13530
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - A BELEZA DA DIVERSIDADE

POR: Juliana Nair dos Santos Silva 25/02/2019
Código: CIE1_04V&E05

1º ano / Ciências / Vida e Evolução

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF01CI04) Comparar características físicas entre os colegas, reconhecendo a diversidade e a importância da valorização, do acolhimento e do respeito às diferenças.

Plano de aula de Ciências com atividades para 1° ano do Fundamental sobre a diversidade humana

 

Sobre esta aula select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Materiais necessários para a aula: Projetor de slides, garrafas PET que poderão ser trazidas pelos próprios alunos, folha sulfite, canetinhas, barbante, e outros materiais que julgar pertinente para a personalização das garrafas.

Título da aula select-down

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Apresente aos alunos o tema da aula “A beleza da diversidade” e peça que façam uma associação entre esse título e as imagens do slide. O objetivo nesse momento é levantar os conhecimentos prévios da turma acerca desse conceito, bem como as relações que conseguem tecer e os conteúdos atitudinais que trazem em seu repertório sobre tolerância ao que lhes é diferente. Deixe que apenas as crianças se manifestem, sem muitas intervenções, apenas instigue a reflexão e análise das imagens caso não perceba resposta alguma da sala.

A proposta poderá ser flexibilizada nessa etapa na falta de um projetor com análise de imagens extraídas de recortes de revista, desde que mostrem identidades diversas, conforme o slide.

CONTEXTO select-down

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Levante junto aos alunos o nome de personagens de contos de fadas conhecidos, peça para que descrevam algumas princesas, príncipes e até mesmo personagens coadjuvantes que fizeram história. Peça para que tracem características semelhantes e registre na lousa. Pergunte então se é possível fazer parte dessas narrativas sendo diferente.

Em seguida passe o trailer da animação Wifi Ralph - quebrando a internet, do canal Walt Disney Studios BR, acessado através do link https://www.youtube.com/watch?v=my7Q51ZF6IE e discuta o conceito de princesa que aparece nessa chamada. Os personagens principais Vanellope e Ralph podem ser considerados príncipe e princesa? Por quê? O que têm de diferente?

Em seguida, narre a história “Olívia não quer ser princesa”, de Ian Falcone, editora Globinho, cujo enredo traz uma busca de identidade na fase da infância. Mostre que enquanto a maioria das amigas querem ser princesas, a personagem principal se pergunta o porquê de todo mundo ter que pensar do mesmo jeito, vestir as mesmas roupas e sonhar os mesmos sonhos, ela, contestadora, quer ser diferente. Mostre que o livro também trata da relação com os pais e descobertas pessoais dentro de uma linguagem apropriada para a idade.

Vale ressaltar a importância e transpor para a figura masculina essa problematização, auxiliando que os meninos da turma consigam se ver representados na discussão posterior. Indague o que as crianças sentiram ao ouvir a história e se conseguem fazer alguma relação com cada um de nós e com o meio em que vivemos, por exemplo, a escola.

Caso a escola não tenha a possibilidade de uso deste título encontrará nas orientações abaixo títulos que trabalhem a temática em outras abordagens. Caso tenha acesso a outro título cujo enredo se encaixe na proposta, ou já tenha trabalhado com a turma alguma narrativa que possa fazer retomada sinta-se à vontade para utilizar.

Sugestões de outros títulos:

  • Tudo bem ser diferente, de Todd Parr, editora Panda Books
  • Flicts, de Ziraldo, editora Melhoramentos
  • Maria vai com as outras, de Silvia Orthof, editora Ática
  • A cinderela mudou de ideia, de Myriam Sierra, editora Planeta
  • Minha princesa africana, de Marcio Vassalo, editora Abacatte.

QUESTÃO DISPARADORA select-down

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Registre no quadro (abaixo das anotações feitas a respeito das características dos personagens) a seguinte pergunta: “Como seria nossa vida se todas as pessoas fossem iguais?”. Peça para que os alunos apenas reflitam durante a contação de histórias, pois irão conversar sobre isso quando acabarem de ouvir. Prepare a sala para que todos fiquem confortáveis para lhe escutar.

MÃO NA MASSA select-down

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações: Após a pergunta disparadora, coloque uma caixa repleta de garrafas PET no centro da sala e peça para que os alunos separem-nas por cor, formato, tamanho e textura, apenas agrupando as mais semelhantes. Após feita essa separação indague aos alunos como perceberam esses objetos: São todos iguais? Por que? Possuem a mesma “função”? E ao mudar a aparência ela deixa de ser uma garrafa?

Promova uma breve discussão com a turma em roda para que comecem a se questionar sobre a importância que dão às diferenças. Complete a atividade oferecendo aos alunos papel, tesoura, canetinha, rolo de barbante, as tampinhas (o que mais julgar pertinente de acordo com as condições da escola) e proponha que em grupos escolham algumas garrafas e as personalizem à sua maneira.

Ao finalizarem a proposta peça para que partilhem suas produções brevemente e devolvam as garrafas na caixa, como tudo começou, nesse momento pergunte se a caixa em questão é a mesma? Se é diferente, o porquê. O objetivo é que reflitam sobre o essencial versus a aparência, como julgamos as pessoas/objetos pela forma como se apresentam, sem saber o que são verdadeiramente. Essa transposição entre os objetos e o ser humano poderá ser instigada por você, professor, caso os alunos não tracem essa analogia com facilidade.

SISTEMATIZAÇÃO select-down

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Faça um fechamento retomando a pergunta disparadora presente no quadro. Finalize com a proposta de registrarem o que compreenderam das atividades anteriores em forma de desenho ou massinha de modelar, para compartilharem na sistematização. Perceba através das representações artísticas e falas expostas, se os alunos conseguiram compreender a proposta e desenvolver argumentos de acordo os objetivos esperados de aprendizagem.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Materiais necessários para a aula: Projetor de slides, garrafas PET que poderão ser trazidas pelos próprios alunos, folha sulfite, canetinhas, barbante, e outros materiais que julgar pertinente para a personalização das garrafas.

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Apresente aos alunos o tema da aula “A beleza da diversidade” e peça que façam uma associação entre esse título e as imagens do slide. O objetivo nesse momento é levantar os conhecimentos prévios da turma acerca desse conceito, bem como as relações que conseguem tecer e os conteúdos atitudinais que trazem em seu repertório sobre tolerância ao que lhes é diferente. Deixe que apenas as crianças se manifestem, sem muitas intervenções, apenas instigue a reflexão e análise das imagens caso não perceba resposta alguma da sala.

A proposta poderá ser flexibilizada nessa etapa na falta de um projetor com análise de imagens extraídas de recortes de revista, desde que mostrem identidades diversas, conforme o slide.

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Levante junto aos alunos o nome de personagens de contos de fadas conhecidos, peça para que descrevam algumas princesas, príncipes e até mesmo personagens coadjuvantes que fizeram história. Peça para que tracem características semelhantes e registre na lousa. Pergunte então se é possível fazer parte dessas narrativas sendo diferente.

Em seguida passe o trailer da animação Wifi Ralph - quebrando a internet, do canal Walt Disney Studios BR, acessado através do link https://www.youtube.com/watch?v=my7Q51ZF6IE e discuta o conceito de princesa que aparece nessa chamada. Os personagens principais Vanellope e Ralph podem ser considerados príncipe e princesa? Por quê? O que têm de diferente?

Em seguida, narre a história “Olívia não quer ser princesa”, de Ian Falcone, editora Globinho, cujo enredo traz uma busca de identidade na fase da infância. Mostre que enquanto a maioria das amigas querem ser princesas, a personagem principal se pergunta o porquê de todo mundo ter que pensar do mesmo jeito, vestir as mesmas roupas e sonhar os mesmos sonhos, ela, contestadora, quer ser diferente. Mostre que o livro também trata da relação com os pais e descobertas pessoais dentro de uma linguagem apropriada para a idade.

Vale ressaltar a importância e transpor para a figura masculina essa problematização, auxiliando que os meninos da turma consigam se ver representados na discussão posterior. Indague o que as crianças sentiram ao ouvir a história e se conseguem fazer alguma relação com cada um de nós e com o meio em que vivemos, por exemplo, a escola.

Caso a escola não tenha a possibilidade de uso deste título encontrará nas orientações abaixo títulos que trabalhem a temática em outras abordagens. Caso tenha acesso a outro título cujo enredo se encaixe na proposta, ou já tenha trabalhado com a turma alguma narrativa que possa fazer retomada sinta-se à vontade para utilizar.

Sugestões de outros títulos:

  • Tudo bem ser diferente, de Todd Parr, editora Panda Books
  • Flicts, de Ziraldo, editora Melhoramentos
  • Maria vai com as outras, de Silvia Orthof, editora Ática
  • A cinderela mudou de ideia, de Myriam Sierra, editora Planeta
  • Minha princesa africana, de Marcio Vassalo, editora Abacatte.

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Registre no quadro (abaixo das anotações feitas a respeito das características dos personagens) a seguinte pergunta: “Como seria nossa vida se todas as pessoas fossem iguais?”. Peça para que os alunos apenas reflitam durante a contação de histórias, pois irão conversar sobre isso quando acabarem de ouvir. Prepare a sala para que todos fiquem confortáveis para lhe escutar.

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações: Após a pergunta disparadora, coloque uma caixa repleta de garrafas PET no centro da sala e peça para que os alunos separem-nas por cor, formato, tamanho e textura, apenas agrupando as mais semelhantes. Após feita essa separação indague aos alunos como perceberam esses objetos: São todos iguais? Por que? Possuem a mesma “função”? E ao mudar a aparência ela deixa de ser uma garrafa?

Promova uma breve discussão com a turma em roda para que comecem a se questionar sobre a importância que dão às diferenças. Complete a atividade oferecendo aos alunos papel, tesoura, canetinha, rolo de barbante, as tampinhas (o que mais julgar pertinente de acordo com as condições da escola) e proponha que em grupos escolham algumas garrafas e as personalizem à sua maneira.

Ao finalizarem a proposta peça para que partilhem suas produções brevemente e devolvam as garrafas na caixa, como tudo começou, nesse momento pergunte se a caixa em questão é a mesma? Se é diferente, o porquê. O objetivo é que reflitam sobre o essencial versus a aparência, como julgamos as pessoas/objetos pela forma como se apresentam, sem saber o que são verdadeiramente. Essa transposição entre os objetos e o ser humano poderá ser instigada por você, professor, caso os alunos não tracem essa analogia com facilidade.

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Faça um fechamento retomando a pergunta disparadora presente no quadro. Finalize com a proposta de registrarem o que compreenderam das atividades anteriores em forma de desenho ou massinha de modelar, para compartilharem na sistematização. Perceba através das representações artísticas e falas expostas, se os alunos conseguiram compreender a proposta e desenvolver argumentos de acordo os objetivos esperados de aprendizagem.


Título: A BELEZA DA DIVERSIDADE

Ano: 1° ano

Objetivos de aprendizagem: Respeitar à pluralidade étnica, cultural (incluindo as diferentes formas de expressão através da linguagem, as tradições, a religião, os costumes, a organização familiar, a política, etc) e também sexual.

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular: (EF01CI04) Comparar características físicas entre os colegas, reconhecendo a diversidade e a importância da valorização, do acolhimento e do respeito às diferenças.

Professor-autor: Juliana Nair dos Santos Silva

Mentor: Eliane de Siqueira

Especialista: Margareth Polido

Sobre esta aula: Esse plano pode ser executado de forma independente


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes