16532
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 4º ano > Circulação de pessoas, produtos e culturas

Plano de aula - Povos dos sambaquis

Plano de aula de História com atividades para 4º ano do EF sobre Povos dos sambaquis

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Cristiane De Oliveira Moura

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade (EF04HI04) de História, que consta na BNCC.

Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

Projetor, atividades impressas, lápis, borracha e dicionário.

Material complementar: Acesse os materiais necessários para preparar sua aula.

  • Imagens do slide para o contexto, disponível em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aJ2rrbbU6Tz9HgANGFd5t9zHZFDjWSybufXG3TRewmfxu7NJw5HHKmq83cth/his4-04und05-contexto.pdf

  • Imagens dos fragmentos dos sambaquis para a problematização, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sZGFAk48MnmKTDNDskrAbeExJReXZCP4w8ZJjB4DvVwqUekCu2TJZPKwfuFn/his4-04und05-problematizacao.pdf

  • Imagens dos mapas para a problematização, disponível em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HVYGx9XVjEdeAyHq6EuUXFCKQ5NTHg5qhMqMHzQzCAjveTXNzK24AKXzwEQU/his4-04und05-problematizacao-mapa-da-localizacao-dos-sambaquis.pdf

  • Cartelas da atividade sobre os Sambaquis para a problematização, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jCTFcr6yFA6PJkDZhStt988QmGbPMwsKEwTWdvmXCmjKetpQzbuhGgdt3dC5/his4-04und05-problematizacao-cartelas.pdf

  • Atividade em grupo : Análise de um sambaqui, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NrRmrxnp3xDESZXSnvgqHmUQy8DQfYhu5g7U3PtV3kdUk4zwhS6rMbZD2bZe/his4-04und05-sistematizacao.pdf

Fonte das imagens:

  • Conchas Bivalvia. Wikimedia. Disponível no link:

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=164753. Acesso em: 06 de jan. 2019.

  • Concheiro, Mikel Zubimend. wikimedia. Disponível no link:

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Category%3AShell+midden+sites&uselang=pt#/media/File:Conchero_al_sur_de_Puerto_Deseado.jpg. Acesso em: 06 de jan. 2019

  • Fotografia de um modelo de extração das camadas de um sambaqui, autor: Thigruner. Disponível no link:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sambaquis_no_Brasil. Acesso em: 17 de jan. 2019.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b9/Sambaqui%2C_MAE-USP_%282%29.JPG. Acesso em 07 de jan. 2019.

  • Sambaqui, Thayná M. Almeida. Releitura da ilustração de Mariane Massarani. Acervo do autor, disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em: 27 fev. 2019.

Para você saber mais:

Nesse plano serão trabalhados os povos do passado distante que moravam no litoral e tinham o costume de armazenar conchas em montes.

No Brasil convencionou-se chamar esses montes de Sambaqui, palavra de origem Tupi. Mesmo sendo uma palavra indígena, é bom ter claro que esses povos não eram indígenas e viveram em um tempo anterior à ocupação indígena.

O conceito de Sambaqui foi definido como categoria em meados dos anos de 1870, como sendo todo tipo de sítio conchífero do litoral brasileiro.

Esses povos dos sambaquis foram os grupos que deixaram a maior quantidade de vestígios de sua permanência no território que depois foi denominado de Brasil.

Esses materiais, muitos deles bem preservados, permitem que se tenha noção do modo de vida e das condições ambientais daquele tempo.

Textos:

  • BARATA, G. Resenha do livro: Sambaqui: Arqueologia do litoral brasileiro de Madu Gaspar. Disponível no link:

http://www.comciencia.br/dossies-1-72/resenhas/arqueologia/sambaqui.htm. Acesso em: 30 dez. de 2018:

  • CALIPPO, F. R. Os Sambaquis submersos de Cananéia: Um estudo de caso da arqueologia subaquática. Dissertação UNESP. Disponível no link:

http://www.registro.unesp.br/sites/museu/basededados/arquivos/00000412.pdf. Acesso em 30 dez. 2018.

  • ESCÓRCIO, E; GASPAR, M. D. Um olhar sobre o gênero - Estudo de caso - Sambaqueiros do RJ. Museu Nacional da UFRJ. Disponível no link:

http://www.museunacional.ufrj.br/arqueologia/docs/papers/madu/escorcioRA23_01.pdf

  • SILVA, E. P; ARRUDA, T. A; DUARTE M. R. Quem mora no sambaqui. Revista Ciência Hoje das crianças. Ele traz uma imagem bem rica e divertida de um sambaqui no com diferentes fragmentos. Disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em 17 jan. 2019.

Vídeos:

  • Animação: O que é um Sambaqui. Se houver recursos é possível utilizar essa animação do Museu do Sambaqui de Joinville. Disponível no link:

https://www.facebook.com/associacaosambaqui/videos/1679109765708498/?__mref=message_bubble. Acesso em 19 jan. 2019.

  • Vídeo: Sítio pré-histórico - Sambaqui. SP Arqueologia. Fonte: YouTube. Disponível no link:

https://www.youtube.com/watch?v=3rY4RTXnnhE. Acesso em 30 de dez. 2018.

  • Vídeo: Sambaquis - Vale Ribeira - arqueologia São Paulo. Fonte: YouTube. Disponível no link:

https://www.youtube.com/watch?v=e-a0peXbfB4. Acesso em 30 de dez. 2018.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

Apresente o objetivo aos alunos escrevendo-o no quadro ou projetando o slide.

Faça a leitura coletiva.

Indague o significado da palavra “sambaquis”.

Essa é uma palavra de origem tupi, que significa: (tamba = conchas e ki = amontoado), “ amontoado de conchas”.

Incentive a turma a levantar algumas hipóteses sobre a palavra.

Em seguida, solicite um voluntário para procurar no dicionário o significado e ler para os colegas.

Peça para a turma ler novamente o objetivo e abra para colocações dos alunos sobre o que será trabalhado.

Esclareça as dúvidas que houver.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

Apresente para os alunos as imagens do slide. Se não for possível projetar, faça um cartaz ou imprima.

Provoque-os, questionando se eles conhecem as imagens e que relação elas têm com o objetivo lido anteriormente.

Peça para a turma refletir sobre: onde são encontradas as conchas; se esse monte seria natural ou não; a razão dessa quantidade de conchas.

Estimule o grupo a levantar hipóteses sobre quem o teria feito, quando foram feitos e onde se localizam.

Esse é o início para levantarem suas hipóteses sobre os sambaquis.

Imagens dos slide, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aJ2rrbbU6Tz9HgANGFd5t9zHZFDjWSybufXG3TRewmfxu7NJw5HHKmq83cth/his4-04und05-contexto.pdf

Fonte das imagens:

Concheiro, Mikel Zubimend. Disponível no link:

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Category%3AShell+midden+sites&uselang=pt#/media/File:Conchero_al_sur_de_Puerto_Deseado.jpg. Acesso em: 06 de jan. 2019

Sambaqui, Thayná M. Almeida. Releitura da ilustração de Mariane Massarani. Acervo do autor, disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em: 27 fev. 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se na região houver artesanato com conchas, e também sambaquis, substitua a imagem da apresentação por uma local.

Para você saber mais:

Nesse plano serão trabalhados os povos do passado distante que moravam no litoral e tinham o costume de armazenar conchas em montes.

No Brasil convencionou-se chamar esses montes de Sambaqui, palavra de origem Tupi. Mesmo sendo uma palavra indígena, é bom ter claro que esses povos não eram indígenas e viveram em um tempo bem mais distante.

O conceito de Sambaqui foi definido como categoria em meados dos anos de 1870, como sendo todo tipo de sítio conchífero do litoral brasileiro.

Os povos dos sambaquis foram os grupos que deixaram a maior quantidade de vestígios de sua permanência no território que depois foi denominado Brasil.

Esses materiais, muitos deles bem preservados, permitem que se tenha noção do modo de vida e das condições ambientais daquele tempo.

Textos:

  • BARATA, G. Resenha do livro: Sambaqui: Arqueologia do litoral brasileiro de Madu Gaspar. Disponível no link:

http://www.comciencia.br/dossies-1-72/resenhas/arqueologia/sambaqui.htm. Acesso em: 30 dez. de 2018:

  • CALIPPO, F. R. Os Sambaquis submersos de Cananéia: Um estudo de caso da arqueologia subaquática. Dissertação UNESP. Disponível no link:

http://www.registro.unesp.br/sites/museu/basededados/arquivos/00000412.pdf. Acesso em 30 dez. 2018.

  • ESCÓRCIO, E; GASPAR, M. D. Um olhar sobre o gênero - Estudo de caso - Sambaqueiros do RJ. Museu Nacional da UFRJ. Disponível no link:

http://www.museunacional.ufrj.br/arqueologia/docs/papers/madu/escorcioRA23_01.pdf

  • SILVA, E. P; ARRUDA, T. A; DUARTE M. R. Quem mora no sambaqui. Revista Ciência Hoje das crianças. Ele traz uma imagem bem rica e divertida de um sambaqui no com diferentes fragmentos. Disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em 17 jan. 2019.

Vídeos:

  • Animação: O que é um Sambaqui. Se você houver recursos poderá utilizar essa animação do Museu do Sambaqui de Joinville. Disponível no link:

https://www.facebook.com/associacaosambaqui/videos/1679109765708498/?__mref=message_bubble. Acesso em 19 jan. 2019.

  • Vídeo: Sítio pré-histórico - Sambaqui. SP Arqueologia. Fonte: YouTube. Disponível no link:

https://www.youtube.com/watch?v=3rY4RTXnnhE. Acesso em 30 de dez. 2018.

  • Vídeo: Sambaquis - Vale Ribeira - arqueologia São Paulo. Fonte: YouTube. Disponível no link:

https://www.youtube.com/watch?v=e-a0peXbfB4. Acesso em 30 de dez. 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

Organize a turma em 8 grupos.

Apresente para os alunos as imagens do slide. Se não for possível projetar, faça um cartaz ou imprima.

Faça a leitura coletiva da legenda.

Peça que observem atentamente as imagens e identifiquem os fragmentos que ele apresenta, que percebam as diferentes camadas.

Auxilie o grupo relembrando os fragmentos observados no sambaqui do slide anterior.

Se for necessário, nomeie os fragmentos para que localizem: areia, cascas de ostras.

Espera-se que a turma perceba os diferentes fragmentos e os diferentes usos dos sambaquis.

O primeiro modelo, de camadas, é um exemplo de um sambaqui que servia para ser armazenado os restos de alimentação; já a segunda imagem mostra um corte de sambaqui de uso funerário.

Imagens dos fragmentos dos sambaquis, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sZGFAk48MnmKTDNDskrAbeExJReXZCP4w8ZJjB4DvVwqUekCu2TJZPKwfuFn/his4-04und05-problematizacao.pdf

Fonte das imagens:

Fotografia de um modelo de extração das camadas de um sambaqui, de Thigruner. Disponível no link:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sambaquis_no_Brasil. Acesso em: 17 de jan. 2019.

Sambaqui MAE - USP, fotografia e Eliel Bragatti e Renata M. Rocha. Disponível no link:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b9/Sambaqui%2C_MAE-USP_%282%29.JPG. Acesso em 17 de jan. 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Mantenha a turma nos grupos. Informe que irão retomar alguns pontos importantes sobre os sambaquis.

Apresente as imagens do slide, faça um cartaz ou escreva no quadro. Faça a leitura coletiva dos textos explicativos.

Durante as questões veja se há dúvidas. Faça relação com as questões anteriores, discussões e reflexões se for necessário para melhor compreensão.

Esclareça as dúvidas que persistirem.

Fonte da imagem:

Concheiro, Mikel Zubimend. Disponível no link:

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Category%3AShell+midden+sites&uselang=pt#/media/File:Conchero_al_sur_de_Puerto_Deseado.jpg. Acesso em: 06 de jan. 2019

Como adequar à realidade:

Se houver na região houver sambaquis, substitua as imagens por uma imagem local.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Mantenha a turma nos grupos.

Apresente para a turma a imagem do mapa da localização geográfica de sambaquis pelo Brasil. Projete, ou faça um cartaz.

Faça a leitura coletiva da legenda. Explore o maior mapa com a turma: questione sobre as cores; solicite que identifiquem os estados em que estão os sambaquis. Pergunte o que a maioria das localizações dos sambaquis têm em comum. Questione sobre a movimentação desses grupos, se havia ou não e em qual sentido.

Chame a atenção para a costa do nordeste que não possui registro de sambaqui. Com a turma, levante as hipóteses sobre os possíveis motivos. Espera-se que a turma perceba que a maioria dos sambaquis estão no litoral, local em que as condições são mais favoráveis e que provavelmente esses grupos se deslocava nesse sentido, seguindo o mar.

Informe que provavelmente em todo o litoral havia sambaquis, inclusive no nordeste, porém, muitos deles foram destruídos: alguns pela natureza e a grande maioria por ação humana. Um dos motivos da interferência humana era utilizar os materiais dos sambaquis em construções.

Imagens dos mapas para a problematização, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HVYGx9XVjEdeAyHq6EuUXFCKQ5NTHg5qhMqMHzQzCAjveTXNzK24AKXzwEQU/his4-04und05-problematizacao-mapa-da-localizacao-dos-sambaquis.pdf

Fonte das imagens:

Mapa dos sambaquis: Acervo da Revista Nova Escola, disponível no link:

https://novaescola.org.br/conteudo/3105/localizacao-geografica-de-sambaquis-pelo-brasil. Acesso em 08 jan. 2019.

Mapa das regiões do Brasil, disponível no link:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Regi%C3%B5es_do_Brasil. Acesso em 08 jan. 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se na região houver algum sambaquis, localize no mapa e dê ênfase com questionamento, reflexões e informações.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

A turma deverá permanecer nos grupos.

Projete a imagem do slide, apresente-a em um cartaz ou reproduza no quadro. Informe a turma que irão realizar uma atividade em que irão saber um pouco mais sobre o sambaqui. Faça a leitura coletiva da consigna da proposta.

Informe que terão 8 situações em que serão desafiados com questões sobre o assunto e a cada questão terão novas informações sobre ele. Cada um dos 8 grupos responderá uma questão. Solicite que a turma escolha qual grupo inicia e como será a ordem do rodízio. Informe que, seguindo a ordem, cada grupo escolhe um número e define um dos integrantes para ser o orador.

O orador recebe a cartela escolhida, faz a leitura da questão e das alternativas para seu grupo. O grupo escolhe uma das alternativas e o orador confere a resposta - que está em negrito - na sequência lê o complemento da resposta “para saber mais”. Ao término de cada questão abra um espaço para comentários da turma. Faça questionamentos, relações e provocações que julgar necessários para favorecer as reflexões da turma.

Cartelas da atividade sobre os Sambaquis. Elas deverão ser recortadas, cada uma equivale a uma cartela com uma questão, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jCTFcr6yFA6PJkDZhStt988QmGbPMwsKEwTWdvmXCmjKetpQzbuhGgdt3dC5/his4-04und05-problematizacao-cartelas.pdf

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

Mantenha a turma nos grupos e informe que irão realizar uma atividade de criação e análise de um sambaqui.

Entregue para cada grupo a proposta de atividade e faça a leitura coletiva.

Informe o tempo da primeira etapa.

Oriente que utilizem algumas informações da dinâmica do quebra-cabeça para criar o sambaqui do grupo.

Circule nos grupos, observe as reflexões e colocações deles.

Atente-se para as dúvidas e equívocos que surgirem. Faça o grupo refletir sobre elas para compreensão. Esclareça as dúvidas que persistirem.

Ao término dessa etapa, recolha as folhas de todos os grupos e redistribua-as para outros grupos. Atente-se para que nenhum grupo esteja com sua própria folha na segunda etapa.

Faça a leitura coletiva da consigna da segunda etapa e informe o tempo.

Oriente que leiam e levantem hipóteses do como seria o sambaqui daquele povo.

Em seguida, os grupos devem fazer o desenho do sambaqui com os fragmentos a partir da descrição do primeiro grupo.

Faça a socialização dos grupos. Ao término faça o fechamento e a exposição dos trabalho.

Atividade em grupo - Análise de um sambaqui, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NrRmrxnp3xDESZXSnvgqHmUQy8DQfYhu5g7U3PtV3kdUk4zwhS6rMbZD2bZe/his4-04und05-sistematizacao.pdf

Fonte da imagem:

Sambaqui, Thayná M. Almeida. Releitura da ilustração de Mariane Massarani. Acervo do autor, disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em: 27 fev. 2019.

Para você saber mais:

  • SILVA, E. P; ARRUDA, T. A; DUARTE M. R. Quem mora no sambaqui. Revista Ciência Hoje das crianças. Ele traz uma imagem bem rica e divertida de um sambaqui no com diferentes fragmentos. Disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em 17 jan. 2019.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade (EF04HI04) de História, que consta na BNCC.

Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

Projetor, atividades impressas, lápis, borracha e dicionário.

Material complementar: Acesse os materiais necessários para preparar sua aula.

  • Imagens do slide para o contexto, disponível em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aJ2rrbbU6Tz9HgANGFd5t9zHZFDjWSybufXG3TRewmfxu7NJw5HHKmq83cth/his4-04und05-contexto.pdf

  • Imagens dos fragmentos dos sambaquis para a problematização, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sZGFAk48MnmKTDNDskrAbeExJReXZCP4w8ZJjB4DvVwqUekCu2TJZPKwfuFn/his4-04und05-problematizacao.pdf

  • Imagens dos mapas para a problematização, disponível em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HVYGx9XVjEdeAyHq6EuUXFCKQ5NTHg5qhMqMHzQzCAjveTXNzK24AKXzwEQU/his4-04und05-problematizacao-mapa-da-localizacao-dos-sambaquis.pdf

  • Cartelas da atividade sobre os Sambaquis para a problematização, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jCTFcr6yFA6PJkDZhStt988QmGbPMwsKEwTWdvmXCmjKetpQzbuhGgdt3dC5/his4-04und05-problematizacao-cartelas.pdf

  • Atividade em grupo : Análise de um sambaqui, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NrRmrxnp3xDESZXSnvgqHmUQy8DQfYhu5g7U3PtV3kdUk4zwhS6rMbZD2bZe/his4-04und05-sistematizacao.pdf

Fonte das imagens:

  • Conchas Bivalvia. Wikimedia. Disponível no link:

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=164753. Acesso em: 06 de jan. 2019.

  • Concheiro, Mikel Zubimend. wikimedia. Disponível no link:

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Category%3AShell+midden+sites&uselang=pt#/media/File:Conchero_al_sur_de_Puerto_Deseado.jpg. Acesso em: 06 de jan. 2019

  • Fotografia de um modelo de extração das camadas de um sambaqui, autor: Thigruner. Disponível no link:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sambaquis_no_Brasil. Acesso em: 17 de jan. 2019.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b9/Sambaqui%2C_MAE-USP_%282%29.JPG. Acesso em 07 de jan. 2019.

  • Sambaqui, Thayná M. Almeida. Releitura da ilustração de Mariane Massarani. Acervo do autor, disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em: 27 fev. 2019.

Para você saber mais:

Nesse plano serão trabalhados os povos do passado distante que moravam no litoral e tinham o costume de armazenar conchas em montes.

No Brasil convencionou-se chamar esses montes de Sambaqui, palavra de origem Tupi. Mesmo sendo uma palavra indígena, é bom ter claro que esses povos não eram indígenas e viveram em um tempo anterior à ocupação indígena.

O conceito de Sambaqui foi definido como categoria em meados dos anos de 1870, como sendo todo tipo de sítio conchífero do litoral brasileiro.

Esses povos dos sambaquis foram os grupos que deixaram a maior quantidade de vestígios de sua permanência no território que depois foi denominado de Brasil.

Esses materiais, muitos deles bem preservados, permitem que se tenha noção do modo de vida e das condições ambientais daquele tempo.

Textos:

  • BARATA, G. Resenha do livro: Sambaqui: Arqueologia do litoral brasileiro de Madu Gaspar. Disponível no link:

http://www.comciencia.br/dossies-1-72/resenhas/arqueologia/sambaqui.htm. Acesso em: 30 dez. de 2018:

  • CALIPPO, F. R. Os Sambaquis submersos de Cananéia: Um estudo de caso da arqueologia subaquática. Dissertação UNESP. Disponível no link:

http://www.registro.unesp.br/sites/museu/basededados/arquivos/00000412.pdf. Acesso em 30 dez. 2018.

  • ESCÓRCIO, E; GASPAR, M. D. Um olhar sobre o gênero - Estudo de caso - Sambaqueiros do RJ. Museu Nacional da UFRJ. Disponível no link:

http://www.museunacional.ufrj.br/arqueologia/docs/papers/madu/escorcioRA23_01.pdf

  • SILVA, E. P; ARRUDA, T. A; DUARTE M. R. Quem mora no sambaqui. Revista Ciência Hoje das crianças. Ele traz uma imagem bem rica e divertida de um sambaqui no com diferentes fragmentos. Disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em 17 jan. 2019.

Vídeos:

  • Animação: O que é um Sambaqui. Se houver recursos é possível utilizar essa animação do Museu do Sambaqui de Joinville. Disponível no link:

https://www.facebook.com/associacaosambaqui/videos/1679109765708498/?__mref=message_bubble. Acesso em 19 jan. 2019.

  • Vídeo: Sítio pré-histórico - Sambaqui. SP Arqueologia. Fonte: YouTube. Disponível no link:

https://www.youtube.com/watch?v=3rY4RTXnnhE. Acesso em 30 de dez. 2018.

  • Vídeo: Sambaquis - Vale Ribeira - arqueologia São Paulo. Fonte: YouTube. Disponível no link:

https://www.youtube.com/watch?v=e-a0peXbfB4. Acesso em 30 de dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

Apresente o objetivo aos alunos escrevendo-o no quadro ou projetando o slide.

Faça a leitura coletiva.

Indague o significado da palavra “sambaquis”.

Essa é uma palavra de origem tupi, que significa: (tamba = conchas e ki = amontoado), “ amontoado de conchas”.

Incentive a turma a levantar algumas hipóteses sobre a palavra.

Em seguida, solicite um voluntário para procurar no dicionário o significado e ler para os colegas.

Peça para a turma ler novamente o objetivo e abra para colocações dos alunos sobre o que será trabalhado.

Esclareça as dúvidas que houver.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

Apresente para os alunos as imagens do slide. Se não for possível projetar, faça um cartaz ou imprima.

Provoque-os, questionando se eles conhecem as imagens e que relação elas têm com o objetivo lido anteriormente.

Peça para a turma refletir sobre: onde são encontradas as conchas; se esse monte seria natural ou não; a razão dessa quantidade de conchas.

Estimule o grupo a levantar hipóteses sobre quem o teria feito, quando foram feitos e onde se localizam.

Esse é o início para levantarem suas hipóteses sobre os sambaquis.

Imagens dos slide, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/aJ2rrbbU6Tz9HgANGFd5t9zHZFDjWSybufXG3TRewmfxu7NJw5HHKmq83cth/his4-04und05-contexto.pdf

Fonte das imagens:

Concheiro, Mikel Zubimend. Disponível no link:

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Category%3AShell+midden+sites&uselang=pt#/media/File:Conchero_al_sur_de_Puerto_Deseado.jpg. Acesso em: 06 de jan. 2019

Sambaqui, Thayná M. Almeida. Releitura da ilustração de Mariane Massarani. Acervo do autor, disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em: 27 fev. 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se na região houver artesanato com conchas, e também sambaquis, substitua a imagem da apresentação por uma local.

Para você saber mais:

Nesse plano serão trabalhados os povos do passado distante que moravam no litoral e tinham o costume de armazenar conchas em montes.

No Brasil convencionou-se chamar esses montes de Sambaqui, palavra de origem Tupi. Mesmo sendo uma palavra indígena, é bom ter claro que esses povos não eram indígenas e viveram em um tempo bem mais distante.

O conceito de Sambaqui foi definido como categoria em meados dos anos de 1870, como sendo todo tipo de sítio conchífero do litoral brasileiro.

Os povos dos sambaquis foram os grupos que deixaram a maior quantidade de vestígios de sua permanência no território que depois foi denominado Brasil.

Esses materiais, muitos deles bem preservados, permitem que se tenha noção do modo de vida e das condições ambientais daquele tempo.

Textos:

  • BARATA, G. Resenha do livro: Sambaqui: Arqueologia do litoral brasileiro de Madu Gaspar. Disponível no link:

http://www.comciencia.br/dossies-1-72/resenhas/arqueologia/sambaqui.htm. Acesso em: 30 dez. de 2018:

  • CALIPPO, F. R. Os Sambaquis submersos de Cananéia: Um estudo de caso da arqueologia subaquática. Dissertação UNESP. Disponível no link:

http://www.registro.unesp.br/sites/museu/basededados/arquivos/00000412.pdf. Acesso em 30 dez. 2018.

  • ESCÓRCIO, E; GASPAR, M. D. Um olhar sobre o gênero - Estudo de caso - Sambaqueiros do RJ. Museu Nacional da UFRJ. Disponível no link:

http://www.museunacional.ufrj.br/arqueologia/docs/papers/madu/escorcioRA23_01.pdf

  • SILVA, E. P; ARRUDA, T. A; DUARTE M. R. Quem mora no sambaqui. Revista Ciência Hoje das crianças. Ele traz uma imagem bem rica e divertida de um sambaqui no com diferentes fragmentos. Disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em 17 jan. 2019.

Vídeos:

  • Animação: O que é um Sambaqui. Se você houver recursos poderá utilizar essa animação do Museu do Sambaqui de Joinville. Disponível no link:

https://www.facebook.com/associacaosambaqui/videos/1679109765708498/?__mref=message_bubble. Acesso em 19 jan. 2019.

  • Vídeo: Sítio pré-histórico - Sambaqui. SP Arqueologia. Fonte: YouTube. Disponível no link:

https://www.youtube.com/watch?v=3rY4RTXnnhE. Acesso em 30 de dez. 2018.

  • Vídeo: Sambaquis - Vale Ribeira - arqueologia São Paulo. Fonte: YouTube. Disponível no link:

https://www.youtube.com/watch?v=e-a0peXbfB4. Acesso em 30 de dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

Organize a turma em 8 grupos.

Apresente para os alunos as imagens do slide. Se não for possível projetar, faça um cartaz ou imprima.

Faça a leitura coletiva da legenda.

Peça que observem atentamente as imagens e identifiquem os fragmentos que ele apresenta, que percebam as diferentes camadas.

Auxilie o grupo relembrando os fragmentos observados no sambaqui do slide anterior.

Se for necessário, nomeie os fragmentos para que localizem: areia, cascas de ostras.

Espera-se que a turma perceba os diferentes fragmentos e os diferentes usos dos sambaquis.

O primeiro modelo, de camadas, é um exemplo de um sambaqui que servia para ser armazenado os restos de alimentação; já a segunda imagem mostra um corte de sambaqui de uso funerário.

Imagens dos fragmentos dos sambaquis, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sZGFAk48MnmKTDNDskrAbeExJReXZCP4w8ZJjB4DvVwqUekCu2TJZPKwfuFn/his4-04und05-problematizacao.pdf

Fonte das imagens:

Fotografia de um modelo de extração das camadas de um sambaqui, de Thigruner. Disponível no link:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sambaquis_no_Brasil. Acesso em: 17 de jan. 2019.

Sambaqui MAE - USP, fotografia e Eliel Bragatti e Renata M. Rocha. Disponível no link:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b9/Sambaqui%2C_MAE-USP_%282%29.JPG. Acesso em 17 de jan. 2019.

Slide Plano Aula

Orientações:

Mantenha a turma nos grupos. Informe que irão retomar alguns pontos importantes sobre os sambaquis.

Apresente as imagens do slide, faça um cartaz ou escreva no quadro. Faça a leitura coletiva dos textos explicativos.

Durante as questões veja se há dúvidas. Faça relação com as questões anteriores, discussões e reflexões se for necessário para melhor compreensão.

Esclareça as dúvidas que persistirem.

Fonte da imagem:

Concheiro, Mikel Zubimend. Disponível no link:

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Category%3AShell+midden+sites&uselang=pt#/media/File:Conchero_al_sur_de_Puerto_Deseado.jpg. Acesso em: 06 de jan. 2019

Como adequar à realidade:

Se houver na região houver sambaquis, substitua as imagens por uma imagem local.

Slide Plano Aula

Orientações:

Mantenha a turma nos grupos.

Apresente para a turma a imagem do mapa da localização geográfica de sambaquis pelo Brasil. Projete, ou faça um cartaz.

Faça a leitura coletiva da legenda. Explore o maior mapa com a turma: questione sobre as cores; solicite que identifiquem os estados em que estão os sambaquis. Pergunte o que a maioria das localizações dos sambaquis têm em comum. Questione sobre a movimentação desses grupos, se havia ou não e em qual sentido.

Chame a atenção para a costa do nordeste que não possui registro de sambaqui. Com a turma, levante as hipóteses sobre os possíveis motivos. Espera-se que a turma perceba que a maioria dos sambaquis estão no litoral, local em que as condições são mais favoráveis e que provavelmente esses grupos se deslocava nesse sentido, seguindo o mar.

Informe que provavelmente em todo o litoral havia sambaquis, inclusive no nordeste, porém, muitos deles foram destruídos: alguns pela natureza e a grande maioria por ação humana. Um dos motivos da interferência humana era utilizar os materiais dos sambaquis em construções.

Imagens dos mapas para a problematização, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/HVYGx9XVjEdeAyHq6EuUXFCKQ5NTHg5qhMqMHzQzCAjveTXNzK24AKXzwEQU/his4-04und05-problematizacao-mapa-da-localizacao-dos-sambaquis.pdf

Fonte das imagens:

Mapa dos sambaquis: Acervo da Revista Nova Escola, disponível no link:

https://novaescola.org.br/conteudo/3105/localizacao-geografica-de-sambaquis-pelo-brasil. Acesso em 08 jan. 2019.

Mapa das regiões do Brasil, disponível no link:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Regi%C3%B5es_do_Brasil. Acesso em 08 jan. 2019.

Como adequar à sua realidade:

Se na região houver algum sambaquis, localize no mapa e dê ênfase com questionamento, reflexões e informações.

Slide Plano Aula

Orientações:

A turma deverá permanecer nos grupos.

Projete a imagem do slide, apresente-a em um cartaz ou reproduza no quadro. Informe a turma que irão realizar uma atividade em que irão saber um pouco mais sobre o sambaqui. Faça a leitura coletiva da consigna da proposta.

Informe que terão 8 situações em que serão desafiados com questões sobre o assunto e a cada questão terão novas informações sobre ele. Cada um dos 8 grupos responderá uma questão. Solicite que a turma escolha qual grupo inicia e como será a ordem do rodízio. Informe que, seguindo a ordem, cada grupo escolhe um número e define um dos integrantes para ser o orador.

O orador recebe a cartela escolhida, faz a leitura da questão e das alternativas para seu grupo. O grupo escolhe uma das alternativas e o orador confere a resposta - que está em negrito - na sequência lê o complemento da resposta “para saber mais”. Ao término de cada questão abra um espaço para comentários da turma. Faça questionamentos, relações e provocações que julgar necessários para favorecer as reflexões da turma.

Cartelas da atividade sobre os Sambaquis. Elas deverão ser recortadas, cada uma equivale a uma cartela com uma questão, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/jCTFcr6yFA6PJkDZhStt988QmGbPMwsKEwTWdvmXCmjKetpQzbuhGgdt3dC5/his4-04und05-problematizacao-cartelas.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

Mantenha a turma nos grupos e informe que irão realizar uma atividade de criação e análise de um sambaqui.

Entregue para cada grupo a proposta de atividade e faça a leitura coletiva.

Informe o tempo da primeira etapa.

Oriente que utilizem algumas informações da dinâmica do quebra-cabeça para criar o sambaqui do grupo.

Circule nos grupos, observe as reflexões e colocações deles.

Atente-se para as dúvidas e equívocos que surgirem. Faça o grupo refletir sobre elas para compreensão. Esclareça as dúvidas que persistirem.

Ao término dessa etapa, recolha as folhas de todos os grupos e redistribua-as para outros grupos. Atente-se para que nenhum grupo esteja com sua própria folha na segunda etapa.

Faça a leitura coletiva da consigna da segunda etapa e informe o tempo.

Oriente que leiam e levantem hipóteses do como seria o sambaqui daquele povo.

Em seguida, os grupos devem fazer o desenho do sambaqui com os fragmentos a partir da descrição do primeiro grupo.

Faça a socialização dos grupos. Ao término faça o fechamento e a exposição dos trabalho.

Atividade em grupo - Análise de um sambaqui, acesso em:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/NrRmrxnp3xDESZXSnvgqHmUQy8DQfYhu5g7U3PtV3kdUk4zwhS6rMbZD2bZe/his4-04und05-sistematizacao.pdf

Fonte da imagem:

Sambaqui, Thayná M. Almeida. Releitura da ilustração de Mariane Massarani. Acervo do autor, disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em: 27 fev. 2019.

Para você saber mais:

  • SILVA, E. P; ARRUDA, T. A; DUARTE M. R. Quem mora no sambaqui. Revista Ciência Hoje das crianças. Ele traz uma imagem bem rica e divertida de um sambaqui no com diferentes fragmentos. Disponível no link:

http://chc.org.br/artigo/quem-mora-no-sambaqui/. Acesso em 17 jan. 2019.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Circulação de pessoas, produtos e culturas do 4º ano :

MAIS AULAS DE História do 4º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04HI04 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano