10715
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Matemática > 5º ano > Grandezas e Medidas

Plano de aula - Medidas de tempo no corpo humano

Plano de aula de Matemática com atividades para 5ºano do Fundamental sobre Medidas de tempo

Plano 08 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Rosélia Sezerino Fenner,

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Rosélia Sezerino Fenner

Mentor: Fabio Menezes da Silva

Especialista de área: Fernando Barnabé

Habilidade da BNCC

(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas das grandezas comprimento,área, massa, tempo, temperatura e capacidade, recorrendo a transformações entre as unidades mais usuais em contextos socioculturais.

Objetivos específicos

Compreender, utilizar e estabelecer relações entre as unidades de medidas de tempo.

Conceito-chave

Medidas de tempo

Recursos necessários

- Lápis, borracha, caderno;

- Atividade impressa ou não para colar no caderno;

- Relógios de modelos digital e analógioco;

- Dicionários;

- Cronômetro;

- Estetoscópio (opcional).


Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou escreva no quadro o objetivo e leia para turma.

Propósito: Compartilhar com a turma o objetivo da aula.

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Organize inicialmente os alunos em forma de U na sala de aula. Proponha à eles a leitura dos balões de fala e avalie o conhecimento deles acerca dos termos destacados em cada balão. Determine um tempo (3min) para que discuta com seu colega do lado o que sabem sobre esses termos e, em seguida, eles devem registrar no caderno suas conclusões.

Faça um debate coletivo sobre os registros que os alunos fizeram. Utilize um calendário e um relógio (analógico ou digital) para explorar as unidades de medidas de tempo que estão identificadas nas falas dos balões. Relacione as equivalências entre essas unidades de medida. Por exemplo: entre dia e semana, entre dias e mês (semana e quinzena), entre meses e anos (bimestre, trimestre, semestre). Ao apresentar a relação de equivalências entre essas unidades de medida, explore algumas delas que estão presentes na escrita de cada palavra. Por exemplo:

  • semana - período de sete dias (domingo, segunda-feira, terça-feira, quarta-feira, quinta-feira, sexta-feira e sábado);
  • quinzena - período de quinze dias (metade do mês comercial);
  • bimestre - duas vezes; relacionar com a palavra bicampeão (campeão duas vezes). Dois meses (30 + 30= 60 dias);
  • trimestre - três, tetracampeão (campeão 3 vezes). Três meses - (30 + 30 + 30 = 90 dias).
  • semestre - seis hexacampeão (campeão 6 vezes). Seis meses ( 30 + 30 + 30 + 30 + 30 + 30 = 180 dias).
  • ano - 365 dias ou 52 semanas e 1 dia, 12 meses ou 6 bimestres, ou 4 trimestres ou 2 semestres.

Retome com os alunos a duração de um período de 1 mês (30, 31 dias e 28 ou 29 dias). Devido à essa variação é que estabeleceu-se o mês comercial de 30 dias. Nas relações comerciais os direitos e obrigações sempre respeitam o ano comercial, ou seja não há distinção quanto aos dias do mês. Todos os meses são encarados como possuindo 30 dias. Tanto assim que não se paga a mais um dia de trabalho em meses de 31 dias tampouco a menos em fevereiro.

Reflita também sobre o calendário escolar do ano letivo, como são distribuídos os meses (bimestre, trimestre, semestre), início e término das aulas.

Em relação às horas, questione os alunos sobre a duração de tempo de um dia (hora - 24 horas, minuto - 1440 minutos,

segundos - 86 400 segundos).

Para que os alunos identifiquem a unidade de tempo mais adequada em cada situação, desafie-os a estimar o que podem fazer em 1 segundo, em um minuto, em 1 hora, em um mês, em 1 ano.

Explore também a escrita “ 31/03”, o que ela representa, assim, os alunos vão relacionando os meses com os números (mês de março - 03), por ser o terceiro mês do ano.

O horário 10h40 também poderá ser explorado. Peça que um aluno faça o desenho de um relógio no quadro e marque o horário que está no balão das falas. Pergunte a ele, como se faz a leitura desse horário (dez horas e quarenta minutos ou faltam 20 minutos para às 11 horas, avance nos questionamentos: “esse horário refere-se à que período do dia? E se fosse à noite, como eu faria a leitura/” Peça que outro aluno vá à frente e desenhe também um relógio e comunique à ele que já se passaram 15 minutos além do horário que seu colega marcou no relógio. Que horário será então?

Professor, como parte da rotina diária da sala de aula, ao registrar o dia no quadro, questione-os em relação ao mês que estão, em que semestre, bimestre, século, entre outros.Confeccione um cartaz com as principais informações sobre as unidades de medidas e afixe-o em local de fácil acesso e visibilidade do aluno.

Propósito: Reconhecer a medição e organização do tempo.

Discuta com a turma:

  • Em que ano? Em que mês estamos?
  • Quais são os múltiplos e submúltiplos do dia?
  • Em qual bimestre do ano estamos?E semestre?
  • Quantos bimestres faltam para terminar o ano? Quantos semestres? E quantas semanas?
  • Quantos dias faltam para terminar o mês?
  • Quantas horas ou minutos faltam para chegar o recreio? E para terminar a aula?
  • Quantos minutos já se passaram desde que entramos na sala de aula?
  • O que demora mais para fazer tomar um banho ou fazer uma refeição (almoço ou janta)?

Atividade principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientação: Organize os alunos em duplas. Distribua uma cópia da atividade para cada aluno. Ela encontra-se disponível para impressão aqui. Assegure-se que todos os grupos leiam a atividade antes de iniciar a discussão. Questione-os sobre o significado da palavra frequência, oriente para que pesquisem no dicionário ou acesse o dicionário online e leia com os alunos o significado da palavra (ato de frequentar ou repetir, ou seja, ir a determinado local com assiduidade, em intervalos de tempo constantes). De posse do significado, contextualize com a fala do balão (frequência cardíaca). Chame a atenção dos alunos para que relacionem “frequência cardíaca” ao número de batidas que o coração dá em um espaço de tempo. A frequência cardíaca é o número de pulsação do coração pela unidade de tempo.

A medida da frequência cardíaca é feita por profissionais da saúde através de um aparelho, “estetoscópio”, para ajudar no diagnóstico, de diversos problemas médicos que incluem doenças cardíacas. Caso considere conveniente e oportuno, providencie esse instrumento para que todos possam reconhecê-lo.

Explore esse assunto de forma interdisciplinar nas aulas de Ciências .Aqui você encontra sugestões de leitura para trabalhar com a turma. Projete a imagem de um coração humano ( no link acima você a encontra) e pergunte se eles conseguem imaginar o tamanho de seu coração, incentive-os a estimarem, 330g ou 250g, correspondem a que tamanho mais ou menos? Socialize as hipóteses dos alunos.

Para verificar se as hipóteses são razoáveis, peça que coloquem sobre o peito a mão fechada em forma de punho. “ O que acham agora, será que o coração de vocês é maior ou menor que o punho fechado?” Explique então, que em geral, o coração de uma pessoa é do mesmo tamanho de seu próprio punho fechado,

Oriente, para que em duplas discutam como fazer para descobrir qual a frequência cardíaca de uma pessoa, ou seja, o batimento cardíaco de alguém. Os alunos no seu dia a dia já devem ter ouvido falar que para contar as batidas do coração basta apertar levemente o pulso e contar as batidas durante meio minuto, este é o conhecimento de mundo que ele tem, conhecimento acumulado sobre a realidade em que ele vive. Permita que os alunos argumentem suas respostas e convide-os a calcular a frequência cardíaca de cada um. Para essa experiência recomenda-se o uso de um cronômetro para acompanhar a contagem do tempo (segundos), variando assim a incógnita.

Oriente para que aperte levemente o pulso, enquanto isso peça que seu colega acompanhe o tempo no cronômetro, ou, na ausência deste instrumento, pode ser utilizado o relógio para verificação do tempo. Quando completar meio minuto (30 segundos) ele avisa para o colega parar. Anote no caderno e repita a operação, dessa vez fazendo o papel contrário.

Em situações diversas, o número de batidas do coração pode variar batendo mais rápido ou mais lento, quando em repouso, os batimentos cardíacos por minuto podem variar entre 70 e 90. Assim como, as batidas do coração dos bebês são quase duas vezes mais rápidas que as de um adulto. Proponha aos alunos investigarem os batimentos cardíacos em vários momentos do dia e anotar. Propicie um momento em outra aula para fazer a comparação. Essa experiência leva ao aluno a compreender, utilizar e relacionar as medidas de tempo.

O próximo passo é resolver a atividade. Em duplas, devem descobrir estratégias para chegar à solução, lembrando -os que é importante ouvir as ideias uns dos outros e respeitar-se mutuamente. Ao circular pela sala, aproxime-se das duplas e observe o procedimento que adotaram para encontrar a solução. Observe se descobriram as várias formas de medir a frequência ( 15 segundos, 30 segundos, etc.)

Certifique-se caso alguém esteja com dúvidas, levo-o a refletir sobre sua ideias. Faça as intervenções necessárias, de modo que o aluno resolva a atividade através de seu próprio esforço.

Ao concluírem, socialize tudo o que os alunos produziram, incentive-os a explicarem o plano de solução, compartilhando suas experiências com os demais colegas. Verifique quais duplas encontraram outra estratégia para resolver o problema, socialize com os demais, convide uma dupla para ir ao quadro e escrever como foi que encontraram a solução. Certifique-se que todos deram sua contribuição para a aula, expondo suas ideias. Ao observar as soluções e os argumentos dos alunos, o professor poderá identificar que tipo de interferências ainda são necessárias. No guia de intervenções você encontra sugestões sobre como intervir diante de dificuldades do aluno.

Somente após explorar todas as possibilidades de solução dos alunos, projete os slides seguintes discutindo com eles outras estratégias de resolução.

Propósito: Compreender, utilizar e relacionar medidas de tempo.

Discuta com a turma:

  • Qual procedimento vocês usaram para responder a pergunta?
  • Houve variação na frequência cardíaca do seu coração e de seu colega?
  • Qual foi a média de batimentos entre os dois alunos da dupla?
  • Alguma vez, vocês presenciaram alguém contando os batimentos cardíacos usando alguma parte do corpo?
  • Se o coração tem 70 batimentos por minuto, quantos batimentos ele terá em 10 minutos?
  • Será que em uma hora o número de batimentos cardíacos será maior que em 60 minutos?
  • Ao discutirem a atividade, o que foi necessário fazer inicialmente?
  • Qual será a frequência cardíaca do coração da professora?
  • Há outras formas de resolver a atividade?

Materiais complementares

Atividade principal

Resolução atividade principal

Guia de intervenção

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos ( slides 5 à 9).

Orientação: A medição das batidas cardíacas pode ser feita em diversas partes do corpo. Em geral, profissionais de saúde realizam a medição da frequência cardíaca no “pulso” (artéria radial), ou “pescoço” (artéria carótida) do paciente. No entanto, também é possível observar os batimentos cardíacos na virilha, tornozelo, peito, entre outros pontos do corpo.

Nesta atividade há vários dados numéricos, o que pode levar o aluno a utilizar a informação errada para calcular, por exemplo, “45 segundos”, mas é preciso que compreendam que esta informação está relacionada ao tempo gasto para que o sangue circule pelo nosso corpo, e não o número de batidas do coração.

Ao decidir pela informação certa, é preciso que chegue a conclusão que 1 minuto equivale a 60 segundos. A partir daí, o aluno pode usar diferentes estratégias para contar as batidas. Essa estratégia deve ser discutida entre eles, sugerindo calcular de várias formas.

Propósito: Explorar estratégias pessoais de medição.

Discuta com a turma:

  • Quais unidades de medidas podemos identificar nestas soluções?
  • Quais foram os ponteiros que vocês observaram o movimento para fazer a contagem do tempo?

Discussão das soluções. select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 5 à 9).

Orientação: O número de batidas do coração pode variar de pessoa para pessoa, dependendo da idade, se está tranquilo ou agitado.

Quando uma pessoa está em repouso, os batimentos cardíacos por minuto podem variar entre 70 e 90. As batidas do coração dos bebês são quase duas vezes mais rápidos do que de um adulto, já as pessoas idosas podem ter uma frequência cardíaca mais baixa.

Propósito: Discutir coletivamente as estratégias e soluções encontradas para a atividade apresentada.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 5 à 9).

Orientação: Chame a atenção para a relação entre as unidades de medidas 1 hora - 60 min ou 3600 segundos, 1 dia - 24h - 1440 min ou 86 400 segundos.

Propósito: Discutir coletivamente diferentes estratégias de solução.

Discussão da solução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos ( slides 5 à 9)

Orientação: Chame a atenção para o cálculo da última linha: 64 min, passa de 1 hora, por isso: 4480 (64 min) - 280 (4 min) = 4200 (60min). Esse é o número de batimentos em 1 hora.

Propósito: Discutir as diferentes possibilidades de solução para um mesmo problema.

Discussão da solução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 5 à 9).

Orientação: A unidade de tempo estabelecida neste procedimento é a “hora (24h)”, sendo transformada em “1 dia” .

Propósito: Realizar um fechamento discutindo as possibilidades de solução para um mesmo problema.

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientação: Professor, este é o momento de fazer um fechamento da aula, relacionando as unidades de medidas e sua grandeza. Observe as falas dos balões da retomada e destaque as relações existentes entre as unidades de medidas adotadas antes e depois de cada fala do balão.

Propósito: Fazer um fechamento das ideias exploradas nesta aula, sistematizando as aprendizagens.

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Distribua uma cópia da atividade Raio x. Você a encontra para impressão junto aos materiais complementares. Peça para que leiam coletivamente o texto do balão. Oriente agora para que façam mais uma leitura do enunciado do problema, desta vez, individualmente, analisem-na, e resolvam-na colocando em prática os conhecimentos adquiridos nesta aula. Caso o professor queira saber mais sobre a pesquisa feita sobre esse assunto, para discutir com os alunos em outro momento, é só acessar o link (fonte).

O Raio X é o momento de avaliar se os alunos conseguiram atingir o objetivo proposto pelo professor no início da aula: “Compreender, utilizar e estabelecer relações entre as unidades de medidas de tempo”. Este é o momento do professor avaliar se algum aluno ainda necessita de uma intervenção para apropriar-se das aprendizagens desta aula. Há outras atividades disponíveis nos documentos de atividades complementares que podem ser trabalhadas para que o aluno possa apropriar-se de todos os conhecimentos dessa área.

Propósito: Fazer uma avaliação das aprendizagens, podendo ser essa atividade um portfólio como documento de avaliação para acompanhamento da aprendizagem do aluno.

Discuta com a turma:

  • Como você pensou para transformar os minutos em horas?
  • Quantas vezes um minuto cabe em uma hora?
  • Então, quantas piscadas você pode dar em uma hora? E em 10 horas?
  • Se você sabe quantas piscadas pode dar em 10 horas, você é capaz de responder em 12 horas?
  • Quantas vezes uma hora cabe em 12 horas?

Materiais complementares:

Atividade raio x

Atividade complementar

Resolução do raio x

Resolução atividade complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou escreva no quadro o objetivo e leia para turma.

Propósito: Compartilhar com a turma o objetivo da aula.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Rosélia Sezerino Fenner

Mentor: Fabio Menezes da Silva

Especialista de área: Fernando Barnabé

Habilidade da BNCC

(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas das grandezas comprimento,área, massa, tempo, temperatura e capacidade, recorrendo a transformações entre as unidades mais usuais em contextos socioculturais.

Objetivos específicos

Compreender, utilizar e estabelecer relações entre as unidades de medidas de tempo.

Conceito-chave

Medidas de tempo

Recursos necessários

- Lápis, borracha, caderno;

- Atividade impressa ou não para colar no caderno;

- Relógios de modelos digital e analógioco;

- Dicionários;

- Cronômetro;

- Estetoscópio (opcional).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Organize inicialmente os alunos em forma de U na sala de aula. Proponha à eles a leitura dos balões de fala e avalie o conhecimento deles acerca dos termos destacados em cada balão. Determine um tempo (3min) para que discuta com seu colega do lado o que sabem sobre esses termos e, em seguida, eles devem registrar no caderno suas conclusões.

Faça um debate coletivo sobre os registros que os alunos fizeram. Utilize um calendário e um relógio (analógico ou digital) para explorar as unidades de medidas de tempo que estão identificadas nas falas dos balões. Relacione as equivalências entre essas unidades de medida. Por exemplo: entre dia e semana, entre dias e mês (semana e quinzena), entre meses e anos (bimestre, trimestre, semestre). Ao apresentar a relação de equivalências entre essas unidades de medida, explore algumas delas que estão presentes na escrita de cada palavra. Por exemplo:

  • semana - período de sete dias (domingo, segunda-feira, terça-feira, quarta-feira, quinta-feira, sexta-feira e sábado);
  • quinzena - período de quinze dias (metade do mês comercial);
  • bimestre - duas vezes; relacionar com a palavra bicampeão (campeão duas vezes). Dois meses (30 + 30= 60 dias);
  • trimestre - três, tetracampeão (campeão 3 vezes). Três meses - (30 + 30 + 30 = 90 dias).
  • semestre - seis hexacampeão (campeão 6 vezes). Seis meses ( 30 + 30 + 30 + 30 + 30 + 30 = 180 dias).
  • ano - 365 dias ou 52 semanas e 1 dia, 12 meses ou 6 bimestres, ou 4 trimestres ou 2 semestres.

Retome com os alunos a duração de um período de 1 mês (30, 31 dias e 28 ou 29 dias). Devido à essa variação é que estabeleceu-se o mês comercial de 30 dias. Nas relações comerciais os direitos e obrigações sempre respeitam o ano comercial, ou seja não há distinção quanto aos dias do mês. Todos os meses são encarados como possuindo 30 dias. Tanto assim que não se paga a mais um dia de trabalho em meses de 31 dias tampouco a menos em fevereiro.

Reflita também sobre o calendário escolar do ano letivo, como são distribuídos os meses (bimestre, trimestre, semestre), início e término das aulas.

Em relação às horas, questione os alunos sobre a duração de tempo de um dia (hora - 24 horas, minuto - 1440 minutos,

segundos - 86 400 segundos).

Para que os alunos identifiquem a unidade de tempo mais adequada em cada situação, desafie-os a estimar o que podem fazer em 1 segundo, em um minuto, em 1 hora, em um mês, em 1 ano.

Explore também a escrita “ 31/03”, o que ela representa, assim, os alunos vão relacionando os meses com os números (mês de março - 03), por ser o terceiro mês do ano.

O horário 10h40 também poderá ser explorado. Peça que um aluno faça o desenho de um relógio no quadro e marque o horário que está no balão das falas. Pergunte a ele, como se faz a leitura desse horário (dez horas e quarenta minutos ou faltam 20 minutos para às 11 horas, avance nos questionamentos: “esse horário refere-se à que período do dia? E se fosse à noite, como eu faria a leitura/” Peça que outro aluno vá à frente e desenhe também um relógio e comunique à ele que já se passaram 15 minutos além do horário que seu colega marcou no relógio. Que horário será então?

Professor, como parte da rotina diária da sala de aula, ao registrar o dia no quadro, questione-os em relação ao mês que estão, em que semestre, bimestre, século, entre outros.Confeccione um cartaz com as principais informações sobre as unidades de medidas e afixe-o em local de fácil acesso e visibilidade do aluno.

Propósito: Reconhecer a medição e organização do tempo.

Discuta com a turma:

  • Em que ano? Em que mês estamos?
  • Quais são os múltiplos e submúltiplos do dia?
  • Em qual bimestre do ano estamos?E semestre?
  • Quantos bimestres faltam para terminar o ano? Quantos semestres? E quantas semanas?
  • Quantos dias faltam para terminar o mês?
  • Quantas horas ou minutos faltam para chegar o recreio? E para terminar a aula?
  • Quantos minutos já se passaram desde que entramos na sala de aula?
  • O que demora mais para fazer tomar um banho ou fazer uma refeição (almoço ou janta)?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientação: Organize os alunos em duplas. Distribua uma cópia da atividade para cada aluno. Ela encontra-se disponível para impressão aqui. Assegure-se que todos os grupos leiam a atividade antes de iniciar a discussão. Questione-os sobre o significado da palavra frequência, oriente para que pesquisem no dicionário ou acesse o dicionário online e leia com os alunos o significado da palavra (ato de frequentar ou repetir, ou seja, ir a determinado local com assiduidade, em intervalos de tempo constantes). De posse do significado, contextualize com a fala do balão (frequência cardíaca). Chame a atenção dos alunos para que relacionem “frequência cardíaca” ao número de batidas que o coração dá em um espaço de tempo. A frequência cardíaca é o número de pulsação do coração pela unidade de tempo.

A medida da frequência cardíaca é feita por profissionais da saúde através de um aparelho, “estetoscópio”, para ajudar no diagnóstico, de diversos problemas médicos que incluem doenças cardíacas. Caso considere conveniente e oportuno, providencie esse instrumento para que todos possam reconhecê-lo.

Explore esse assunto de forma interdisciplinar nas aulas de Ciências .Aqui você encontra sugestões de leitura para trabalhar com a turma. Projete a imagem de um coração humano ( no link acima você a encontra) e pergunte se eles conseguem imaginar o tamanho de seu coração, incentive-os a estimarem, 330g ou 250g, correspondem a que tamanho mais ou menos? Socialize as hipóteses dos alunos.

Para verificar se as hipóteses são razoáveis, peça que coloquem sobre o peito a mão fechada em forma de punho. “ O que acham agora, será que o coração de vocês é maior ou menor que o punho fechado?” Explique então, que em geral, o coração de uma pessoa é do mesmo tamanho de seu próprio punho fechado,

Oriente, para que em duplas discutam como fazer para descobrir qual a frequência cardíaca de uma pessoa, ou seja, o batimento cardíaco de alguém. Os alunos no seu dia a dia já devem ter ouvido falar que para contar as batidas do coração basta apertar levemente o pulso e contar as batidas durante meio minuto, este é o conhecimento de mundo que ele tem, conhecimento acumulado sobre a realidade em que ele vive. Permita que os alunos argumentem suas respostas e convide-os a calcular a frequência cardíaca de cada um. Para essa experiência recomenda-se o uso de um cronômetro para acompanhar a contagem do tempo (segundos), variando assim a incógnita.

Oriente para que aperte levemente o pulso, enquanto isso peça que seu colega acompanhe o tempo no cronômetro, ou, na ausência deste instrumento, pode ser utilizado o relógio para verificação do tempo. Quando completar meio minuto (30 segundos) ele avisa para o colega parar. Anote no caderno e repita a operação, dessa vez fazendo o papel contrário.

Em situações diversas, o número de batidas do coração pode variar batendo mais rápido ou mais lento, quando em repouso, os batimentos cardíacos por minuto podem variar entre 70 e 90. Assim como, as batidas do coração dos bebês são quase duas vezes mais rápidas que as de um adulto. Proponha aos alunos investigarem os batimentos cardíacos em vários momentos do dia e anotar. Propicie um momento em outra aula para fazer a comparação. Essa experiência leva ao aluno a compreender, utilizar e relacionar as medidas de tempo.

O próximo passo é resolver a atividade. Em duplas, devem descobrir estratégias para chegar à solução, lembrando -os que é importante ouvir as ideias uns dos outros e respeitar-se mutuamente. Ao circular pela sala, aproxime-se das duplas e observe o procedimento que adotaram para encontrar a solução. Observe se descobriram as várias formas de medir a frequência ( 15 segundos, 30 segundos, etc.)

Certifique-se caso alguém esteja com dúvidas, levo-o a refletir sobre sua ideias. Faça as intervenções necessárias, de modo que o aluno resolva a atividade através de seu próprio esforço.

Ao concluírem, socialize tudo o que os alunos produziram, incentive-os a explicarem o plano de solução, compartilhando suas experiências com os demais colegas. Verifique quais duplas encontraram outra estratégia para resolver o problema, socialize com os demais, convide uma dupla para ir ao quadro e escrever como foi que encontraram a solução. Certifique-se que todos deram sua contribuição para a aula, expondo suas ideias. Ao observar as soluções e os argumentos dos alunos, o professor poderá identificar que tipo de interferências ainda são necessárias. No guia de intervenções você encontra sugestões sobre como intervir diante de dificuldades do aluno.

Somente após explorar todas as possibilidades de solução dos alunos, projete os slides seguintes discutindo com eles outras estratégias de resolução.

Propósito: Compreender, utilizar e relacionar medidas de tempo.

Discuta com a turma:

  • Qual procedimento vocês usaram para responder a pergunta?
  • Houve variação na frequência cardíaca do seu coração e de seu colega?
  • Qual foi a média de batimentos entre os dois alunos da dupla?
  • Alguma vez, vocês presenciaram alguém contando os batimentos cardíacos usando alguma parte do corpo?
  • Se o coração tem 70 batimentos por minuto, quantos batimentos ele terá em 10 minutos?
  • Será que em uma hora o número de batimentos cardíacos será maior que em 60 minutos?
  • Ao discutirem a atividade, o que foi necessário fazer inicialmente?
  • Qual será a frequência cardíaca do coração da professora?
  • Há outras formas de resolver a atividade?

Materiais complementares

Atividade principal

Resolução atividade principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos ( slides 5 à 9).

Orientação: A medição das batidas cardíacas pode ser feita em diversas partes do corpo. Em geral, profissionais de saúde realizam a medição da frequência cardíaca no “pulso” (artéria radial), ou “pescoço” (artéria carótida) do paciente. No entanto, também é possível observar os batimentos cardíacos na virilha, tornozelo, peito, entre outros pontos do corpo.

Nesta atividade há vários dados numéricos, o que pode levar o aluno a utilizar a informação errada para calcular, por exemplo, “45 segundos”, mas é preciso que compreendam que esta informação está relacionada ao tempo gasto para que o sangue circule pelo nosso corpo, e não o número de batidas do coração.

Ao decidir pela informação certa, é preciso que chegue a conclusão que 1 minuto equivale a 60 segundos. A partir daí, o aluno pode usar diferentes estratégias para contar as batidas. Essa estratégia deve ser discutida entre eles, sugerindo calcular de várias formas.

Propósito: Explorar estratégias pessoais de medição.

Discuta com a turma:

  • Quais unidades de medidas podemos identificar nestas soluções?
  • Quais foram os ponteiros que vocês observaram o movimento para fazer a contagem do tempo?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 5 à 9).

Orientação: O número de batidas do coração pode variar de pessoa para pessoa, dependendo da idade, se está tranquilo ou agitado.

Quando uma pessoa está em repouso, os batimentos cardíacos por minuto podem variar entre 70 e 90. As batidas do coração dos bebês são quase duas vezes mais rápidos do que de um adulto, já as pessoas idosas podem ter uma frequência cardíaca mais baixa.

Propósito: Discutir coletivamente as estratégias e soluções encontradas para a atividade apresentada.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 5 à 9).

Orientação: Chame a atenção para a relação entre as unidades de medidas 1 hora - 60 min ou 3600 segundos, 1 dia - 24h - 1440 min ou 86 400 segundos.

Propósito: Discutir coletivamente diferentes estratégias de solução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos ( slides 5 à 9)

Orientação: Chame a atenção para o cálculo da última linha: 64 min, passa de 1 hora, por isso: 4480 (64 min) - 280 (4 min) = 4200 (60min). Esse é o número de batimentos em 1 hora.

Propósito: Discutir as diferentes possibilidades de solução para um mesmo problema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 5 à 9).

Orientação: A unidade de tempo estabelecida neste procedimento é a “hora (24h)”, sendo transformada em “1 dia” .

Propósito: Realizar um fechamento discutindo as possibilidades de solução para um mesmo problema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientação: Professor, este é o momento de fazer um fechamento da aula, relacionando as unidades de medidas e sua grandeza. Observe as falas dos balões da retomada e destaque as relações existentes entre as unidades de medidas adotadas antes e depois de cada fala do balão.

Propósito: Fazer um fechamento das ideias exploradas nesta aula, sistematizando as aprendizagens.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Distribua uma cópia da atividade Raio x. Você a encontra para impressão junto aos materiais complementares. Peça para que leiam coletivamente o texto do balão. Oriente agora para que façam mais uma leitura do enunciado do problema, desta vez, individualmente, analisem-na, e resolvam-na colocando em prática os conhecimentos adquiridos nesta aula. Caso o professor queira saber mais sobre a pesquisa feita sobre esse assunto, para discutir com os alunos em outro momento, é só acessar o link (fonte).

O Raio X é o momento de avaliar se os alunos conseguiram atingir o objetivo proposto pelo professor no início da aula: “Compreender, utilizar e estabelecer relações entre as unidades de medidas de tempo”. Este é o momento do professor avaliar se algum aluno ainda necessita de uma intervenção para apropriar-se das aprendizagens desta aula. Há outras atividades disponíveis nos documentos de atividades complementares que podem ser trabalhadas para que o aluno possa apropriar-se de todos os conhecimentos dessa área.

Propósito: Fazer uma avaliação das aprendizagens, podendo ser essa atividade um portfólio como documento de avaliação para acompanhamento da aprendizagem do aluno.

Discuta com a turma:

  • Como você pensou para transformar os minutos em horas?
  • Quantas vezes um minuto cabe em uma hora?
  • Então, quantas piscadas você pode dar em uma hora? E em 10 horas?
  • Se você sabe quantas piscadas pode dar em 10 horas, você é capaz de responder em 12 horas?
  • Quantas vezes uma hora cabe em 12 horas?

Materiais complementares:

Atividade raio x

Atividade complementar

Resolução do raio x

Resolução atividade complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Grandezas e Medidas do 5º ano :

Com o plano de aula sobre grandezas e medidas os alunos aprendem medição de comprimento, capacidade, superfície, tempo e massa com unidades padronizadas, relação entre as unidades de medida de massa, capacidade e comprimento e sua representação decimal, Cálculo de área e perímetro em quadrados e retângulos e relações entre as duas medições, Medição do volume de cubo e paralelepípedo.

MAIS AULAS DE Matemática do 5º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF05MA19 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano