20 materiais para saber mais sobre brincadeiras

Especialistas e professores indicam conteúdos para quem quer se aprofundar no assunto

POR:
Paula Salas
Ilustração Duda Oliva / Nova Escola

Quais as melhores memórias da sua infância? Uma brincadeira com os amigos do bairro ou com os irmãos e primos? Correr, gritar, dar risada e voltar para casa sujo de terra ou inventar um universo cheio de aventuras e mistérios sem sair de casa? Além de serem importantes para se divertir e cultivar boas lembranças, as brincadeiras são centrais para o desenvolvimento das crianças. É a partir delas que os pequenos interagem e aprendem sobre o mundo ao seu redor. Por isso, em especial durante a primeira infância (0 aos 6 anos), elas são o pilar do trabalho pedagógico.

Para ajudar você a entender mais sobre essa perspectiva, Evandro Tortora, professor de Educação Infantil na rede municipal de Campinas (SP) e colunista da NOVA ESCOLA; Nilcilene Brambilla, professora e formadora na rede municipal de Cariacica (ES); e Karina Rizek, consultora da Avante Educação e Mobilização Social e formadora da Escola de Educadores, selecionaram 20 livros, vídeos, publicações, filmes e sites sobre o universo das brincadeiras.

Barangandão Arco Íris, de Adelsin (Editora Peirópolis)
O livro ilustrado apresenta de forma divertida 36 brinquedos inventados por crianças em Minas Gerais e na Bahia. Durante 10 anos, o autor reuniu histórias de objetos que marcaram a sua infância e a de outros adultos. Com uma linguagem acessível, a obra traz dicas práticas e informações sobre o contexto e o fazer desses brinquedos.

Giramundo e outros brinquedos e brincadeiras dos meninos do Brasil, de Renata Meirelles (Editora Terceiro Nome)
Vencedor do Prêmio Jabuti de 2008 na categoria Educação, Psicologia e Psicanálise, o livro apresenta 30 brinquedos e brincadeiras encontrados em diversas regiões brasileiras. A obra traz explicações sobre o contexto e o modo de fazer de cada atividade.

Como resgatar o brincar espontâneo na pandemia

 Compreenda a importância do brincar livre na rotina das crianças dentro de casa e confira sugestões de estratégias para manter o vínculo e orientar as famílias durante a pandemia.

Brinquedo e Cultura, de Gilles Brougère (Editora Cortez)
Se estiver procurando por uma leitura mais teórica, este livro é para você! Nele, o autor propõe uma reflexão sobre o significado e papel do brinquedo e do brincar para o desenvolvimento infantil.

O Brincar Heurístico na Creche, organização de Paulo Fochi (Editora Observatório da Cultura Infantil)
O Brincar Heurístico tem como base o trabalho de Elinor Goldschmied, no qual propõem-se brincadeiras em que a criança espontaneamente investiga e cria narrativas para a atividade. As propostas são preparadas com base em uma seleção de materiais não-estruturados variados, como garrafas plásticas, caixas de papelão, tampinhas. O livro reúne experiências com esse tipo de prática pedagógica em cinco instituições de Educação Infantil de Porto Alegre. 

Só Brincar?, de Janet R. Moyles (Editora Penso)
A especialista estadunidense discute o lugar central da brincadeira nos currículos da Educação Infantil e Anos Iniciais do Fundamental para o desenvolvimento integral das crianças. Ela também aponta caminhos de como esse trabalho pode acontecer na prática.

Cardápio de Brinquedos e Brincadeiras
O guia, desenvolvido pela Organização Plan International Brasil em parceria com a Nivea, reúne orientações sobre como organizar ambientes educativos, apoiar o desenvolvimento dos pequenos e cuidar para garantir a segurança de todos. Também traz o passo a passo de brincadeiras variadas para crianças de até 6 anos.

Nem de menino, nem de menina: Brincadeiras para todos

Conheça jogos e brincadeiras que permitam às crianças maior liberdade de escolha sobre brinquedos e atividades, independentemente do gênero.

Projeto Brincar
A Fundação Volkswagen e o Mais Diferenças se uniram para criar o Projeto Brincar. Ele traz conteúdos sobre brincadeiras inclusivas vivenciadas em escolas da rede municipal de São Paulo. Você pode acessar aqui a série de vídeos e materiais complementares das Pílulas do Brincar e a publicação Fios do Brincar: tecendo o acolhimento de todos os bebês e crianças pequenas, com sugestões de atividades para crianças de 0 a 3 anos com e sem deficiência.

Brinquedos e brincadeiras de creches
Disponível no site do Ministério da Educação, o material apresenta indicações pedagógicas para orientar o brincar na Educação Infantil. Produzido com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), ele oferece base teórica para compreender as relações entre a brincadeira, as propostas curriculares e a prática pedagógica. Também são apresentados materiais e atividades para crianças de 0 a 6 anos.

Cadernos do Brincar
Em parceria com a Fundação Volkswagen, a NOVA ESCOLA preparou dois materiais formativos com referências e experiências do trabalho baseado na brincadeira. O primeiro volume traz oito textos de especialistas sobre o brincar como um direito de todas as crianças. O segundo se aprofunda nas experiências práticas desenvolvidas por escolas públicas em São Paulo.

Curso: Como planejar atividades de leitura na Educação Infantil

Neste curso, vamos refletir sobre o lugar da literatura na Educação Infantil, como promover o encontro entre o livro e a criança-leitora, e como realizar uma escuta atenta durante as atividades de leitura. 

Canal do Instituto Alana
No YouTube do Instituto Alana, é possível encontrar vídeos sobre temas relevantes para o desenvolvimento infantil e direitos na primeira infância. Dentro da temática de brincadeiras, podemos destacar as playlists A importância do brincar, Território do Brincar: diálogos que transformam e O brincar que ensina. Também recomendamos os encontros virtuais que aconteceram em 2020 na Semana do Brincar.

Caramba, Carambola: o Brincar tá na escola!
Neste vídeo da Plataforma do Letramento, você poderá se aprofundar sobre a importância do lúdico e da brincadeira. Nele, especialistas e educadores tratam do brincar como o elemento central do trabalho pedagógico na Educação Infantil.

Especial Brincadeiras Regionais
No canal do YouTube de NOVA ESCOLA, temos mais de 25 vídeos sobre brincadeiras típicas de cada região do país. Além de conhecer a diversidade de propostas, você também aprenderá como levar essas atividades para sua turma.

Território do brincar

Os documentaristas Renata Meirelles e David Reeks percorreram o Brasil, durante 21 meses,  e conheceram a forma de brincar de crianças de realidades diversas. Eles registraram brincadeiras típicas de comunidades rurais, indígenas e quilombolas das grandes cidades, do sertão e do litoral. Para assistir ao filme completo gratuitamente, basta se cadastrar na plataforma Videocamp.

O começo da vida

O brincar está muito relacionado à forma como as crianças exploram o mundo à sua volta e aprendem. Este documentário, dirigido por Estela Renner, apresenta descobertas sobre o processo de desenvolvimento e a aprendizagem durante a primeira infância. Ele propõe uma reflexão sobre o olhar e a atenção que damos a essa fase e como ela é a chave para transformarmos o futuro da sociedade.

O filme pode ser encontrado na Netflix. Também é possível comprá-lo no Youtube, iTunes e Google Play. Para organizar uma exibição pública, por exemplo, para discutir com os professores, você pode fazer a solicitação pelo VideoCamp. No site oficial do documentário, é possível encontrar outros materiais do projeto e baixar gratuitamente um material de discussão.

Brincar em Casa

O projeto Território do Brincar lançou outro documentário sobre o significado e a adaptação da forma de brincar diante da pandemia da covid-19. Os diretores Renata Meirelles e David Reeks trazem os olhares e relatos de experiências durante o isolamento social de 55 famílias. O filme completo pode ser assistido gratuitamente no Videocamp.

Território do brincar
Além dos longa-metragens que sugerimos anteriormente, na plataforma do projeto Território do Brincar, você encontra produções culturais, publicações, vídeos e o passo a passo de diversas brincadeiras, entre outros materiais.

Lunetas: Brincar
No portal Lunetas, há reportagens, sugestões de brincadeiras, vídeos, artigos e outros materiais sobre infância, desde o nascimento até os 12 anos. Dentro dos temas abordados, você encontrará conteúdos formativos sobre o brincar durante toda a infância.

Entretecendo: Brincando em casa
O Centro de Formação Profissional e Educacional (Ceduc) criou o portal Entretecendo com propostas de brincadeiras durante a pandemia. Estão disponíveis materiais em foto, vídeo e áudio explicando o fazer de cada atividade.

Explore brincadeiras e histórias da região Norte

Confira sugestões de atividades e referências para te ajudar a planejar as propostas e ampliar o repertório cultural das crianças

Mapa do Brincar
Produzido pelo jornal Folha de S. Paulo, o projeto Mapa do Brincar reúne 750 brincadeiras de todas as regiões do Brasil. Na plataforma, há textos e vídeos sobre como realizar a brincadeira, as variações por região, um glossário do vocabulário utilizado e uma lista de referências sobre o assunto.

Guia de brincadeiras para famílias com crianças do nascimento aos 6 anos
A Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal criou um guia de atividades para as famílias com crianças de 0 a 6 anos. Nele são apresentados pontos importantes que os pais e responsáveis pelos pequenos devem saber sobre o desenvolvimento na primeira infância. Também há dicas e 20 sugestões de brincadeiras, para cada faixa etária, para fazer em casa.

Tags

Guias

Tags

Guias