Ciências: 10 planos de aula para trabalhar o corpo humano a distância

Partindo do conhecimento que os alunos têm de seu corpo, é possível aprimorar conceitos através de atividades e aulas no ensino remoto

POR:
Letícia Ferreira
O professor pode partir da consciência corporal que os alunos construíram durante a sua vida para relacionar o conhecimento acadêmico com as suas experiências no mundo    Crédito: Getty Images

Nos anos iniciais do Ensino Fundamental, as crianças chegam à escola com percepções pouco estruturadas do que é o seu corpo e como cada parte dele é responsável pelas suas atividades do cotidiano. Essas impressões acontecem também de dentro para fora, ou seja, sobre como funcionam os seus órgãos. Trazer a consciência corporal que os alunos construíram durante até ali é o recurso inicial para aprimorar e relacionar o conhecimento acadêmico com as suas experiências no mundo. 

“O professor estimula a autopercepção da criança nos seus movimentos, da relação que faz olhando para o próprio corpo e depois olhando para o corpo do colega”, explica Ana Cristina Souza da Cruz, professora-autora de planos de aula NOVA ESCOLA de Ciências para alunos do Ensino Fundamental. Segundo ela, permeando esse processo, o professor expande a referência da criança, conectando o que ela conhece com o novo. “O aluno vai se descobrindo e, depois, faz a mediação, conforme a interação com o professor, que estimula e oferece novos desafios. A criança vai fazendo descobertas, construindo essa noção do próprio corpo e do conhecimento acadêmico, ampliando o vocabulário, tendo uma noção mais ampla da complexidade do corpo humano”, diz Ana Cristina.

Ouvir e criar um espaço para as crianças falarem sobre o que elas sabem permite que o professor conheça as teses dos seus alunos. As crianças têm suas teorias sobre qualquer objeto, partes do corpo, e a comparação das suas hipóteses com a de outros colegas amplia seus conhecimentos. O professor precisa estar atento nessa construção, mediando as novas experiências dos alunos que nascem da interação coletiva. 

Em tempo de ensino remoto, os professores precisam contar com a parceria da família para manter o seu papel de observador do desenvolvimento nas atividades e de estímulo de novas descobertas. Com os alunos que têm acesso a tecnologia, o professor consegue fazer as suas orientações com aplicativos, recursos para salas de aula digitais. Se essa não for a realidade dos alunos, um adulto pode reproduzir os desafios com os crianças, com orientação do professor, priorizando os materiais mais acessíveis para as atividades. Assim, mais alunos estarão incluídos nas propostas de aula. 

Na lista de planos de aula a seguir, você poderá acessar opções criativas e lúdicas para apresentar e qualificar a compreensão sobre o corpo humano e seus órgãos com alunos do 1º ano do Ensino Fundamental. 

Como é o seu corpo?
Indicado para: 1º ano, Ciências
Esse plano coloca os alunos para brincar e aprender ao nomear as principais partes do corpo humano, como cabeça, tronco e membros. Você pode separar os primeiros minutos da aula para que cada aluno apresente as partes do seu corpo. Com uma música, as crianças exercitam referências de direção: esquerda, direita, embaixo, acima. E comparam o que reconheceram no seu corpo com o corpo dos colegas. Na hora da mão na massa, proponha à turma montar um quebra-cabeça e aproveite para fixar esse conteúdo com outro estímulo musical, a cantiga “Cabeça, ombro, joelho e pé”. 

Sustentação e movimento do corpo humano
Indicado para: 1º ano, Ciências
A ideia aqui é reconhecer como o corpo humano sustenta seus movimentos. A aula pode começar com uma atividade lúdica, em que os alunos vão dançar e perceber a movimentação do seu corpo. Convide então o grupo a falar sobre suas impressões da atividade e, em seguida, convide os alunos a montar um esqueleto, reproduzindo o próprio corpo. Em outra conversa em grupo, você pode incentivar novas falas, para que as crianças expressem o que conheceram com as duas atividades práticas.

Dentro do nosso corpo
Indicado para: 1º ano, Ciências
De fora para dentro. É assim que, nesta aula, os alunos vão começar a entrar em contato com os órgãos do corpo humano para nomear coração, pulmões, estômago, etc. Após a apresentação do tema da aula, coloque os alunos para conversar sobre figuras e ações projetadas em um quadro. As imagens de crianças comendo, uma pessoa correndo vão provocar o debate sobre o elas acreditam que existe dentro do corpo. Faça então a turma desenhar o corpo de um colega e questione o que cada um deles imagina que existe dentro do outro. Essa atividade pode ser bem elaborada com o uso de recursos do Google Classroom para compartilhar vídeos e desenhos e de videochamada para fechar a aula.

As partes e funções da cabeça
Indicado para: 1º ano, Ciências
O objetivo desta atividade é aprofundar o conhecimento sobre cada parte da cabeça de uma pessoa. Peça que os alunos olhem os próprios rostos no espelho e questione-os: "O que há na nossa cabeça?" A partir daí, eles poderão falar sobre o que imaginam ou sabem sobre essa parte do corpo. Usando a ferramenta Paint, eles vão desenhar seus rostos e descrever para que serve cada parte. Peça depois para que os alunos compartilhem os desenhos e monte uma apresentação para que todos possam analisar sobre o desenho dos colegas e retomar a questão inicial para sistematizar o conhecimento. 

Relação entre órgãos e sentidos 
Indicado para: 1º ano, Ciências
As crianças observam, nesta aula, o que elas sentem em cada órgão de sentido humano. São os olhos, ouvidos, mão, boca, nariz. A proposta inclui a brincadeira de prender o rabo do burro, para que elas percebam como é fazer uma atividade sem um dos órgãos do sentido e conectem essa prática com o que podem sentir em cada um deles. Estimule a turma a diferenciar o que os humanos e alguns animais têm de mais avançado nos seus órgãos do sentido: cachorros têm uma audição poderosa, as aves enxergam melhor e assim por diante. Você pode convidar também as famílias a participar com a brincadeira "O que tem dentro da caixa" e depois compartilhar os aprendizados via Google Classroom e WhatsApp.

Higiene o dia todo
Indicado para: 1º ano, Ciência
A referência para apresentar os hábitos de higiene comuns a qualquer pessoa são as impressões que as crianças já têm. Incentive o conhecimento através de uma leitura sobre o tema e ajude as crianças com dificuldade a completar a leitura. Você pode enviar antecipadamente via WhatsApp, Telegram ou outro aplicativo ou mostrar imagens de crianças brincando na lama na videochamada. Convide os alunos a descrever o que estão vendo e explicar quais hábitos de higiene eles conhecem. Proponha alguma atividade que cause algum nível de sujeira, como pintura ou massinha. Peça então que enviem uma foto via celular e um áudio explicando o que farão para ficar limpos. 

Mapa do corpo e as relações projetivas (esquerda-direita, em cima, embaixo, atrás-frente)
Indicado para: 1º ano, Ciências
Esta é outra forma de apresentar as direções e dimensões espaciais para os alunos. Após a leitura do tema da aula, apresente a figura de uma sala com cadeiras organizadas em "U". O primeiro desafio da turma é compreender qual espaço a figura representa e como eles  identificam o espaço. A música, mais uma vez, apresenta outra dimensão do corpo e do espaço. Na canção "Formiguinhas", as crianças exercitam a compreensão de cada parte do corpo e no próximo passo da atividade reproduzem a imagem do corpo de um colega em um papel do tamanho do corpo de uma criança. Em casa, essa atividade pode ser feita com a família.

Higiene da cabeça aos pés
Indicado para: 1º ano, Ciência
Por meio de videochamada ou mensagem de áudio, peça aos alunos que coletem todos os objetos relacionados à higiene corporal que tenham em casa e que tirem fotos, escrevendo uma lista com os nomes. Aqui não deve haver preocupação com a grafia correta. Você pode propor que eles gravem um vídeo em que apresentam cada objeto e dizem para que serve ou façam uma dramatização, com objetivo de conscientizar sobre cuidados com a higiene corporal. Peça que eles enviem os vídeos curtos e através de um grupo de WhatsApp ou videochamada, comente os vídeos e peça que eles contem o que aprenderam.

Curso gratuito: Google Classroom

Neste curso, você aprenderá como usar o Google Classroom para criar atividades com os estudantes em diferentes formatos e organizar as entregas da turma em um único lugar. Também conhecerá a experiência de duas educadoras que estão utilizando o recurso durante o ensino remoto.

A recepção do som pelo corpo humano
Indicado para: 1º ano, Ciências
Muitos alunos conhecem a brincadeira do telefone sem fio. É com essa memória que esse plano vai trabalhar para que os alunos formulem hipóteses sobre o que influencia na recepção do som. Peça que eles testem essas hipóteses em casa e conversem depois sobre o que funcionou ou não durante uma videoconferência para sistematizar o aprendizado. Com essa percepção ativada, os alunos conhecem cada parte do sistema auditivo que nos permite ouvir. 

Identidade e respeito às diferenças
Indicado para: 1º ano, Ciências
O objetivo do plano é reconhecer características pessoais (físicas e culturais), com valorização das semelhanças e diferenças, promovendo atitudes de respeito às individualidades. Em uma aula síncrona, proponha que a turma brinque de “Mestre mandou” e que, como mestre, os alunos devem imitar seus gestos. Faça movimentos no sentido de sentir o contorno de todo o rosto, franzir a testa, sorrir, apalpar as orelhas, bater as mãos e tocar cotovelo, joelho e pés. Após a brincadeira, pergunte aos alunos: "O que temos de igual e de diferente?". Caso alguma criança não possa estar presente no momento da aula síncrona, solicite que brinque com a família de “Mestre mandou”, e responda a pergunta por áudio.

Tags

Guias

Tags

Guias