10166
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Matemática > 5º ano > Grandezas e Medidas

Plano de aula - Explorando medidas de capacidade e suas equivalências

Plano de aula de Matemática com atividades para 5º ano do Fundamental sobre medidas de capacidade

Plano 04 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Rosélia Sezerino Fenner,

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Rosélia Sezerino Fenner

Mentor: Fábio Menezes da Silva

Especialista de área: Fernando Barnabé

Habilidade da BNCC

(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas das grandezas; comprimento, área massa, tempo, temperatura e capacidade, recorrendo transformações entre as unidades mais usuais em contextos socioculturais.

Objetivos específicos

Explorar situações comuns do dia a dia envolvendo estimativas de medidas capacidade e suas equivalências.

Conceito-chave

Medidas de capacidade.

Recursos necessários

  • Tiras de papel (várias), pode ser de folha A4 ou papel craft;
  • Atividades impressas em folhas, coladas no caderno ou não;
  • Material reciclável : garrafas de 1 L , 2 L, xícaras de aproximadamente 240 mL, colher (sopa), colher (chá), colher (sobremesa), copos descartáveis ou de plástico de diversos tamanhos (200 mL - 250 mL - 100 mL - 150 mL - 50 mL);
  • Jarra com capacidades diversas;
  • Recipiente com água para experimento;
  • Lápis;
  • Caderno;
  • Borracha.


Tempo sugerido: 2 minutos

Orientação: Leia com os alunos o objetivo da aula. É esse o assunto da aula do dia.

Propósito: Apresentar o objetivo da aula para conhecimento dos alunos.

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientação: Providencie para esta aula, ou peça que os alunos tragam de casa, embalagens como garrafas descartáveis de diversos tamanhos, latas de refrigerante, caixas de leite, frascos vazios de medicamentos, de produtos de limpeza, etc; e recipientes graduados. Além dessas embalagens, providencie copos descartáveis de várias medidas (50 mL - 150 mL - 200 mL - 250 mL - 500 mL).

Inicie a aula projetando o slide para que façam leitura das imagens e do questionamento. Utilize ainda as embalagens que foram trazidas e faça uma reflexão sobre a importância dessa unidade de medida, qual sua função social e, em que situações do dia dia são usadas. Explore também as medidas indicadas em cada embalagem, quanto isso representa.

Divida a sala em grupos de 3 a 4 integrantes. Distribua os recipientes de forma que cada grupo receba uma embalagem maior (garrafa 1 L ou 2 L) e outras menores (copos descartáveis de vários tamanhos, colheres de sopa, chá…)

Antes de realizar o experimento, peça que façam uma estimativa: Quantos copos descartáveis cabem dentro da garrafa de 1L. Anotem tudo no caderno e oriente para que deixem separado o copo que usaram para fazer a estimativa. Proceda dessa forma com outros recipientes que cada grupo recebeu.

Em um lugar apropriado, peça aos alunos que coloquem água nos recipientes menores e transfiram para a garrafa descartável a fim de verificar quantas vezes o conteúdo da embalagem pequena cabe na garrafa e se há sobras.

Anote na lousa os resultados dos grupos em forma de tabela (1L - 4 copos descartáveis de ...mL - 1 000 mL), as informações do experimento, a estimativa do grupo e a capacidade descrita no rótulo.

Análise de forma coletiva os resultados obtidos no experimento e nas estimativas, compare-as, verificando se correspondem à medida estimada. Discutam as hipóteses dos grupos, de forma que todos possam expressar a sua opinião.

Com as informações da lousa, discuta com os alunos conceitos de medida de capacidade: litro - mililitro, que são as mais usuais. Instigue-os para que percebam as diferenças de unidades que se apresentam nas embalagens.

Relacione as medidas menores como copo descartável de 200mL à fração correspondente do litro (200 mL - ? - um de 5 copos , 100 mL - 1/10 - um de dez copos, 250 mL - ¼ - um de quatro copos…). Utilize ainda medidas como xícaras, jarras, colher de sopa, colher de chá, galão de água de 5 L, para que possam estabelecer correspondência, fazendo comparações.

Para conhecimento do professor, no Guia de intervenções há sugestões sobre o histórico das medidas de uma forma geral, este pode ser um assunto importante para que os alunos compreendam o significado das medidas e sua abrangência.

Propósito: Fazer uma retomada sobre a importância social das medidas e analisar a relação entre as medidas de capacidade.

Discuta com a turma:

  • Quantos copos descartáveis você precisou para encher a garrafa?
  • Quanto é a capacidade da garrafa que está impressa na embalagem?
  • Então, qual é a capacidade do copo?
  • Esse copo representa quantas partes da garrafa de 1 litro?
  • Houve alguma sobra de líquido no copo ao encher a garrafa?
  • E para encher uma garrafa de 2 L, quantos copos desses seriam necessários?
  • E se eu usasse esse copo maior, quantos desses você usaria para encher a garrafa de 1 litro? (copo 250mL)
  • Houve alguma sobra no copo? Se sobrou, de quanto você acha que foi essa sobra?
  • Se você utilizou 4 copos para encher a garrafa de 1L, qual é a capacidade do copo?
  • E se você usar o copo de cafezinho, quantos irá precisar para encher esse copo de 250mL?
  • Você consegue fazer essa experiência para me mostrar?
  • Então, qual é a medida desse copinho de cafezinho? (Espera-se que o aluno perceba que em 1 litro ele usou 4 copos de 250 mL - em 1 copo de 250 mL ele vai precisar de 5 copinhos menores, então, 250 : 5 = 5 copinhos menores de 50 mL.)
  • Agora, se a capacidade desse copinho de 50mL cabe 5 vezes no copo de 250 mL, que parte 50 mL representa de 250 mL?
  • E de 1 litro?
  • Então, com quais copos podemos dividir igualmente o conteúdo da garrafa de 1 litro?
  • Você fez o experimento com a colher maior? Quantas colheres maiores você acha que precisa para encher o copinho de cafezinho? Mostre para mim?
  • Você consegue me dizer então qual é a medida da colher de sopa? (Essa experiência é interessante para o aluno analisar a sobra, pois uma colher de sopa equivale a 15 mL, para encher o copinho de 50 mL serão necessárias 3 colheres e mais um pouco. Espera-se que ele perceba que que ao usar 40 colheres, vai sobrar, assim é possível ele estimar de quanto será essa sobra.)
  • Das embalagens que estão à sua frente, quais delas correspondem a mais de um litro?
  • Quais correspondem a menos de meio L?
  • Essas e outras perguntas farão com que o aluno faça correspondência e estabeleça relações entre as unidades de medidas e as partes que as compõem.

Atividade principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientação: Distribua para cada aluno uma cópia da atividade ou, se preferir, pode passar no quadro. Peça que os alunos a leiam e, antes de resolvê-la, façam uma estimativa desse resultado. Anote no caderno para posterior comparação com as verificações. Individualmente, os alunos irão resolvê-la, criando estratégias pessoais de resolução. Quando todos registraram sua estratégia no caderno, agrupe-os em duplas, para que possam analisar, argumentar, explorar e fazer uma checagem das hipóteses de cada um, defendendo seu ponto de vista através da análise do ponto de vista do outro. Primeiro analisem as estimativas, depois as estratégias de resolução.

Questione os alunos em relação às medidas não convencionais, como são essas medidas. Em uma receita, como são apresentadas as medidas dos ingredientes líquidos? (xícaras, colheres, frações, números naturais…).

Para explorar as medidas usuais não convencionais peça que os alunos tragam para a aula vários tipos de receitas a fim de identificar os vários tipos de medidas.

Durante o trabalho em duplas, circule pela sala, observe qual o raciocínio que o aluno utilizou para chegar no resultado. Não faça nenhuma intervenção neste momento, apenas, se necessário, faça perguntas do tipo “ Como você fez para chegar nesse resultado?”, “Por que você acha que da forma como você fez está certo?”. Reserve um tempo para um debate coletivo e deixe que as duplas compartilhem suas ideias, justificando-as. Peça a uma das duplas que vá até a lousa e apresente a forma como solucionou o problema.

Propósito: Resolver uma situação problema envolvendo grandezas mensuráveis no seu dia-a-dia, através de estratégias pessoais de resolução envolvendo estimativas.

Discuta com a turma:

  • Qual foi a primeira informação que vocês analisaram como ponto de partida para solução do problema?
  • A capacidade de meia xícara tem mais de meio litro ou menos? E de uma xícara inteira?
  • Quantos mL tem uma xícara mais meia de leite?
  • Quantas colheres preciso para obter a capacidade de meia xícara?
  • E de uma xícara inteira?
  • Quantos mL há em uma colher?
  • E em 16 colheres? E em 24 colheres?
  • Quanto falta para que uma colher (sopa) tenha a mesma capacidade da xícara?
  • Quantos mL faltam para que a xícara tenha a mesma capacidade de um litro?
  • Se eu quiser encher 4 xícaras de leite com um litro de leite, sobrará ou, faltará leite? Quanto?

Materiais complementares

Atividade para impressão

Resolução da Atividade principal

Guia de intervenção

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após todos compartilharem suas opiniões e estratégias, passe para a série de slides a seguir.

Nestes slides os alunos verão algumas formas para mensurar grandezas usuais, relacionando as medidas às unidades do L e mL.

Faça um esquema no quadro apresentando passo-a-passo as estratégias de resolução, ou se preferir projete os slides a seguir para refletirem coletivamente sobre os resultados.

Nesta forma de resolução é possível explorar ainda os conceitos sobre frações. No exemplo acima, foi abordada a ideia subtrativa.

Em relação às operações com frações é importante que cada termo da operação tenha significado. É preciso relacionar a fração ½, por exemplo, à metade do leite que há na xícara, terá mais significado para o aluno. Ao dividir a xícara de leite em partes está sendo explorado uma grandeza contínua. Importante lembrar ainda que a expressão escrita deve sempre acompanhar a linguagem matemática.

Através dessa tabela os alunos poderão relacionar 1 colher de sopa representa uma quantidade menor em relação à xícara (1/16 - uma das dezesseis partes que a xícara foi dividida).

Já no final no tabela, essas dezesseis partes da colher formam o inteiro que foi dividido, ou seja, uma xícara.

Este momento é oportuno para abordar esse assunto, pois as medidas de capacidade estão muito relacionadas ao conceito de fração. Nas receitas estão expressas quantidades como ½ xícara de leite ou ¼ L de leite, etc.

Propósito: Discutir com o aluno as possibilidades de solução para a atividade realizada.

Discuta com a turma:

  • Onde há mais leite, em uma xícara ou em 16 colheres?
  • Qual é a quantidade de leite que há em 16 colheres (sopa)?
  • Qual a relação que existe entre a fração 1/16 e o número natural 16?

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Neste caso o aluno irá compreender que trata-se de uma divisão. Dividi uma xícara em 16 partes para obter a quantidade desejada.

Propósito: Discutir com os alunos diferentes formas de resolução.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: A tabela é uma sequência da apresentada anteriormente. Aqui o aluno poderá visualizar na tabela que ½ xícara corresponde a 8 colheres - 120 mL, metade de 16 colheres e de 240 mL. Portanto, 16 colheres (240 mL) + 8 colheres (120 mL) = 360 mL, que corresponde a 24 colheres.

Propósito: Refletir com o aluno diferentes formas de resolver um problema.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: A tabela é uma sequência da apresentada anteriormente. Aqui o aluno poderá visualizar na tabela que ½ xícara corresponde a 8 colheres - 120 mL, metade de 16 colheres e de 240 mL. Portanto, 16 colheres (240 mL) + 8 colheres (120 mL) = 360 mL, que corresponde a 24 colheres.

Propósito: Refletir com o aluno a organização das ideias em um esquema.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: O resultado aqui expresso pode ser confirmado também na tabela.

Propósito: Sugerir outra forma de resolução da pergunta do problema.

Discussão das soluções. select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: O resultado aqui expresso pode ser confirmado também na tabela. Esse cálculo é efetuado através da multiplicação de um número decimal, onde 0,5 representa metade da medida tomada.

Propósito: Discutir com o aluno diferentes estratégias de resolução.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Nesta divisão o aluno vai estabelecer correspondências. Observando as divisões entenderá que 15 mL, é a capacidade da colher que “cabe” 16 vezes em uma xícara. Reflita com os alunos sobre a quantidade de colheres que é possível obter com 1 ½ xícara, como será essa divisão? Quantos mililitros corresponde essa medida?

Explore com os alunos as equivalências entre as medidas - 15 mL equivale a ? de ½ ou 1/16 de 1 inteiro.

Ao entender essas correspondências, o conceito de frações terá um significado maior para o aluno.

Propósito: Mostrar ao aluno as equivalências entre as unidades de medidas de capacidade.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Nesta divisão o aluno vai estabelecer correspondências. Observando as divisões entenderá que 15 mL, é a capacidade da colher que “cabe” 16 vezes em uma xícara. Reflita com os alunos sobre a quantidade de colheres que é possível obter com 1 ½ xícara, como será essa divisão? Quantos mililitros corresponde essa medida?

Explore com os alunos as equivalências entre as medidas - 15 mL equivale a ? de ½ ou 1/16 de 1 inteiro.

Ao entender essas correspondências, o conceito de frações terá um significado maior para o aluno.

Propósito: Mostrar ao aluno as equivalências entre as unidades de medidas de capacidade.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: A tabela apresentada neste slide, retomada os submútiplos das medidas de capacidade.

Essa informação é importante para que o aluno possa compreender a representação dessa medida na forma decimal - 240 mL ou 0,240 mL. Na tabela ele pode observar o “0” representado na ordem do “litro”. Isso significa que em 240 mL, não há uma unidade inteira do litro, sendo assim, representado na forma decimal como o “0”, precedido pela vírgula que separa as unidades inteiras.

Cartazes com os múltiplos e submúltiplos das medidas podem ficar disponíveis na sala para consulta.

Propósito: Discutir com os alunos a representação da medida em um número decimal.

Discussão das soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: A tabela apresentada neste slide, retomada os submútiplos das medidas de capacidade.

Essa informação é importante para que o aluno possa compreender a representação dessa medida na forma decimal - 15 mL - 0,15 L. Na tabela ele pode observar o “0” representado na ordem do “litro”. Isso significa que em 15 mL, não há uma unidade inteira do litro, sendo assim, representado na forma decimal como o “0”, precedido pela vírgula que separa as unidades inteiras.

Propósito: Discutir com os alunos a representação da medida em um número decimal.

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientação: Encerre a atividade, fazendo um breve resumo das ideias e conceitos discutidos nesta aula.

Propósito: Fazer uma análise das aprendizagens desta aula, evidenciando a aplicabilidade dos conceitos sobre medidas de capacidade, no dia-a-dia através de estimativas.

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientação: Encerre a atividade, fazendo um breve resumo das ideias e conceitos discutidos nesta aula.

Propósito: Fazer uma análise das aprendizagens desta aula, evidenciando a aplicabilidade dos conceitos sobre medidas de capacidade, no dia-a-dia através de estimativas.

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientação: Para finalizar a aula, apresente esta atividade para os alunos, a fim de verificar os conhecimentos adquiridos nesta aula.

Peça aos alunos que leiam e resolvam, usando estratégias pessoais, abordando mais de uma forma de resolução da atividade.

Circule pela sala e observe, como os alunos estão resolvendo o problema proposto.

Encerre a aula abrindo espaço para discussão das estratégias, fazendo um levantamento das hipóteses e registrando as informações no quadro.

Propósito: Avaliar o progresso do objetivo de aprendizagem com sugestões de abordagens para erros comuns.

Materiais complementares

Raio X para impressão

Resolução do raio x

Atividade complementar

Resolução do atividade complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientação: Leia com os alunos o objetivo da aula. É esse o assunto da aula do dia.

Propósito: Apresentar o objetivo da aula para conhecimento dos alunos.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Rosélia Sezerino Fenner

Mentor: Fábio Menezes da Silva

Especialista de área: Fernando Barnabé

Habilidade da BNCC

(EF05MA19) Resolver e elaborar problemas envolvendo medidas das grandezas; comprimento, área massa, tempo, temperatura e capacidade, recorrendo transformações entre as unidades mais usuais em contextos socioculturais.

Objetivos específicos

Explorar situações comuns do dia a dia envolvendo estimativas de medidas capacidade e suas equivalências.

Conceito-chave

Medidas de capacidade.

Recursos necessários

  • Tiras de papel (várias), pode ser de folha A4 ou papel craft;
  • Atividades impressas em folhas, coladas no caderno ou não;
  • Material reciclável : garrafas de 1 L , 2 L, xícaras de aproximadamente 240 mL, colher (sopa), colher (chá), colher (sobremesa), copos descartáveis ou de plástico de diversos tamanhos (200 mL - 250 mL - 100 mL - 150 mL - 50 mL);
  • Jarra com capacidades diversas;
  • Recipiente com água para experimento;
  • Lápis;
  • Caderno;
  • Borracha.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientação: Providencie para esta aula, ou peça que os alunos tragam de casa, embalagens como garrafas descartáveis de diversos tamanhos, latas de refrigerante, caixas de leite, frascos vazios de medicamentos, de produtos de limpeza, etc; e recipientes graduados. Além dessas embalagens, providencie copos descartáveis de várias medidas (50 mL - 150 mL - 200 mL - 250 mL - 500 mL).

Inicie a aula projetando o slide para que façam leitura das imagens e do questionamento. Utilize ainda as embalagens que foram trazidas e faça uma reflexão sobre a importância dessa unidade de medida, qual sua função social e, em que situações do dia dia são usadas. Explore também as medidas indicadas em cada embalagem, quanto isso representa.

Divida a sala em grupos de 3 a 4 integrantes. Distribua os recipientes de forma que cada grupo receba uma embalagem maior (garrafa 1 L ou 2 L) e outras menores (copos descartáveis de vários tamanhos, colheres de sopa, chá…)

Antes de realizar o experimento, peça que façam uma estimativa: Quantos copos descartáveis cabem dentro da garrafa de 1L. Anotem tudo no caderno e oriente para que deixem separado o copo que usaram para fazer a estimativa. Proceda dessa forma com outros recipientes que cada grupo recebeu.

Em um lugar apropriado, peça aos alunos que coloquem água nos recipientes menores e transfiram para a garrafa descartável a fim de verificar quantas vezes o conteúdo da embalagem pequena cabe na garrafa e se há sobras.

Anote na lousa os resultados dos grupos em forma de tabela (1L - 4 copos descartáveis de ...mL - 1 000 mL), as informações do experimento, a estimativa do grupo e a capacidade descrita no rótulo.

Análise de forma coletiva os resultados obtidos no experimento e nas estimativas, compare-as, verificando se correspondem à medida estimada. Discutam as hipóteses dos grupos, de forma que todos possam expressar a sua opinião.

Com as informações da lousa, discuta com os alunos conceitos de medida de capacidade: litro - mililitro, que são as mais usuais. Instigue-os para que percebam as diferenças de unidades que se apresentam nas embalagens.

Relacione as medidas menores como copo descartável de 200mL à fração correspondente do litro (200 mL - ? - um de 5 copos , 100 mL - 1/10 - um de dez copos, 250 mL - ¼ - um de quatro copos…). Utilize ainda medidas como xícaras, jarras, colher de sopa, colher de chá, galão de água de 5 L, para que possam estabelecer correspondência, fazendo comparações.

Para conhecimento do professor, no Guia de intervenções há sugestões sobre o histórico das medidas de uma forma geral, este pode ser um assunto importante para que os alunos compreendam o significado das medidas e sua abrangência.

Propósito: Fazer uma retomada sobre a importância social das medidas e analisar a relação entre as medidas de capacidade.

Discuta com a turma:

  • Quantos copos descartáveis você precisou para encher a garrafa?
  • Quanto é a capacidade da garrafa que está impressa na embalagem?
  • Então, qual é a capacidade do copo?
  • Esse copo representa quantas partes da garrafa de 1 litro?
  • Houve alguma sobra de líquido no copo ao encher a garrafa?
  • E para encher uma garrafa de 2 L, quantos copos desses seriam necessários?
  • E se eu usasse esse copo maior, quantos desses você usaria para encher a garrafa de 1 litro? (copo 250mL)
  • Houve alguma sobra no copo? Se sobrou, de quanto você acha que foi essa sobra?
  • Se você utilizou 4 copos para encher a garrafa de 1L, qual é a capacidade do copo?
  • E se você usar o copo de cafezinho, quantos irá precisar para encher esse copo de 250mL?
  • Você consegue fazer essa experiência para me mostrar?
  • Então, qual é a medida desse copinho de cafezinho? (Espera-se que o aluno perceba que em 1 litro ele usou 4 copos de 250 mL - em 1 copo de 250 mL ele vai precisar de 5 copinhos menores, então, 250 : 5 = 5 copinhos menores de 50 mL.)
  • Agora, se a capacidade desse copinho de 50mL cabe 5 vezes no copo de 250 mL, que parte 50 mL representa de 250 mL?
  • E de 1 litro?
  • Então, com quais copos podemos dividir igualmente o conteúdo da garrafa de 1 litro?
  • Você fez o experimento com a colher maior? Quantas colheres maiores você acha que precisa para encher o copinho de cafezinho? Mostre para mim?
  • Você consegue me dizer então qual é a medida da colher de sopa? (Essa experiência é interessante para o aluno analisar a sobra, pois uma colher de sopa equivale a 15 mL, para encher o copinho de 50 mL serão necessárias 3 colheres e mais um pouco. Espera-se que ele perceba que que ao usar 40 colheres, vai sobrar, assim é possível ele estimar de quanto será essa sobra.)
  • Das embalagens que estão à sua frente, quais delas correspondem a mais de um litro?
  • Quais correspondem a menos de meio L?
  • Essas e outras perguntas farão com que o aluno faça correspondência e estabeleça relações entre as unidades de medidas e as partes que as compõem.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientação: Distribua para cada aluno uma cópia da atividade ou, se preferir, pode passar no quadro. Peça que os alunos a leiam e, antes de resolvê-la, façam uma estimativa desse resultado. Anote no caderno para posterior comparação com as verificações. Individualmente, os alunos irão resolvê-la, criando estratégias pessoais de resolução. Quando todos registraram sua estratégia no caderno, agrupe-os em duplas, para que possam analisar, argumentar, explorar e fazer uma checagem das hipóteses de cada um, defendendo seu ponto de vista através da análise do ponto de vista do outro. Primeiro analisem as estimativas, depois as estratégias de resolução.

Questione os alunos em relação às medidas não convencionais, como são essas medidas. Em uma receita, como são apresentadas as medidas dos ingredientes líquidos? (xícaras, colheres, frações, números naturais…).

Para explorar as medidas usuais não convencionais peça que os alunos tragam para a aula vários tipos de receitas a fim de identificar os vários tipos de medidas.

Durante o trabalho em duplas, circule pela sala, observe qual o raciocínio que o aluno utilizou para chegar no resultado. Não faça nenhuma intervenção neste momento, apenas, se necessário, faça perguntas do tipo “ Como você fez para chegar nesse resultado?”, “Por que você acha que da forma como você fez está certo?”. Reserve um tempo para um debate coletivo e deixe que as duplas compartilhem suas ideias, justificando-as. Peça a uma das duplas que vá até a lousa e apresente a forma como solucionou o problema.

Propósito: Resolver uma situação problema envolvendo grandezas mensuráveis no seu dia-a-dia, através de estratégias pessoais de resolução envolvendo estimativas.

Discuta com a turma:

  • Qual foi a primeira informação que vocês analisaram como ponto de partida para solução do problema?
  • A capacidade de meia xícara tem mais de meio litro ou menos? E de uma xícara inteira?
  • Quantos mL tem uma xícara mais meia de leite?
  • Quantas colheres preciso para obter a capacidade de meia xícara?
  • E de uma xícara inteira?
  • Quantos mL há em uma colher?
  • E em 16 colheres? E em 24 colheres?
  • Quanto falta para que uma colher (sopa) tenha a mesma capacidade da xícara?
  • Quantos mL faltam para que a xícara tenha a mesma capacidade de um litro?
  • Se eu quiser encher 4 xícaras de leite com um litro de leite, sobrará ou, faltará leite? Quanto?

Materiais complementares

Atividade para impressão

Resolução da Atividade principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após todos compartilharem suas opiniões e estratégias, passe para a série de slides a seguir.

Nestes slides os alunos verão algumas formas para mensurar grandezas usuais, relacionando as medidas às unidades do L e mL.

Faça um esquema no quadro apresentando passo-a-passo as estratégias de resolução, ou se preferir projete os slides a seguir para refletirem coletivamente sobre os resultados.

Nesta forma de resolução é possível explorar ainda os conceitos sobre frações. No exemplo acima, foi abordada a ideia subtrativa.

Em relação às operações com frações é importante que cada termo da operação tenha significado. É preciso relacionar a fração ½, por exemplo, à metade do leite que há na xícara, terá mais significado para o aluno. Ao dividir a xícara de leite em partes está sendo explorado uma grandeza contínua. Importante lembrar ainda que a expressão escrita deve sempre acompanhar a linguagem matemática.

Através dessa tabela os alunos poderão relacionar 1 colher de sopa representa uma quantidade menor em relação à xícara (1/16 - uma das dezesseis partes que a xícara foi dividida).

Já no final no tabela, essas dezesseis partes da colher formam o inteiro que foi dividido, ou seja, uma xícara.

Este momento é oportuno para abordar esse assunto, pois as medidas de capacidade estão muito relacionadas ao conceito de fração. Nas receitas estão expressas quantidades como ½ xícara de leite ou ¼ L de leite, etc.

Propósito: Discutir com o aluno as possibilidades de solução para a atividade realizada.

Discuta com a turma:

  • Onde há mais leite, em uma xícara ou em 16 colheres?
  • Qual é a quantidade de leite que há em 16 colheres (sopa)?
  • Qual a relação que existe entre a fração 1/16 e o número natural 16?
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Neste caso o aluno irá compreender que trata-se de uma divisão. Dividi uma xícara em 16 partes para obter a quantidade desejada.

Propósito: Discutir com os alunos diferentes formas de resolução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: A tabela é uma sequência da apresentada anteriormente. Aqui o aluno poderá visualizar na tabela que ½ xícara corresponde a 8 colheres - 120 mL, metade de 16 colheres e de 240 mL. Portanto, 16 colheres (240 mL) + 8 colheres (120 mL) = 360 mL, que corresponde a 24 colheres.

Propósito: Refletir com o aluno diferentes formas de resolver um problema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: A tabela é uma sequência da apresentada anteriormente. Aqui o aluno poderá visualizar na tabela que ½ xícara corresponde a 8 colheres - 120 mL, metade de 16 colheres e de 240 mL. Portanto, 16 colheres (240 mL) + 8 colheres (120 mL) = 360 mL, que corresponde a 24 colheres.

Propósito: Refletir com o aluno a organização das ideias em um esquema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: O resultado aqui expresso pode ser confirmado também na tabela.

Propósito: Sugerir outra forma de resolução da pergunta do problema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: O resultado aqui expresso pode ser confirmado também na tabela. Esse cálculo é efetuado através da multiplicação de um número decimal, onde 0,5 representa metade da medida tomada.

Propósito: Discutir com o aluno diferentes estratégias de resolução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Nesta divisão o aluno vai estabelecer correspondências. Observando as divisões entenderá que 15 mL, é a capacidade da colher que “cabe” 16 vezes em uma xícara. Reflita com os alunos sobre a quantidade de colheres que é possível obter com 1 ½ xícara, como será essa divisão? Quantos mililitros corresponde essa medida?

Explore com os alunos as equivalências entre as medidas - 15 mL equivale a ? de ½ ou 1/16 de 1 inteiro.

Ao entender essas correspondências, o conceito de frações terá um significado maior para o aluno.

Propósito: Mostrar ao aluno as equivalências entre as unidades de medidas de capacidade.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Nesta divisão o aluno vai estabelecer correspondências. Observando as divisões entenderá que 15 mL, é a capacidade da colher que “cabe” 16 vezes em uma xícara. Reflita com os alunos sobre a quantidade de colheres que é possível obter com 1 ½ xícara, como será essa divisão? Quantos mililitros corresponde essa medida?

Explore com os alunos as equivalências entre as medidas - 15 mL equivale a ? de ½ ou 1/16 de 1 inteiro.

Ao entender essas correspondências, o conceito de frações terá um significado maior para o aluno.

Propósito: Mostrar ao aluno as equivalências entre as unidades de medidas de capacidade.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: A tabela apresentada neste slide, retomada os submútiplos das medidas de capacidade.

Essa informação é importante para que o aluno possa compreender a representação dessa medida na forma decimal - 240 mL ou 0,240 mL. Na tabela ele pode observar o “0” representado na ordem do “litro”. Isso significa que em 240 mL, não há uma unidade inteira do litro, sendo assim, representado na forma decimal como o “0”, precedido pela vírgula que separa as unidades inteiras.

Cartazes com os múltiplos e submúltiplos das medidas podem ficar disponíveis na sala para consulta.

Propósito: Discutir com os alunos a representação da medida em um número decimal.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: A tabela apresentada neste slide, retomada os submútiplos das medidas de capacidade.

Essa informação é importante para que o aluno possa compreender a representação dessa medida na forma decimal - 15 mL - 0,15 L. Na tabela ele pode observar o “0” representado na ordem do “litro”. Isso significa que em 15 mL, não há uma unidade inteira do litro, sendo assim, representado na forma decimal como o “0”, precedido pela vírgula que separa as unidades inteiras.

Propósito: Discutir com os alunos a representação da medida em um número decimal.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientação: Encerre a atividade, fazendo um breve resumo das ideias e conceitos discutidos nesta aula.

Propósito: Fazer uma análise das aprendizagens desta aula, evidenciando a aplicabilidade dos conceitos sobre medidas de capacidade, no dia-a-dia através de estimativas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientação: Encerre a atividade, fazendo um breve resumo das ideias e conceitos discutidos nesta aula.

Propósito: Fazer uma análise das aprendizagens desta aula, evidenciando a aplicabilidade dos conceitos sobre medidas de capacidade, no dia-a-dia através de estimativas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientação: Para finalizar a aula, apresente esta atividade para os alunos, a fim de verificar os conhecimentos adquiridos nesta aula.

Peça aos alunos que leiam e resolvam, usando estratégias pessoais, abordando mais de uma forma de resolução da atividade.

Circule pela sala e observe, como os alunos estão resolvendo o problema proposto.

Encerre a aula abrindo espaço para discussão das estratégias, fazendo um levantamento das hipóteses e registrando as informações no quadro.

Propósito: Avaliar o progresso do objetivo de aprendizagem com sugestões de abordagens para erros comuns.

Materiais complementares

Raio X para impressão

Resolução do raio x

Atividade complementar

Resolução do atividade complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Grandezas e Medidas do 5º ano :

Com o plano de aula sobre grandezas e medidas os alunos aprendem medição de comprimento, capacidade, superfície, tempo e massa com unidades padronizadas, relação entre as unidades de medida de massa, capacidade e comprimento e sua representação decimal, Cálculo de área e perímetro em quadrados e retângulos e relações entre as duas medições, Medição do volume de cubo e paralelepípedo.

MAIS AULAS DE Matemática do 5º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF05MA19 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano