16984
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 9º ano > Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

Plano de aula - A Constituição de 1988 e a luta pelos direitos das mulheres no Brasil

Plano de aula de História com atividades para 9º ano do EF sobre A Constituição de 1988 e a luta pelos direitos das mulheres no Brasil

Plano 02 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Paula de Abreu Figueira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09HI24, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Esta aula tem como objetivo que os alunos compreendam as conquistas feministas na Constituição de 1988;

Materiais necessários: Cópias dos documentos 1, 2 e 3 que serão disponibilizados para os grupos, data show para exibição das perguntas que irão nortear a aula ou poderão ser escritas no quadro. Cartolina e canetinhas para a Sistematização.

Material complementar:

Documento 1 - Contexto: Constituição de 1988 - Dos direitos e garantias fundamentais: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/xNTQkVQKBnpbARHr2HkMuSU8NDZFa5rXvAUNs5Vae5Z6duxXpPP5bRrZNHEJ/his9-24und02-constituicao-de-1988.pdf

Documento 2 - contexto: Lobby do Batom: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sNY8AJZh65HXJSxT9Bt5gGzweeBbGdGaCFmsKbJ2UPt4U9rH3x2WF8K4PeT6/his9-24und02-lobby-do-batom.pdf

Documento 3 - Problematização: Carta das mulheres aos constituintes: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vfe7xrSBBPPRMfBa2vc55Sd3YTChRPRQy2kp4yAzvJMCaEmefMkQbrBrJZVy/his9-24und02-carta-das-mulheres-a-constituinte.pdf

Para você saber mais:

Constituição de 1988: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm

Sobre a conquista do direito ao voto: https://goo.gl/Fwp1xd

Fatos históricos que marcaram as conquistas das mulheres: https://goo.gl/wwvPVf

Sobre a luta dos direitos das mulheres: https://goo.gl/9ttVgy

Código Penal Brasileiro: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del2848compilado.htm

O Lobby do Batom, para dar o nosso tom: a Constituição Federal e os avanços no âmbito da família e da saúde: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2018/03/06/lobby-do-batom-marco-historico-no-combate-a-discriminacoes

Lobby do Batom mostrou poder de coesão feminina na Constituição de 1988: https://arte.estadao.com.br/focas/capitu/materia/lobby-do-batom-mostrou-poder-de-coesao-feminina-na-constituicao-de-1988

Referências bibliográficas:

PRIORE, Mary del. História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 2004.

COELHO, João Gilberto Lucas , OLIVEIRA, Antônio Carlos Nantes de. A nova Constituição: avaliação do texto e perfil dos constituintes. Rio de Janeiro: Revan/INESC, 1989.

VILLA, Marco Antônio. 1988 - uma Constituição para chamar de sua?. In:___. A história das constituições brasileiras. São Paulo: Leya, 2011. p. 111-129.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Apresente o objetivo da aula para turma, você pode escrever no quadro, projetar ou ler para a turma. O importante neste momento é que os alunos saibam o que será trabalhado na aula e qual o objetivo de aprendizado. A intenção nesta parte inicial é que os alunos saibam qual o objetivo da aula e o que deverão aprender no fim desta. Mas é muito importante que o professor não antecipe nenhuma questão ou reflexão específica que será tratada durante a aula, permitindo que os alunos sejam protagonistas na construção do conhecimento.

Esta aula possui como objetivo os alunos compreenderem as conquistas feministas na Constituição de 1988.

Para você saber mais:

Constituição de 1988: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm

Sobre a conquista do direito ao voto: https://goo.gl/Fwp1xd

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos.

Orientações: Apresente aos alunos o trecho do Art. 5° da Constituição de 1988 que prevê a igualdade entre homens e mulheres, pode ser projetado com um data show ou escrito no quadro. Peça que um aluno faça a leitura. Pergunte aos alunos: O que o trecho da Constituição está estabelecendo como lei? Sempre foi desta maneira?

É esperado que neste momento os alunos destaquem os direitos à vida, à liberdade, à igualdade de todos perante a lei, à segurança, à propriedade, mas principalmente é desejado que eles destaquem que a Constituição define homens e mulheres como iguais em direitos e obrigações nos termos da Constituição. E que esta definição de igualdade nem sempre foi assim, que antes no Brasil as mulheres não tinham os mesmos direitos dos homens.
Neste momento os alunos podem até não ter conhecimento sobre todos os direitos que as mulheres não tinham acesso antes da Constituição de 1988,
mas o importante é que o professor promova o questionamento: Será que estes direitos sempre foram garantidos por lei?
Será que as mulheres tinham direito ao trabalho, à liberdade, à propriedade privada no tempo das nossas avós e bisavós?

Tempo estipulado para esta etapa é de 6 minutos.

Documento 1 - Contexto: Constituição de 1988 - Dos direitos e garantias fundamentais: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/xNTQkVQKBnpbARHr2HkMuSU8NDZFa5rXvAUNs5Vae5Z6duxXpPP5bRrZNHEJ/his9-24und02-constituicao-de-1988.pdf

Para você saber mais:

Constituição de 1988: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm

Sobre a conquista do direito ao voto: https://goo.gl/Fwp1xd

Fatos históricos que marcaram as conquistas das mulheres: https://goo.gl/wwvPVf

Sobre a luta dos direitos das mulheres: https://goo.gl/9ttVgy

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Divida a turma em cinco grupos, disponibilize para os alunos o texto do documento 2, sobre o movimento do Lobby do Batom pela Constituição de 1988. Peça que um aluno leia para a turma o trecho da notícia. Após a leitura do documento 2 peça que os alunos comentem o lema
da bancada feminina:

“Constituinte pra valer tem que ter direitos das mulheres”. Lobby do Batom

Destacar que, antes da Constituinte que elaborou a Constituição de 1988, as mulheres tinham pouca participação política e poucas leis que garantiam os seus direitos na sociedade brasileira, então é esperado que os alunos destaquem que o lema traz a ideia de que para a Constituinte ser cidadã e democrática ela tinha que ter a voz das mulheres, os direitos das mulheres.

Tempo estipulado para esta etapa é de 6 minutos. Peça que dois grupos compartilhem sua opinião.

Documento 2 - Contexto: Lobby do Batom: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sNY8AJZh65HXJSxT9Bt5gGzweeBbGdGaCFmsKbJ2UPt4U9rH3x2WF8K4PeT6/his9-24und02-lobby-do-batom.pdf

Para você saber mais:

Constituição de 1988: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm

Sobre a conquista do direito ao voto: https://goo.gl/Fwp1xd

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Ainda nos grupos, exiba a assinatura da Carta das mulheres aos constituintes ou escreva no quadro e disponibilize aos grupos um trecho do documento 3. A Carta das mulheres aos constituintes possui as reivindicações dividas por temas. Cada grupo irá receber um trecho diferente da carta, os temas são: família, trabalho, saúde, educação e cultura e violência. A proposta é que cada grupo leia um trecho da carta e responda:
Quais as principais reivindicações propostas pelas mulheres a Constituição no seu tema?

Tema família: É esperado que os alunos destaquem a reivindicação de ambos os cônjuges, marido e esposa, ter direitos e deveres iguais na administração dos bens e responsabilidade sobre os filhos. Igualdade de registro dos filhos. Direito da mulher rural em ter acesso a terras da reforma agrária em seu nome, combate ao abandono de filhos menores.

O professor pode destacar para os alunos a LEI Nº 13.112, DE 30 DE MARÇO DE 2015 que estabeleceu mudanças na lei de registro, para permitir à mulher, em igualdade de condições, proceder ao registro de nascimento do filho. Antes o pai poderia registrar a criança possuindo apenas a identidade da mãe, mas a mãe não poderia sozinha registrar a criança sem ter uma certidão de casamento ou declaração do pai.

Para saber mais: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13112.htm

Tema trabalho: É esperado que os alunos destaquem as reivindicações pela igualdade de salários entre homens e mulheres que exercem o mesmo trabalho, igualdade de condições e acesso ao mercado de trabalho, garantia do emprego a mulher gestante, licença para o pai nos períodos de natal,
licença especial para as pessoas que adotem crianças.

Tema saúde: É esperado que os alunos destaquem as reivindicações por um sistema único de saúde, fiscalização dos medicamentos, garantia do direito da mulher conhecer e decidir sobre o seu corpo, garantia da livre opção pela maternidade, oferecer acesso gratuito aos métodos contraceptivos.

Tema educação e cultura: É esperado que os alunos destaquem as reivindicações pela defesa da educação pública que priorize a democracia e a formação de cidadãos, dando ênfase a igualdade dos sexos, à luta contra o racismo e todas as formas de discriminação. Dever do estado combater o analfabetismo.

Tema violência: É esperado que os alunos destaquem as reivindicações pela criminalização dos atos cometidos contra as mulheres, que envolvam agressões físicas, psicológicas ou sexuais, pelo reconhecimento como estupro de qualquer ato ou relação sexual forçada. Retirada da lei do termo mulher honesta. Criação de delegacias especializadas para o atendimento à mulher.

Documento 3 - Problematização: Carta das mulheres aos constituintes: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vfe7xrSBBPPRMfBa2vc55Sd3YTChRPRQy2kp4yAzvJMCaEmefMkQbrBrJZVy/his9-24und02-carta-das-mulheres-a-constituinte.pdf

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 16 minutos.

Orientações: Disponibilize uma cartolina para cada grupo, peça que eles escrevam a sua resposta da Problematização na cartolina, destacando das reivindicações de cada tema as que atualmente já foram conquistadas pelas mulheres e fazem parte da Constituição.

É esperado que os alunos identifiquem que a Constituição de 1988 atendeu grande parte das reivindicações das mulheres daquela época, que se fizeram representar por meio de deputadas e senadoras, avanços como a igualdade perante a lei, licença-maternidade de 120 dias, o direito à posse da terra ao homem e à mulher, igualdade de direitos e de salários entre homem e mulher; mecanismos para coibir a violência doméstica; a igualdade de direitos e responsabilidades na família, a definição do princípio da não discriminação por sexo e raça-etnia, a proibição da discriminação da mulher no mercado de trabalho e o estabelecimento de direitos no campo da reprodução.

Para auxiliar os alunos na pesquisa das leis presentes na Constituição o professor pode permitir o uso da internet ou disponibilizar para os grupos trechos da Constituição brasileira de 1988.

Após a finalização dos cartazes, cada grupo apresenta o seu cartaz para os demais alunos.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09HI24, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Esta aula tem como objetivo que os alunos compreendam as conquistas feministas na Constituição de 1988;

Materiais necessários: Cópias dos documentos 1, 2 e 3 que serão disponibilizados para os grupos, data show para exibição das perguntas que irão nortear a aula ou poderão ser escritas no quadro. Cartolina e canetinhas para a Sistematização.

Material complementar:

Documento 1 - Contexto: Constituição de 1988 - Dos direitos e garantias fundamentais: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/xNTQkVQKBnpbARHr2HkMuSU8NDZFa5rXvAUNs5Vae5Z6duxXpPP5bRrZNHEJ/his9-24und02-constituicao-de-1988.pdf

Documento 2 - contexto: Lobby do Batom: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sNY8AJZh65HXJSxT9Bt5gGzweeBbGdGaCFmsKbJ2UPt4U9rH3x2WF8K4PeT6/his9-24und02-lobby-do-batom.pdf

Documento 3 - Problematização: Carta das mulheres aos constituintes: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vfe7xrSBBPPRMfBa2vc55Sd3YTChRPRQy2kp4yAzvJMCaEmefMkQbrBrJZVy/his9-24und02-carta-das-mulheres-a-constituinte.pdf

Para você saber mais:

Constituição de 1988: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm

Sobre a conquista do direito ao voto: https://goo.gl/Fwp1xd

Fatos históricos que marcaram as conquistas das mulheres: https://goo.gl/wwvPVf

Sobre a luta dos direitos das mulheres: https://goo.gl/9ttVgy

Código Penal Brasileiro: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del2848compilado.htm

O Lobby do Batom, para dar o nosso tom: a Constituição Federal e os avanços no âmbito da família e da saúde: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2018/03/06/lobby-do-batom-marco-historico-no-combate-a-discriminacoes

Lobby do Batom mostrou poder de coesão feminina na Constituição de 1988: https://arte.estadao.com.br/focas/capitu/materia/lobby-do-batom-mostrou-poder-de-coesao-feminina-na-constituicao-de-1988

Referências bibliográficas:

PRIORE, Mary del. História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 2004.

COELHO, João Gilberto Lucas , OLIVEIRA, Antônio Carlos Nantes de. A nova Constituição: avaliação do texto e perfil dos constituintes. Rio de Janeiro: Revan/INESC, 1989.

VILLA, Marco Antônio. 1988 - uma Constituição para chamar de sua?. In:___. A história das constituições brasileiras. São Paulo: Leya, 2011. p. 111-129.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Apresente o objetivo da aula para turma, você pode escrever no quadro, projetar ou ler para a turma. O importante neste momento é que os alunos saibam o que será trabalhado na aula e qual o objetivo de aprendizado. A intenção nesta parte inicial é que os alunos saibam qual o objetivo da aula e o que deverão aprender no fim desta. Mas é muito importante que o professor não antecipe nenhuma questão ou reflexão específica que será tratada durante a aula, permitindo que os alunos sejam protagonistas na construção do conhecimento.

Esta aula possui como objetivo os alunos compreenderem as conquistas feministas na Constituição de 1988.

Para você saber mais:

Constituição de 1988: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm

Sobre a conquista do direito ao voto: https://goo.gl/Fwp1xd

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos.

Orientações: Apresente aos alunos o trecho do Art. 5° da Constituição de 1988 que prevê a igualdade entre homens e mulheres, pode ser projetado com um data show ou escrito no quadro. Peça que um aluno faça a leitura. Pergunte aos alunos: O que o trecho da Constituição está estabelecendo como lei? Sempre foi desta maneira?

É esperado que neste momento os alunos destaquem os direitos à vida, à liberdade, à igualdade de todos perante a lei, à segurança, à propriedade, mas principalmente é desejado que eles destaquem que a Constituição define homens e mulheres como iguais em direitos e obrigações nos termos da Constituição. E que esta definição de igualdade nem sempre foi assim, que antes no Brasil as mulheres não tinham os mesmos direitos dos homens.
Neste momento os alunos podem até não ter conhecimento sobre todos os direitos que as mulheres não tinham acesso antes da Constituição de 1988,
mas o importante é que o professor promova o questionamento: Será que estes direitos sempre foram garantidos por lei?
Será que as mulheres tinham direito ao trabalho, à liberdade, à propriedade privada no tempo das nossas avós e bisavós?

Tempo estipulado para esta etapa é de 6 minutos.

Documento 1 - Contexto: Constituição de 1988 - Dos direitos e garantias fundamentais: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/xNTQkVQKBnpbARHr2HkMuSU8NDZFa5rXvAUNs5Vae5Z6duxXpPP5bRrZNHEJ/his9-24und02-constituicao-de-1988.pdf

Para você saber mais:

Constituição de 1988: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm

Sobre a conquista do direito ao voto: https://goo.gl/Fwp1xd

Fatos históricos que marcaram as conquistas das mulheres: https://goo.gl/wwvPVf

Sobre a luta dos direitos das mulheres: https://goo.gl/9ttVgy

Slide Plano Aula

Orientações: Divida a turma em cinco grupos, disponibilize para os alunos o texto do documento 2, sobre o movimento do Lobby do Batom pela Constituição de 1988. Peça que um aluno leia para a turma o trecho da notícia. Após a leitura do documento 2 peça que os alunos comentem o lema
da bancada feminina:

“Constituinte pra valer tem que ter direitos das mulheres”. Lobby do Batom

Destacar que, antes da Constituinte que elaborou a Constituição de 1988, as mulheres tinham pouca participação política e poucas leis que garantiam os seus direitos na sociedade brasileira, então é esperado que os alunos destaquem que o lema traz a ideia de que para a Constituinte ser cidadã e democrática ela tinha que ter a voz das mulheres, os direitos das mulheres.

Tempo estipulado para esta etapa é de 6 minutos. Peça que dois grupos compartilhem sua opinião.

Documento 2 - Contexto: Lobby do Batom: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sNY8AJZh65HXJSxT9Bt5gGzweeBbGdGaCFmsKbJ2UPt4U9rH3x2WF8K4PeT6/his9-24und02-lobby-do-batom.pdf

Para você saber mais:

Constituição de 1988: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm

Sobre a conquista do direito ao voto: https://goo.gl/Fwp1xd

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Ainda nos grupos, exiba a assinatura da Carta das mulheres aos constituintes ou escreva no quadro e disponibilize aos grupos um trecho do documento 3. A Carta das mulheres aos constituintes possui as reivindicações dividas por temas. Cada grupo irá receber um trecho diferente da carta, os temas são: família, trabalho, saúde, educação e cultura e violência. A proposta é que cada grupo leia um trecho da carta e responda:
Quais as principais reivindicações propostas pelas mulheres a Constituição no seu tema?

Tema família: É esperado que os alunos destaquem a reivindicação de ambos os cônjuges, marido e esposa, ter direitos e deveres iguais na administração dos bens e responsabilidade sobre os filhos. Igualdade de registro dos filhos. Direito da mulher rural em ter acesso a terras da reforma agrária em seu nome, combate ao abandono de filhos menores.

O professor pode destacar para os alunos a LEI Nº 13.112, DE 30 DE MARÇO DE 2015 que estabeleceu mudanças na lei de registro, para permitir à mulher, em igualdade de condições, proceder ao registro de nascimento do filho. Antes o pai poderia registrar a criança possuindo apenas a identidade da mãe, mas a mãe não poderia sozinha registrar a criança sem ter uma certidão de casamento ou declaração do pai.

Para saber mais: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13112.htm

Tema trabalho: É esperado que os alunos destaquem as reivindicações pela igualdade de salários entre homens e mulheres que exercem o mesmo trabalho, igualdade de condições e acesso ao mercado de trabalho, garantia do emprego a mulher gestante, licença para o pai nos períodos de natal,
licença especial para as pessoas que adotem crianças.

Tema saúde: É esperado que os alunos destaquem as reivindicações por um sistema único de saúde, fiscalização dos medicamentos, garantia do direito da mulher conhecer e decidir sobre o seu corpo, garantia da livre opção pela maternidade, oferecer acesso gratuito aos métodos contraceptivos.

Tema educação e cultura: É esperado que os alunos destaquem as reivindicações pela defesa da educação pública que priorize a democracia e a formação de cidadãos, dando ênfase a igualdade dos sexos, à luta contra o racismo e todas as formas de discriminação. Dever do estado combater o analfabetismo.

Tema violência: É esperado que os alunos destaquem as reivindicações pela criminalização dos atos cometidos contra as mulheres, que envolvam agressões físicas, psicológicas ou sexuais, pelo reconhecimento como estupro de qualquer ato ou relação sexual forçada. Retirada da lei do termo mulher honesta. Criação de delegacias especializadas para o atendimento à mulher.

Documento 3 - Problematização: Carta das mulheres aos constituintes: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vfe7xrSBBPPRMfBa2vc55Sd3YTChRPRQy2kp4yAzvJMCaEmefMkQbrBrJZVy/his9-24und02-carta-das-mulheres-a-constituinte.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 16 minutos.

Orientações: Disponibilize uma cartolina para cada grupo, peça que eles escrevam a sua resposta da Problematização na cartolina, destacando das reivindicações de cada tema as que atualmente já foram conquistadas pelas mulheres e fazem parte da Constituição.

É esperado que os alunos identifiquem que a Constituição de 1988 atendeu grande parte das reivindicações das mulheres daquela época, que se fizeram representar por meio de deputadas e senadoras, avanços como a igualdade perante a lei, licença-maternidade de 120 dias, o direito à posse da terra ao homem e à mulher, igualdade de direitos e de salários entre homem e mulher; mecanismos para coibir a violência doméstica; a igualdade de direitos e responsabilidades na família, a definição do princípio da não discriminação por sexo e raça-etnia, a proibição da discriminação da mulher no mercado de trabalho e o estabelecimento de direitos no campo da reprodução.

Para auxiliar os alunos na pesquisa das leis presentes na Constituição o professor pode permitir o uso da internet ou disponibilizar para os grupos trechos da Constituição brasileira de 1988.

Após a finalização dos cartazes, cada grupo apresenta o seu cartaz para os demais alunos.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946 do 9º ano :

9º ano / História / Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

9º ano / História / Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

MAIS AULAS DE História do 9º ano:

9º ano / História / Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09HI24 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano