17865
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 9º ano > Mundo do trabalho

Plano de aula - Urbanização, desemprego estrutural e desindustrialização

Plano de aula de Geografia com atividades para 9° ano do Fundamental sobre Compreender o desemprego estrutural a partir do modelo industrial da região do ABC em São Paulo

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Murilo Rossi

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09GE12 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Nas etapas deste plano será permitido desenvolver tal habilidade dentro de uma compreensão do que seja desemprego estrutural a partir da região do ABC, que compreende os municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano, na região metropolitana de São Paulo. Tais localidades são historicamente berço da industrialização moderna brasileira, sendo instalados na região, a partir da década de 1970, várias indústrias, se destacando a automobilística. Grandes empresas de automóvel empregaram milhares de pessoas, desenvolvendo as cidades onde estavam instaladas. Porém isso tem mudado, com um processo de desindustrialização ocorrida por diversos fatores tais como: falta de espaço devido ao adensamento urbano, guerra fiscal entre cidades e estados brasileiros, mão de obra sindicalizada e ciente de seus direitos, salários altos se comparado aos trabalhadores dos Tigres Asiáticos e China, reforma trabalhista e terceirização, crises econômicas, redução dos subsídios estatais na linha de produção e venda de automóveis, etc. Diante disso, é fundamental e de direito o aluno compreender a dinâmica da urbanização à luz do desemprego estrutural e sua consequente desindustrialização, tendo como modelo a região do ABC, um dos maiores polos industriais do Brasil. Para compreensão dos objetivos de aula, é proposta uma atividade de leitura e interpretação de texto baseado numa metodologia ativa chamada Quebra-Cabeça.

Materiais necessários: Projetor de slide e/ou impressora, caneta, caderno.

Material complementar:

Gráfico da contextualização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NHGwKWhSjFAdfGnPKmdVe8nhNyDq7SbpkZYX5VSyXMpxqReWnTErqQQcYJm2/ge09-12und02-contextualizacao-grafico.pdf

Imagens da Problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mNKZSWDQJBcyGwsMNugCB4X9meuWH2SMwqmu5m843tR6dRmENsqcXUJTW52G/ge09-12und02-problematizacao-imagens.pdf

Texto na íntegra - Ação Propositiva

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/n75A7rbXjbg6ySKSpB8qkkXqdSqB4wNxd7fY9xshMvC8dZSXfEttRg2UBuTQ/ge09-12und02-acao-propositiva-texto-na-integra.pdf

Enunciado - Atividade Quebra-Cabeça

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HAZPWgnQDD2GNPMxBfaRGg6vZMpWFxNrzZ5vw7zs4MMkqH9kThZAMGR6S9pD/ge09-12und02-acao-propositiva-enunciado-atividade-quebra-cabeca.pdf

Peças (trechos do texto) - Quebra-Cabeça

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jjpCfpr9XxrdtqdkfQCZ85XVjkv3SNwFmmn9fWz8ffG8aEs3bWf2phfz38Pf/ge09-12und02-acao-propositiva-pecas-do-quebra-cabeca.pdf

Imagem da Sistematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/e2WBWYpWsChQePa5WT3E9kUAwtJpPSTap8a7JV64fxYaGhcryDGCKzGsHztt/ge09-12und02-sistematizacao-imagem.pdf

Para você saber mais:

A indústria automobilística

Disponível em: http://www.saopaulo.sp.gov.br/conhecasp/historia/a-industria-automobilistica/ Acesso em 21 abr. 2019.

Setor automobilístico do ABC tem o menor índice produtivo em 2014

Disponível em: http://www.metodista.br/rronline/noticias/2014/10/setor-automobilistico-do-abc-tem-o-menor-indice-produtivo-em-2014 Acesso em 21 abr. 2019.

Com montadoras indo para o interior, região do ABC vai perdendo importância

Disponível em: https://www.jornaldocomercio.com/site/noticia.php?codn=101148 Acesso em 21 abr. 2019.

Fechamento da fábrica da Ford expõe desafios da região do ABC

Disponível em: https://www.valor.com.br/empresas/6128969/fechamento-da-fabrica-da-ford-expoe-desafios-da-regiao-do-abc Acesso em 21 abr. 2019.

ABC encolhe e pode virar região símbolo da desindustrialização no país

Disponível em: https://www.valor.com.br/empresas/6128969/fechamento-da-fabrica-da-ford-expoe-desafios-da-regiao-do-abc Acesso em 21 abr. 2019.

O desemprego estrutural crônico: uma leitura através das charges

Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2005/resumos/R1705-1.pdf Acesso em 21 abr. 2019.

BRASIL SE APROXIMA DO DESEMPREGO ESTRUTURAL

Disponível em: https://www.brasil247.com/pt/247/economia/382375/Brasil-se-aproxima-do-desemprego-estrutural.htm Acesso em 21 abr. 2019.

Guerra fiscal

Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/economia/guerra-fiscal.htm Acesso em 19 abr. 2019.

Governo e indústria avançam em nova regra para IPI de carros

Disponível em: https://www.valor.com.br/brasil/5107814/governo-e-industria-avancam-em-nova-regra-para-ipi-de-carros Acesso em 21 abr. 2019.

IPI - IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS

Disponível em: http://www.portaltributario.com.br/tributos/ipi.html Acesso em 21 abr. 2019.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Projete o tema de aula para os alunos ou, caso não seja possível, escreva na lousa ou fale para a turma. Comente que nesta aula vocês vão discutir o desemprego estrutural da região do ABC - SP e suas relações com a urbanização e desindustrialização recente que tem ocorrido por lá. Tendo como modelo essa região, é possível entender, de uma forma macro, tal realidade no Brasil. O grande ABC concentra uma população muito grande que, com a chegada da indústria automobilística, houve um boom no crescimento das cidades, de sua população, decorrente da farta oferta de emprego industrial. De início era uma atividade não tão especializada como os dias de hoje, absorvendo a grande maioria de pessoas que migravam para lá. A partir da década de 1990, a tecnologia industrial se desenvolve substituindo trabalhadores por máquinas e demandando um maior nível de especialização do trabalhador para continuar empregado. Muitos postos de trabalho foram extintos, criando uma massa de desempregados que não voltariam a trabalhar na indústria, pois os empregos já não existiam mais. Como esse processo se generalizou, inclusive com fechamento e transferência de fábricas para outros locais - inclusive outros países - uma massa de pessoas tiveram que se adequar à nova realidade, ou seja, trabalhar em outros setores ou mesmo migrar. Com isso, cidades altamente urbanizadas, como por exemplo, São Bernardo do Campo, começaram a apresentar problemas de cidades grandes, tais como altos índices de violência, falta de estrutura urbana para atender toda a demanda da população e uma concentração de renda cada mais acirrada. Novas legislações trabalhistas, crises econômicas e políticas menos progressistas e sociais agravaram ainda mais o problema.

Como adequar à sua realidade: Se você reside no grande ABC ou numa área industrial trabalhe com os alunos suas realidades a partir de relatos, imprensa local e demandas mais específicas que proporcione uma imersão maior na realidade dos alunos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Nesta etapa do plano é fundamental levantar alguns conhecimentos prévios dos alunos. O gráfico exposto no slide pode ser utilizado para uma sensibilização junto ao tema. Depois de apresentar o tema de aula, peça para os alunos lerem o gráfico, perguntando se o desemprego aumentou ou diminuiu no período compreendido do gráfico. Feito isso, peça que falem um pouco sobre o que é desemprego. Ainda a abordagem (tanto no gráfico quanto na sua fala), não é do desemprego estrutural e sim do desemprego de uma forma geral. É esperado que a grande maioria saiba o que é, mas não na modalidade estrutural. Então pergunte isso e ouça e observa suas opiniões/falas. É importante aqui distinguir o desemprego estrutural de outras formas, pois é nosso tema de aula. Não se esqueça que estamos falando de indústria e esta tem suas especificidades tanto na questão urbanização e desemprego estrutural. Atente-os que não é só um motivo que leva ao desemprego estrutural, mas um conjunto de fatores que se inter relacionam levando ao que observamos no gráfico, por exemplo. Destaque principalmente a questão da substituição do trabalho humano pelas máquinas gerando a diminuição da mão de obra, assim como as novas tecnologias de produção demandando novas especializações do trabalhador.

Material complementar

Gráfico da contextualização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NHGwKWhSjFAdfGnPKmdVe8nhNyDq7SbpkZYX5VSyXMpxqReWnTErqQQcYJm2/ge09-12und02-contextualizacao-grafico.pdf

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Como já dito nesta aula, o desemprego estrutural pode ter muitos motivos para acontecer. Sabendo que não podemos esgotar o assunto nesse momento, explore as imagens com os alunos antes de propor a pergunta exposta no slide. Algumas sugestões de perguntas a serem feitas:

1- O que está representado nas duas imagens?

2- Elas acontecem em tempos diferentes? Explique.

3- Quais as diferenças principais entre as duas imagens?

É esperado que os alunos entendam que as imagens representam uma linha de produção industrial, em tempos diferentes. Isso é claro não só pela qualidade das imagens (colorida e preto e branco), mas pela presença e ausência de pessoas na linha de montagem de determinado produto industrial. Certamente perceberão que o trabalho humano foi substituído pelas máquinas, num movimento histórico de desenvolvimento de novas tecnologias, tal como a robótica industrial. Na sequência, explore a pergunta do slide, observando se realmente eles entenderam a substituição do trabalho humano por máquinas, gerando o desemprego estrutural. E é estrutural também pois esses postos de trabalho, tomado pelas máquinas, nunca serão repostos novamente. Cabe ao trabalhador se adaptar e arrumar outros tipos de trabalho. Mas isso gera incertezas, gerando uma massa de desempregados no meio urbano, dificultando ainda mais a vida nas cidades. E, em parte, esse fator foi preponderante na desindustrialização da região do ABC, onde as indústrias migraram para polos de tecnologia mais modernos, distribuídos pelo Brasil e pelo mundo, com condições mais favoráveis às novas instalações (redução de impostos, doação de terras para a construção da fábrica, trabalhadores menos organizados e não sindicalizados, mão de obra mais barata, etc.

Material complementar

Imagens da Problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mNKZSWDQJBcyGwsMNugCB4X9meuWH2SMwqmu5m843tR6dRmENsqcXUJTW52G/ge09-12und02-problematizacao-imagens.pdf

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos

Orientações: A atividade proposta visa o entendimento de trechos de um texto jornalístico com um aspecto lúdico, ou seja, que os alunos se interessem pela leitura objetivando resolver o enigma, ou seja, o quebra-cabeça. Ela consiste na leitura de um texto, dividido em 5 partes menores. Ao final, o intuito é que os grupos debatam o texto por completo. O texto disponibilizado para os alunos é uma matéria jornalística que versa sobre a questão do desemprego estrutural, discutido por especialistas na área. Ele está disponível na íntegra no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/n75A7rbXjbg6ySKSpB8qkkXqdSqB4wNxd7fY9xshMvC8dZSXfEttRg2UBuTQ/ge09-12und02-acao-propositiva-texto-na-integra.pdf

As 5 partes da matéria jornalística em questão, que serão trabalhadas na Ação Propositiva estão disponíveis no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jjpCfpr9XxrdtqdkfQCZ85XVjkv3SNwFmmn9fWz8ffG8aEs3bWf2phfz38Pf/ge09-12und02-acao-propositiva-pecas-do-quebra-cabeca.pdf

Apresente as orientações do slide, imprima ou escreva na lousa se assim preferir. Não esqueça de orientá-los no restante da atividade, seguindo o enunciado que está alocado no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HAZPWgnQDD2GNPMxBfaRGg6vZMpWFxNrzZ5vw7zs4MMkqH9kThZAMGR6S9pD/ge09-12und02-acao-propositiva-enunciado-atividade-quebra-cabeca.pdf

De início, é orientar os alunos a ler e debater suas peças do quebra-cabeça, anotando no caderno os principais pontos de acordo com o que foi abordado na aula até então. Na sequência reorganizar os grupos para que os debates sejam coletivizados entre os grupos, gerando reflexões junto à temática, montando o quebra-cabeça, de modo que cada novo grupo deverá ser composto por um aluno que leu e debateu o trecho 1, um aluno que leu e debateu o trecho 2, e assim sucessivamente. Nessa segunda etapa, os alunos serão responsáveis pela aprendizagem dos colegas, uma vez que terão a oportunidade de apresentar a sua peça, ao passo que todos os integrantes do grupo tomem conhecimento do conteúdo proposto. Nesse sentido, ao final da atividade, os grupos terão debatido todo o texto e montado o quebra-cabeça.

Os debates, reflexões e eventuais proposições poderão ser discutidas na etapa da Sistematização a seguir.

Para você saber mais:

A atividade “Quebra-cabeça” está disponível no livro A Sala de Aula Inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo, de Fausto Camargo e Thuine Daros, publicado pela Editora Penso, em 2018. O livro faz parte da série Desafios da Educação.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: A partir da atividade do quebra-cabeça, os alunos foram desafiados a montar uma ideia a partir de peças que estavam recortadas, assim como o jogo proposto. O texto em questão versa sobre as consequências da robótica no mercado de trabalho industrial, indicando que o desemprego estrutural em si não acontece somente por isso. Sendo eles alunos de 9º ano, bem próximos a uma nova fase que é o Ensino Médio, é importante que estabeleçam opiniões contraditórias e críticas em relação ao que foi abordado. Por isso a importância de uma discussão entre eles, a partir de uma leitura específica sobre a temática. É esperado que os alunos reconheçam a importância da discussão sobre o desemprego, associando suas causas e consequências a diversas fatores, tais como as trabalhadas mais especificamente nesta aula (o modelo de desindustrialização do grande ABC, a substituição do trabalho humano pelas máquinas e algumas consequências na relação com o processo de urbanização). Deixe claro que a região do ABC foi trabalhada nessa aula por se mostrar como um berço da industrialização no Brasil, com uma alta taxa de urbanização de suas cidades ao longo desse processo e sua consequente desindustrialização com o aparecimento do desemprego, em sua forma mais intensa e cruel, o estrutural.

Lance a pergunta exposta no slide, escutando algumas opiniões e se antecipando para ampliar o conhecimento sobre a temática em novas discussões desse debate, que podem ocorrer nas próximas aulas.

Material complementar

Imagem da Sistematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/e2WBWYpWsChQePa5WT3E9kUAwtJpPSTap8a7JV64fxYaGhcryDGCKzGsHztt/ge09-12und02-sistematizacao-imagem.pdf

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09GE12 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Nas etapas deste plano será permitido desenvolver tal habilidade dentro de uma compreensão do que seja desemprego estrutural a partir da região do ABC, que compreende os municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano, na região metropolitana de São Paulo. Tais localidades são historicamente berço da industrialização moderna brasileira, sendo instalados na região, a partir da década de 1970, várias indústrias, se destacando a automobilística. Grandes empresas de automóvel empregaram milhares de pessoas, desenvolvendo as cidades onde estavam instaladas. Porém isso tem mudado, com um processo de desindustrialização ocorrida por diversos fatores tais como: falta de espaço devido ao adensamento urbano, guerra fiscal entre cidades e estados brasileiros, mão de obra sindicalizada e ciente de seus direitos, salários altos se comparado aos trabalhadores dos Tigres Asiáticos e China, reforma trabalhista e terceirização, crises econômicas, redução dos subsídios estatais na linha de produção e venda de automóveis, etc. Diante disso, é fundamental e de direito o aluno compreender a dinâmica da urbanização à luz do desemprego estrutural e sua consequente desindustrialização, tendo como modelo a região do ABC, um dos maiores polos industriais do Brasil. Para compreensão dos objetivos de aula, é proposta uma atividade de leitura e interpretação de texto baseado numa metodologia ativa chamada Quebra-Cabeça.

Materiais necessários: Projetor de slide e/ou impressora, caneta, caderno.

Material complementar:

Gráfico da contextualização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NHGwKWhSjFAdfGnPKmdVe8nhNyDq7SbpkZYX5VSyXMpxqReWnTErqQQcYJm2/ge09-12und02-contextualizacao-grafico.pdf

Imagens da Problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mNKZSWDQJBcyGwsMNugCB4X9meuWH2SMwqmu5m843tR6dRmENsqcXUJTW52G/ge09-12und02-problematizacao-imagens.pdf

Texto na íntegra - Ação Propositiva

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/n75A7rbXjbg6ySKSpB8qkkXqdSqB4wNxd7fY9xshMvC8dZSXfEttRg2UBuTQ/ge09-12und02-acao-propositiva-texto-na-integra.pdf

Enunciado - Atividade Quebra-Cabeça

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HAZPWgnQDD2GNPMxBfaRGg6vZMpWFxNrzZ5vw7zs4MMkqH9kThZAMGR6S9pD/ge09-12und02-acao-propositiva-enunciado-atividade-quebra-cabeca.pdf

Peças (trechos do texto) - Quebra-Cabeça

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jjpCfpr9XxrdtqdkfQCZ85XVjkv3SNwFmmn9fWz8ffG8aEs3bWf2phfz38Pf/ge09-12und02-acao-propositiva-pecas-do-quebra-cabeca.pdf

Imagem da Sistematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/e2WBWYpWsChQePa5WT3E9kUAwtJpPSTap8a7JV64fxYaGhcryDGCKzGsHztt/ge09-12und02-sistematizacao-imagem.pdf

Para você saber mais:

A indústria automobilística

Disponível em: http://www.saopaulo.sp.gov.br/conhecasp/historia/a-industria-automobilistica/ Acesso em 21 abr. 2019.

Setor automobilístico do ABC tem o menor índice produtivo em 2014

Disponível em: http://www.metodista.br/rronline/noticias/2014/10/setor-automobilistico-do-abc-tem-o-menor-indice-produtivo-em-2014 Acesso em 21 abr. 2019.

Com montadoras indo para o interior, região do ABC vai perdendo importância

Disponível em: https://www.jornaldocomercio.com/site/noticia.php?codn=101148 Acesso em 21 abr. 2019.

Fechamento da fábrica da Ford expõe desafios da região do ABC

Disponível em: https://www.valor.com.br/empresas/6128969/fechamento-da-fabrica-da-ford-expoe-desafios-da-regiao-do-abc Acesso em 21 abr. 2019.

ABC encolhe e pode virar região símbolo da desindustrialização no país

Disponível em: https://www.valor.com.br/empresas/6128969/fechamento-da-fabrica-da-ford-expoe-desafios-da-regiao-do-abc Acesso em 21 abr. 2019.

O desemprego estrutural crônico: uma leitura através das charges

Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2005/resumos/R1705-1.pdf Acesso em 21 abr. 2019.

BRASIL SE APROXIMA DO DESEMPREGO ESTRUTURAL

Disponível em: https://www.brasil247.com/pt/247/economia/382375/Brasil-se-aproxima-do-desemprego-estrutural.htm Acesso em 21 abr. 2019.

Guerra fiscal

Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/economia/guerra-fiscal.htm Acesso em 19 abr. 2019.

Governo e indústria avançam em nova regra para IPI de carros

Disponível em: https://www.valor.com.br/brasil/5107814/governo-e-industria-avancam-em-nova-regra-para-ipi-de-carros Acesso em 21 abr. 2019.

IPI - IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS

Disponível em: http://www.portaltributario.com.br/tributos/ipi.html Acesso em 21 abr. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Projete o tema de aula para os alunos ou, caso não seja possível, escreva na lousa ou fale para a turma. Comente que nesta aula vocês vão discutir o desemprego estrutural da região do ABC - SP e suas relações com a urbanização e desindustrialização recente que tem ocorrido por lá. Tendo como modelo essa região, é possível entender, de uma forma macro, tal realidade no Brasil. O grande ABC concentra uma população muito grande que, com a chegada da indústria automobilística, houve um boom no crescimento das cidades, de sua população, decorrente da farta oferta de emprego industrial. De início era uma atividade não tão especializada como os dias de hoje, absorvendo a grande maioria de pessoas que migravam para lá. A partir da década de 1990, a tecnologia industrial se desenvolve substituindo trabalhadores por máquinas e demandando um maior nível de especialização do trabalhador para continuar empregado. Muitos postos de trabalho foram extintos, criando uma massa de desempregados que não voltariam a trabalhar na indústria, pois os empregos já não existiam mais. Como esse processo se generalizou, inclusive com fechamento e transferência de fábricas para outros locais - inclusive outros países - uma massa de pessoas tiveram que se adequar à nova realidade, ou seja, trabalhar em outros setores ou mesmo migrar. Com isso, cidades altamente urbanizadas, como por exemplo, São Bernardo do Campo, começaram a apresentar problemas de cidades grandes, tais como altos índices de violência, falta de estrutura urbana para atender toda a demanda da população e uma concentração de renda cada mais acirrada. Novas legislações trabalhistas, crises econômicas e políticas menos progressistas e sociais agravaram ainda mais o problema.

Como adequar à sua realidade: Se você reside no grande ABC ou numa área industrial trabalhe com os alunos suas realidades a partir de relatos, imprensa local e demandas mais específicas que proporcione uma imersão maior na realidade dos alunos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Nesta etapa do plano é fundamental levantar alguns conhecimentos prévios dos alunos. O gráfico exposto no slide pode ser utilizado para uma sensibilização junto ao tema. Depois de apresentar o tema de aula, peça para os alunos lerem o gráfico, perguntando se o desemprego aumentou ou diminuiu no período compreendido do gráfico. Feito isso, peça que falem um pouco sobre o que é desemprego. Ainda a abordagem (tanto no gráfico quanto na sua fala), não é do desemprego estrutural e sim do desemprego de uma forma geral. É esperado que a grande maioria saiba o que é, mas não na modalidade estrutural. Então pergunte isso e ouça e observa suas opiniões/falas. É importante aqui distinguir o desemprego estrutural de outras formas, pois é nosso tema de aula. Não se esqueça que estamos falando de indústria e esta tem suas especificidades tanto na questão urbanização e desemprego estrutural. Atente-os que não é só um motivo que leva ao desemprego estrutural, mas um conjunto de fatores que se inter relacionam levando ao que observamos no gráfico, por exemplo. Destaque principalmente a questão da substituição do trabalho humano pelas máquinas gerando a diminuição da mão de obra, assim como as novas tecnologias de produção demandando novas especializações do trabalhador.

Material complementar

Gráfico da contextualização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NHGwKWhSjFAdfGnPKmdVe8nhNyDq7SbpkZYX5VSyXMpxqReWnTErqQQcYJm2/ge09-12und02-contextualizacao-grafico.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Como já dito nesta aula, o desemprego estrutural pode ter muitos motivos para acontecer. Sabendo que não podemos esgotar o assunto nesse momento, explore as imagens com os alunos antes de propor a pergunta exposta no slide. Algumas sugestões de perguntas a serem feitas:

1- O que está representado nas duas imagens?

2- Elas acontecem em tempos diferentes? Explique.

3- Quais as diferenças principais entre as duas imagens?

É esperado que os alunos entendam que as imagens representam uma linha de produção industrial, em tempos diferentes. Isso é claro não só pela qualidade das imagens (colorida e preto e branco), mas pela presença e ausência de pessoas na linha de montagem de determinado produto industrial. Certamente perceberão que o trabalho humano foi substituído pelas máquinas, num movimento histórico de desenvolvimento de novas tecnologias, tal como a robótica industrial. Na sequência, explore a pergunta do slide, observando se realmente eles entenderam a substituição do trabalho humano por máquinas, gerando o desemprego estrutural. E é estrutural também pois esses postos de trabalho, tomado pelas máquinas, nunca serão repostos novamente. Cabe ao trabalhador se adaptar e arrumar outros tipos de trabalho. Mas isso gera incertezas, gerando uma massa de desempregados no meio urbano, dificultando ainda mais a vida nas cidades. E, em parte, esse fator foi preponderante na desindustrialização da região do ABC, onde as indústrias migraram para polos de tecnologia mais modernos, distribuídos pelo Brasil e pelo mundo, com condições mais favoráveis às novas instalações (redução de impostos, doação de terras para a construção da fábrica, trabalhadores menos organizados e não sindicalizados, mão de obra mais barata, etc.

Material complementar

Imagens da Problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mNKZSWDQJBcyGwsMNugCB4X9meuWH2SMwqmu5m843tR6dRmENsqcXUJTW52G/ge09-12und02-problematizacao-imagens.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos

Orientações: A atividade proposta visa o entendimento de trechos de um texto jornalístico com um aspecto lúdico, ou seja, que os alunos se interessem pela leitura objetivando resolver o enigma, ou seja, o quebra-cabeça. Ela consiste na leitura de um texto, dividido em 5 partes menores. Ao final, o intuito é que os grupos debatam o texto por completo. O texto disponibilizado para os alunos é uma matéria jornalística que versa sobre a questão do desemprego estrutural, discutido por especialistas na área. Ele está disponível na íntegra no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/n75A7rbXjbg6ySKSpB8qkkXqdSqB4wNxd7fY9xshMvC8dZSXfEttRg2UBuTQ/ge09-12und02-acao-propositiva-texto-na-integra.pdf

As 5 partes da matéria jornalística em questão, que serão trabalhadas na Ação Propositiva estão disponíveis no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jjpCfpr9XxrdtqdkfQCZ85XVjkv3SNwFmmn9fWz8ffG8aEs3bWf2phfz38Pf/ge09-12und02-acao-propositiva-pecas-do-quebra-cabeca.pdf

Apresente as orientações do slide, imprima ou escreva na lousa se assim preferir. Não esqueça de orientá-los no restante da atividade, seguindo o enunciado que está alocado no link abaixo:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HAZPWgnQDD2GNPMxBfaRGg6vZMpWFxNrzZ5vw7zs4MMkqH9kThZAMGR6S9pD/ge09-12und02-acao-propositiva-enunciado-atividade-quebra-cabeca.pdf

De início, é orientar os alunos a ler e debater suas peças do quebra-cabeça, anotando no caderno os principais pontos de acordo com o que foi abordado na aula até então. Na sequência reorganizar os grupos para que os debates sejam coletivizados entre os grupos, gerando reflexões junto à temática, montando o quebra-cabeça, de modo que cada novo grupo deverá ser composto por um aluno que leu e debateu o trecho 1, um aluno que leu e debateu o trecho 2, e assim sucessivamente. Nessa segunda etapa, os alunos serão responsáveis pela aprendizagem dos colegas, uma vez que terão a oportunidade de apresentar a sua peça, ao passo que todos os integrantes do grupo tomem conhecimento do conteúdo proposto. Nesse sentido, ao final da atividade, os grupos terão debatido todo o texto e montado o quebra-cabeça.

Os debates, reflexões e eventuais proposições poderão ser discutidas na etapa da Sistematização a seguir.

Para você saber mais:

A atividade “Quebra-cabeça” está disponível no livro A Sala de Aula Inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo, de Fausto Camargo e Thuine Daros, publicado pela Editora Penso, em 2018. O livro faz parte da série Desafios da Educação.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: A partir da atividade do quebra-cabeça, os alunos foram desafiados a montar uma ideia a partir de peças que estavam recortadas, assim como o jogo proposto. O texto em questão versa sobre as consequências da robótica no mercado de trabalho industrial, indicando que o desemprego estrutural em si não acontece somente por isso. Sendo eles alunos de 9º ano, bem próximos a uma nova fase que é o Ensino Médio, é importante que estabeleçam opiniões contraditórias e críticas em relação ao que foi abordado. Por isso a importância de uma discussão entre eles, a partir de uma leitura específica sobre a temática. É esperado que os alunos reconheçam a importância da discussão sobre o desemprego, associando suas causas e consequências a diversas fatores, tais como as trabalhadas mais especificamente nesta aula (o modelo de desindustrialização do grande ABC, a substituição do trabalho humano pelas máquinas e algumas consequências na relação com o processo de urbanização). Deixe claro que a região do ABC foi trabalhada nessa aula por se mostrar como um berço da industrialização no Brasil, com uma alta taxa de urbanização de suas cidades ao longo desse processo e sua consequente desindustrialização com o aparecimento do desemprego, em sua forma mais intensa e cruel, o estrutural.

Lance a pergunta exposta no slide, escutando algumas opiniões e se antecipando para ampliar o conhecimento sobre a temática em novas discussões desse debate, que podem ocorrer nas próximas aulas.

Material complementar

Imagem da Sistematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/e2WBWYpWsChQePa5WT3E9kUAwtJpPSTap8a7JV64fxYaGhcryDGCKzGsHztt/ge09-12und02-sistematizacao-imagem.pdf

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Mundo do trabalho do 9º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09GE12 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano