14860
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Como chegamos ao álbum digital?

Nesta atividade, as crianças observarão fotos feitas por eles e por fotógrafos famosos e conhecerão um pouco da história da fotografia.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Josiane Souza do Porto

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Apreciando Fotografias

Retratos do cotidiano

Como chegamos ao álbum digital

Enquadramento fotográfico 

Partilha de olhares fotográficos

Para essa atividade é fundamental que você já tenha reunido as fotografias que as crianças registraram e as organizado, inserindo a autoria em cada uma. Considere também apresentar um vídeo curto que conte a história da fotografia, para que as crianças assistam. Você pode acessá-lo no link abaixo. Entretanto, considere ajustar o tempo do filme e conteúdo ao interesse e tempo de foco de seu grupo, selecionando momentos de paradas, para conversar com as crianças sobre o que estão vendo e aprendendo. - História da fotografia

Organize a seleção de diferentes imagens de fotografias antigas, máquinas de diferentes tipos e épocas e de fotógrafos registrando imagens. O objetivo é que as crianças estabeleçam relações com o percurso histórico e evolução da fotografia ao longo do tempo.

Materiais:

Esta atividade envolve a projeção de imagens e vídeos, por isso você precisará de computador ou notebook, equipamento multimídia de projeção de imagens e um arquivo com as fotografias que irá projetar. Se possível, busque reunir com a comunidade máquinas fotográficas antigas, negativas de impressão, binóculo de fotos e algumas imagens em preto e branco para enriquecer a vivência das crianças.

Espaços:

Preveja que a atividade acontecerá em um espaço interno. Cuide para que haja tomadas disponíveis e mesa para acomodar o projetor de imagens. É fundamental que você teste os equipamentos e arquivos antes de propor a vivência para o grupo. Considere propor a disposição de um espaço acolhedor para as crianças, oportunizando, por exemplo, almofadas, cangas e outros, para a acomodação do grupo. Organize a exposição dos objetos que reuniu. Você pode disponibilizá-los em mesas, cubos expositores ou caixotes de mercado.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 1 hora.

Perguntas para guiar suas observações:

Qual foi a reação das crianças ao apreciarem os retratos fotografados por elas e pelos colegas? O que revelam as expressões que trazem neste exercício de apreciar a própria produção?

Como as crianças se expressaram ao entrar em contato com a história da fotografia? Trouxeram experiências e conhecimentos do cotidiano? O que diziam ao observar as imagens de máquinas antigas e negativos de fotos?

As crianças apresentaram interesse em repetir a atividade a partir da apreciação das imagens? Elas consideraram adequar a postura corporal para melhorar a qualidade do registro? Escolheram um local com mais fonte de luz?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Ao apresentar os retratos que o grupo registrou, potencialize a singularidade de cada criança ressaltando ao grupo que a imagem retrata o olhar subjetivo de cada uma. Potencialize para que o grupo observe as imagens de maneira positiva, revelando que a ação de cada um possibilitou a coletânea de fotos exibidas.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Reúna as crianças em frente a tela de projeção e conte que você trouxe uma fotografia que cada criança registrou para ser partilhada com todo o grupo. Conte que no canto de cada fotografia está inserido o nome da criança autora do registro. Acorde que, enquanto as fotografias forem projetadas, o grupo traga suas percepções. Contudo, há necessidade de considerar que uma criança fale por vez. Inicie a projeção das imagens. Neste momento, acolha os comentários e interaja com o grupo a fim de potencializar as ideias e percepções. Observe as expressões das crianças ao apreciarem as fotografias do grupo. O que evidenciam? Como sorriem? Quais as surpresas? Como revelam admiração? Do que não gostam? Instigue-as a investigarem os detalhes das expressões das pessoas retratadas, se a fotografia foi tirada de perto ou de longe, se aparece todo o rosto ou parte dele, dentre outros detalhes. Busque registrar as expressões e relatos das crianças. Caso seja possível, organize a filmagem deste momento para usar em projeções futuras.


2

Aproveite o envolvimento das crianças com as fotografias em formato digital e investigue, junto ao grupo, se sempre foi possível ver as fotos assim, em grandes telas e pouco tempo depois de terem sido registradas. Acolha as hipóteses que as crianças trazem. A partir delas, convide o grupo a conhecer outras imagens, alguns retratos em preto e branco e outras que expressam o modo como os fotógrafos fotografavam antigamente e como o fazem hoje. Conte que você trouxe imagens de modelos de máquinas fotográficas diversas de diferentes tipos e épocas.

Convide as crianças para que, a partir da observação das fotografias, busquem imaginar como era o processo de fotografar, de que maneira os equipamentos eram utilizados e como era o trabalho dos fotógrafos. Instigue-as a refletirem e construírem hipóteses sobre como a fotografia evoluiu ao longo do tempo.


3

Inicie a mostra de imagens que você selecionou. Procure seguir uma ordem cronológica para que percebam as mudanças ocorridas nos equipamentos e imagens ao longo do tempo. Chame a atenção para o tamanho das máquinas, o formato das lentes, as especificidades das fotografias quanto as cores e outras características que, porventura, o grupo revelar interesse. Aproveite as imagens para dialogar com as crianças a respeito dos benefícios que a tecnologia trouxe para a fotografia. Caso consiga disponibilizar de máquinas, negativos e fotografias antigas, isso potencializará a vivência, oportunizando experiências ímpares ao grupo e ampliando, inclusive, para uma possível conversa e investigação sobre o processo de revelação de imagens.


4

Após esse momento, conte para as crianças que preparou um vídeo que conta a história da fotografia e convide-as a assistir. Após a apreciação do vídeo, inicie um diálogo de modo que elas expressem suas descobertas a respeito da fotografia e das mudanças que ela sofreu ao longo do tempo. Acolha e potencialize o diálogo, assumindo o papel daquele que lança ao grupo perguntas que aprofundam e sistematizam as ideias emergentes.

Considere que é fundamental que ao longo da atividade você observe o engajamento da turma com a proposta. Caso sinta que as crianças estão cansadas, você pode pausar a proposta e combinar com elas a apreciação do filme no próximo dia ou em outro horário, por exemplo.


Para finalizar:

Após a conversa, ainda em roda, conte que haverá outras atividades para que façam novas descobertas sobre as fotografias. Em seguida, convide a turma para a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

Você pode aproveitar os registros fotográficos do grupo para a criação de um álbum digital da turma. Para isso, considere utilizar um programa digital, como, por exemplo, power point, canvas, google fotos, picaboo etc. Separe as crianças em pequenos grupos para a composição do álbum, de forma que escolham a ordem das fotografias, molduras, legendas e outras possibilidades que o programa escolhido ofereça. Ao final, você poderá presentear as famílias com este álbum.

Caso queira, é possível investigar a poética sugerida nas fotografias, construíndo com as crianças quais histórias as fotografias antigas contam ao grupo, desenvolvendo interpretações fotográficas.

Considere que, caso o grupo se engaje em uma investigação acerca da revelação de imagens, você pode utilizar como apoio o vídeo da seguinte experiência: Experimento para revelar fotos antigas.

Engajando as famílias

Aproveite os retratos registrados pelas crianças e os utilize para confeccionar um painel fotográfico digital. Escolha um espaço para projetar as imagens e escreva um pequeno texto que contextualize a atividade desenvolvida. Disponibilize-o junto à instalação. Encaminhe um convite às famílias elaborado pelas crianças chamando-as para apreciarem as fotos produzidas pelo grupo.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano