17418
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 8º ano > Natureza, ambientes e qualidade de vida

Plano de aula - Recursos naturais e biodiversidade na América Latina

Plano de aula de Geografia com atividades para 8° ano do Fundamental sobre Relacionar a exploração dos recursos naturais à perda de biodiversidade nas áreas florestais da América Latina

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Fabiana Machado Leal

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE22 de Geografia, que consta na BNCC.

Esta habilidade diz respeito à identificação dos principais recursos naturais dos países da América Latina, analisando seu uso para a produção de matéria-prima e energia e sua relevância para a cooperação entre os países do Mercosul. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

  • Cópia do mapa Cobertura de áreas florestais (2010), para cada aluno;
  • Cópia do mapa Variação da superfície agrícola e florestal por país/território (2000-2010), para cada aluno;
  • Cópia das Atividades da Ação Propositiva para cada grupo;
  • Cópia das peças do Quebra-cabeça para cada aluno (Atividade sugerida na Ação Propositiva);
  • Borracha, lápis preto e caneta;
  • Atlas Geográfico Escolar;
  • Equipamento multimídia para reprodução dos slides.

Material complementar:

GEO8_22UND04 - Atividades da Ação Propositiva:https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/p75JBCj4fFxmHAVj7wPbTEuKK2p3w95CtmK4JX9rXqwKPJhyRVMHSS5xt2DK/geo8-22und04-atividades-da-acao-propositiva.pdf

Trechos do texto América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade GEO8_22UND04_Ação Propositiva Quebra-cabeça:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/4Ub5EJa3Y7kfZR24eYtQmqS96S2UVe5RXNJdZU5urMNbH5Fu59fcsqB4YzVf/geo8-22und04-acao-propositiva-quebra-cabeca.pdf

Link para os mapas:

Mapa Cobertura de áreas florestais (2010), disponível em GEO8_22UND04_Mapa_Áreas florestais:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TGqWqTpjaM9t9nv5Epqye36GWdYMmnaTVfpcKBkeAVGKQP25PXv9futmvUgY/geo8-22und04-mapa-areas-florestais.pdf

Mapa Variação da superfície agrícola e florestal por país/território (2000-2010), disponível em GEO8_22UND04_Mapa_Superfície agrícola e florestal

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/YvWfKyxS79Ee3Y89WzxyRzVXTNX2w6mb3mQPb7HdMgsJ4qvARHKM83CFddhm/geo8-22und04-mapa-superficie-agricola-e-florestal.pdf

Planisfério Político. IBGE. Disponível em: <https://atlasescolar.ibge.gov.br/images/atlas/mapas_mundo/mundo_planisferio_politico_a3.pdf>. Acesso em: 18 fev 2019.

Para você saber mais:

A defesa e os recursos naturais na América do Sul: contribuições para uma estratégia regional. UNASUL, Buenos Aires, 2014. Disponível em: <http://ceed.unasursg.org/Portugues/09-Downloads/Biblioteca/DEF-RRNN-PORT.pdf>. Acesso em: 21 fev 2019.

Agronegócio foi responsável por quase 70% do desmatamento na América Latina. FAO/ONU, 2016. Disponível em: <http://www.fao.org/americas/noticias/ver/pt/c/425810/>. Acesso em: 21 fev 2019.

América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade. PNUD, ONU, 2010. Disponível em: <http://www.zaragoza.es/contenidos/medioambiente/onu/175-por-res1.pdf>. Acesso em: 21 fev 2019.

Recursos naturais podem contribuir para desenvolvimento da América Latina e Caribe. CEPAL, ONU. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/recursos-naturais-podem-contribuir-para-desenvolvimento-da-america-latina-e-caribe-diz-cepal>. Acesso em: 21 fev 2019.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Comente com os alunos que nesta aula eles irão relacionar a exploração dos recursos naturais à perda de biodiversidade nas áreas florestais da América Latina.

Para você saber mais:

Entende-se por biodiversidade a variedade biológica das formas de vida existentes no planeta. Essa variedade pode ser analisada em diferentes escalas, seja dos ecossistemas, passando pela variedade de espécies animais e vegetais, até à variação genética dos indivíduos.

Aproveitada de forma sustentável, a biodiversidade é fundamental para o desenvolvimento econômico, para a manutenção da vida dos seres humanos e outros animais e para o equilíbrio dos ecossistemas.

Segundo especialistas, o Brasil é o país de maior biodiversidade do mundo, com cerca de 20% das espécies catalogadas no planeta. O desmatamento, a expansão das atividades agropecuárias, a emissão de gases poluentes na atmosfera, a poluição dos mananciais, a exploração excessiva dos recursos naturais, as atividades urbano-industriais e a biopirataria estão entre as principais ameaças à biodiversidade.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Inicie a aula apresentando o mapa Cobertura de áreas florestais (2010), elaborado pela FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura) e pergunte a eles quais são as regiões com maior cobertura de áreas florestadas no planeta.

A partir da interpretação do mapa e da legenda, espera-se que a turma perceba que a América Latina tem a maior cobertura de áreas florestais, além da maior densidade de cobertura, sobretudo, na região da floresta Amazônica, a maior floresta equatorial do mundo. Caso julgue necessário, retome algumas informações importantes sobre a floresta Amazônica. Para tanto, você pode utilizar as informações apresentadas no tópico “Para você saber mais”.

O mapa Cobertura de áreas florestais (2010) está disponível em:

Global Forest Resources Assessment. FAO / ONU. Disponível em: <http://www.fao.org/forestry/fra/80298/en/>. Acesso em 21 fev 2019.

Se desejar, você pode imprimir uma cópia do mapa para os alunos. O arquivo para impressão está disponível em GEO8_22UND04_Mapa_Áreas florestais https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TGqWqTpjaM9t9nv5Epqye36GWdYMmnaTVfpcKBkeAVGKQP25PXv9futmvUgY/geo8-22und04-mapa-areas-florestais.pdf

A partir dessa discussão, comente que, segundo a ONU, quase 50% dos territórios da América Latina e do Caribe são cobertos por florestas, chegando a mais de 890 milhões de hectares. Esses dados fazem da região a mais importante do ponto de vista da biodiversidade do planeta.

Caso julgue necessário, explique aos alunos que, a América Latina e o Caribe abrigam seis países considerados “megadiversos”: Brasil, Colômbia, Equador, México, Venezuela e Peru. A exceção do México, todos abrigam porções da Amazônia, uma das regiões de maior diversidade do mundo. Explique aos alunos que os países com megadiversidade recobrem menos de 10% da área do planeta, mas possuem cerca de 70% das espécies de mamíferos, pássaros, répteis, anfíbios, plantas e insetos do mundo.

Se possível, durante a etapa de Contextualização, deixe alguns Atlas Escolares à disposição dos alunos. Se preferir, você pode imprimir, ou reproduzir o Planisfério Político elaborado pelo IBGE, disponível em: <https://atlasescolar.ibge.gov.br/images/atlas/mapas_mundo/mundo_planisferio_politico_a3.pdf>. Acesso em 18 fev 2019.

Para você saber mais:

A floresta Amazônica é a maior floresta equatorial do planeta e ocupa territórios do Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa. É uma floresta densa, perene, latifoliada e adaptada ao clima equatorial, portanto, quente e úmido, com altos índices pluviométricos durante todo o ano. Além disso, a Amazônia possui uma das maiores biodiversidades do mundo. A alta umidade ocorre devido a presença da bacia hidrográfica do rio Amazonas que, em relação com a floresta, garante a manutenção do equilíbrio ecológico da grande variedade de espécies. Trata-se da floresta equatorial mais importante do mundo, todavia, está exposta a um desmatamento intenso, sobretudo, na área oriental, conhecida como “arco do desmatamento”. As principais atividades responsáveis pelo desmatamento são o extrativismo mineral, a extração ilegal de madeira e a agropecuária, especialmente, o cultivo da soja.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos

Orientações: Inicie a etapa da Problematização perguntando aos alunos sobre a importância da biodiversidade e da conservação de todas as formas de vida.

A partir dos comentários dos alunos, discuta que a biodiversidade diz respeito à manutenção das diversas formas de vida existentes no planeta, incluindo a variação genética. A manutenção da biodiversidade é fundamental para a sustentabilidade e para a continuidade da vida, uma vez que dependemos dos recursos naturais e das espécies para produzirmos nossos alimentos, medicamentos e parte das matérias-primas para a atividade industrial.

Na sequência, apresente o mapa Variação da superfície agrícola e florestal por país/território (2000-2010) e pergunte aos alunos qual a situação da América Latina nesse cenário. Explique a representação mostra a situação dos países em relação às áreas agrícolas e florestais, ou seja, quais países perderam ou ganharam áreas nessas duas formas de uso da terra.

A partir da análise do mapa e da leitura da legenda, os alunos devem perceber que a América Latina é uma das regiões do mundo que mais perdeu áreas florestais e ganhou áreas agrícolas, entre os anos de 2000 e 2010. Isto é, a região de maior biodiversidade do planeta também é aquela que mais ganha áreas agrícolas em detrimento da cobertura vegetal original.

O mapa Variação da superfície agrícola e florestal por país/território (2000-2010) está disponível em:

El Estado de los bosques del mundo. FAO/ONU, 2016. Disponível em: <http://www.fao.org/3/a-i5588s.pdf>. Acesso em: 21 fev 2019.

Se desejar, você pode imprimir uma cópia do mapa para os alunos. O arquivo para impressão está disponível em GEO8_22UND04_Mapa_Superfície agrícola e florestal https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/YvWfKyxS79Ee3Y89WzxyRzVXTNX2w6mb3mQPb7HdMgsJ4qvARHKM83CFddhm/geo8-22und04-mapa-superficie-agricola-e-florestal.pdf

Para finalizar a etapa da Problematização, reflita com a turma que, segundo a FAO, entre os anos de 2000 e 2010, as atividades do agronegócio - com a expansão das pastagens para a agropecuária e o cultivo de grãos (como a soja) foram responsáveis por cerca de 70% do desmatamento na América Latina. Também é importante comentar que a expansão das atividades do agronegócio foram fundamentais para o crescimento econômico da maior parte dos países da região, o que ocasionou uma forte pressão para a expansão das fronteiras agrícolas nesses países.

Se possível, durante a etapa de Problematização, deixe alguns Atlas Escolares à disposição dos alunos. Se preferir, você pode imprimir, ou reproduzir o Planisfério Político elaborado pelo IBGE, disponível em https://atlasescolar.ibge.gov.br/images/atlas/mapas_mundo/mundo_planisferio_politico_a3.pdf , acesso em 18 de fevereiro de 2019.

Para você saber mais:

Entende-se por biodiversidade a variedade biológica, isto é, das formas de vida existentes no planeta. Essa variedade pode ser analisada em diferentes escalas, seja dos ecossistemas, passando pela variedade de espécies animais e vegetais, até à variação genética dos indivíduos.

Aproveitada de forma sustentável, a biodiversidade é fundamental para o desenvolvimento econômico, para a manutenção da vida dos seres humanos e outros animais e para o equilíbrio dos ecossistemas.

Segundo especialistas, o Brasil é o país de maior biodiversidade do mundo, com cerca de 20% das espécies catalogadas no mundo. O desmatamento, a expansão das atividades agropecuárias, a emissão de gases poluentes na atmosfera, a poluição dos mananciais, a exploração excessiva dos recursos naturais, as atividades urbano-industriais e a biopirataria estão entre as principais ameaças à biodiversidade.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 32 minutos

Orientações: Para iniciar a Ação Propositiva, organize a turma em grupos de 5 alunos e explique que, nesta etapa, eles irão realizar a atividade “Quebra-cabeça”. A atividade consiste na leitura de um texto, dividido em 5 partes menores. Ao final da atividade, a equipe debaterá o texto por completo.

O texto disponibilizado para os alunos é composto por trechos do relatório América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade. O relatório foi publicado pela ONU e está disponível na íntegra em “para você saber mais”.

Apresente as orientações e explique a dinâmica da atividade. Você pode apresentar as informações no slide, escrever no quadro ou imprimi-las. Vale lembrar que as orientações para essa etapa da aula estão disponíveis no arquivo

GEO8_22UND04 - Atividades da Ação Propositiva https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/4Ub5EJa3Y7kfZR24eYtQmqS96S2UVe5RXNJdZU5urMNbH5Fu59fcsqB4YzVf/geo8-22und04-acao-propositiva-quebra-cabeca.pdf

As 5 partes do relatório América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade que serão trabalhados na Ação Propositiva estão disponíveis no arquivo

GEO8_22UND04 - Ação Propositiva: Quebra-cabeça

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/p75JBCj4fFxmHAVj7wPbTEuKK2p3w95CtmK4JX9rXqwKPJhyRVMHSS5xt2DK/geo8-22und04-atividades-da-acao-propositiva.pdf

Para organização dos grupos e explicação das orientações, use os primeiros 5 minutos da Ação Propositiva.

Em um primeiro momento, cada grupo discutirá uma peça do quebra-cabeça, ou seja, uma parte do texto. Para tanto, distribua uma parte/peça para cada grupo. É importante ressaltar que, caso haja mais do que 5 grupos na turma, o texto e número de integrantes devem ser reorganizados. Em outras palavras, se forem formados 6 grupos (de 6 integrantes), o texto deve ser reorganizado em 6 partes.

Disponibilize um tempo para que cada integrante do grupo leia a parte determinada para o grupo. Na sequência, solicite que todos discutam e cheguem a um entendimento comum acerca daquele trecho. Nesse momento, é importante orientar que os alunos façam anotações nos cadernos das informações debatidas pelos grupos que consideram relevantes.

Essa etapa deve durar cerca de 12 minutos.

Após a apropriação e discussão de um trecho pelo grupo, é hora de montar o quebra-cabeça. Para tanto, proponha a reorganização da turma em novos grupos, de modo que, cada grupo seja formado por integrantes que leram peças diferentes do quebra-cabeça. Isto é, esse novo grupo deverá ser composto por um aluno que leu e debateu o trecho 1, um aluno que leu e debateu o trecho 2, e assim sucessivamente.

Nessa segunda etapa, os alunos serão responsáveis pela aprendizagem dos colegas, uma vez que terão a oportunidade de apresentar a sua peça, ao passo que todos os integrantes do grupo tomem conhecimento do conteúdo proposto. Nesse sentido, ao final da atividade, os grupos terão debatido todo o texto e montado o quebra-cabeça.

Essa etapa deve durar cerca de 15 minutos.

Ao final da atividade, sugira que a turma faça uma síntese da discussão, na etapa da Sistematização.

Para você saber mais:

América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade. PNUD, ONU, 2010. Disponível em: <http://www.zaragoza.es/contenidos/medioambiente/onu/175-por-res1.pdf>. Acesso em: 21 fev 2019.

A atividade “Quebra-cabeça” está disponível no livro:

CAMARGO, Fausto; THUINE, Daros. A Sala de Aula Inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. São Paulo: Editora Penso, 2018.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Após a realização da atividade da Ação Propositiva, utilize o momento da Sistematização para compartilhar ideias e refletir com a turma sobre as áreas florestais e a biodiversidade na América Latina. Aproveite o encerramento da aula para perguntar à turma sobre a experiência de realizar a atividade “Quebra-cabeça”.

Retome os principais pontos discutidos em cada parte de texto e sugira que a turma elabore uma frase ou um pequeno parágrafo que sintetize as discussões realizadas no texto. Essa discussão final pode servir de motivação para o desenvolvimento das suas próximas aulas, ajudando a turma a desenvolver a temática proposta. Com isso, você pode dar sequência e aprofundar esse plano, pesquisando sobre outros dados, informações e representações cartográficas que evidenciem a biodiversidade e o aproveitamento dos recursos naturais na América Latina.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08GE22 de Geografia, que consta na BNCC.

Esta habilidade diz respeito à identificação dos principais recursos naturais dos países da América Latina, analisando seu uso para a produção de matéria-prima e energia e sua relevância para a cooperação entre os países do Mercosul. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

  • Cópia do mapa Cobertura de áreas florestais (2010), para cada aluno;
  • Cópia do mapa Variação da superfície agrícola e florestal por país/território (2000-2010), para cada aluno;
  • Cópia das Atividades da Ação Propositiva para cada grupo;
  • Cópia das peças do Quebra-cabeça para cada aluno (Atividade sugerida na Ação Propositiva);
  • Borracha, lápis preto e caneta;
  • Atlas Geográfico Escolar;
  • Equipamento multimídia para reprodução dos slides.

Material complementar:

GEO8_22UND04 - Atividades da Ação Propositiva:https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/p75JBCj4fFxmHAVj7wPbTEuKK2p3w95CtmK4JX9rXqwKPJhyRVMHSS5xt2DK/geo8-22und04-atividades-da-acao-propositiva.pdf

Trechos do texto América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade GEO8_22UND04_Ação Propositiva Quebra-cabeça:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/4Ub5EJa3Y7kfZR24eYtQmqS96S2UVe5RXNJdZU5urMNbH5Fu59fcsqB4YzVf/geo8-22und04-acao-propositiva-quebra-cabeca.pdf

Link para os mapas:

Mapa Cobertura de áreas florestais (2010), disponível em GEO8_22UND04_Mapa_Áreas florestais:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TGqWqTpjaM9t9nv5Epqye36GWdYMmnaTVfpcKBkeAVGKQP25PXv9futmvUgY/geo8-22und04-mapa-areas-florestais.pdf

Mapa Variação da superfície agrícola e florestal por país/território (2000-2010), disponível em GEO8_22UND04_Mapa_Superfície agrícola e florestal

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/YvWfKyxS79Ee3Y89WzxyRzVXTNX2w6mb3mQPb7HdMgsJ4qvARHKM83CFddhm/geo8-22und04-mapa-superficie-agricola-e-florestal.pdf

Planisfério Político. IBGE. Disponível em: <https://atlasescolar.ibge.gov.br/images/atlas/mapas_mundo/mundo_planisferio_politico_a3.pdf>. Acesso em: 18 fev 2019.

Para você saber mais:

A defesa e os recursos naturais na América do Sul: contribuições para uma estratégia regional. UNASUL, Buenos Aires, 2014. Disponível em: <http://ceed.unasursg.org/Portugues/09-Downloads/Biblioteca/DEF-RRNN-PORT.pdf>. Acesso em: 21 fev 2019.

Agronegócio foi responsável por quase 70% do desmatamento na América Latina. FAO/ONU, 2016. Disponível em: <http://www.fao.org/americas/noticias/ver/pt/c/425810/>. Acesso em: 21 fev 2019.

América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade. PNUD, ONU, 2010. Disponível em: <http://www.zaragoza.es/contenidos/medioambiente/onu/175-por-res1.pdf>. Acesso em: 21 fev 2019.

Recursos naturais podem contribuir para desenvolvimento da América Latina e Caribe. CEPAL, ONU. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/recursos-naturais-podem-contribuir-para-desenvolvimento-da-america-latina-e-caribe-diz-cepal>. Acesso em: 21 fev 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Comente com os alunos que nesta aula eles irão relacionar a exploração dos recursos naturais à perda de biodiversidade nas áreas florestais da América Latina.

Para você saber mais:

Entende-se por biodiversidade a variedade biológica das formas de vida existentes no planeta. Essa variedade pode ser analisada em diferentes escalas, seja dos ecossistemas, passando pela variedade de espécies animais e vegetais, até à variação genética dos indivíduos.

Aproveitada de forma sustentável, a biodiversidade é fundamental para o desenvolvimento econômico, para a manutenção da vida dos seres humanos e outros animais e para o equilíbrio dos ecossistemas.

Segundo especialistas, o Brasil é o país de maior biodiversidade do mundo, com cerca de 20% das espécies catalogadas no planeta. O desmatamento, a expansão das atividades agropecuárias, a emissão de gases poluentes na atmosfera, a poluição dos mananciais, a exploração excessiva dos recursos naturais, as atividades urbano-industriais e a biopirataria estão entre as principais ameaças à biodiversidade.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Inicie a aula apresentando o mapa Cobertura de áreas florestais (2010), elaborado pela FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura) e pergunte a eles quais são as regiões com maior cobertura de áreas florestadas no planeta.

A partir da interpretação do mapa e da legenda, espera-se que a turma perceba que a América Latina tem a maior cobertura de áreas florestais, além da maior densidade de cobertura, sobretudo, na região da floresta Amazônica, a maior floresta equatorial do mundo. Caso julgue necessário, retome algumas informações importantes sobre a floresta Amazônica. Para tanto, você pode utilizar as informações apresentadas no tópico “Para você saber mais”.

O mapa Cobertura de áreas florestais (2010) está disponível em:

Global Forest Resources Assessment. FAO / ONU. Disponível em: <http://www.fao.org/forestry/fra/80298/en/>. Acesso em 21 fev 2019.

Se desejar, você pode imprimir uma cópia do mapa para os alunos. O arquivo para impressão está disponível em GEO8_22UND04_Mapa_Áreas florestais https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/TGqWqTpjaM9t9nv5Epqye36GWdYMmnaTVfpcKBkeAVGKQP25PXv9futmvUgY/geo8-22und04-mapa-areas-florestais.pdf

A partir dessa discussão, comente que, segundo a ONU, quase 50% dos territórios da América Latina e do Caribe são cobertos por florestas, chegando a mais de 890 milhões de hectares. Esses dados fazem da região a mais importante do ponto de vista da biodiversidade do planeta.

Caso julgue necessário, explique aos alunos que, a América Latina e o Caribe abrigam seis países considerados “megadiversos”: Brasil, Colômbia, Equador, México, Venezuela e Peru. A exceção do México, todos abrigam porções da Amazônia, uma das regiões de maior diversidade do mundo. Explique aos alunos que os países com megadiversidade recobrem menos de 10% da área do planeta, mas possuem cerca de 70% das espécies de mamíferos, pássaros, répteis, anfíbios, plantas e insetos do mundo.

Se possível, durante a etapa de Contextualização, deixe alguns Atlas Escolares à disposição dos alunos. Se preferir, você pode imprimir, ou reproduzir o Planisfério Político elaborado pelo IBGE, disponível em: <https://atlasescolar.ibge.gov.br/images/atlas/mapas_mundo/mundo_planisferio_politico_a3.pdf>. Acesso em 18 fev 2019.

Para você saber mais:

A floresta Amazônica é a maior floresta equatorial do planeta e ocupa territórios do Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa. É uma floresta densa, perene, latifoliada e adaptada ao clima equatorial, portanto, quente e úmido, com altos índices pluviométricos durante todo o ano. Além disso, a Amazônia possui uma das maiores biodiversidades do mundo. A alta umidade ocorre devido a presença da bacia hidrográfica do rio Amazonas que, em relação com a floresta, garante a manutenção do equilíbrio ecológico da grande variedade de espécies. Trata-se da floresta equatorial mais importante do mundo, todavia, está exposta a um desmatamento intenso, sobretudo, na área oriental, conhecida como “arco do desmatamento”. As principais atividades responsáveis pelo desmatamento são o extrativismo mineral, a extração ilegal de madeira e a agropecuária, especialmente, o cultivo da soja.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos

Orientações: Inicie a etapa da Problematização perguntando aos alunos sobre a importância da biodiversidade e da conservação de todas as formas de vida.

A partir dos comentários dos alunos, discuta que a biodiversidade diz respeito à manutenção das diversas formas de vida existentes no planeta, incluindo a variação genética. A manutenção da biodiversidade é fundamental para a sustentabilidade e para a continuidade da vida, uma vez que dependemos dos recursos naturais e das espécies para produzirmos nossos alimentos, medicamentos e parte das matérias-primas para a atividade industrial.

Na sequência, apresente o mapa Variação da superfície agrícola e florestal por país/território (2000-2010) e pergunte aos alunos qual a situação da América Latina nesse cenário. Explique a representação mostra a situação dos países em relação às áreas agrícolas e florestais, ou seja, quais países perderam ou ganharam áreas nessas duas formas de uso da terra.

A partir da análise do mapa e da leitura da legenda, os alunos devem perceber que a América Latina é uma das regiões do mundo que mais perdeu áreas florestais e ganhou áreas agrícolas, entre os anos de 2000 e 2010. Isto é, a região de maior biodiversidade do planeta também é aquela que mais ganha áreas agrícolas em detrimento da cobertura vegetal original.

O mapa Variação da superfície agrícola e florestal por país/território (2000-2010) está disponível em:

El Estado de los bosques del mundo. FAO/ONU, 2016. Disponível em: <http://www.fao.org/3/a-i5588s.pdf>. Acesso em: 21 fev 2019.

Se desejar, você pode imprimir uma cópia do mapa para os alunos. O arquivo para impressão está disponível em GEO8_22UND04_Mapa_Superfície agrícola e florestal https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/YvWfKyxS79Ee3Y89WzxyRzVXTNX2w6mb3mQPb7HdMgsJ4qvARHKM83CFddhm/geo8-22und04-mapa-superficie-agricola-e-florestal.pdf

Para finalizar a etapa da Problematização, reflita com a turma que, segundo a FAO, entre os anos de 2000 e 2010, as atividades do agronegócio - com a expansão das pastagens para a agropecuária e o cultivo de grãos (como a soja) foram responsáveis por cerca de 70% do desmatamento na América Latina. Também é importante comentar que a expansão das atividades do agronegócio foram fundamentais para o crescimento econômico da maior parte dos países da região, o que ocasionou uma forte pressão para a expansão das fronteiras agrícolas nesses países.

Se possível, durante a etapa de Problematização, deixe alguns Atlas Escolares à disposição dos alunos. Se preferir, você pode imprimir, ou reproduzir o Planisfério Político elaborado pelo IBGE, disponível em https://atlasescolar.ibge.gov.br/images/atlas/mapas_mundo/mundo_planisferio_politico_a3.pdf , acesso em 18 de fevereiro de 2019.

Para você saber mais:

Entende-se por biodiversidade a variedade biológica, isto é, das formas de vida existentes no planeta. Essa variedade pode ser analisada em diferentes escalas, seja dos ecossistemas, passando pela variedade de espécies animais e vegetais, até à variação genética dos indivíduos.

Aproveitada de forma sustentável, a biodiversidade é fundamental para o desenvolvimento econômico, para a manutenção da vida dos seres humanos e outros animais e para o equilíbrio dos ecossistemas.

Segundo especialistas, o Brasil é o país de maior biodiversidade do mundo, com cerca de 20% das espécies catalogadas no mundo. O desmatamento, a expansão das atividades agropecuárias, a emissão de gases poluentes na atmosfera, a poluição dos mananciais, a exploração excessiva dos recursos naturais, as atividades urbano-industriais e a biopirataria estão entre as principais ameaças à biodiversidade.

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 32 minutos

Orientações: Para iniciar a Ação Propositiva, organize a turma em grupos de 5 alunos e explique que, nesta etapa, eles irão realizar a atividade “Quebra-cabeça”. A atividade consiste na leitura de um texto, dividido em 5 partes menores. Ao final da atividade, a equipe debaterá o texto por completo.

O texto disponibilizado para os alunos é composto por trechos do relatório América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade. O relatório foi publicado pela ONU e está disponível na íntegra em “para você saber mais”.

Apresente as orientações e explique a dinâmica da atividade. Você pode apresentar as informações no slide, escrever no quadro ou imprimi-las. Vale lembrar que as orientações para essa etapa da aula estão disponíveis no arquivo

GEO8_22UND04 - Atividades da Ação Propositiva https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/4Ub5EJa3Y7kfZR24eYtQmqS96S2UVe5RXNJdZU5urMNbH5Fu59fcsqB4YzVf/geo8-22und04-acao-propositiva-quebra-cabeca.pdf

As 5 partes do relatório América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade que serão trabalhados na Ação Propositiva estão disponíveis no arquivo

GEO8_22UND04 - Ação Propositiva: Quebra-cabeça

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/p75JBCj4fFxmHAVj7wPbTEuKK2p3w95CtmK4JX9rXqwKPJhyRVMHSS5xt2DK/geo8-22und04-atividades-da-acao-propositiva.pdf

Para organização dos grupos e explicação das orientações, use os primeiros 5 minutos da Ação Propositiva.

Em um primeiro momento, cada grupo discutirá uma peça do quebra-cabeça, ou seja, uma parte do texto. Para tanto, distribua uma parte/peça para cada grupo. É importante ressaltar que, caso haja mais do que 5 grupos na turma, o texto e número de integrantes devem ser reorganizados. Em outras palavras, se forem formados 6 grupos (de 6 integrantes), o texto deve ser reorganizado em 6 partes.

Disponibilize um tempo para que cada integrante do grupo leia a parte determinada para o grupo. Na sequência, solicite que todos discutam e cheguem a um entendimento comum acerca daquele trecho. Nesse momento, é importante orientar que os alunos façam anotações nos cadernos das informações debatidas pelos grupos que consideram relevantes.

Essa etapa deve durar cerca de 12 minutos.

Após a apropriação e discussão de um trecho pelo grupo, é hora de montar o quebra-cabeça. Para tanto, proponha a reorganização da turma em novos grupos, de modo que, cada grupo seja formado por integrantes que leram peças diferentes do quebra-cabeça. Isto é, esse novo grupo deverá ser composto por um aluno que leu e debateu o trecho 1, um aluno que leu e debateu o trecho 2, e assim sucessivamente.

Nessa segunda etapa, os alunos serão responsáveis pela aprendizagem dos colegas, uma vez que terão a oportunidade de apresentar a sua peça, ao passo que todos os integrantes do grupo tomem conhecimento do conteúdo proposto. Nesse sentido, ao final da atividade, os grupos terão debatido todo o texto e montado o quebra-cabeça.

Essa etapa deve durar cerca de 15 minutos.

Ao final da atividade, sugira que a turma faça uma síntese da discussão, na etapa da Sistematização.

Para você saber mais:

América Latina e o Caribe: uma superpotência de biodiversidade. PNUD, ONU, 2010. Disponível em: <http://www.zaragoza.es/contenidos/medioambiente/onu/175-por-res1.pdf>. Acesso em: 21 fev 2019.

A atividade “Quebra-cabeça” está disponível no livro:

CAMARGO, Fausto; THUINE, Daros. A Sala de Aula Inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. São Paulo: Editora Penso, 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Após a realização da atividade da Ação Propositiva, utilize o momento da Sistematização para compartilhar ideias e refletir com a turma sobre as áreas florestais e a biodiversidade na América Latina. Aproveite o encerramento da aula para perguntar à turma sobre a experiência de realizar a atividade “Quebra-cabeça”.

Retome os principais pontos discutidos em cada parte de texto e sugira que a turma elabore uma frase ou um pequeno parágrafo que sintetize as discussões realizadas no texto. Essa discussão final pode servir de motivação para o desenvolvimento das suas próximas aulas, ajudando a turma a desenvolver a temática proposta. Com isso, você pode dar sequência e aprofundar esse plano, pesquisando sobre outros dados, informações e representações cartográficas que evidenciem a biodiversidade e o aproveitamento dos recursos naturais na América Latina.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Natureza, ambientes e qualidade de vida do 8º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08GE22 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano