14067
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Identificando as diferentes vozes que compõem o gênero Reportagem de divulgação científica/Vlog científico

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do EF sobre Identificando as diferentes vozes que compõem o gênero Reportagem de divulgação científica/Vlog científico

Plano 06 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Fabiana De Souza Azevedo

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a sexta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Reportagem de divulgação científica/Vlog científico e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Reportagens trazidas pelos estudantes sobre o tema vacina.

Reportagens: disponíveis aqui

Vlog científico: Nerdologia - Existe perigo na vacina? 2014. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=MiIZlSNAu0E>.

Computador, projetor multimídia e tela. Cópias impressas dos textos. Dicionários.

Informações sobre o gênero: A Reportagem de divulgação científica e o Vlog científico apresentam informações aprofundadas sobre fatos de natureza científica. A finalidade desses gêneros é a divulgação de pesquisas e estudos, assim eles precisam ser construídos com linguagem clara e objetiva, geralmente utilizando a norma padrão da língua. O Vlog, por ser um gênero que nasceu das novas tecnologias digitais, apresenta maior variedade de registro.

Dificuldades antecipadas: Pode ser difícil para o estudante identificar as opiniões implícitas dos autores, identificar o diálogo que existe entre textos diversos, além de questões referentes à construção composicional do gênero. Eles podem não perceber os sentidos das fotos, ilustrações, gráficos etc. que estão na composição dos gêneros multimodais, tais como a reportagem de divulgação científica e o vlog científico.

Gêneros multimodais ou multissemióticos são compostos por palavras, imagens (fotos ou ilustrações) estáticas ou em movimento, gráficos, infográficos e vídeos, nos quais a construção de sentido do texto depende do entendimento desses diferentes elementos. Mais informações sobre esse conceito podem ser encontradas no glossário Ceale da Faculdade de Educação da UFMG.

ROJO, Roxane. Textos Multimodais. Glossário Ceale. Disponível em: <http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/textos-multimodais>.

Referências sobre o assunto:

FUKUI, Ana; GIERING, Maria Eduarda. A sedução da ausência: o texto e a epistemologia da ciência. ResearchGate. 2016. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/312268919_A_SEDUCAO_DA_AUSENCIA_O_TEXTO_E_A_EPISTEMOLOGIA_DA_CIENCIA>.

GIERING, Maria Eduarda. O discurso promocional em artigos de divulgação científica midiática para jovens leitores. Bakhtiniana, Rev. Estud. Discurso. vol.11 no.2 .São Paulo Mai./Ago. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-45732016000200052&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>.

LEIBRUDER, A.P. O discurso de divulgação científica. In.: BRANDÃO, H.N. (coord.) Gêneros do discurso na escola: mito, conto, cordel, discurso político, divulgação científica. Coleção aprender e ensinar com textos; v.5. São Paulo: Cortez, 2000. P. 229 - 253.

MOTTA-ROTH, D.; MARCUZZO, P. Análise crítica de gêneros midiáticos de popularização da ciência. In.: NASCIMENTO, E.L.; ROJO, R.H.R. (Orgs.) Gêneros de texto/discurso e os desafios da contemporaneidade. Campinas: Pontes Editores, 2014. p. 273 -300.

Gêneros:

Comciência publicação eletrônica Labjor UNICAMP: http://www.comciencia.br/

Ciência hoje – Primeira Revista de divulgçaõ científica do Brasil: http://cienciahoje.org.br/noticias/

CHC – Ciência Hoje das crianças: http://chc.org.br/

Blogs de ciência da UNICAMP: https://www.youtube.com/watch?v=fCa3v8QPOos

Science Vlogs – Prof. Andre Azevedo da Fonseca: https://www.youtube.com/watch?v=QeeamF3cq5M

Palesta Colec UFMG: https://www.youtube.com/watch?v=nWmIF8xmIAU

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema da aula aos estudantes.
  • Recomendamos a leitura da obra Ler e compreender: os sentidos do texto, de autoria de Ingedore Koch e Vanda Maria Elias, em que as autoras apresentam o conceito de intertextualidade que, para elas, é “Em sentido amplo, a intertextualidade se faz presente em todo e qualquer texto, como componente decisivo de suas condições de produção. Isto é, ela é condição mesma da existência de textos, já que há sempre um já-dito, prévio a todo dizer. Segundo J. Kristeva, criadora do termo, todo texto é um mosaico de citações, de outros dizeres que o antecederam e lhe deram origem.” (p.86)

ELIAS, Vanda Maria; KOCH, Ingedore. Ler e compreender: os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2008.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula solicitando aos estudantes que observem a imagem e expliquem por que ela pode ou não se tratar de uma intertextualidade.
  • Recomendamos a leitura da obra Ler e compreender: os sentidos do texto, de autoria de Ingedore Koch e Vanda Maria Elias, em que as autoras apresentam o conceito de intertextualidade que, para elas, é “Em sentido amplo, a intertextualidade se faz presente em todo e qualquer texto, como componente decisivo de suas condições de produção. Isto é, ela é condição mesma da existência de textos, já que há sempre um já-dito, prévio a todo dizer. Segundo J. Kristeva, criadora do termo, todo texto é um mosaico de citações, de outros dizeres que o antecederam e lhe deram origem.” (p.86)

ELIAS, Vanda Maria; KOCH, Ingedore. Ler e compreender: os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2008.

  • Espera-se que os estudantes consigam identificar a intertextualidade presente na imagem, levantando hipóteses em relação a produção de energia verde, não poluente ou que não agride ao meio ambiente; a energia elétrica como sendo uma energia favorável por ser renovável etc.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Oriente os estudantes para que se organizem em dupla, dessa forma eles poderão se ajudar, argumentando e construindo juntos o aprendizado.
  • Solicite aos estudantes que leiam a reportagem “O vírus da imunidade”, ou a reportagem que eles tenham trazido para a aula. Essa leitura deve ser silenciosa e os estudantes devem interagir apenas com o outro integrante da dupla.
  • A reportagem sugerida para esta aula pode ser impressa, para acessá-la clique aqui.
  • Solicitar aos estudantes que tragam um texto de reportagem científica para a aula estimula a pesquisa, a curiosidade sobre o tema e possibilita maior protagonismo dos estudantes. É importante que eles sejam orientados a procurarem reportagens de divulgação científica sobre o tema vacina, dessa forma, teremos diferentes possibilidades de intertextualidade explorando o mesmo assunto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Oriente os estudantes para que se organizem em dupla, dessa forma eles poderão se ajudar, argumentando e construindo juntos o aprendizado.
  • Solicite aos estudantes que leiam a reportagem “O vírus da imunidade”, ou a reportagem que eles tenham trazido para a aula, essa leitura deve ser silenciosa e os estudantes devem interagir apenas com o outro integrante da dupla.
  • A reportagem sugerida para esta aula pode ser impressa, para acessá-la clique aqui.
  • Solicitar aos estudantes que tragam um texto de reportagem científica para a aula estimula a pesquisa, a curiosidade sobre o tema e possibilita maior protagonismo dos estudantes. É importante que eles sejam orientados a procurarem reportagens de divulgação científica sobre o tema vacina, dessa forma, teremos diferentes possibilidades de intertextualidade explorando o mesmo assunto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Nesta questão espera-se que o estudante identifique as vozes dos entrevistados presentes ao longo do texto, como elas são apresentadas, ora por meio do discurso direto, com a utilização de aspas, ora pelo discurso indireto, por meio de palavras como, segundo fulano, nas palavras de fulano etc. Exemplo: “Os receptores que se ligam a antígenos existem numa enorme diversidade, estimada em cerca de mil milhões de milhões de receptores diferentes. Acredita-se que formam um sistema completo, capaz de se ligar a todo tipo de molécula, natural ou sintética, de tamanho mínimo”, diz Alberto Nóbrega (7º parágrafo, discurso direto); Segundo ele, a existência de um sistema dotado de tanta diversidade… (8º parágrafo, discurso indireto).
  • Na segunda questão, espera-se que o estudante identifique a opinião do autor, sendo demonstrada de forma implícita ou com a utilização de adjetivos, locuções adjetivas, substantivos etc. Exemplo: Mas parte do que torna os anticorpos tão especiais (6º parágrafo); Uma das coisas mais impressionantes encontradas por quem se debruça sobre essa tarefa está no fato... (9º parágrafo).
  • Chame a atenção dos estudantes para verificarem se as imagens, gráficos ou quaisquer outros elementos composicionais da reportagem apresentam intertextualidade e se colaboram para a construção de sentido do texto.
  • Oriente os estudantes a anotarem nos caderno as reflexões realizadas.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Oriente a um dos integrantes de cada dupla que indique para a turma um exemplo de intertextualidade ou de opinião do autor, o outro integrante deve tomar notas das respostas dos colegas das demais duplas, desde que sejam diferentes das respostas já anotadas por sua própria dupla.
  • Pelo menos uma dupla deve relacionar a intertextualidade presente no texto com a intertextualidade presente na imagem da introdução, caso essa relação não aconteça espontaneamente, lembre-os mostrando novamente o primeiro slide.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a sexta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Reportagem de divulgação científica/Vlog científico e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Reportagens trazidas pelos estudantes sobre o tema vacina.

Reportagens: disponíveis aqui

Vlog científico: Nerdologia - Existe perigo na vacina? 2014. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=MiIZlSNAu0E>.

Computador, projetor multimídia e tela. Cópias impressas dos textos. Dicionários.

Informações sobre o gênero: A Reportagem de divulgação científica e o Vlog científico apresentam informações aprofundadas sobre fatos de natureza científica. A finalidade desses gêneros é a divulgação de pesquisas e estudos, assim eles precisam ser construídos com linguagem clara e objetiva, geralmente utilizando a norma padrão da língua. O Vlog, por ser um gênero que nasceu das novas tecnologias digitais, apresenta maior variedade de registro.

Dificuldades antecipadas: Pode ser difícil para o estudante identificar as opiniões implícitas dos autores, identificar o diálogo que existe entre textos diversos, além de questões referentes à construção composicional do gênero. Eles podem não perceber os sentidos das fotos, ilustrações, gráficos etc. que estão na composição dos gêneros multimodais, tais como a reportagem de divulgação científica e o vlog científico.

Gêneros multimodais ou multissemióticos são compostos por palavras, imagens (fotos ou ilustrações) estáticas ou em movimento, gráficos, infográficos e vídeos, nos quais a construção de sentido do texto depende do entendimento desses diferentes elementos. Mais informações sobre esse conceito podem ser encontradas no glossário Ceale da Faculdade de Educação da UFMG.

ROJO, Roxane. Textos Multimodais. Glossário Ceale. Disponível em: <http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/textos-multimodais>.

Referências sobre o assunto:

FUKUI, Ana; GIERING, Maria Eduarda. A sedução da ausência: o texto e a epistemologia da ciência. ResearchGate. 2016. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/312268919_A_SEDUCAO_DA_AUSENCIA_O_TEXTO_E_A_EPISTEMOLOGIA_DA_CIENCIA>.

GIERING, Maria Eduarda. O discurso promocional em artigos de divulgação científica midiática para jovens leitores. Bakhtiniana, Rev. Estud. Discurso. vol.11 no.2 .São Paulo Mai./Ago. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-45732016000200052&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>.

LEIBRUDER, A.P. O discurso de divulgação científica. In.: BRANDÃO, H.N. (coord.) Gêneros do discurso na escola: mito, conto, cordel, discurso político, divulgação científica. Coleção aprender e ensinar com textos; v.5. São Paulo: Cortez, 2000. P. 229 - 253.

MOTTA-ROTH, D.; MARCUZZO, P. Análise crítica de gêneros midiáticos de popularização da ciência. In.: NASCIMENTO, E.L.; ROJO, R.H.R. (Orgs.) Gêneros de texto/discurso e os desafios da contemporaneidade. Campinas: Pontes Editores, 2014. p. 273 -300.

Gêneros:

Comciência publicação eletrônica Labjor UNICAMP: http://www.comciencia.br/

Ciência hoje – Primeira Revista de divulgçaõ científica do Brasil: http://cienciahoje.org.br/noticias/

CHC – Ciência Hoje das crianças: http://chc.org.br/

Blogs de ciência da UNICAMP: https://www.youtube.com/watch?v=fCa3v8QPOos

Science Vlogs – Prof. Andre Azevedo da Fonseca: https://www.youtube.com/watch?v=QeeamF3cq5M

Palesta Colec UFMG: https://www.youtube.com/watch?v=nWmIF8xmIAU

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema da aula aos estudantes.
  • Recomendamos a leitura da obra Ler e compreender: os sentidos do texto, de autoria de Ingedore Koch e Vanda Maria Elias, em que as autoras apresentam o conceito de intertextualidade que, para elas, é “Em sentido amplo, a intertextualidade se faz presente em todo e qualquer texto, como componente decisivo de suas condições de produção. Isto é, ela é condição mesma da existência de textos, já que há sempre um já-dito, prévio a todo dizer. Segundo J. Kristeva, criadora do termo, todo texto é um mosaico de citações, de outros dizeres que o antecederam e lhe deram origem.” (p.86)

ELIAS, Vanda Maria; KOCH, Ingedore. Ler e compreender: os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2008.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula solicitando aos estudantes que observem a imagem e expliquem por que ela pode ou não se tratar de uma intertextualidade.
  • Recomendamos a leitura da obra Ler e compreender: os sentidos do texto, de autoria de Ingedore Koch e Vanda Maria Elias, em que as autoras apresentam o conceito de intertextualidade que, para elas, é “Em sentido amplo, a intertextualidade se faz presente em todo e qualquer texto, como componente decisivo de suas condições de produção. Isto é, ela é condição mesma da existência de textos, já que há sempre um já-dito, prévio a todo dizer. Segundo J. Kristeva, criadora do termo, todo texto é um mosaico de citações, de outros dizeres que o antecederam e lhe deram origem.” (p.86)

ELIAS, Vanda Maria; KOCH, Ingedore. Ler e compreender: os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2008.

  • Espera-se que os estudantes consigam identificar a intertextualidade presente na imagem, levantando hipóteses em relação a produção de energia verde, não poluente ou que não agride ao meio ambiente; a energia elétrica como sendo uma energia favorável por ser renovável etc.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Oriente os estudantes para que se organizem em dupla, dessa forma eles poderão se ajudar, argumentando e construindo juntos o aprendizado.
  • Solicite aos estudantes que leiam a reportagem “O vírus da imunidade”, ou a reportagem que eles tenham trazido para a aula. Essa leitura deve ser silenciosa e os estudantes devem interagir apenas com o outro integrante da dupla.
  • A reportagem sugerida para esta aula pode ser impressa, para acessá-la clique aqui.
  • Solicitar aos estudantes que tragam um texto de reportagem científica para a aula estimula a pesquisa, a curiosidade sobre o tema e possibilita maior protagonismo dos estudantes. É importante que eles sejam orientados a procurarem reportagens de divulgação científica sobre o tema vacina, dessa forma, teremos diferentes possibilidades de intertextualidade explorando o mesmo assunto.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Oriente os estudantes para que se organizem em dupla, dessa forma eles poderão se ajudar, argumentando e construindo juntos o aprendizado.
  • Solicite aos estudantes que leiam a reportagem “O vírus da imunidade”, ou a reportagem que eles tenham trazido para a aula, essa leitura deve ser silenciosa e os estudantes devem interagir apenas com o outro integrante da dupla.
  • A reportagem sugerida para esta aula pode ser impressa, para acessá-la clique aqui.
  • Solicitar aos estudantes que tragam um texto de reportagem científica para a aula estimula a pesquisa, a curiosidade sobre o tema e possibilita maior protagonismo dos estudantes. É importante que eles sejam orientados a procurarem reportagens de divulgação científica sobre o tema vacina, dessa forma, teremos diferentes possibilidades de intertextualidade explorando o mesmo assunto.
Slide Plano Aula

Orientações:

  • Nesta questão espera-se que o estudante identifique as vozes dos entrevistados presentes ao longo do texto, como elas são apresentadas, ora por meio do discurso direto, com a utilização de aspas, ora pelo discurso indireto, por meio de palavras como, segundo fulano, nas palavras de fulano etc. Exemplo: “Os receptores que se ligam a antígenos existem numa enorme diversidade, estimada em cerca de mil milhões de milhões de receptores diferentes. Acredita-se que formam um sistema completo, capaz de se ligar a todo tipo de molécula, natural ou sintética, de tamanho mínimo”, diz Alberto Nóbrega (7º parágrafo, discurso direto); Segundo ele, a existência de um sistema dotado de tanta diversidade… (8º parágrafo, discurso indireto).
  • Na segunda questão, espera-se que o estudante identifique a opinião do autor, sendo demonstrada de forma implícita ou com a utilização de adjetivos, locuções adjetivas, substantivos etc. Exemplo: Mas parte do que torna os anticorpos tão especiais (6º parágrafo); Uma das coisas mais impressionantes encontradas por quem se debruça sobre essa tarefa está no fato... (9º parágrafo).
  • Chame a atenção dos estudantes para verificarem se as imagens, gráficos ou quaisquer outros elementos composicionais da reportagem apresentam intertextualidade e se colaboram para a construção de sentido do texto.
  • Oriente os estudantes a anotarem nos caderno as reflexões realizadas.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Oriente a um dos integrantes de cada dupla que indique para a turma um exemplo de intertextualidade ou de opinião do autor, o outro integrante deve tomar notas das respostas dos colegas das demais duplas, desde que sejam diferentes das respostas já anotadas por sua própria dupla.
  • Pelo menos uma dupla deve relacionar a intertextualidade presente no texto com a intertextualidade presente na imagem da introdução, caso essa relação não aconteça espontaneamente, lembre-os mostrando novamente o primeiro slide.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP43 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP42 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano