14238
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Brincando com os colegas

Nesta atividade, as crianças irão compartilhar brinquedos construídos por elas mesmas em um momento anterior.

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Roselaine Pontes de Almeida

Brincadeiras de diferentes culturas

Apresente a proposta
Grave um vídeo e o envie para as famílias, através de Whatsapp ou outra plataforma de comunicação que a rede esteja utilizando, conversando com as crianças sobre as diversas brincadeiras que existem. Para isso, mostre algumas imagens de brincadeiras que encontramos pelo Brasil (link aqui), fale das suas experiências com brincadeiras na sua infância e, se possível, apresente fotos suas na infância também. Ainda no vídeo, informe às crianças que elas poderão vivenciar muitas atividades interessantes com os familiares a partir de diferentes brincadeiras e que, posteriormente, será marcado um encontro virtual para que todos compartilhem as vivências.

Adaptações necessárias
A realização desta sequência pressupõe a utilização de materiais diversos, alguns naturais, e outros de largo alcance, como: pedaços de madeira, argila, caixas de papelão, lãs, penas, folhas, galhos, sabugos de milho, pedras, capim, tecidos, barbante, carretéis, embalagens de lata, plástico e papelão. Caso a família não disponha de um quintal no lugar onde mora, sugira que busque identificar, em casa, quais materiais são de origem natural, a exemplo dos alimentos.

Sugira às famílias
Nesta sequência, o diálogo da família com as crianças será bem importante, pois será um momento de reviver memórias através de histórias vividas na infância com as brincadeiras.

1) Brincadeiras com diferentes elementos da natureza - Oriente às famílias que, caso não tenham quintal disponível no ambiente de casa, identifiquem os elementos de origem natural que existem em casa, como flores, alimentos tipo verduras, frutas, raízes, folhagens etc., para que as crianças possam explorá-los. Diante dos elementos naturais, oriente às famílias que conversem com as crianças sobre eles, destacando as origens e características. Conforme as crianças forem explorando os elementos da natureza livremente, convide às famílias a observarem as ações que realizam e os significados que dão aos elementos. Peça para que reparem se elas fazem relação entre eles ou uso destes elementos para construir algum brinquedo ou brincadeira.

2) Brincadeiras de outras culturas - Envie para as famílias as imagens sobre brincadeiras diversas que você apresentou no vídeo. Sugira que possam mostrá-lo, mais uma vez, para a criança, dando mais tempo para que apreciem as imagens e conversem sobre elas, atentando para os detalhes. Na falta de elementos naturais para construir o brinquedo, sugira que a família possa utilizar materiais que geralmente têm em casa, como: palitos, folhas de papel, cordões, fitas adesivas etc. Oriente que a família disponha os materiais no espaço em que a criança irá utilizar para produzir o brinquedo, de forma organizada e atrativa. Oriente que deixem que a criança explore livremente os materiais e descubra o que são. Convide os familiares a observarem a criança e as iniciativas dela. Mostre que é importante ficarem atentos às ações que ela realiza com os elementos disponíveis, como interagem com eles e com os familiares. Oriente que procurem intervir apenas se forem solicitados, convidados ou em caso de algum conflito diante do uso dos materiais.

3) Brincadeiras de outras épocas - Envie para as famílias o link com a história Guilherme Augusto Araújo Fernandes (link aqui). Sugira que preparem um ambiente bem aconchegante para a criança ouvir a história, que pode ser reproduzida pela TV, computador ou celular. Após a história, oriente que os familiares conversem com a criança sobre o enredo, se conhecem as brincadeiras que aparecem nela, e sobre os tempos de infância deles, falando sobre o que mais gostavam de brincar. Para esta atividade, oriente que escolham, previamente, um brinquedo da época de infância deles, para mostrarem à criança e proporem a construção dele, sendo necessário providenciarem, também, os materiais para a confecção do brinquedo. No momento da construção, oriente os familiares que permitam à criança a livre exploração dos materiais e incentivem as iniciativas dela para a confecção do brinquedo. Lembre a importância da criança tentar construir o próprio brinquedo de forma independente, e que os familiares a apoiem, caso seja necessário.

4) Construindo o próprio brinquedo - Nesta atividade, a criança terá a oportunidade de criar o próprio brinquedo. Para isso, oriente aos familiares que disponham para ela diferentes portadores textuais, como livros, encartes e revistas. Neles, devem aparecer imagens de brinquedos que possam ser facilmente confeccionados pelas crianças, como cavalinho de pau, peteca de pano, de folha, bola de meia, boneca de milho, carrinho de embalagem, de carretel, telefone de lata, fogãozinho e casinha de papelão. Além das imagens, oriente que preparem o espaço que a criança irá utilizar com materiais diversos, como pedaços de madeira, caixas de papelão, lãs, penas, folhas, galhos, sabugos de milho, pedras, capim, tecidos, barbante, carretéis, embalagens de lata, plástico e papelão, para que possam escolher com quais irão construir o brinquedo. Convide os familiares a incentivarem a criança a observar como o brinquedo escolhido foi feito, atentando-se aos materiais utilizados na confecção. Mostre a importância de ajudá-la a planejar a execução da atividade, reunindo os materiais necessários antes de iniciar a produção do brinquedo.

5) Brincando com os colegas - Oriente aos familiares que preparem as crianças para mostrar aos colegas os brinquedos que foram construídos através de um encontro virtual que você marcará entre a turma. Peça que orientem as crianças a falarem sobre as construções, os materiais utilizados e como podem brincar com o brinquedo confeccionado.

Para compartilhar com o grupo
Marque um encontro virtual com todo o grupo e, para isso, combine com a família o melhor dia e horário, informando previamente qual será o motivo desse encontro e como ele irá acontecer. No momento do encontro virtual, lembre as regras de comunicação para que todos possam falar e ser ouvidos. A ideia é que todos compartilhem as vivências que tiveram com os brinquedos, as brincadeiras e mostrem o brinquedo que foi construído, socializando como foi feito. No final do encontro, faça uma foto com todos na tela mostrando os brinquedos e, depois, compartilhe com as famílias.

Sugestão Enviada Por: Vládia Pires


Código: EDI2_13UND05

(EI02CG03) Explorar formas de deslocamento no espaço (pular, saltar, dançar), combinando movimentos e seguindo orientações.

(EI02CG01) Apropriar-se de gestos e movimentos de sua cultura no cuidado de si e nos jogos e brincadeiras.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses):

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas