17517
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 8º ano > O sujeito e seu lugar no mundo

Plano de aula - O Êxodo venezuelano

Plano de aula de Geografia com atividades para 8º ano do Fundamental sobre compreender o êxodo recente da população venezuelana para países da América do Sul.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Leandro Campelo

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE01 de Geografia que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. O objetivo principal desta aula é fazer com que os alunos entendam os principais motivos que levaram milhões de venezuelanos deixarem seu país e procurarem abrigo em outros países da América do Sul.

Materiais necessários: Cartolina, post-it (pode ser substituído por pedaços de papel e cola), lápis, borracha, caneta e canetinhas.

Material complementar:

Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zN7AnhJadCPckQ96X29NkT86fGvhdWHDpwCJba99Y9YYW2TMdbjfgz4hpWCW/geo8-01und03-contextualizacao.pdf

Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WrRJw7qbdPcn5kYckXt5H7SE3wPtHxx9prTxuwz7cENaHkvNYjfJ8gf8CJPe/geo8-01und03-problematizacao.pdf

Ação Propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/hX8CrnvdNdBFVaXmu8A2RArWWHPDMFesjgrUfKEjPkWrBjsEq4tsasyVNu9B/geo8-01und03-acao-propositiva.pdf

Mapeamento conceitual na prática: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EEG9XF2rAZYhNsyfcBNt2tqkQrcx6R2JApM5zGWz582fXpXgqTytHWwDJ6fc/geo8-01und03-mapeamento-conceitual-na-pratica.pdf

Para você saber mais:

Como os países vizinhos têm reagido à chegada de milhares de imigrantes da Venezuela. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/2018/08/20/como-os-paises-vizinhos-tem-reagido-a-chegada-de-milhares-de-imigrantes-da-venezuela.ghtml>. Acesso em: 18 fev 2019.

CORAZZA, Felipe; MESQUITA, Lígia. BBC News. Crise na Venezuela: o que levou o país vizinho ao colapso econômico e à maior crise de sua história. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-45909515>. Acesso em: 18 fev 2019.

COSTA, Emily; BRANDÃO, Inaê; OLIVEIRA, Valéria. Fuga da fome: como a chegada de 40 mil venezuelanos transformou Boa Vista.

G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/fuga-da-fome-como-a-chegada-de-40-mil-venezuelanos-transformou-boa-vista.ghtml>. Acesso em: 20 fev. 2019.

NOVAK, Joseph; CAÑAS, Alberto. A teoria subjacente aos mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Neste artigo aprenda sobre os mapas conceituais. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v.5, n.1, p. 9-29 , jan.-jun. 2010.

Disponível em: <http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/1298/944>. Acesso em: 20 fev 2019.

O legado de Chávez: os prós e os contras. BBC News. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2013/03/130306_chavez_argumentos_pro_contra_rw.shtml>. Acesso em: 21 fev 2019.

PEREIRA, André Paulo dos Santos. A imigração venezuelana em Roraima e o risco da explosão demográfica. Estadão. Disponível em: <https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/a-imigracao-venezuelana-em-roraima-e-o-risco-da-explosao-demografica/>. Acesso em: 19 fev 2019.

- Mapas conceituais: são ferramentas gráficas para a organização e representação do conhecimento. Eles incluem conceitos, geralmente dentro de círculos ou quadros de alguma espécie, e relações entre conceitos, que são indicadas por linhas que os interligam (proposições). As palavras sobre essas linhas, que são palavras ou frases de ligação, especificam os relacionamentos entre dois conceitos.
- Proposição: São dois conceitos conectados por palavras de ligação ou frase para compor uma afirmação com sentido. Duas ou mais proposições formam um mapa conceitual.
- Migração: é o deslocamento de pessoas dentro de um espaço geográfico, pode ser temporário ou permanente.
- Emigrante: é a pessoa que deixa (sai) um lugar de origem com destino a outro lugar.
- Imigrante: é o indivíduo que chega (entra) em um determinado lugar para nele viver.
- Brainstorming: é uma tempestade de ideias, uma técnica para trabalhar em grupos. Neste caso, os alunos vão responder por que as pessoas migram, anote no quadro estas respostas em forma de conceito, por exemplo: fome, guerra, trabalho, política, etc.

- Êxodo: ocorre quando ocorre a saída de um grupo de pessoas ou parte de uma nação de uma área para outra.

- Bélico: referente à guerra.

Contextos prévios: Dinâmica populacional conteúdo do 7º ano (habilidade EF07GE02 da BNCC).

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Escreva no quadro ou projete o tema da aula e peça aos alunos que reflitam sobre. Solicite que os alunos respondam a pergunta e faça um Brainstorming no quadro com as palavras ditas pelos alunos (por exemplo, fome, desastres naturais, perseguição política, perseguição religiosa, qualidade de vida, estudo, bélicas, desemprego, etc). O importante é deixar claro para os alunos que existem diversos motivos que levam as pessoas a migrarem. Não apague o Brainstorming, deixe-o no quadro ou use papel kraft A3, deixe-o num local visível para os alunos. Adicione conceitos e palavras com o avançar da aula.

Nessa aula os alunos vão criar mapas conceituais, apesar da técnica de parecer ser simples, seria interessante o professor criar um mapa conceitual sobre o tema da aula para vivenciar a experiência antes de fazer com os alunos.

Como adequar à sua realidade: Procure nos jornais e revistas da sua região notícias de venezuelanos que chegaram na sua cidade ou no seu estado e se julgar adequado você pode adaptar essa aula e trabalhar com estas notícias para se aproximar da realidade do seus alunos. Outra possibilidade é pesquisar sobre haitianos ou africanos que vieram para o Brasil.

Para você saber mais:

- Migração: é o deslocamento de pessoas dentro de um espaço geográfico, pode ser temporário ou permanente.
- Mapas conceituais: são ferramentas gráficas para a organização e representação do conhecimento. Eles incluem conceitos, geralmente dentro de círculos ou quadros de alguma espécie, e relações entre conceitos, que são indicadas por linhas que os interligam (proposições). As palavras sobre essas linhas, que são palavras ou frases de ligação, especificam os relacionamentos entre dois conceitos.
- Brainstorming: é uma tempestade de ideias, uma técnica para trabalhar em grupos. Neste caso, os alunos vão responder por que as pessoas migram, anote no quadro estas respostas em forma de conceito, por exemplo: fome, guerra, trabalho, política, etc.

- Bélico: referente à guerra.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Apresente o mapa para os alunos (projete no quadro ou faça cópias). Leia o título e as caixas de texto com os alunos. Converse com eles sobre o tema êxodo venezuelano para os países da América do Sul, veja os conhecimentos prévios deles sobre o tema. Pergunte para eles se conhecem outras migrações que ocorrem na América do Sul. Se eles não lembrarem de nenhuma, comente sobre a migração de haitianos para o Brasil a partir de 2010, ou mesmo a imigração de peruanos, bolivianos muito comum para a cidade de São Paulo. Pergunte também:

  • Por que a Venezuela está em crise?
  • Por que tal crise leva a milhões de pessoas deixarem o país?

Aproveite para explicar de forma sucinta a crise na Venezuela e o que gerou a imigração recente dos venezuelanos, da seguinte forma: a crise não começou agora, já se arrasta por vários anos, dados mostram que em 2018 os venezuelanos perderam 11 quilos em média; a inflação ultrapassou 2500% em 2017; a escassez de remédio supera os 85%. Além desses dados alarmantes, a violência esvazia as cidades durante a noite, a criminalidade se tornou uma das maiores do mundo, com 27.000 assassinatos em 2017. O PIB venezuelano despencou em 37% entre 2013 e 2017, recentemente, a ONU informou que 3 milhões deixaram o país nos últimos anos.

Os dados acima mostram os problemas que levaram muitos abandonarem a Venezuela. De acordo com alguns especialistas, cinco motivos principais desencadearam esta situação:

  • Crise do petróleo: após a queda do preço do barril em 2014, o país passou a ter problemas financeiros pois o petróleo é o principal produto;
  • Forte dependência das importações: com o setor industrial atrasado em diversos aspectos, o país dependia muito de importações, por exemplo, no ramo farmacêutico;
  • Hiperinflação: com a moeda cada vez valendo menos, a renda foi pulverizada e o índice de pessoas na linha de pobreza atingiu 87%;
  • Crise política: muitos países não aceitam mais Maduro, o líder oposicionista Juan Guaidó já foi reconhecido como presidente interino por vários países. Vale ressaltar que Maduro é seguidor de Chávez, portanto, tem um viés mais próximo dos governos de esquerda. Lula e Dilma se aproximaram muito da Venezuela. Agora, no Brasil, com um governo com interesses diferente dos anteriores, rapidamente o presidente jair Bolsonaro reconheceu o oposicionista Juan Guaidó como presidente interino;
  • Controle da imprensa e militares: veículos de comunicação que faziam oposição ao governo foram comprados por chavistas, os militares participam ativamente do governo e possuem muitos cargos, sem falar das torturas feitas pelas forças de segurança. Mas é importante não trabalhar apenas esta visão da Venezuela. Especialistas também consideram que durante o período de Hugo Chávez (1999-2013) a desigualdade caiu gradualmente no país. Outro ponto positivo é que a Venezuela controla seus recursos naturais, o que é fundamental para a soberania de um país. Chávez concentrou muito dinheiro de seus governos em programas de assistência aos pobres, promoveu as chamadas "missões" para combater problemas críticos como o analfabetismo ou a mortalidade infantil.

Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zN7AnhJadCPckQ96X29NkT86fGvhdWHDpwCJba99Y9YYW2TMdbjfgz4hpWCW/geo8-01und03-contextualizacao.pdf

Para você saber mais:

- Crise na Venezuela: o que levou o país vizinho ao colapso econômico e à maior crise de sua história

Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-45909515 Acesso em 18 de fevereiro de 2019.

- O legado de Chávez: os prós e os contras

Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2013/03/130306_chavez_argumentos_pro_contra_rw.shtml Acesso em: 21 de fevereiro de 2019.

- Imigrante: é o indivíduo que chega (entra) em um determinado lugar para nele viver.

- Êxodo: ocorre quando ocorre a saída de um grupo de pessoas ou parte de uma nação de uma área para outra.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Projete o infográfico ou imprima cópias para os alunos.

Você pode também escolher uma reportagem recente que trate sobre a imigração de venezuelanos para o Brasil. Leia o título e o subtítulo do infográfico. Comente que o estado de Roraima não está ligado ao sistema nacional elétrico, é abastecido pela produção elétrica da Venezuela e convive com apagões que têm se tornado mais frequentes conforme a tensão aumenta no país vizinho.

Em fevereiro de 2019, o governo de Maduro fechou a fronteira com o Brasil, aumentando mais a crise da Venezuela. Mostre de onde vem alguns venezuelanos que chegaram em Boa Vista. Alerte para o pedido de refugiados que disparou de 2016 para 2017; 58,28% são homens e 41,72% são mulheres; a idade média dos imigrantes é de 25 anos, segundo a Polícia Federal. Faça perguntas para os alunos como:

  • Quais são as implicações destes números para a cidade de Boa Vista?
  • O que o governo brasileiro deve fazer para ajudar os venezuelanos?

O tema é polêmico cuidado para não entrar em discussões que fujam do objetivo da aula. Procure mostrar para os alunos os dois lados, sem tomar partido, mostre que os venezuelanos estão numa situação muito difícil e que a população da cidade de Boa Vista pode enfrentar problemas com o crescimento de moradores na cidade, por exemplo, o sistema de saúde do município pode não dar conta de atender muitas pessoas.

Para você saber mais:

COSTA, Emily; BRANDÃO, Inaê; OLIVEIRA, Valéria. Fuga da fome: como a chegada de 40 mil venezuelanos transformou Boa Vista.

G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/fuga-da-fome-como-a-chegada-de-40-mil-venezuelanos-transformou-boa-vista.ghtml>. Acesso em: 20 fev. 2019.

Como adequar à sua realidade: Procure uma reportagem que analise casos na sua cidade, ou no seu estado. Caso não encontre, procure do estado mais próximo. Destaque que algumas pessoas que moram na sua cidade são imigrantes, vieram de outros países, não necessariamente da Venezuela. O professor pode enriquecer a aula se conhecer algum caso ou até mesmo se pesquisar em jornais e revistas da região.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Apresente o mapa conceitual para os alunos, use um projetor, faça cópias para os alunos, ou escreva no quadro.

Explique a técnica de mapeamento conceitual. Fale da importância de uma pergunta focal para delimitar o tema, mostre o que é uma proposição (Migrações ??? são motivadas por causas ? Econômicas) e que a frase de ligação deve conter um verbo para ficar claro a relação entre dois conceitos. O uso das setas para formar uma proposição é fundamental. Para exemplificar, segue abaixo o link para o arquivo "Mapeamento conceitual na prática", é um exemplo prático criado por aluno sobre outro tema.

Aproveite para explicar novamente, mas de forma sucinta, os motivos que levam à migração. Use no máximo 5 minutos nesta etapa.

Separe os alunos em grupos (no máximo 04 alunos). Entregue uma cartolina e pelo menos 10 Post-it para cada grupo (caso não tenha, use o papel A4, corte em pedaços pequenos assim os alunos podem colar estes papéis nas cartolinas). Solicite aos alunos que escolham pelo menos 06 conceitos e no máximo 8 conceitos daqueles que estão no quadro (ou outros que eles julgarem necessário para o mapa conceitual). Em grupo eles devem usar lápis, caneta, canetinha, borracha para criar um mapa conceitual usando os conceitos escolhidos pelo grupo. Crie uma pergunta focal para o mapa conceitual, escreva no quadro, por exemplo:

  • Quais são as consequências da crise na Venezuela para a migração na América do Sul?
  • Ou, quais são os impactos na economia da Venezuela com a saída de milhões de pessoas?

Pense na melhor pergunta focal para a sua classe, que atenda o que você conseguiu trabalhar com seus alunos. Enquanto os alunos trabalham na criação do mapa conceitual, acompanhe os grupos lembrando-os para respeitar as técnicas de mapeamento conceitual (pergunta focal, proposição, uso do verbo e de setas). O Post-it é bom para este tipo de atividade pois facilita a mudança do conceito de um lugar para outro, durante a elaboração do mapa conceitual.

Uma outra possibilidade é criar os mapas conceituais usando o programa CmapTools disponível para download em: https://cmap.ihmc.us/cmaptools/cmaptools-download/ Acesso em 24 de fevereiro de 2019.

No entanto, sua escola precisa ter laboratório de informática e será necessário instalar o programa. Seria necessário tempo para treinar os alunos antes desta aula, para que fosse possível usar este programa.

Ação Propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/hX8CrnvdNdBFVaXmu8A2RArWWHPDMFesjgrUfKEjPkWrBjsEq4tsasyVNu9B/geo8-01und03-acao-propositiva.pdf

Mapeamento conceitual na prática: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EEG9XF2rAZYhNsyfcBNt2tqkQrcx6R2JApM5zGWz582fXpXgqTytHWwDJ6fc/geo8-01und03-mapeamento-conceitual-na-pratica.pdf

Para você saber mais:

NOVAK, Joseph; CAÑAS, Alberto. A teoria subjacente aos mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Neste artigo aprenda sobre os mapas conceituais. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v.5, n.1, p. 9-29 , jan.-jun. 2010.

Disponível em: <http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/1298/944>. Acesso em: 20 fev 2019.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Apresente o mapa conceitual para os alunos, use um projetor, faça cópias para os alunos, ou escreva no quadro.

Explique a técnica de mapeamento conceitual. Fale da importância de uma pergunta focal para delimitar o tema, mostre o que é uma proposição (Migrações ??? são motivadas por causas ? Econômicas) e que a frase de ligação deve conter um verbo para ficar claro a relação entre dois conceitos. O uso das setas para formar uma proposição é fundamental. Para exemplificar, segue abaixo o link para o arquivo "Mapeamento conceitual na prática", é um exemplo prático criado por aluno sobre outro tema.

Aproveite para explicar novamente, mas de forma sucinta, os motivos que levam à migração. Use no máximo 5 minutos nesta etapa.

Separe os alunos em grupos (no máximo 04 alunos). Entregue uma cartolina e pelo menos 10 Post-it para cada grupo (caso não tenha, use o papel A4, corte em pedaços pequenos assim os alunos podem colar estes papéis nas cartolinas). Solicite aos alunos que escolham pelo menos 06 conceitos e no máximo 8 conceitos daqueles que estão no quadro (ou outros que eles julgarem necessário para o mapa conceitual). Em grupo eles devem usar lápis, caneta, canetinha, borracha para criar um mapa conceitual usando os conceitos escolhidos pelo grupo. Crie uma pergunta focal para o mapa conceitual, escreva no quadro, por exemplo:

  • Quais são as consequências da crise na Venezuela para a migração na América do Sul?
  • Ou, quais são os impactos na economia da Venezuela com a saída de milhões de pessoas?

Pense na melhor pergunta focal para a sua classe, que atenda o que você conseguiu trabalhar com seus alunos. Enquanto os alunos trabalham na criação do mapa conceitual, acompanhe os grupos lembrando-os para respeitar as técnicas de mapeamento conceitual (pergunta focal, proposição, uso do verbo e de setas). O Post-it é bom para este tipo de atividade pois facilita a mudança do conceito de um lugar para outro, durante a elaboração do mapa conceitual.

Uma outra possibilidade é criar os mapas conceituais usando o programa CmapTools disponível para download em: https://cmap.ihmc.us/cmaptools/cmaptools-download/ Acesso em 24 de fevereiro de 2019.

No entanto, sua escola precisa ter laboratório de informática e será necessário instalar o programa. Seria necessário tempo para treinar os alunos antes desta aula, para que fosse possível usar este programa.

Ação Propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/hX8CrnvdNdBFVaXmu8A2RArWWHPDMFesjgrUfKEjPkWrBjsEq4tsasyVNu9B/geo8-01und03-acao-propositiva.pdf

Mapeamento conceitual na prática: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EEG9XF2rAZYhNsyfcBNt2tqkQrcx6R2JApM5zGWz582fXpXgqTytHWwDJ6fc/geo8-01und03-mapeamento-conceitual-na-pratica.pdf

Para você saber mais:

NOVAK, Joseph; CAÑAS, Alberto. A teoria subjacente aos mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Neste artigo aprenda sobre os mapas conceituais. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v.5, n.1, p. 9-29 , jan.-jun. 2010.

Disponível em: <http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/1298/944>. Acesso em: 20 fev 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Para finalizar, faça o sorteio de três grupos para apresentarem seus mapas conceituais. Cada grupo terá dois minutos. Os grupos devem apresentar de forma sucinta para a turma os conceitos escolhidos e as proposições criadas. O esperado é que, ao fim desta aula, eles consigam relacionar com clareza os principais conceitos ou termos envolvidos na crise da Venezuela e as consequências de uma imigração para países da América do Sul, principalmente da chegada dos imigrantes venezuelanos no Brasil.

Entender também as complexidades que ocorrem nas migrações tanto para os países que recebem imigrantes quanto para os que perdem emigrantes. Comente os mapas conceituais e reforce a ideia da importância de entender a relação entre os conceitos. Nos mapas conceituais devem aparecer diversas palavras relacionadas com a crise na Venezuela, como: crise econômica, alimentação, fome, moradia, violência, segurança, migração, imigrantes, fronteira, desemprego, insegurança, xenofobia, etc. Espera-se que, após esta aula, os alunos sejam estimulados a criar relações mais coerentes sobre um determinado tema estudado, pois o mapa conceitual promove isto.

Se for pertinente e sobrar tempo, sorteie outro grupo para apresentar o trabalho. É importante dar uma devolutiva dos mapas conceituais, isto pode ser feito através de um texto e entregue aos grupos na próxima aula. Para esta devolutiva dê dicas sobre a técnica de mapeamento conceitual e sobre o conteúdo estudado.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE01 de Geografia que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. O objetivo principal desta aula é fazer com que os alunos entendam os principais motivos que levaram milhões de venezuelanos deixarem seu país e procurarem abrigo em outros países da América do Sul.

Materiais necessários: Cartolina, post-it (pode ser substituído por pedaços de papel e cola), lápis, borracha, caneta e canetinhas.

Material complementar:

Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zN7AnhJadCPckQ96X29NkT86fGvhdWHDpwCJba99Y9YYW2TMdbjfgz4hpWCW/geo8-01und03-contextualizacao.pdf

Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WrRJw7qbdPcn5kYckXt5H7SE3wPtHxx9prTxuwz7cENaHkvNYjfJ8gf8CJPe/geo8-01und03-problematizacao.pdf

Ação Propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/hX8CrnvdNdBFVaXmu8A2RArWWHPDMFesjgrUfKEjPkWrBjsEq4tsasyVNu9B/geo8-01und03-acao-propositiva.pdf

Mapeamento conceitual na prática: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EEG9XF2rAZYhNsyfcBNt2tqkQrcx6R2JApM5zGWz582fXpXgqTytHWwDJ6fc/geo8-01und03-mapeamento-conceitual-na-pratica.pdf

Para você saber mais:

Como os países vizinhos têm reagido à chegada de milhares de imigrantes da Venezuela. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/2018/08/20/como-os-paises-vizinhos-tem-reagido-a-chegada-de-milhares-de-imigrantes-da-venezuela.ghtml>. Acesso em: 18 fev 2019.

CORAZZA, Felipe; MESQUITA, Lígia. BBC News. Crise na Venezuela: o que levou o país vizinho ao colapso econômico e à maior crise de sua história. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-45909515>. Acesso em: 18 fev 2019.

COSTA, Emily; BRANDÃO, Inaê; OLIVEIRA, Valéria. Fuga da fome: como a chegada de 40 mil venezuelanos transformou Boa Vista.

G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/fuga-da-fome-como-a-chegada-de-40-mil-venezuelanos-transformou-boa-vista.ghtml>. Acesso em: 20 fev. 2019.

NOVAK, Joseph; CAÑAS, Alberto. A teoria subjacente aos mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Neste artigo aprenda sobre os mapas conceituais. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v.5, n.1, p. 9-29 , jan.-jun. 2010.

Disponível em: <http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/1298/944>. Acesso em: 20 fev 2019.

O legado de Chávez: os prós e os contras. BBC News. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2013/03/130306_chavez_argumentos_pro_contra_rw.shtml>. Acesso em: 21 fev 2019.

PEREIRA, André Paulo dos Santos. A imigração venezuelana em Roraima e o risco da explosão demográfica. Estadão. Disponível em: <https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/a-imigracao-venezuelana-em-roraima-e-o-risco-da-explosao-demografica/>. Acesso em: 19 fev 2019.

- Mapas conceituais: são ferramentas gráficas para a organização e representação do conhecimento. Eles incluem conceitos, geralmente dentro de círculos ou quadros de alguma espécie, e relações entre conceitos, que são indicadas por linhas que os interligam (proposições). As palavras sobre essas linhas, que são palavras ou frases de ligação, especificam os relacionamentos entre dois conceitos.
- Proposição: São dois conceitos conectados por palavras de ligação ou frase para compor uma afirmação com sentido. Duas ou mais proposições formam um mapa conceitual.
- Migração: é o deslocamento de pessoas dentro de um espaço geográfico, pode ser temporário ou permanente.
- Emigrante: é a pessoa que deixa (sai) um lugar de origem com destino a outro lugar.
- Imigrante: é o indivíduo que chega (entra) em um determinado lugar para nele viver.
- Brainstorming: é uma tempestade de ideias, uma técnica para trabalhar em grupos. Neste caso, os alunos vão responder por que as pessoas migram, anote no quadro estas respostas em forma de conceito, por exemplo: fome, guerra, trabalho, política, etc.

- Êxodo: ocorre quando ocorre a saída de um grupo de pessoas ou parte de uma nação de uma área para outra.

- Bélico: referente à guerra.

Contextos prévios: Dinâmica populacional conteúdo do 7º ano (habilidade EF07GE02 da BNCC).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Escreva no quadro ou projete o tema da aula e peça aos alunos que reflitam sobre. Solicite que os alunos respondam a pergunta e faça um Brainstorming no quadro com as palavras ditas pelos alunos (por exemplo, fome, desastres naturais, perseguição política, perseguição religiosa, qualidade de vida, estudo, bélicas, desemprego, etc). O importante é deixar claro para os alunos que existem diversos motivos que levam as pessoas a migrarem. Não apague o Brainstorming, deixe-o no quadro ou use papel kraft A3, deixe-o num local visível para os alunos. Adicione conceitos e palavras com o avançar da aula.

Nessa aula os alunos vão criar mapas conceituais, apesar da técnica de parecer ser simples, seria interessante o professor criar um mapa conceitual sobre o tema da aula para vivenciar a experiência antes de fazer com os alunos.

Como adequar à sua realidade: Procure nos jornais e revistas da sua região notícias de venezuelanos que chegaram na sua cidade ou no seu estado e se julgar adequado você pode adaptar essa aula e trabalhar com estas notícias para se aproximar da realidade do seus alunos. Outra possibilidade é pesquisar sobre haitianos ou africanos que vieram para o Brasil.

Para você saber mais:

- Migração: é o deslocamento de pessoas dentro de um espaço geográfico, pode ser temporário ou permanente.
- Mapas conceituais: são ferramentas gráficas para a organização e representação do conhecimento. Eles incluem conceitos, geralmente dentro de círculos ou quadros de alguma espécie, e relações entre conceitos, que são indicadas por linhas que os interligam (proposições). As palavras sobre essas linhas, que são palavras ou frases de ligação, especificam os relacionamentos entre dois conceitos.
- Brainstorming: é uma tempestade de ideias, uma técnica para trabalhar em grupos. Neste caso, os alunos vão responder por que as pessoas migram, anote no quadro estas respostas em forma de conceito, por exemplo: fome, guerra, trabalho, política, etc.

- Bélico: referente à guerra.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Apresente o mapa para os alunos (projete no quadro ou faça cópias). Leia o título e as caixas de texto com os alunos. Converse com eles sobre o tema êxodo venezuelano para os países da América do Sul, veja os conhecimentos prévios deles sobre o tema. Pergunte para eles se conhecem outras migrações que ocorrem na América do Sul. Se eles não lembrarem de nenhuma, comente sobre a migração de haitianos para o Brasil a partir de 2010, ou mesmo a imigração de peruanos, bolivianos muito comum para a cidade de São Paulo. Pergunte também:

  • Por que a Venezuela está em crise?
  • Por que tal crise leva a milhões de pessoas deixarem o país?

Aproveite para explicar de forma sucinta a crise na Venezuela e o que gerou a imigração recente dos venezuelanos, da seguinte forma: a crise não começou agora, já se arrasta por vários anos, dados mostram que em 2018 os venezuelanos perderam 11 quilos em média; a inflação ultrapassou 2500% em 2017; a escassez de remédio supera os 85%. Além desses dados alarmantes, a violência esvazia as cidades durante a noite, a criminalidade se tornou uma das maiores do mundo, com 27.000 assassinatos em 2017. O PIB venezuelano despencou em 37% entre 2013 e 2017, recentemente, a ONU informou que 3 milhões deixaram o país nos últimos anos.

Os dados acima mostram os problemas que levaram muitos abandonarem a Venezuela. De acordo com alguns especialistas, cinco motivos principais desencadearam esta situação:

  • Crise do petróleo: após a queda do preço do barril em 2014, o país passou a ter problemas financeiros pois o petróleo é o principal produto;
  • Forte dependência das importações: com o setor industrial atrasado em diversos aspectos, o país dependia muito de importações, por exemplo, no ramo farmacêutico;
  • Hiperinflação: com a moeda cada vez valendo menos, a renda foi pulverizada e o índice de pessoas na linha de pobreza atingiu 87%;
  • Crise política: muitos países não aceitam mais Maduro, o líder oposicionista Juan Guaidó já foi reconhecido como presidente interino por vários países. Vale ressaltar que Maduro é seguidor de Chávez, portanto, tem um viés mais próximo dos governos de esquerda. Lula e Dilma se aproximaram muito da Venezuela. Agora, no Brasil, com um governo com interesses diferente dos anteriores, rapidamente o presidente jair Bolsonaro reconheceu o oposicionista Juan Guaidó como presidente interino;
  • Controle da imprensa e militares: veículos de comunicação que faziam oposição ao governo foram comprados por chavistas, os militares participam ativamente do governo e possuem muitos cargos, sem falar das torturas feitas pelas forças de segurança. Mas é importante não trabalhar apenas esta visão da Venezuela. Especialistas também consideram que durante o período de Hugo Chávez (1999-2013) a desigualdade caiu gradualmente no país. Outro ponto positivo é que a Venezuela controla seus recursos naturais, o que é fundamental para a soberania de um país. Chávez concentrou muito dinheiro de seus governos em programas de assistência aos pobres, promoveu as chamadas "missões" para combater problemas críticos como o analfabetismo ou a mortalidade infantil.

Contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/zN7AnhJadCPckQ96X29NkT86fGvhdWHDpwCJba99Y9YYW2TMdbjfgz4hpWCW/geo8-01und03-contextualizacao.pdf

Para você saber mais:

- Crise na Venezuela: o que levou o país vizinho ao colapso econômico e à maior crise de sua história

Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-45909515 Acesso em 18 de fevereiro de 2019.

- O legado de Chávez: os prós e os contras

Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2013/03/130306_chavez_argumentos_pro_contra_rw.shtml Acesso em: 21 de fevereiro de 2019.

- Imigrante: é o indivíduo que chega (entra) em um determinado lugar para nele viver.

- Êxodo: ocorre quando ocorre a saída de um grupo de pessoas ou parte de uma nação de uma área para outra.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Projete o infográfico ou imprima cópias para os alunos.

Você pode também escolher uma reportagem recente que trate sobre a imigração de venezuelanos para o Brasil. Leia o título e o subtítulo do infográfico. Comente que o estado de Roraima não está ligado ao sistema nacional elétrico, é abastecido pela produção elétrica da Venezuela e convive com apagões que têm se tornado mais frequentes conforme a tensão aumenta no país vizinho.

Em fevereiro de 2019, o governo de Maduro fechou a fronteira com o Brasil, aumentando mais a crise da Venezuela. Mostre de onde vem alguns venezuelanos que chegaram em Boa Vista. Alerte para o pedido de refugiados que disparou de 2016 para 2017; 58,28% são homens e 41,72% são mulheres; a idade média dos imigrantes é de 25 anos, segundo a Polícia Federal. Faça perguntas para os alunos como:

  • Quais são as implicações destes números para a cidade de Boa Vista?
  • O que o governo brasileiro deve fazer para ajudar os venezuelanos?

O tema é polêmico cuidado para não entrar em discussões que fujam do objetivo da aula. Procure mostrar para os alunos os dois lados, sem tomar partido, mostre que os venezuelanos estão numa situação muito difícil e que a população da cidade de Boa Vista pode enfrentar problemas com o crescimento de moradores na cidade, por exemplo, o sistema de saúde do município pode não dar conta de atender muitas pessoas.

Para você saber mais:

COSTA, Emily; BRANDÃO, Inaê; OLIVEIRA, Valéria. Fuga da fome: como a chegada de 40 mil venezuelanos transformou Boa Vista.

G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/fuga-da-fome-como-a-chegada-de-40-mil-venezuelanos-transformou-boa-vista.ghtml>. Acesso em: 20 fev. 2019.

Como adequar à sua realidade: Procure uma reportagem que analise casos na sua cidade, ou no seu estado. Caso não encontre, procure do estado mais próximo. Destaque que algumas pessoas que moram na sua cidade são imigrantes, vieram de outros países, não necessariamente da Venezuela. O professor pode enriquecer a aula se conhecer algum caso ou até mesmo se pesquisar em jornais e revistas da região.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos

Orientações: Apresente o mapa conceitual para os alunos, use um projetor, faça cópias para os alunos, ou escreva no quadro.

Explique a técnica de mapeamento conceitual. Fale da importância de uma pergunta focal para delimitar o tema, mostre o que é uma proposição (Migrações ??? são motivadas por causas ? Econômicas) e que a frase de ligação deve conter um verbo para ficar claro a relação entre dois conceitos. O uso das setas para formar uma proposição é fundamental. Para exemplificar, segue abaixo o link para o arquivo "Mapeamento conceitual na prática", é um exemplo prático criado por aluno sobre outro tema.

Aproveite para explicar novamente, mas de forma sucinta, os motivos que levam à migração. Use no máximo 5 minutos nesta etapa.

Separe os alunos em grupos (no máximo 04 alunos). Entregue uma cartolina e pelo menos 10 Post-it para cada grupo (caso não tenha, use o papel A4, corte em pedaços pequenos assim os alunos podem colar estes papéis nas cartolinas). Solicite aos alunos que escolham pelo menos 06 conceitos e no máximo 8 conceitos daqueles que estão no quadro (ou outros que eles julgarem necessário para o mapa conceitual). Em grupo eles devem usar lápis, caneta, canetinha, borracha para criar um mapa conceitual usando os conceitos escolhidos pelo grupo. Crie uma pergunta focal para o mapa conceitual, escreva no quadro, por exemplo:

  • Quais são as consequências da crise na Venezuela para a migração na América do Sul?
  • Ou, quais são os impactos na economia da Venezuela com a saída de milhões de pessoas?

Pense na melhor pergunta focal para a sua classe, que atenda o que você conseguiu trabalhar com seus alunos. Enquanto os alunos trabalham na criação do mapa conceitual, acompanhe os grupos lembrando-os para respeitar as técnicas de mapeamento conceitual (pergunta focal, proposição, uso do verbo e de setas). O Post-it é bom para este tipo de atividade pois facilita a mudança do conceito de um lugar para outro, durante a elaboração do mapa conceitual.

Uma outra possibilidade é criar os mapas conceituais usando o programa CmapTools disponível para download em: https://cmap.ihmc.us/cmaptools/cmaptools-download/ Acesso em 24 de fevereiro de 2019.

No entanto, sua escola precisa ter laboratório de informática e será necessário instalar o programa. Seria necessário tempo para treinar os alunos antes desta aula, para que fosse possível usar este programa.

Ação Propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/hX8CrnvdNdBFVaXmu8A2RArWWHPDMFesjgrUfKEjPkWrBjsEq4tsasyVNu9B/geo8-01und03-acao-propositiva.pdf

Mapeamento conceitual na prática: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EEG9XF2rAZYhNsyfcBNt2tqkQrcx6R2JApM5zGWz582fXpXgqTytHWwDJ6fc/geo8-01und03-mapeamento-conceitual-na-pratica.pdf

Para você saber mais:

NOVAK, Joseph; CAÑAS, Alberto. A teoria subjacente aos mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Neste artigo aprenda sobre os mapas conceituais. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v.5, n.1, p. 9-29 , jan.-jun. 2010.

Disponível em: <http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/1298/944>. Acesso em: 20 fev 2019.

Slide Plano Aula

Orientações: Apresente o mapa conceitual para os alunos, use um projetor, faça cópias para os alunos, ou escreva no quadro.

Explique a técnica de mapeamento conceitual. Fale da importância de uma pergunta focal para delimitar o tema, mostre o que é uma proposição (Migrações ??? são motivadas por causas ? Econômicas) e que a frase de ligação deve conter um verbo para ficar claro a relação entre dois conceitos. O uso das setas para formar uma proposição é fundamental. Para exemplificar, segue abaixo o link para o arquivo "Mapeamento conceitual na prática", é um exemplo prático criado por aluno sobre outro tema.

Aproveite para explicar novamente, mas de forma sucinta, os motivos que levam à migração. Use no máximo 5 minutos nesta etapa.

Separe os alunos em grupos (no máximo 04 alunos). Entregue uma cartolina e pelo menos 10 Post-it para cada grupo (caso não tenha, use o papel A4, corte em pedaços pequenos assim os alunos podem colar estes papéis nas cartolinas). Solicite aos alunos que escolham pelo menos 06 conceitos e no máximo 8 conceitos daqueles que estão no quadro (ou outros que eles julgarem necessário para o mapa conceitual). Em grupo eles devem usar lápis, caneta, canetinha, borracha para criar um mapa conceitual usando os conceitos escolhidos pelo grupo. Crie uma pergunta focal para o mapa conceitual, escreva no quadro, por exemplo:

  • Quais são as consequências da crise na Venezuela para a migração na América do Sul?
  • Ou, quais são os impactos na economia da Venezuela com a saída de milhões de pessoas?

Pense na melhor pergunta focal para a sua classe, que atenda o que você conseguiu trabalhar com seus alunos. Enquanto os alunos trabalham na criação do mapa conceitual, acompanhe os grupos lembrando-os para respeitar as técnicas de mapeamento conceitual (pergunta focal, proposição, uso do verbo e de setas). O Post-it é bom para este tipo de atividade pois facilita a mudança do conceito de um lugar para outro, durante a elaboração do mapa conceitual.

Uma outra possibilidade é criar os mapas conceituais usando o programa CmapTools disponível para download em: https://cmap.ihmc.us/cmaptools/cmaptools-download/ Acesso em 24 de fevereiro de 2019.

No entanto, sua escola precisa ter laboratório de informática e será necessário instalar o programa. Seria necessário tempo para treinar os alunos antes desta aula, para que fosse possível usar este programa.

Ação Propositiva: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/hX8CrnvdNdBFVaXmu8A2RArWWHPDMFesjgrUfKEjPkWrBjsEq4tsasyVNu9B/geo8-01und03-acao-propositiva.pdf

Mapeamento conceitual na prática: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EEG9XF2rAZYhNsyfcBNt2tqkQrcx6R2JApM5zGWz582fXpXgqTytHWwDJ6fc/geo8-01und03-mapeamento-conceitual-na-pratica.pdf

Para você saber mais:

NOVAK, Joseph; CAÑAS, Alberto. A teoria subjacente aos mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Neste artigo aprenda sobre os mapas conceituais. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v.5, n.1, p. 9-29 , jan.-jun. 2010.

Disponível em: <http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/1298/944>. Acesso em: 20 fev 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Para finalizar, faça o sorteio de três grupos para apresentarem seus mapas conceituais. Cada grupo terá dois minutos. Os grupos devem apresentar de forma sucinta para a turma os conceitos escolhidos e as proposições criadas. O esperado é que, ao fim desta aula, eles consigam relacionar com clareza os principais conceitos ou termos envolvidos na crise da Venezuela e as consequências de uma imigração para países da América do Sul, principalmente da chegada dos imigrantes venezuelanos no Brasil.

Entender também as complexidades que ocorrem nas migrações tanto para os países que recebem imigrantes quanto para os que perdem emigrantes. Comente os mapas conceituais e reforce a ideia da importância de entender a relação entre os conceitos. Nos mapas conceituais devem aparecer diversas palavras relacionadas com a crise na Venezuela, como: crise econômica, alimentação, fome, moradia, violência, segurança, migração, imigrantes, fronteira, desemprego, insegurança, xenofobia, etc. Espera-se que, após esta aula, os alunos sejam estimulados a criar relações mais coerentes sobre um determinado tema estudado, pois o mapa conceitual promove isto.

Se for pertinente e sobrar tempo, sorteie outro grupo para apresentar o trabalho. É importante dar uma devolutiva dos mapas conceituais, isto pode ser feito através de um texto e entregue aos grupos na próxima aula. Para esta devolutiva dê dicas sobre a técnica de mapeamento conceitual e sobre o conteúdo estudado.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE O sujeito e seu lugar no mundo do 8º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08GE01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano