13680
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - O preparo da alimentação dos bebês

POR: Djenane Martins Oliveira 30/11/2018
Código: EDI1_02UND03

1º ano / Educação Infantil

Atividade alinhada à BNCC:

(EI01ET01) Explorar e descobrir as propriedades de objetos e materiais (odor, cor, sabor, temperatura).

(EI01CG04) Participar do cuidado do seu corpo e da promoção do seu bem-estar.

(EI01EO04) Comunicar necessidades, desejos e emoções, utilizando gestos, balbucios, palavras.

Plano de atividade de Educação Infantil com atividades para Bebês sobre a exploração e descobrimento das propriedades dos alimentos

Resumo

ilustracao

Apresente legumes e verduras às crianças e as convide a participar da preparação dos alimentos.

O que fazer antes?

Contextos prévios:

A atividade consiste em envolver os bebês na observação do preparo de suas refeições junto aos funcionários responsáveis pela cozinha. Será dada a oportunidade das crianças sentirem o cheiro da refeição sendo preparada, de forma que elas sejam envolvidas em alguma das etapas da feitura, como tocar os alimentos in natura.A alimentação possibilita aos bebês a descoberta das texturas, cores e sabores dos alimentos. É importante que o professor higienize os legumes e verduras previamente, visto que os bebês poderão levá-los a boca para experimentar. Para realizar a atividade, converse previamente com os outros funcionários envolvidos (cozinheiros, auxiliares ou agentes de organização) sobre o exercício em questão e a importância de envolver os bebês nesse processo.

Materiais:

Pratos, potes, caixas, colheres de vários tamanhos, panelas, verduras e legumes in natura. Máquina fotográfica para registrar a atividade.

Espaços:

Refeitório

Tempo sugerido:

40 minutos

Perguntas para guiar suas observações:

1. Os bebês têm curiosidade/preferência por alguma verdura ou legume em especial? Como exploram as verduras e legumes?

2. Como observam o preparo de uma refeição? Como participam desse preparo?

3. Como exploram as diversas propriedades dos alimentos?

Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Alergias ou restrições alimentares precisam ser consideradas para que todos participem da atividade.

O que fazer durante?

1

A atividade acontecerá no refeitório. Antes do momento da refeição, vá com o grupo de bebês ao local e explique que nesta atividade eles estarão envolvidos na preparação de seus alimentos. Disponha, em caixas ou bacias, os legumes e verduras previamente higienizados. Em pequenos grupos, distribua as verduras e legumes. Observe como os bebês exploram os alimentos, como percebem as cores, cheiros, texturas e gostos e de que forma os manuseiam. Aos poucos, fale os nomes de cada um dos alimentos para as crianças. Possibilite que explorem os itens das caixas fazendo um rodízio. Mescle os momentos individuais e em grupo.

Possíveis falas do professor: Quem pode ajudar na preparação da refeição hoje? Temos aqui algumas verduras e legumes, quem conhece? Quem sabe o nome? (caso as crianças não saibam, peça ajuda ao cozinheiro para nomear). Vamos pegar as verduras e legumes? Que cores, formas e cheiros eles têm? Vamos adivinhar o que tem na caixa/bacia? Pegue uma em sua mão. Como se parece? Que cheiro tem? Que cores apresenta? Mostre aos amigos um legume que você goste muito!


2

Após o momento de exploração, convide os funcionários da cozinha para mostrar como se descasca e manuseia alguns dos itens apresentados. Observe como as crianças reagem à ação de cortar e descascar o alimento. Possibilite que os bebês possam provar o alimento in natura. Observe como eles demonstram sua curiosidade e preferência por alguma verdura ou legume em especial. Utilize a máquina fotográfica para o registro desse momento.

Possíveis falas do professor: Vamos provar alguns itens que farão parte do nosso almoço/jantar. Será que este alimento tem o mesmo gosto antes de cozinhar?

Possível ação da criança: Neste momento, algum bebê poderá expressar surpresa ao ver o alimento cortado. Outros poderão pedir para experimentar ou oferecer para um colega.


3

Convide os bebês individualmente para colocar os legumes e verduras cortados dentro da panela do preparo. Observe as expressões das crianças e como se envolvem com a proposta. Perceba se elas balbuciam, gesticulam apontando algum legume ou verdura, e se mostram para o colega. Incentive e valorize as diversas formas de comunicação, respeitando o tempo de interação de cada um. Utilize a Música “Sopa” disponivel em para complementar a atividade. Enquanto cantam, nomeie os itens da sopa.

Possível fala do professor: O que tem na sopa do neném? Será que tem cenoura? Será que tem batata? O que podemos colocar?

4

Explique que os alimentos irão para cozinha para serem preparados. Chame a atenção para o cheiro durante o preparo, como o do refogado da sopa que vem da cozinha. Dessa forma, os bebês estabelecerão umaboa relação com a comida a partir do gosto, da aparência e do cheiro. Observe as expressões durante este momento. Enquanto a sopa é preparada, retorne com os bebês à sala e deixe que eles brinquem em pequenos grupos.


Para finalizar:

Convide as pessoas envolvidas na preparação da refeição para apresentar o prato já preparado para as crianças. Faça a refeição com os bebês, lembrando eles sobre os cheiros e retomando os ingredientes presentes nos alimentos preparados. Registre a atividade com fotos.

Desdobramentos

Realize a atividade novamente, envolvendo frutas no preparo de uma salada de frutas. Considere manter um canto/estação de cozinha permanente na sala.

Engajando as famílias

Para engajar as famílias nesta atividade, proponha a troca dos registros fotográficos daqueles momentos realizados por você, na escola, e aqueles que fazem parte das experiências familiares. Faça um convite às famílias para envolver as crianças no preparo das refeições, para enriquecer as experiências sensoriais e táteis ao mesmo tempo que ampliam os cuidados com o corpo e com o próprio bem-estar. Organize um mural com imagens da atividade sendo realizada na escola e junto a família e deixe-o próximo ao refeitório.


Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor:  Djenane Martins Oliveira

Mentor: Adriana Vidaletti

Especialista do subgrupo etário: Ana Teresa Gavião

Campos de Experiência:

O Eu, O Nós e  o Outro;

Corpo, Gestos e  Movimentos;

Espaços, Tempos, Quantidades, Relações  e Transformações.

Objetivos e códigos da Base
(EI01CG04) Participar do cuidado do seu corpo e da promoção do seu bem-estar.
(EI01ET01) Explorar e descobrir as propriedades de objetos e materiais (odor, cor, sabor, temperatura).
(EI01EO04) Comunicar necessidades, desejos e emoções, utilizando gestos, balbucios, palavras.

Abordagem didática: Os momentos de alimentação na Educação Infantil são fundamentais para o crescimento, desenvolvimento, bem estar e aprendizagem dos bebês. A alimentação é uma das primeiras maneiras deles conhecerem o mundo. Por isso, é fundamental que seja um momento de tranquilidade e prazer.  Café da manhã, almoço ou a hora de tomar um suco, ou comer uma fruta, são oportunidades para os bebês aprenderem texturas, aromas, cores, cheiros e gostos dos alimentos. Ademais, nesses momentos, o professor pode conversar com os bebês, conhecê-los melhor e ajudá-los a brincar e se divertir!

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

ATIVIDADES DESSA UNIDADE:

ATIVIDADE 03

O preparo da alimentação dos bebês

VOCÊ ESTÁ AQUI

ATIVIDADES DESSA DISCIPLINA:

ATIVIDADES RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes