11946
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Por que temos dia e noite? - Rotação da Terra

POR: Andresa Prata Cirino Cuginotti 17/07/2018
Código: CIE4_08T&U02

4º ano / Ciências / Terra e Universo

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF04CI11) Associar os movimentos cíclicos da Lua e da Terra a períodos de tempo regulares e ao uso desse conhecimento para a construção de calendários em diferentes culturas.

Plano de Aula de ciências com atividades para 4º Ano do EF sobre Por que temos dia e noite? - Rotação da Terra

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Nesta aula serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com uma das habilidades de Ciências. Você observará que a habilidade não será contemplada em sua totalidade e que a proposta requer um trabalho prévio e que pode ter continuidade em aulas subsequentes. Esta aula funciona melhor se realizada após a aula CIE4_08TU01.

Para a etapa “Mão na Massa” deste plano de aula, é necessário um ambiente escurecido (não é necessária a completa ausência de luz). Caso sua escola possua um espaço mais escuro (como um teatro, uma sala com pouca luz natural, etc.), programe-se para utilizá-lo neste momento. Na ausência ou na impossibilidade de utilização desse espaço, escureça sua sala, cobrindo as janelas com cortinas, jornais ou papéis escuros, tecidos ou outro material disponível. Isso pode ser feito, inclusive, com os próprios alunos, em um momento anterior. Esta aula também requer que os alunos possam se movimentar, então, prepare o ambiente de modo que mesas e cadeiras estejam afastadas ou dispostas em pequenos grupos.

Para saber mais sobre a temática a ser desenvolvida nesta aula, consulte o site ABC da Astronomia (https://tvescola.org.br/tve/videoteca/serie/abc-da-astronomia Acesso em 01/05/2018), no qual há vários vídeos sobre as temáticas dos planos de aula desta unidade.

Materiais necessários para a aula: Lanternas ou luminárias (uma por grupo), esferas (uma por grupo - podem ser esferas de isopor, frutas de formato esférico, bolas, etc.), papel ou caderno para registro, lápis de cor ou canetas hidrocores, fita crepe ou giz (de quadro) ou post-its, equipamento para exibição de vídeo (opcional).

Título da aula select-down

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Com os alunos dispostos em um círculo, semicírculo ou em ‘U’, dependendo das possibilidades da sua sala, leia o tema da aula e comente que eles irão investigar por que vemos o Sol se movimentando no céu da forma como vimos na aula anterior (CIE4_08TU01) e, consequentemente, temos os dias e as noites.

Contexto select-down

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Leia a situação com os alunos. Se houver um globo na sala, localize com os alunos onde está o Brasil e onde está a China. Você pode pedir a um ou dois alunos voluntários que localizem esses países, ou passar o globo entre os alunos para que cada um observe as localizações. Em seguida, inicie uma discussão. Você pode usar questões como:

Vocês já ouviram falar que em outros países é noite quando aqui no Brasil é dia?

Vocês já tentaram falar com alguém em outro país?

Por que será que isso acontece?

Registre o que os alunos forem falando. Você pode, por exemplo, montar um quadro SQA (O que sabemos? O que queremos saber? O que aprendemos?), com uma coluna para cada uma dessas perguntas e ir registrando o que eles disserem aqui na coluna S (O que sabemos?). Esse quadro pode ser usado durante toda a unidade, ou para cada aula. Você também pode inserir uma coluna C (Como vamos descobrir?), passando a um quadro SQCA.

Em seguida, comente sobre a atividade que será realizada: Hoje nós vamos investigar os motivos pelos quais o sol se movimenta no céu, produzindo o dia e a noite. Também entenderemos por que nem todos os lugares do mundo estão em um mesmo horário em um dado momento.

Leia mais sobre o uso do quadro SQA (ou SQCA) em http://www.storyboardthat.com/pt/articles/e/kwl-chart (Acesso em 06/05/2018).

Questão disparadora select-down

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Leia a questão disparadora. Deixe que os alunos compartilhem suas opiniões sobre o tema e levantem hipóteses sobre a causa do movimento aparente do sol. Registre suas hipóteses na coluna S (O que sabemos?) do quadro SQA e os possíveis questionamentos que forem expressos na coluna Q (O que queremos saber?). Não se preocupe em responder os questionamentos deles, mas em estimulá-los a pensar sobre o tema. Retome qual será a atividade realizada nessa aula e registre na coluna C (Como iremos descobrir?) do quadro SQCA, caso a esteja utilizando.

Mão na massa select-down

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Organize os alunos em pequenos grupos. Pense nos agrupamentos para que o trabalho seja produtivo (leia sobre agrupamentos produtivos aqui). Idealmente esses grupos seriam compostos por, no máximo, quatro alunos. Mas esse número pode variar de acordo com os materiais disponíveis. Cada grupo necessitará de uma fonte de luz (que pode ser uma lanterna, uma luminária, um abajur etc.) e uma esfera de tamanho proporcional à fonte de luz (uma esfera de isopor, uma laranja, uma bola etc.).

Explique a atividade. Você pode projetar o slide e ler com os alunos ou apenas explicar o que será feito. Nesse momento, faça combinados com a turma sobre o tempo que será dado para essa primeira exploração (sugestão: 15 minutos) e comente sobre possíveis sinais que vocês utilizarão para avisos e pedidos de diminuição de volume de voz, caso as discussões comecem a ficar muito ruidosas. Você pode projetar, caso seja possível, um temporizador com a contagem regressiva do tempo combinado, para ajudar os estudantes a gerenciarem seu tempo. Um temporizador online pode ser acessado aqui, por exemplo, mas existem outras opções para esse recurso. Caso isso não seja possível, combine com os alunos de avisá-los, por exemplo, a cada 5 minutos, quanto tempo ainda falta para o final da atividade.

É importante que você ressalte que eles devem procurar diversos modelos, não apenas um, que poderiam explicar o movimento do Sol, e que esses modelos precisam ser registrados por meio de desenhos ou de textos. Forneça papel ou peça que eles utilizem seus cadernos para esse registro. Você pode imprimir o enunciado dessa atividade para os alunos.

Materiais necessários: Fontes de luz (uma por grupo, podendo ser lanternas, luminárias, abajures, etc.), esferas (uma por grupo, de tamanho proporcional ao tamanho da fonte de luz, podendo ser esferas de isopor, frutas, bolas, etc.), papel ou caderno para registro, lápis de cor ou canetas hidrocores.

Materiais complementares: Enunciado para impressão

Mão na massa select-down

Orientações: Após o término da exploração de todos os modelos que poderiam explicar o movimento aparente do Sol, passe pelos grupos introduzindo uma condição de contorno: Agora vocês não poderão movimentar nem o sol nem a Terra de lugar. Marque posições fixas para o Sol e a Terra. Você pode fazer dois “X” com fita crepe no chão marcando as posições, marcar com giz, colar um post-it etc. Reflitam se algum dos modelos que vocês pensaram antes satisfaz essa condição. Se não, pensem em um novo modelo. Se a turma for muito grande, você pode introduzir essa condição de contorno para o grupo todo de uma vez, pedindo para que eles façam a marcação das posições do sol e da Terra. A distância entre essas posições dependerá da fonte de luz utilizada, do tamanho da esfera e da luminosidade do ambiente. Faça um teste antes da aula para determinar a distância ideal (quando metade da esfera fica bem iluminada e a outra metade não).

Materiais necessários: fita crepe ou giz (de quadro) ou post-its.

MÃO NA MASSA select-down

Orientações: Peça que cada dois grupos se unam para conversar sobre seus modelos. Projete o slide, anote as perguntas na lousa ou imprima as perguntas para cada grupo. É importante que todos possam ter acesso a elas durante toda a discussão. Circule pela sala e observe como os alunos interagem e como cada grupo consegue refletir e explicar seus modelos, fazer conexões e levantar hipóteses. Intervenha quando perceber que os grupos não conseguem interagir de forma construtiva, fazendo questionamentos para estimular a conversa. Faça registros sobre o que observa e sobre o que falam os alunos durante a discussão.

SISTEMATIZAÇÃO select-down

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Proponha uma roda de conversa para que os alunos possam compartilhar o que descobriram durante a atividade. Peça para que alguns grupos compartilhem o que construíram e discutiram posteriormente, e que contem se agora têm uma hipótese mais elaborada sobre a questão disparadora.

Pergunte para os alunos:

Os modelos propostos foram parecidos?

Os modelos poderiam responder à questão?

Por que introduzimos a condição de contorno?

Vocês chegaram à alguma hipótese mais elaborada?

Os modelos mais prováveis de serem propostos são a rotação da Terra, a translação do sol ao redor da Terra e a translação da Terra ao redor do sol (sem rotação). Esses três modelos explicariam o movimento aparente do Sol no céu e foram modelos propostos e aceitos em diferentes épocas. Com a condição de contorno, o modelo que pode explicar o movimento do Sol é o de rotação da Terra em torno de si mesma. É possível que os alunos digam que essa condição foi proposta pois é a “correta”. Se isso acontecer, converse um pouco com eles sobre o que é correto em Ciências e como o que se é aceito é provisório e muda com o tempo. Esse tema será abordado novamente nos próximos planos de aula desta unidade. Converse com eles sobre o modelo aceito hoje, em que a Terra gira em torno de si mesma, com um período de aproximadamente 24h, ou seja, 1 dia.

Para complementar, se houver tempo e recursos, mostre aos alunos, o trecho do vídeo (do início até 2:50) disponível em https://www.youtube.com/watch?v=Nux_3PVdo9U (Acesso em 05/05/2018). É importante não mostrar o vídeo inteiro pois ele adianta assuntos das próximas aulas.

SISTEMATIZAÇÃO select-down

Orientações: Projete o slide ou leia as informações para sistematizar os aprendizados da aula. Comente com os alunos que o sol e a Terra realizam outros movimentos além desse estudado hoje, e que alguns desses movimentos serão investigados a partir da próxima aula (CIE4_08TU03).

Retome o que os alunos haviam dito na apresentação da questão disparadora e ressalte o que eles aprenderam. Peça para que um ou dois alunos sistematizem no quadro SQA (na coluna A) o que foi aprendido nesta aula.

Recomenda-se a sequência desse plano com o plano CIE4_08TU03.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Nesta aula serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com uma das habilidades de Ciências. Você observará que a habilidade não será contemplada em sua totalidade e que a proposta requer um trabalho prévio e que pode ter continuidade em aulas subsequentes. Esta aula funciona melhor se realizada após a aula CIE4_08TU01.

Para a etapa “Mão na Massa” deste plano de aula, é necessário um ambiente escurecido (não é necessária a completa ausência de luz). Caso sua escola possua um espaço mais escuro (como um teatro, uma sala com pouca luz natural, etc.), programe-se para utilizá-lo neste momento. Na ausência ou na impossibilidade de utilização desse espaço, escureça sua sala, cobrindo as janelas com cortinas, jornais ou papéis escuros, tecidos ou outro material disponível. Isso pode ser feito, inclusive, com os próprios alunos, em um momento anterior. Esta aula também requer que os alunos possam se movimentar, então, prepare o ambiente de modo que mesas e cadeiras estejam afastadas ou dispostas em pequenos grupos.

Para saber mais sobre a temática a ser desenvolvida nesta aula, consulte o site ABC da Astronomia (https://tvescola.org.br/tve/videoteca/serie/abc-da-astronomia Acesso em 01/05/2018), no qual há vários vídeos sobre as temáticas dos planos de aula desta unidade.

Materiais necessários para a aula: Lanternas ou luminárias (uma por grupo), esferas (uma por grupo - podem ser esferas de isopor, frutas de formato esférico, bolas, etc.), papel ou caderno para registro, lápis de cor ou canetas hidrocores, fita crepe ou giz (de quadro) ou post-its, equipamento para exibição de vídeo (opcional).

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Com os alunos dispostos em um círculo, semicírculo ou em ‘U’, dependendo das possibilidades da sua sala, leia o tema da aula e comente que eles irão investigar por que vemos o Sol se movimentando no céu da forma como vimos na aula anterior (CIE4_08TU01) e, consequentemente, temos os dias e as noites.

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Leia a situação com os alunos. Se houver um globo na sala, localize com os alunos onde está o Brasil e onde está a China. Você pode pedir a um ou dois alunos voluntários que localizem esses países, ou passar o globo entre os alunos para que cada um observe as localizações. Em seguida, inicie uma discussão. Você pode usar questões como:

Vocês já ouviram falar que em outros países é noite quando aqui no Brasil é dia?

Vocês já tentaram falar com alguém em outro país?

Por que será que isso acontece?

Registre o que os alunos forem falando. Você pode, por exemplo, montar um quadro SQA (O que sabemos? O que queremos saber? O que aprendemos?), com uma coluna para cada uma dessas perguntas e ir registrando o que eles disserem aqui na coluna S (O que sabemos?). Esse quadro pode ser usado durante toda a unidade, ou para cada aula. Você também pode inserir uma coluna C (Como vamos descobrir?), passando a um quadro SQCA.

Em seguida, comente sobre a atividade que será realizada: Hoje nós vamos investigar os motivos pelos quais o sol se movimenta no céu, produzindo o dia e a noite. Também entenderemos por que nem todos os lugares do mundo estão em um mesmo horário em um dado momento.

Leia mais sobre o uso do quadro SQA (ou SQCA) em http://www.storyboardthat.com/pt/articles/e/kwl-chart (Acesso em 06/05/2018).

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Leia a questão disparadora. Deixe que os alunos compartilhem suas opiniões sobre o tema e levantem hipóteses sobre a causa do movimento aparente do sol. Registre suas hipóteses na coluna S (O que sabemos?) do quadro SQA e os possíveis questionamentos que forem expressos na coluna Q (O que queremos saber?). Não se preocupe em responder os questionamentos deles, mas em estimulá-los a pensar sobre o tema. Retome qual será a atividade realizada nessa aula e registre na coluna C (Como iremos descobrir?) do quadro SQCA, caso a esteja utilizando.

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Organize os alunos em pequenos grupos. Pense nos agrupamentos para que o trabalho seja produtivo (leia sobre agrupamentos produtivos aqui). Idealmente esses grupos seriam compostos por, no máximo, quatro alunos. Mas esse número pode variar de acordo com os materiais disponíveis. Cada grupo necessitará de uma fonte de luz (que pode ser uma lanterna, uma luminária, um abajur etc.) e uma esfera de tamanho proporcional à fonte de luz (uma esfera de isopor, uma laranja, uma bola etc.).

Explique a atividade. Você pode projetar o slide e ler com os alunos ou apenas explicar o que será feito. Nesse momento, faça combinados com a turma sobre o tempo que será dado para essa primeira exploração (sugestão: 15 minutos) e comente sobre possíveis sinais que vocês utilizarão para avisos e pedidos de diminuição de volume de voz, caso as discussões comecem a ficar muito ruidosas. Você pode projetar, caso seja possível, um temporizador com a contagem regressiva do tempo combinado, para ajudar os estudantes a gerenciarem seu tempo. Um temporizador online pode ser acessado aqui, por exemplo, mas existem outras opções para esse recurso. Caso isso não seja possível, combine com os alunos de avisá-los, por exemplo, a cada 5 minutos, quanto tempo ainda falta para o final da atividade.

É importante que você ressalte que eles devem procurar diversos modelos, não apenas um, que poderiam explicar o movimento do Sol, e que esses modelos precisam ser registrados por meio de desenhos ou de textos. Forneça papel ou peça que eles utilizem seus cadernos para esse registro. Você pode imprimir o enunciado dessa atividade para os alunos.

Materiais necessários: Fontes de luz (uma por grupo, podendo ser lanternas, luminárias, abajures, etc.), esferas (uma por grupo, de tamanho proporcional ao tamanho da fonte de luz, podendo ser esferas de isopor, frutas, bolas, etc.), papel ou caderno para registro, lápis de cor ou canetas hidrocores.

Materiais complementares: Enunciado para impressão

Orientações: Após o término da exploração de todos os modelos que poderiam explicar o movimento aparente do Sol, passe pelos grupos introduzindo uma condição de contorno: Agora vocês não poderão movimentar nem o sol nem a Terra de lugar. Marque posições fixas para o Sol e a Terra. Você pode fazer dois “X” com fita crepe no chão marcando as posições, marcar com giz, colar um post-it etc. Reflitam se algum dos modelos que vocês pensaram antes satisfaz essa condição. Se não, pensem em um novo modelo. Se a turma for muito grande, você pode introduzir essa condição de contorno para o grupo todo de uma vez, pedindo para que eles façam a marcação das posições do sol e da Terra. A distância entre essas posições dependerá da fonte de luz utilizada, do tamanho da esfera e da luminosidade do ambiente. Faça um teste antes da aula para determinar a distância ideal (quando metade da esfera fica bem iluminada e a outra metade não).

Materiais necessários: fita crepe ou giz (de quadro) ou post-its.

Orientações: Peça que cada dois grupos se unam para conversar sobre seus modelos. Projete o slide, anote as perguntas na lousa ou imprima as perguntas para cada grupo. É importante que todos possam ter acesso a elas durante toda a discussão. Circule pela sala e observe como os alunos interagem e como cada grupo consegue refletir e explicar seus modelos, fazer conexões e levantar hipóteses. Intervenha quando perceber que os grupos não conseguem interagir de forma construtiva, fazendo questionamentos para estimular a conversa. Faça registros sobre o que observa e sobre o que falam os alunos durante a discussão.

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Proponha uma roda de conversa para que os alunos possam compartilhar o que descobriram durante a atividade. Peça para que alguns grupos compartilhem o que construíram e discutiram posteriormente, e que contem se agora têm uma hipótese mais elaborada sobre a questão disparadora.

Pergunte para os alunos:

Os modelos propostos foram parecidos?

Os modelos poderiam responder à questão?

Por que introduzimos a condição de contorno?

Vocês chegaram à alguma hipótese mais elaborada?

Os modelos mais prováveis de serem propostos são a rotação da Terra, a translação do sol ao redor da Terra e a translação da Terra ao redor do sol (sem rotação). Esses três modelos explicariam o movimento aparente do Sol no céu e foram modelos propostos e aceitos em diferentes épocas. Com a condição de contorno, o modelo que pode explicar o movimento do Sol é o de rotação da Terra em torno de si mesma. É possível que os alunos digam que essa condição foi proposta pois é a “correta”. Se isso acontecer, converse um pouco com eles sobre o que é correto em Ciências e como o que se é aceito é provisório e muda com o tempo. Esse tema será abordado novamente nos próximos planos de aula desta unidade. Converse com eles sobre o modelo aceito hoje, em que a Terra gira em torno de si mesma, com um período de aproximadamente 24h, ou seja, 1 dia.

Para complementar, se houver tempo e recursos, mostre aos alunos, o trecho do vídeo (do início até 2:50) disponível em https://www.youtube.com/watch?v=Nux_3PVdo9U (Acesso em 05/05/2018). É importante não mostrar o vídeo inteiro pois ele adianta assuntos das próximas aulas.

Orientações: Projete o slide ou leia as informações para sistematizar os aprendizados da aula. Comente com os alunos que o sol e a Terra realizam outros movimentos além desse estudado hoje, e que alguns desses movimentos serão investigados a partir da próxima aula (CIE4_08TU03).

Retome o que os alunos haviam dito na apresentação da questão disparadora e ressalte o que eles aprenderam. Peça para que um ou dois alunos sistematizem no quadro SQA (na coluna A) o que foi aprendido nesta aula.

Recomenda-se a sequência desse plano com o plano CIE4_08TU03.

Por que temos dia e noite? - Rotação da Terra

4o. ano

Objetivos de aprendizagem

Relacionar os ciclos do dia e da noite com o movimento de rotação da Terra

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular

(EF04CI11) Associar os movimentos cíclicos da Lua e da Terra a períodos de tempo regulares e ao uso desse conhecimento para a construção de calendários em diferentes culturas.

Este plano foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Professor-autor: Andresa Prata Cuginotti

Mentor: Aline Soares Silva

Especialista: Margareth Polido


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

2º ano / Ciências / Matéria e Energia

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes