13036
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

1º ano / Ciências / Vida e Evolução

Plano de aula - Identidade e respeito às diferenças

Plano de aula de Ciências com atividades para 1o ano do EF sobre Identidade e respeito às diferenças

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Juliana Nair dos Santos Silva

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Esse plano pode ser executado de forma independente ou, de modo mais efetivo para abordagem do conteúdo, tendo como sequência o CIE1_04VE02, cujas atividades principais “mão na massa” se complementam.

Materiais necessários para a aula: Projetor de slides, papel kraft, canetinhas e lápis de cor.

Título da aula select-down

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Apresente aos alunos o título da aula conforme o slide e questione acerca do que percebem nas imagens. As crianças estão em ambientes semelhantes, cuja função é de ensino e troca de conhecimentos, mas é possível notar particularidades como a etnia, as vestimentas e organização do espaço. Caso a escola não possua projetor, poderá imprimir as figuras, ou descrever algumas delas, pedindo que os alunos imaginem as situações e discutam sobre isso.

Contexto select-down

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize a turma em duplas para realização da brincadeira “siga o mestre”, com movimentos simples, em um curto tempo (em torno de dois minutos por mestre). O objetivo nesse momento é que possam explorar seus traços e características físicas, com riqueza de detalhes, notando suas diferenças e conversem a respeito. Após ambos terem passado pelos comandos do colega, questione o porquê de algumas partes serem mais semelhantes do que outras. Tenha cuidado com qualquer atitude ofensiva e caso algum aluno não queira realizar a atividade em dupla, convide para ser seu par. Retome a discussão do título, feita anteriormente, de modo que o contexto escolar em que partilham venha a ser um cenário complementar às imagens expostas.

Questão disparadora select-down

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Após a dinâmica que contextualiza o tema da aula, faça as perguntas norteadoras “O que temos como características?” e “Somos todos iguais? Por quê? Os alunos poderão demonstrar interesse em responder de acordo com as percepções da atividade anterior, peça então para que apenas reflitam a respeito, podendo conversar com sua dupla, mas retome as questões após o mão na massa para concluir.

Mão na massa select-down

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações: Ainda em duplas, os alunos deverão retirar um pedaço de papel Kraft do seu tamanho e desenhar o contorno do corpo uns dos outros. Em seguida, oriente cada criança para que faça um auto retrato, com a vestimenta, acessórios, cores e representações que desejar. Após concluírem o desenho, auxilie para que recortem o contorno e no verso transcrevam adjetivos que lhes definam, como por exemplo: alto(a), magro(a), loiro(a), moreno(a), branco(a), negro(a), pardo(a), mulato(a), alegre, sonhador(a), sorridente, carinhoso(a), feliz, ansioso(a), amigo(a), angustiado(a), brincalhão(ona), curioso(a). Obs: Os adjetivos poderão estar no quadro, escritos por você previamente, ou serem impressos em fichas, dispostos sobre uma mesa. Os alunos também poderão escrever algo novo, não proposto por você, basta auxiliá-los se necessário.

O objetivo nesse momento é que consigam expressar sua personalidade através do desenho/palavras e no fim da atividade, possam comparar os resultados percebendo as similaridades, bem como as diferenças que enriquecem o convívio em grupo.

Sugestão: Coloque uma música animada nesse momento, que auxilie na concentração das crianças.

Mão na massa select-down

Orientações: Após concluírem a proposta, em roda os alunos deverão comentar (brevemente) seus desenhos, o porquê escolheram aquelas cores, roupas, acessórios e palavras. Por que se desenharam e definiram dessa forma? Promova um alinhamento entre as explicações, concatenando as ideias expostas em busca de concluir as questões iniciais. Apresente ao longo da discussão as imagens contidas no slide (através de projetor, ou impressas), mencione por exemplo as crianças nas figuras 4 e 5, como gêmeos são parecidos, mas não possuem exatamente as mesmas características físicas. As torcedoras, unidas pelo mesmo uniforme e objetivo, assim como os jogadores de futebol, possuem características sociais semelhantes, mas com suas particularidades. A garotinha da figura 3, com pintura no rosto, algo incomum para muitos de nós, mas pode ser uma característica muito importante onde mora, com as pessoas com quem convive. As crianças brincando e o rapaz ouvindo música pode promover o debate de que em diversos lugares há diversas brincadeiras das quais desconhecemos, músicas das quais jamais ouvimos, e essa pluralidade pode nos surpreender.

O importante é respeitar a maneira do outro de brincar, agir, seus gostos e jeito de viver. O mesmo diz respeito às características físicas, portadores de deficiência sofrem discriminação pois fogem dos padrões comuns que estamos acostumados a conviver, mas por que o diferente nos afasta? Qual o pré-conceito que vive em nós? Estimule a reflexão e atitudes empáticas para diversas situações de diferenças que os alunos possam citar.

Sistematização select-down

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Finalize a aula produzindo o seu auto retrato com a cooperação dos alunos, a fim de ressaltar quais são as características físicas (partes do corpo) e quais são as características culturais (roupas, acessórios, costumes) que possuímos. Com a turma ainda disposta em roda, peça que uma das crianças lhe auxilie na execução do contorno de seu corpo, nesse momento pergunte aos alunos quais as características físicas lhe descrevem, retomando as partes do corpo que já aprenderam. Após se levantar, registre no papel o que foi citado por eles e complemente, se necessário, como por exemplo: olhos azuis/castanhos, braços longos, mãos pequenas, lábios grossos, finos, orelhas grandes ou pequenas, alto, baixo (etc). Esse momento pode ser muito rico para falar de aceitação de nosso corpo, sobre gostar de como somos e autoestima. Posteriormente, questione quais são as características culturais que nós trazemos e expresse-se, como eles, da maneira que preferir (cor do cabelo, com ou sem brincos, outros acessórios, estilo de roupa, sorrindo, falando ou praticando alguma atividade da qual goste). Encerre fixando os desenhos em uma parede da sala, seguida da pergunta “Somos todos iguais? Por quê?” e aguarde a conclusão dos alunos. Caso julgue pertinente, continue a abordagem com a sequência dessa atividade proposta na próxima aula CIE1_04VE01- ”Self: o nosso eu com os outros”.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Esse plano pode ser executado de forma independente ou, de modo mais efetivo para abordagem do conteúdo, tendo como sequência o CIE1_04VE02, cujas atividades principais “mão na massa” se complementam.

Materiais necessários para a aula: Projetor de slides, papel kraft, canetinhas e lápis de cor.

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Apresente aos alunos o título da aula conforme o slide e questione acerca do que percebem nas imagens. As crianças estão em ambientes semelhantes, cuja função é de ensino e troca de conhecimentos, mas é possível notar particularidades como a etnia, as vestimentas e organização do espaço. Caso a escola não possua projetor, poderá imprimir as figuras, ou descrever algumas delas, pedindo que os alunos imaginem as situações e discutam sobre isso.

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize a turma em duplas para realização da brincadeira “siga o mestre”, com movimentos simples, em um curto tempo (em torno de dois minutos por mestre). O objetivo nesse momento é que possam explorar seus traços e características físicas, com riqueza de detalhes, notando suas diferenças e conversem a respeito. Após ambos terem passado pelos comandos do colega, questione o porquê de algumas partes serem mais semelhantes do que outras. Tenha cuidado com qualquer atitude ofensiva e caso algum aluno não queira realizar a atividade em dupla, convide para ser seu par. Retome a discussão do título, feita anteriormente, de modo que o contexto escolar em que partilham venha a ser um cenário complementar às imagens expostas.

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Após a dinâmica que contextualiza o tema da aula, faça as perguntas norteadoras “O que temos como características?” e “Somos todos iguais? Por quê? Os alunos poderão demonstrar interesse em responder de acordo com as percepções da atividade anterior, peça então para que apenas reflitam a respeito, podendo conversar com sua dupla, mas retome as questões após o mão na massa para concluir.

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações: Ainda em duplas, os alunos deverão retirar um pedaço de papel Kraft do seu tamanho e desenhar o contorno do corpo uns dos outros. Em seguida, oriente cada criança para que faça um auto retrato, com a vestimenta, acessórios, cores e representações que desejar. Após concluírem o desenho, auxilie para que recortem o contorno e no verso transcrevam adjetivos que lhes definam, como por exemplo: alto(a), magro(a), loiro(a), moreno(a), branco(a), negro(a), pardo(a), mulato(a), alegre, sonhador(a), sorridente, carinhoso(a), feliz, ansioso(a), amigo(a), angustiado(a), brincalhão(ona), curioso(a). Obs: Os adjetivos poderão estar no quadro, escritos por você previamente, ou serem impressos em fichas, dispostos sobre uma mesa. Os alunos também poderão escrever algo novo, não proposto por você, basta auxiliá-los se necessário.

O objetivo nesse momento é que consigam expressar sua personalidade através do desenho/palavras e no fim da atividade, possam comparar os resultados percebendo as similaridades, bem como as diferenças que enriquecem o convívio em grupo.

Sugestão: Coloque uma música animada nesse momento, que auxilie na concentração das crianças.

Orientações: Após concluírem a proposta, em roda os alunos deverão comentar (brevemente) seus desenhos, o porquê escolheram aquelas cores, roupas, acessórios e palavras. Por que se desenharam e definiram dessa forma? Promova um alinhamento entre as explicações, concatenando as ideias expostas em busca de concluir as questões iniciais. Apresente ao longo da discussão as imagens contidas no slide (através de projetor, ou impressas), mencione por exemplo as crianças nas figuras 4 e 5, como gêmeos são parecidos, mas não possuem exatamente as mesmas características físicas. As torcedoras, unidas pelo mesmo uniforme e objetivo, assim como os jogadores de futebol, possuem características sociais semelhantes, mas com suas particularidades. A garotinha da figura 3, com pintura no rosto, algo incomum para muitos de nós, mas pode ser uma característica muito importante onde mora, com as pessoas com quem convive. As crianças brincando e o rapaz ouvindo música pode promover o debate de que em diversos lugares há diversas brincadeiras das quais desconhecemos, músicas das quais jamais ouvimos, e essa pluralidade pode nos surpreender.

O importante é respeitar a maneira do outro de brincar, agir, seus gostos e jeito de viver. O mesmo diz respeito às características físicas, portadores de deficiência sofrem discriminação pois fogem dos padrões comuns que estamos acostumados a conviver, mas por que o diferente nos afasta? Qual o pré-conceito que vive em nós? Estimule a reflexão e atitudes empáticas para diversas situações de diferenças que os alunos possam citar.

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Finalize a aula produzindo o seu auto retrato com a cooperação dos alunos, a fim de ressaltar quais são as características físicas (partes do corpo) e quais são as características culturais (roupas, acessórios, costumes) que possuímos. Com a turma ainda disposta em roda, peça que uma das crianças lhe auxilie na execução do contorno de seu corpo, nesse momento pergunte aos alunos quais as características físicas lhe descrevem, retomando as partes do corpo que já aprenderam. Após se levantar, registre no papel o que foi citado por eles e complemente, se necessário, como por exemplo: olhos azuis/castanhos, braços longos, mãos pequenas, lábios grossos, finos, orelhas grandes ou pequenas, alto, baixo (etc). Esse momento pode ser muito rico para falar de aceitação de nosso corpo, sobre gostar de como somos e autoestima. Posteriormente, questione quais são as características culturais que nós trazemos e expresse-se, como eles, da maneira que preferir (cor do cabelo, com ou sem brincos, outros acessórios, estilo de roupa, sorrindo, falando ou praticando alguma atividade da qual goste). Encerre fixando os desenhos em uma parede da sala, seguida da pergunta “Somos todos iguais? Por quê?” e aguarde a conclusão dos alunos. Caso julgue pertinente, continue a abordagem com a sequência dessa atividade proposta na próxima aula CIE1_04VE01- ”Self: o nosso eu com os outros”.


1° ano

Objetivos de aprendizagem

Reconhecer características pessoais (físicas e culturais), com valorização das semelhanças e diferenças, promovendo atitudes de respeito às individualidades.

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular

(EF01CI04) Comparar características físicas entre os colegas, reconhecendo a diversidade e a importância da valorização, do acolhimento e do respeito às diferenças.

(EF01CI02) Localizar, nomear e representar graficamente (por meio de desenhos) partes do corpo humano e explicar suas funções.

Este plano foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA.

Professor-autor: Juliana Nair dos Santos Silva

Mentor: Eliane de Siqueira

Especialista: Margareth Polido


Código: CIE1_04V&E01

(EF01CI02) Localizar, nomear e representar graficamente (por meio de desenhos) partes do corpo humano e explicar suas funções.

(EF01CI04) Comparar características físicas entre os colegas, reconhecendo a diversidade e a importância da valorização, do acolhimento e do respeito às diferenças.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Vida e Evolução do 1º ano:

MAIS AULAS DE Ciências do 1º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes