questões para em seguida respondê-las oralmente.
  • Dê cerca de 5 minutos para conversarem e depois peça para algumas duplas falarem as suas conclusões. Espera-se que relacionem as informações disponibilizadas nas plaquetas e deem as seguintes respostas possíveis/desejáveis: 1. Alunos do 9º ano da Escola Municipal Hercília Maria de Souza e o senhor Anselmo Lemos, diretor de infraestrutura escolar; 2. Porque é uma pessoa investida de um cargo que tem responsabilidade e poder para atender à reclamação.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Após a resolução da primeira atividade, solicite aos alunos a resolução da atividade 2. Na atividade anterior, o foco era a localização das marcas linguísticas dos interlocutores, tais como: a) as expressões de tratamento relativas ao destinatário, mostrando uma hierarquia e posição social diferenciadas entre os interlocutores; b) a adequação vocabular presente no uso dos verbos para cada um dos interlocutores. A atividade deverá ter o foco na posição dessas marcas e na importância dessa organização do texto para a composição deste gênero textual.

2. Circule pela sala observando o trabalho de cada dupla na resolução da atividade. Nesta etapa, os alunos poderão exercitar o uso de algumas marcas linguísticas ligadas aos interlocutores. Alguns pontos devem ser dados aos alunos para orientá-los melhor: a) Que tipo de linguagem é mais adequado usar ao se dirigir ao prefeito de uma cidade?; b) No caso do distanciamento entre os interlocutores, é necessário explicar detalhadamente o problema? Por quê?; c) Entre os interlocutores existe uma hierarquia? Explique; d) Quais argumentos utilizar para justificar a importância da reclamação? Os alunos devem preencher as lacunas do texto, observando tais aspectos de interlocução, bem como sua importância para a construção e função social do gênero. Com relação aos questionamentos direcionados aos alunos para resolução da atividade, espera-se que os alunos respondam: a) Uma linguagem formal; b) Sim, pois estando o interlocutor (destinatário) distante não só do remetente, mas também do problema, é preciso detalhar para que ele tenha noção da reclamação e possa tentar solucioná-lo; c) Existe, pois um é morador e o outro, alguém munido de poderes para resolver ou agilizar a resolução do problema; d) Argumentos convincentes e reais, o papel da Compesa para o abastecimento de água, o papel do prefeito em fiscalizar as obras feitas no município. Esta resolução de atividade deve ser seguida como uma possível resposta. É provável que os alunos apresentem outras formas de resolver a atividade, então, é preciso que na correção da atividade, a ser realizada ao longo do desenvolvimento desta aula, sejam apresentadas aos alunos orientações bem direcionadas.

Materiais complementares:

Encontre a segunda carta de reclamação deste plano (esta é lacunada) correspondente à Atividade 2, aqui.

Encontre a resolução da Atividade 2 (lacunas preenchidas) aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Após a resolução da primeira atividade, solicite aos alunos a resolução da atividade 2. Na atividade anterior, o foco era a localização das marcas linguísticas dos interlocutores, tais como: a) as expressões de tratamento relativas ao destinatário, mostrando uma hierarquia e posição social diferenciadas entre os interlocutores; b) a adequação vocabular presente no uso dos verbos para cada um dos interlocutores. A atividade deverá ter o foco na posição dessas marcas e na importância dessa organização do texto para a composição deste gênero textual.

2. Circule pela sala observando o trabalho de cada dupla na resolução da atividade. Nesta etapa, os alunos poderão exercitar o uso de algumas marcas linguísticas ligadas aos interlocutores. Alguns pontos devem ser dados aos alunos para orientá-los melhor: a) Que tipo de linguagem é mais adequado usar ao se dirigir ao prefeito de uma cidade?; b) No caso do distanciamento entre os interlocutores, é necessário explicar detalhadamente o problema? Por quê?; c) Entre os interlocutores existe uma hierarquia? Explique; d) Quais argumentos utilizar para justificar a importância da reclamação? Os alunos devem preencher as lacunas do texto, observando tais aspectos de interlocução, bem como sua importância para a construção e função social do gênero. Com relação aos questionamentos direcionados aos alunos para resolução da atividade, espera-se que os alunos respondam: a) Uma linguagem formal; b) Sim, pois estando o interlocutor (destinatário) distante não só do remetente, mas também do problema, é preciso detalhar para que ele tenha noção da reclamação e possa tentar solucioná-lo; c) Existe, pois um é morador e o outro, alguém munido de poderes para resolver ou agilizar a resolução do problema; d) Argumentos convincentes e reais, o papel da Compesa para o abastecimento de água, o papel do prefeito em fiscalizar as obras feitas no município. Esta resolução de atividade deve ser seguida como uma possível resposta. É provável que os alunos apresentem outras formas de resolver a atividade, então, é preciso que na correção da atividade, a ser realizada ao longo do desenvolvimento desta aula, sejam apresentadas aos alunos orientações bem direcionadas.

Materiais complementares:

Encontre a segunda carta de reclamação deste plano (esta é lacunada) correspondente à Atividade 2, aqui.

Encontre a resolução da Atividade 2 (lacunas preenchidas) aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Após a resolução da primeira atividade, solicite aos alunos a resolução da atividade 2. Na atividade anterior, o foco era a localização das marcas linguísticas dos interlocutores, tais como: a) as expressões de tratamento relativas ao destinatário, mostrando uma hierarquia e posição social diferenciadas entre os interlocutores; b) a adequação vocabular presente no uso dos verbos para cada um dos interlocutores. A atividade deverá ter o foco na posição dessas marcas e na importância dessa organização do texto para a composição deste gênero textual.

2. Circule pela sala observando o trabalho de cada dupla na resolução da atividade. Nesta etapa, os alunos poderão exercitar o uso de algumas marcas linguísticas ligadas aos interlocutores. Alguns pontos devem ser dados aos alunos para orientá-los melhor: a) Que tipo de linguagem é mais adequado usar ao se dirigir ao prefeito de uma cidade?; b) No caso do distanciamento entre os interlocutores, é necessário explicar detalhadamente o problema? Por quê?; c) Entre os interlocutores existe uma hierarquia? Explique; d) Quais argumentos utilizar para justificar a importância da reclamação? Os alunos devem preencher as lacunas do texto, observando tais aspectos de interlocução, bem como sua importância para a construção e função social do gênero. Com relação aos questionamentos direcionados aos alunos para resolução da atividade, espera-se que os alunos respondam: a) Uma linguagem formal; b) Sim, pois estando o interlocutor (destinatário) distante não só do remetente, mas também do problema, é preciso detalhar para que ele tenha noção da reclamação e possa tentar solucioná-lo; c) Existe, pois um é morador e o outro, alguém munido de poderes para resolver ou agilizar a resolução do problema; d) Argumentos convincentes e reais, o papel da Compesa para o abastecimento de água, o papel do prefeito em fiscalizar as obras feitas no município. Esta resolução de atividade deve ser seguida como uma possível resposta. É provável que os alunos apresentem outras formas de resolver a atividade, então, é preciso que na correção da atividade, a ser realizada ao longo do desenvolvimento desta aula, sejam apresentadas aos alunos orientações bem direcionadas.

Materiais complementares:

Encontre a segunda carta de reclamação deste plano (esta é lacunada) correspondente à Atividade 2, aqui.

Encontre a resolução da Atividade 2 (lacunas preenchidas) aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 14 minutos

Orientações:

  • Oriente os alunos a colar os cartazes na sala de aula ou no corredor, conforme a dinâmica de sua escola. Este é um momento para sistematização das atividades propostas e também para consolidar o que foi aprendido em aula.

  • Busque a interação dos alunos para que eles exponham suas atividades oralmente para o resto da turma. Explique que cada elemento da plaqueta (presente na atividade 1) tem uma funcionalidade para o texto, cada uma das etiquetas apresenta, além da definição do termo lacunado, sua função, com exceção dos verbos que precisarão de uma modificação com relação ao número, tempo, modo verbal.

  • Conclua a aula, finalizando e explicando a partir das falas dos alunos. A ideia é que, a partir da apresentação de cada dupla, seja possível orientar os alunos sobre os seguintes pontos:

a) recorrências das marcas de interlocução para o formato das cartas de reclamação;

Estas marcas estão presentes nas cartas de reclamação e fazem parte dos elementos que compõem este gênero textual. No caso das marcas linguísticas utilizadas como elementos de coesão para substituição do próprio remetente ou destinatário são geralmente usados sinônimos, pronomes para este papel.

b) a presença de argumentos e justificativas para defesa de uma ideia;

Na escrita de cartas de reclamação, a presença de argumentos e justificativas é de suma importância para a persuasão do interlocutor. O destinatário precisa estar convencido de que a reclamação é válida e importante, por isto, se faz necessário a presença de argumentos convincentes.

c) a posição das marcas linguísticas do gênero nos textos.

As marcas que compõem os elementos composicionais do gênero precisam estar em seus lugares convencionais. Elementos como data, local necessitam de uma referenciação inicial no texto, a fim de situar o destinatário sobre o endereço de origem da carta, isto faz com que ele estabeleça com o remetente uma relação de maior proximidade. Marcas como saudação e despedida também necessitam estar fixadas tanto no início quanto no final do texto, a fim de garantir a interação entre os interlocutores. Quanto as marcas linguísticas responsáveis pela manutenção da coesão textual, estas podem variar de lugar, a depender da necessidade daquele que escreve, mas deve haver sempre uma preocupação com relação a proximidade entre referente e referencial no texto.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a quinta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero cartas de reclamação/apresentação de propostas orais e no campo de atuação da vida pública, podendo estender-se para o campo jornalístico-midiático. A aula faz parte do módulo de Análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Um envelope grande contendo: Textos escritos, atividade para impressão, etiquetas explicativas (caso não tenha como imprimir como etiquetas autoadesivas, imprima normalmente e peça para os alunos recortar e colar com cola comum) nas dimensões (2cm x 4cm), canetas coloridas, cartolina ou papel cartão nas dimensões (31cm X 34 cm) e fita adesiva.

Informações sobre o gênero: Texto de caráter epistolar, as cartas de reclamação expressam a necessidade de um sujeito, inserido em uma prática de linguagem social concreta e determinada de se comunicar com o outro e, para isso, lança mão da escrita. Os interlocutores não estão presentes então, há, portanto, um distanciamento espaço-temporal e por isso, a utilização de elementos típicos dos gêneros epistolares, tais como “remetente”, “local”, “data”, “assinatura”. Neste gênero, o remetente descreve um problema ocorrido ao seu destinatário a fim de que este consiga resolvê-lo. Uma das características mais específicas da cartas de reclamação é o seu caráter persuasivo, por utilizarem-se do discurso argumentativo para convencer o outro a solucionar determinado problema, este por sua vez, de ordem individual e/ ou coletiva.

Dificuldades antecipadas: dificuldade em relacionar as marcas linguísticas aos seus respectivos interlocutores, tendo em vista a necessidade de consolidação dos conceitos de remetente e destinatário”, bem como de suas marcas no texto.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA, J. P. Carta de solicitação e carta de reclamação. Coleção Trabalhando com os gêneros do discurso. São Paulo: Editora FTD, 2005.

DA SILVA, L. N; LEAL, T. F. Caracterizando o gênero carta de reclamação. Disponível em: <http://alb.com.br/arquivo-morto/edicoes_anteriores/anais16/sem10pdf/sm10ss12_07.pdf>

Acesso em: 12 de ago. 2018.

ABAURRE, M. L. Produção de textos: interlocução e gêneros. São Paulo: Editora Moderna, 2007.

PARANÁ. Cadernos PDE: os desafios da escola pública paraense na perspectiva do professor PDE - Produções didático-pedagógicas. vol. 2, 2016. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_pdp_port_uenp_reginamarciamichelatosilva.pdf>. Acesso em 13 de set. 2018.

BEATO-CANTO, A. P. M.; BAUMGARTNER, C. T.; CECILIO, S. R. Uma perspectiva de ensino da língua através do gênero textual carta de reclamação. Londrina: UEL, 2006 (trabalho não publicado).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema para a turma. Tente despertar a curiosidade dos alunos, questionando-os sobre os elementos que podem compor uma carta de reclamação. É desejável que os alunos já tenham entrado em contato com o gênero para conseguirem realizar esta aula. Espera-se que mencionem a presença de elementos composicionais do gênero, tais como data, endereço, destinatário, o relato de um problema seguido por solicitação de resolução, expressões de saudação, despedida, assinatura do remetente.
  • Organize a turma em duplas. A atividade em duplas proporcionará maior diálogo entre os alunos, tendo em vista as novas descobertas para esta aula. Em alguns momentos, será importante a troca de ideias e o diálogo.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 4 minutos

Orientações:

  • Distribua, para cada dupla de alunos, um envelope contendo as atividades para a aula e materiais a serem utilizados. As atividades devem ser distribuídas todas de uma única vez, pois possibilita agilidade na organização e administração do tempo pedagógico da aula. Nos links, será encontrada uma carta dirigida a uma secretaria municipal de educação reclamando da falta de cadeiras e mesas nas salas de aula. Junto com essa carta, haverá também um conjunto de etiquetas explicativas com os elementos composicionais do gênero para que o aluno cole cada etiqueta ao lado de cada elemento na carta de reclamação que exige mesas e cadeiras. Também será encontrada uma carta lacunada reclamando do abastecimento de água, para que os alunos preencham com os elementos composicionais do gênero que estão faltando.

2. Solicite aos alunos que organizem o material sobre a mesa.

Materiais complementares:

Etiquetas explicativas

Atividade para impressão_Texto 1

Atividade para impressão_Texto 2

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Peça para que os alunos façam a leitura silenciosa da carta de reclamação direcionada à Secretaria Municipal de Educação na íntegra. Disponibilizamos a carta aqui nos slides também.

Materiais complementares:

Para acessar a Carta de Reclamação 1 (Falta de cadeiras e bancas), clique aqui.

Para acessar a Resolução da Atividade com as etiquetas, clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que os alunos façam a leitura silenciosa da carta de reclamação direcionada à Secretaria Municipal de Educação na íntegra. Disponibilizamos a carta aqui nos slides também.

Materiais complementares:

Para acessar a Carta de Reclamação 1 (Falta de cadeiras e bancas), clique aqui.

Para acessar a Resolução da Atividade com as etiquetas, clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que os alunos façam a leitura silenciosa da carta de reclamação direcionada à Secretaria Municipal de Educação na íntegra. Disponibilizamos a carta aqui nos slides também.

Materiais complementares:

Para acessar a Carta de Reclamação 1 (Falta de cadeiras e bancas), clique aqui.

Para acessar a Resolução da Atividade com as etiquetas, clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que os alunos façam a leitura silenciosa da carta de reclamação direcionada à Secretaria Municipal de Educação na íntegra. Disponibilizamos a carta aqui nos slides também.

Materiais complementares:

Para acessar a Carta de Reclamação 1 (Falta de cadeiras e bancas), clique aqui.

Para acessar a Resolução da Atividade com as etiquetas, clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Converse sobre as etiquetas que serão usadas na atividade, projetando-as no slide, e certifique-se de que todos lembram dos conceitos de “remetente” (quem escreve e envia a carta de reclamação), “destinatário” (a quem se destina a carta), “pronome de tratamento” (forma de referir-se a alguém, como por exemplo ‘Senhora’, ‘Vossa Excelência’ etc), “despedida” em uma carta de reclamação (atenciosamente, cordialmente, agradeço desde já sua atenção etc). Retome com os alunos que a carta de reclamação é um documento escrito com um registro mais formal, então, não podemos usar pronomes de intimidade (tu, você), tampouco despedidas mais comuns (tchau, até mais), pois dessa forma, estaremos arriscando não sermos ouvidos. O tom mais formal passa uma ideia de que o assunto é sério e que a relação que estamos estabelecendo é de respeito.
  • Solicite que os alunos colem as etiquetas ao lado (ou próximas) dos elementos já explorados. Caso não tenha como imprimir como etiquetas autoadesivas, imprima normalmente e peça para os alunos recortar e colar com cola comum. Solicite que os alunos colem, ao lado da carta que trata da falta de mesas e cadeiras, próximo de cada elemento, as etiquetas explicativas. Os alunos devem colá-las no lugar corretamente, observando a definição de cada uma das etiquetas e também sua importância para a construção, funcionalidade do gênero e a relação entre os interlocutores. Acesse sugestão de resposta desta atividade aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça para que as duplas conversem sobre as questões para em seguida respondê-las oralmente.
  • Dê cerca de 5 minutos para conversarem e depois peça para algumas duplas falarem as suas conclusões. Espera-se que relacionem as informações disponibilizadas nas plaquetas e deem as seguintes respostas possíveis/desejáveis: 1. Alunos do 9º ano da Escola Municipal Hercília Maria de Souza e o senhor Anselmo Lemos, diretor de infraestrutura escolar; 2. Porque é uma pessoa investida de um cargo que tem responsabilidade e poder para atender à reclamação.

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Após a resolução da primeira atividade, solicite aos alunos a resolução da atividade 2. Na atividade anterior, o foco era a localização das marcas linguísticas dos interlocutores, tais como: a) as expressões de tratamento relativas ao destinatário, mostrando uma hierarquia e posição social diferenciadas entre os interlocutores; b) a adequação vocabular presente no uso dos verbos para cada um dos interlocutores. A atividade deverá ter o foco na posição dessas marcas e na importância dessa organização do texto para a composição deste gênero textual.

2. Circule pela sala observando o trabalho de cada dupla na resolução da atividade. Nesta etapa, os alunos poderão exercitar o uso de algumas marcas linguísticas ligadas aos interlocutores. Alguns pontos devem ser dados aos alunos para orientá-los melhor: a) Que tipo de linguagem é mais adequado usar ao se dirigir ao prefeito de uma cidade?; b) No caso do distanciamento entre os interlocutores, é necessário explicar detalhadamente o problema? Por quê?; c) Entre os interlocutores existe uma hierarquia? Explique; d) Quais argumentos utilizar para justificar a importância da reclamação? Os alunos devem preencher as lacunas do texto, observando tais aspectos de interlocução, bem como sua importância para a construção e função social do gênero. Com relação aos questionamentos direcionados aos alunos para resolução da atividade, espera-se que os alunos respondam: a) Uma linguagem formal; b) Sim, pois estando o interlocutor (destinatário) distante não só do remetente, mas também do problema, é preciso detalhar para que ele tenha noção da reclamação e possa tentar solucioná-lo; c) Existe, pois um é morador e o outro, alguém munido de poderes para resolver ou agilizar a resolução do problema; d) Argumentos convincentes e reais, o papel da Compesa para o abastecimento de água, o papel do prefeito em fiscalizar as obras feitas no município. Esta resolução de atividade deve ser seguida como uma possível resposta. É provável que os alunos apresentem outras formas de resolver a atividade, então, é preciso que na correção da atividade, a ser realizada ao longo do desenvolvimento desta aula, sejam apresentadas aos alunos orientações bem direcionadas.

Materiais complementares:

Encontre a segunda carta de reclamação deste plano (esta é lacunada) correspondente à Atividade 2, aqui.

Encontre a resolução da Atividade 2 (lacunas preenchidas) aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Após a resolução da primeira atividade, solicite aos alunos a resolução da atividade 2. Na atividade anterior, o foco era a localização das marcas linguísticas dos interlocutores, tais como: a) as expressões de tratamento relativas ao destinatário, mostrando uma hierarquia e posição social diferenciadas entre os interlocutores; b) a adequação vocabular presente no uso dos verbos para cada um dos interlocutores. A atividade deverá ter o foco na posição dessas marcas e na importância dessa organização do texto para a composição deste gênero textual.

2. Circule pela sala observando o trabalho de cada dupla na resolução da atividade. Nesta etapa, os alunos poderão exercitar o uso de algumas marcas linguísticas ligadas aos interlocutores. Alguns pontos devem ser dados aos alunos para orientá-los melhor: a) Que tipo de linguagem é mais adequado usar ao se dirigir ao prefeito de uma cidade?; b) No caso do distanciamento entre os interlocutores, é necessário explicar detalhadamente o problema? Por quê?; c) Entre os interlocutores existe uma hierarquia? Explique; d) Quais argumentos utilizar para justificar a importância da reclamação? Os alunos devem preencher as lacunas do texto, observando tais aspectos de interlocução, bem como sua importância para a construção e função social do gênero. Com relação aos questionamentos direcionados aos alunos para resolução da atividade, espera-se que os alunos respondam: a) Uma linguagem formal; b) Sim, pois estando o interlocutor (destinatário) distante não só do remetente, mas também do problema, é preciso detalhar para que ele tenha noção da reclamação e possa tentar solucioná-lo; c) Existe, pois um é morador e o outro, alguém munido de poderes para resolver ou agilizar a resolução do problema; d) Argumentos convincentes e reais, o papel da Compesa para o abastecimento de água, o papel do prefeito em fiscalizar as obras feitas no município. Esta resolução de atividade deve ser seguida como uma possível resposta. É provável que os alunos apresentem outras formas de resolver a atividade, então, é preciso que na correção da atividade, a ser realizada ao longo do desenvolvimento desta aula, sejam apresentadas aos alunos orientações bem direcionadas.

Materiais complementares:

Encontre a segunda carta de reclamação deste plano (esta é lacunada) correspondente à Atividade 2, aqui.

Encontre a resolução da Atividade 2 (lacunas preenchidas) aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Após a resolução da primeira atividade, solicite aos alunos a resolução da atividade 2. Na atividade anterior, o foco era a localização das marcas linguísticas dos interlocutores, tais como: a) as expressões de tratamento relativas ao destinatário, mostrando uma hierarquia e posição social diferenciadas entre os interlocutores; b) a adequação vocabular presente no uso dos verbos para cada um dos interlocutores. A atividade deverá ter o foco na posição dessas marcas e na importância dessa organização do texto para a composição deste gênero textual.

2. Circule pela sala observando o trabalho de cada dupla na resolução da atividade. Nesta etapa, os alunos poderão exercitar o uso de algumas marcas linguísticas ligadas aos interlocutores. Alguns pontos devem ser dados aos alunos para orientá-los melhor: a) Que tipo de linguagem é mais adequado usar ao se dirigir ao prefeito de uma cidade?; b) No caso do distanciamento entre os interlocutores, é necessário explicar detalhadamente o problema? Por quê?; c) Entre os interlocutores existe uma hierarquia? Explique; d) Quais argumentos utilizar para justificar a importância da reclamação? Os alunos devem preencher as lacunas do texto, observando tais aspectos de interlocução, bem como sua importância para a construção e função social do gênero. Com relação aos questionamentos direcionados aos alunos para resolução da atividade, espera-se que os alunos respondam: a) Uma linguagem formal; b) Sim, pois estando o interlocutor (destinatário) distante não só do remetente, mas também do problema, é preciso detalhar para que ele tenha noção da reclamação e possa tentar solucioná-lo; c) Existe, pois um é morador e o outro, alguém munido de poderes para resolver ou agilizar a resolução do problema; d) Argumentos convincentes e reais, o papel da Compesa para o abastecimento de água, o papel do prefeito em fiscalizar as obras feitas no município. Esta resolução de atividade deve ser seguida como uma possível resposta. É provável que os alunos apresentem outras formas de resolver a atividade, então, é preciso que na correção da atividade, a ser realizada ao longo do desenvolvimento desta aula, sejam apresentadas aos alunos orientações bem direcionadas.

Materiais complementares:

Encontre a segunda carta de reclamação deste plano (esta é lacunada) correspondente à Atividade 2, aqui.

Encontre a resolução da Atividade 2 (lacunas preenchidas) aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 14 minutos

Orientações:

  • Oriente os alunos a colar os cartazes na sala de aula ou no corredor, conforme a dinâmica de sua escola. Este é um momento para sistematização das atividades propostas e também para consolidar o que foi aprendido em aula.

  • Busque a interação dos alunos para que eles exponham suas atividades oralmente para o resto da turma. Explique que cada elemento da plaqueta (presente na atividade 1) tem uma funcionalidade para o texto, cada uma das etiquetas apresenta, além da definição do termo lacunado, sua função, com exceção dos verbos que precisarão de uma modificação com relação ao número, tempo, modo verbal.

  • Conclua a aula, finalizando e explicando a partir das falas dos alunos. A ideia é que, a partir da apresentação de cada dupla, seja possível orientar os alunos sobre os seguintes pontos:

a) recorrências das marcas de interlocução para o formato das cartas de reclamação;

Estas marcas estão presentes nas cartas de reclamação e fazem parte dos elementos que compõem este gênero textual. No caso das marcas linguísticas utilizadas como elementos de coesão para substituição do próprio remetente ou destinatário são geralmente usados sinônimos, pronomes para este papel.

b) a presença de argumentos e justificativas para defesa de uma ideia;

Na escrita de cartas de reclamação, a presença de argumentos e justificativas é de suma importância para a persuasão do interlocutor. O destinatário precisa estar convencido de que a reclamação é válida e importante, por isto, se faz necessário a presença de argumentos convincentes.

c) a posição das marcas linguísticas do gênero nos textos.

As marcas que compõem os elementos composicionais do gênero precisam estar em seus lugares convencionais. Elementos como data, local necessitam de uma referenciação inicial no texto, a fim de situar o destinatário sobre o endereço de origem da carta, isto faz com que ele estabeleça com o remetente uma relação de maior proximidade. Marcas como saudação e despedida também necessitam estar fixadas tanto no início quanto no final do texto, a fim de garantir a interação entre os interlocutores. Quanto as marcas linguísticas responsáveis pela manutenção da coesão textual, estas podem variar de lugar, a depender da necessidade daquele que escreve, mas deve haver sempre uma preocupação com relação a proximidade entre referente e referencial no texto.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 6º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP27 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano