13951
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Rodas de leitura

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do Ensino Fundamental sobre leitura/escuta (compartilhada e autônoma).

Plano 01 de 1 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Jéssica Tayrine Gomes De Melo Bezerra

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é uma proposta de atividade permanente para trabalhar rodas de leitura. Os campos de atuação priorizados nesta atividade são: Artístico-literário/vida cotidiana. O objetivo é enfatizar atividades que busquem os efeitos de sentido dos textos multissemióticos, das atividades poéticas, da brincadeira com a palavra e a imagem. Neste nível de leitura, espera-se um trabalho das relações entre o verbal e o não verbal, buscando a intencionalidade da produção de mensagens. Os gêneros priorizados são: contos (populares, de fadas, de assombração etc.), cordel, crônicas, texto dramático. A esfera lúdica escolhida para o 4º ano do Ensino Fundamental é o universo das belas-artes: galeria literária!

Justificativa: Esta atividade de roda de leitura pode ampliar o fluência e a consolidação da leitura expressiva de modo que, na dinâmica proposta, os alunos se constituam como mediadores de suas próprias leituras. Dentro deste foco, buscam-se novas interações com o livro de maneira prazerosa, entendendo as histórias como fonte de múltiplas informações e também de entretenimento. Por isso, tende-se a compartilhar experiências pelo prazer da leitura, tendo como foco a função lúdica, de encantamento para com os textos, mas também pela criticidade, pelo escutar o outro, pelo diálogo, principalmente por meio da leitura coletiva e compartilhada.

Materiais necessários: Selecionar o grupo de livros a ser utilizado na atividade previamente. Na dinâmica desta proposta de roda de leitura pode ser criada uma cenografia do ambiente de leitura para que os estudantes adentrem na ideia comparativa das obras de arte com as obras literárias e, com isso, sejam criadas expectativas artístico-literárias de leitura.

Dificuldades antecipadas: Falta de motivação para realizar as leituras ou participar das discussões coletivas. Dificuldade em decodificar o texto. Dificuldades em expor oralmente as impressões da leitura realizada.

Referências sobre o assunto:

COSSON, R; SOUZA, R. J. Letramento literário: uma proposta para a sala de aula. Caderno de Formação: formação de professores, didática de conteúdos. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011, v. 2, p. 101-108. (Disponível em: http://www.acervodigital.unesp.br/bitstream/123456789/40149/1/Caderno_Formacao_bloco2_vol2.pdf Acesso em: 10/11/2018.)

BRAUN, Patricia; VIANNA, Márcia Marin. Rodas de Leitura como Estratégias de Ensino e Aprendizagem PLETSCH, M. D. & RIZO, G.(Org.). Cultura e formação: contribuições para a prática docente. Seropédica (RJ): Editora da UFFRJ, 2010 (p. 59 -66).

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Preparação: Professor, no ambiente em que serão realizadas as rodas de leitura, os estudantes deverão ser distribuídos em círculo ou semicírculo.
É importante criar um ambiente agradável e, se possível, fornecer tapetes ou almofadas para que eles possam se sentar de maneira confortável no chão.

Introdução

A leitura é uma atividade de que todos os estudantes precisam: é prazerosa e estimula a aquisição de conhecimentos sobre o mundo e sobre si mesmo. Nesta dinâmica, há a proposta de comparar os espaços de apreciação das artes plásticas, das galerias de arte, com o espaço de compartilhar leituras com práticas de leitura individual e coletiva.

Desta maneira, crie expectativas de leitura comentando sobre o caráter estético das obras literárias. Para isso, entre na brincadeira de curadoria de arte e comece estimulando a participação. Questione: Se eu pudesse escolher uma história para colocar em um quadro, em uma moldura, eu escolheria esta (mostre sua escolha aos alunos e realize de uma breve paráfrase da história). E continue: Será que vocês podem trazer para a nossa exposição de leitura algum livro que gostou muito, que achou belo, que poderia virar até uma obra de arte? Assim, a justificativa de leitura, como próxima etapa da dinâmica, é encaminhada.

Nesta fase, como as crianças, provavelmente, já relacionam elementos verbais e não verbais e os efeitos de sentido que podem existir entre uma e outra em textos multissemióticos, indique que compartilhem elementos do livro, como:

  • Título da obra.
  • Nome do autor.
  • A relação entre o texto verbal e as ilustrações.
  • Capa.
  • Gênero.
  • História interessante.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Preparação: Selecione e realize uma leitura prévia da obra que vai ler no intuito de ensaiar uma leitura mais expressiva em voz alta. Selecione uma obra literária adequada para a faixa etária e que apresente elementos multissemióticos, no intuito de analisar os efeitos de sentido decorrentes da relação entre a linguagem verbal e a não verbal. Uma sugestão é disponibilizar molduras, parecidas com quadros, para que a criança emoldurada, no momento da roda, conte sua história preferida.

Desenvolvimento:

Indique aos estudantes, após a escolha do livro, que se organizem em círculo para que haja maior interação entre todos.

Por sua vez, professor inicie pela leitura de um livro que não foi escolhido pelos estudantes, observando os elementos da capa e quarta capa (título, autor, imagens, entre outros) e realizando uma leitura prévia das ilustrações no interior do livro. Faça a leitura em voz alta para a turma com o intuito de que todos visualizem o livro. A leitura deve ser realizada com o livro voltado para as crianças, para que observem as ilustrações enquanto escutam a história.

Inicie as discussões para que os estudantes apresentem ações de curadoria, destacando as informações mais relevantes e a identificação de elementos textuais como o tema, personagens, enredo, tempo, espaço, estrutura poética, e relacionem o texto com a própria realidade. Alguns alunos, na dinâmica, irão para dentro da moldura para explicar o porquê de o livro causar encanto e poder ser considerado uma obra de arte. As seguintes sugestões podem ser focalizadas:

  • Quem é o autor do texto/obra? Auxilie o aluno a realizar uma breve apresentação do autor. Saliente que estas informações podem ser obtidas em uma página no fim do livro. Fale um pouquinho sobre a vida do autor, sua formação, suas preferências e, geralmente, é possível apreciar uma foto do autor
    que poderá ser apresentada aos colegas.
  • Qual o título do texto/livro? Incentive que o título seja explorado integralmente. Ressalte a importância das saliências gráficas, da imagem e de como está organizado o leiaute. Peça que o aluno conte as expectativas que teve ao ler a capa, antes de realizar a leitura integral.
  • Do que o texto/livro fala? É necessário auxiliar o aluno a organizar a exposição oral. Espera-se que, nesta faixa etária, o aluno reconte, em ordem cronológica, os fatos narrados no livro. É possível explorar os elementos da narrativa, incentivando os alunos a lembrar de cada um deles (personagens, tempo, espaço), qual o conflito desencadeou a trama e continuar o reconto até a resolução do conflito da narrativa, ou seja, seu encerramento.
  • Gostei (não gostei) da parte em que… Estabeleça critérios, incentive que o aluno justifique por que elegeu aquele trecho específico.
  • Achei engraçado quando… Estabeleça critérios, incentive que o aluno justifique por que elegeu aquele trecho específico.
  • Não sabia que… Incentive a relatar algum aspecto presente no livro que promoveu a descoberta de um fato curioso.
  • A ilustração que mais gostei foi… Estabeleça critérios, incentive que o aluno justifique por quê elegeu aquele trecho específico.
  • Indico o texto ao meu colega porque… É importante articular a expectativa do aluno antes de ler o livro e sua impressão após a leitura integral:
    esta articulação pode render boas justificativas para incentivar os colegas a ler o livro.

Assim, as características da obra selecionada são compartilhadas com a turma.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Preparação: Organize um diário de leitura que pode ser concretizado em um pequeno caderno, agendas.

Fechamento: Indique que os estudantes utilizem o diário de leitura para registrar as impressões sobre a obra lida. Este é um momento para que os estudantes realizem apreciações na escrita do que já discutiram oralmente com o grupo.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser exibido para os alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão, para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

Orientações:

Nesta variação é indicado que os estudantes criem desenhos, reproduzam ou selecionem as ilustrações que remetam ou que façam parte das obras literárias lidas no intuito de explorar habilidades que envolvem a multissemiose. Desta forma, além da turma, toda a escola pode interagir e apreciar a exposição de ilustrações desenvolvida.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser exibido para os alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão, para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

Orientações: Desenvolva um espaço com contornos que formem os quadrinhos para os estudantes encenem a leitura. Disponibilize diferentes tipos de balões, onomatopeias e pontos (reticências, exclamação, interrogação, entre outros), em tamanho adequado para que os alunos possam manipular.

Nesta variação, o foco é destacar a relação entre linguagem verbal e não verbal das histórias em quadrinhos na leitura encenada dos estudantes. Neste sentido,
os alunos adentram nos quadrinhos e utilizam os recursos disponibilizados para se transformarem nos próprios personagens, identificando com base na leitura individual dos livros e da leitura compartilhada na prática as principais características do gênero abordado (humor, pontuação, onomatopeias e as funções dos diferentes tipos de balões) e o descobrimento de sentidos.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser exibido para os alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão, para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

Orientações:

Nesta variação, os livros podem ser disponibilizados, para a escolha dos estudantes, em um espaço que remeta a uma exposição de arte: pendurados em cordão, organizados em prateleiras, mesas ou nas próprias carteiras dos alunos.

É nesse espaço que as crianças serão levadas ao desejo de ler, com base na observação inicial dos livros.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é uma proposta de atividade permanente para trabalhar rodas de leitura. Os campos de atuação priorizados nesta atividade são: Artístico-literário/vida cotidiana. O objetivo é enfatizar atividades que busquem os efeitos de sentido dos textos multissemióticos, das atividades poéticas, da brincadeira com a palavra e a imagem. Neste nível de leitura, espera-se um trabalho das relações entre o verbal e o não verbal, buscando a intencionalidade da produção de mensagens. Os gêneros priorizados são: contos (populares, de fadas, de assombração etc.), cordel, crônicas, texto dramático. A esfera lúdica escolhida para o 4º ano do Ensino Fundamental é o universo das belas-artes: galeria literária!

Justificativa: Esta atividade de roda de leitura pode ampliar o fluência e a consolidação da leitura expressiva de modo que, na dinâmica proposta, os alunos se constituam como mediadores de suas próprias leituras. Dentro deste foco, buscam-se novas interações com o livro de maneira prazerosa, entendendo as histórias como fonte de múltiplas informações e também de entretenimento. Por isso, tende-se a compartilhar experiências pelo prazer da leitura, tendo como foco a função lúdica, de encantamento para com os textos, mas também pela criticidade, pelo escutar o outro, pelo diálogo, principalmente por meio da leitura coletiva e compartilhada.

Materiais necessários: Selecionar o grupo de livros a ser utilizado na atividade previamente. Na dinâmica desta proposta de roda de leitura pode ser criada uma cenografia do ambiente de leitura para que os estudantes adentrem na ideia comparativa das obras de arte com as obras literárias e, com isso, sejam criadas expectativas artístico-literárias de leitura.

Dificuldades antecipadas: Falta de motivação para realizar as leituras ou participar das discussões coletivas. Dificuldade em decodificar o texto. Dificuldades em expor oralmente as impressões da leitura realizada.

Referências sobre o assunto:

COSSON, R; SOUZA, R. J. Letramento literário: uma proposta para a sala de aula. Caderno de Formação: formação de professores, didática de conteúdos. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011, v. 2, p. 101-108. (Disponível em: http://www.acervodigital.unesp.br/bitstream/123456789/40149/1/Caderno_Formacao_bloco2_vol2.pdf Acesso em: 10/11/2018.)

BRAUN, Patricia; VIANNA, Márcia Marin. Rodas de Leitura como Estratégias de Ensino e Aprendizagem PLETSCH, M. D. & RIZO, G.(Org.). Cultura e formação: contribuições para a prática docente. Seropédica (RJ): Editora da UFFRJ, 2010 (p. 59 -66).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Preparação: Professor, no ambiente em que serão realizadas as rodas de leitura, os estudantes deverão ser distribuídos em círculo ou semicírculo.
É importante criar um ambiente agradável e, se possível, fornecer tapetes ou almofadas para que eles possam se sentar de maneira confortável no chão.

Introdução

A leitura é uma atividade de que todos os estudantes precisam: é prazerosa e estimula a aquisição de conhecimentos sobre o mundo e sobre si mesmo. Nesta dinâmica, há a proposta de comparar os espaços de apreciação das artes plásticas, das galerias de arte, com o espaço de compartilhar leituras com práticas de leitura individual e coletiva.

Desta maneira, crie expectativas de leitura comentando sobre o caráter estético das obras literárias. Para isso, entre na brincadeira de curadoria de arte e comece estimulando a participação. Questione: Se eu pudesse escolher uma história para colocar em um quadro, em uma moldura, eu escolheria esta (mostre sua escolha aos alunos e realize de uma breve paráfrase da história). E continue: Será que vocês podem trazer para a nossa exposição de leitura algum livro que gostou muito, que achou belo, que poderia virar até uma obra de arte? Assim, a justificativa de leitura, como próxima etapa da dinâmica, é encaminhada.

Nesta fase, como as crianças, provavelmente, já relacionam elementos verbais e não verbais e os efeitos de sentido que podem existir entre uma e outra em textos multissemióticos, indique que compartilhem elementos do livro, como:

  • Título da obra.
  • Nome do autor.
  • A relação entre o texto verbal e as ilustrações.
  • Capa.
  • Gênero.
  • História interessante.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Preparação: Selecione e realize uma leitura prévia da obra que vai ler no intuito de ensaiar uma leitura mais expressiva em voz alta. Selecione uma obra literária adequada para a faixa etária e que apresente elementos multissemióticos, no intuito de analisar os efeitos de sentido decorrentes da relação entre a linguagem verbal e a não verbal. Uma sugestão é disponibilizar molduras, parecidas com quadros, para que a criança emoldurada, no momento da roda, conte sua história preferida.

Desenvolvimento:

Indique aos estudantes, após a escolha do livro, que se organizem em círculo para que haja maior interação entre todos.

Por sua vez, professor inicie pela leitura de um livro que não foi escolhido pelos estudantes, observando os elementos da capa e quarta capa (título, autor, imagens, entre outros) e realizando uma leitura prévia das ilustrações no interior do livro. Faça a leitura em voz alta para a turma com o intuito de que todos visualizem o livro. A leitura deve ser realizada com o livro voltado para as crianças, para que observem as ilustrações enquanto escutam a história.

Inicie as discussões para que os estudantes apresentem ações de curadoria, destacando as informações mais relevantes e a identificação de elementos textuais como o tema, personagens, enredo, tempo, espaço, estrutura poética, e relacionem o texto com a própria realidade. Alguns alunos, na dinâmica, irão para dentro da moldura para explicar o porquê de o livro causar encanto e poder ser considerado uma obra de arte. As seguintes sugestões podem ser focalizadas:

  • Quem é o autor do texto/obra? Auxilie o aluno a realizar uma breve apresentação do autor. Saliente que estas informações podem ser obtidas em uma página no fim do livro. Fale um pouquinho sobre a vida do autor, sua formação, suas preferências e, geralmente, é possível apreciar uma foto do autor
    que poderá ser apresentada aos colegas.
  • Qual o título do texto/livro? Incentive que o título seja explorado integralmente. Ressalte a importância das saliências gráficas, da imagem e de como está organizado o leiaute. Peça que o aluno conte as expectativas que teve ao ler a capa, antes de realizar a leitura integral.
  • Do que o texto/livro fala? É necessário auxiliar o aluno a organizar a exposição oral. Espera-se que, nesta faixa etária, o aluno reconte, em ordem cronológica, os fatos narrados no livro. É possível explorar os elementos da narrativa, incentivando os alunos a lembrar de cada um deles (personagens, tempo, espaço), qual o conflito desencadeou a trama e continuar o reconto até a resolução do conflito da narrativa, ou seja, seu encerramento.
  • Gostei (não gostei) da parte em que… Estabeleça critérios, incentive que o aluno justifique por que elegeu aquele trecho específico.
  • Achei engraçado quando… Estabeleça critérios, incentive que o aluno justifique por que elegeu aquele trecho específico.
  • Não sabia que… Incentive a relatar algum aspecto presente no livro que promoveu a descoberta de um fato curioso.
  • A ilustração que mais gostei foi… Estabeleça critérios, incentive que o aluno justifique por quê elegeu aquele trecho específico.
  • Indico o texto ao meu colega porque… É importante articular a expectativa do aluno antes de ler o livro e sua impressão após a leitura integral:
    esta articulação pode render boas justificativas para incentivar os colegas a ler o livro.

Assim, as características da obra selecionada são compartilhadas com a turma.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Preparação: Organize um diário de leitura que pode ser concretizado em um pequeno caderno, agendas.

Fechamento: Indique que os estudantes utilizem o diário de leitura para registrar as impressões sobre a obra lida. Este é um momento para que os estudantes realizem apreciações na escrita do que já discutiram oralmente com o grupo.

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser exibido para os alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão, para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

Orientações:

Nesta variação é indicado que os estudantes criem desenhos, reproduzam ou selecionem as ilustrações que remetam ou que façam parte das obras literárias lidas no intuito de explorar habilidades que envolvem a multissemiose. Desta forma, além da turma, toda a escola pode interagir e apreciar a exposição de ilustrações desenvolvida.

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser exibido para os alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão, para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

Orientações: Desenvolva um espaço com contornos que formem os quadrinhos para os estudantes encenem a leitura. Disponibilize diferentes tipos de balões, onomatopeias e pontos (reticências, exclamação, interrogação, entre outros), em tamanho adequado para que os alunos possam manipular.

Nesta variação, o foco é destacar a relação entre linguagem verbal e não verbal das histórias em quadrinhos na leitura encenada dos estudantes. Neste sentido,
os alunos adentram nos quadrinhos e utilizam os recursos disponibilizados para se transformarem nos próprios personagens, identificando com base na leitura individual dos livros e da leitura compartilhada na prática as principais características do gênero abordado (humor, pontuação, onomatopeias e as funções dos diferentes tipos de balões) e o descobrimento de sentidos.

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser exibido para os alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão, para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

Orientações:

Nesta variação, os livros podem ser disponibilizados, para a escolha dos estudantes, em um espaço que remeta a uma exposição de arte: pendurados em cordão, organizados em prateleiras, mesas ou nas próprias carteiras dos alunos.

É nesse espaço que as crianças serão levadas ao desejo de ler, com base na observação inicial dos livros.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

AULAS DE Leitura/Escuta do 4º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP21 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP23 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04LP26 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP27 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP28 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP31 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP14 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP15 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP17 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP18 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP19 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP11 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano