13936
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Leitura/Escuta

Plano de aula - O texto de lei e as denúncias nas intervenções urbanas

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do Fundamental sobre o texto de lei e intervenções urbanas

Plano 01 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Amélia Aparecida Tridico

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Textos de lei/ debate e no campo de atuação na vida pública. A aula faz parte do módulo de leitura.

Materiais necessários: Reprodução Grafite e de roteiro de perguntas.

Informações sobre o gênero: O texto de lei circula no meio jurídico e traz as normas de conduta da vida social. Esse gênero caracteriza-se pelo uso da linguagem genérica e tem uma estrutura específica, sendo organizada em títulos, capítulos e sessões. Apesar de conter direitos e deveres do cidadão, a regulação se dá de modo intuitivo pelo uso dos verbos indicativos, diferente do uso do imperativo encontrado em textos prescritivos. O grafite é uma intervenção urbana feita em muros e tem por objetivo, além de mostrar uma arte feita por todos e para todos, promover debates a respeito de problemas sociais, sendo uma ferramenta de denúncia. Desse modo, a leitura do gênero possibilita uma reflexão sobre as injustiças sociais e a necessidade de leis que contribuam para a diminuição dessas injustiças, pois enquanto um funciona como instrumento de denúncia, o outro regulamenta ações que garantem os direitos e deveres do cidadão.

No dicionário, pichação é grafado com ch, mas a versão com x é a utilizada pelos pixadores. Neste plano, optamos por utilizar a versão que responde à formalidade da Língua, porém é interessante estar ciente que a escolha dos pixadores pela grafia com x não é mero acaso, pois a pichação é vista no Brasil como uma transgressão, algo que foge à regra, assim como grafia da palavra quando utilizado o x.

Dificuldades antecipadas: Dificuldade em interpretar a imagem; dificuldades em relacionar a imagem a denúncias sociais.

Referências sobre o assunto:

CARVALHO, Milena. Pichação-arte é pixação? Disponível em: https://casperlibero.edu.br/revistas/pichacao-arte-e-pixacao/ Acesso em 27/8/2018.

CUSTODIO, Guilherme. Pixação (com X mesmo) também é arte. Disponível em: http://www.aescotilha.com.br/colunas/a-margem/pixacao-com-x-mesmo-tambem-e-arte/ Acesso em 29/08/2018.

WAINER, João; OLIVEIRA, Roberto. Pixo. Disponível em:https://vimeo.com/29691112.

MESQUITA, Marcelo. Cidade cinza. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7NpppZaGfJo

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente a proposta da aula para os alunos. Primeiramente, diga que eles discutirão se já viram imagens de pichação e grafite pelas ruas da cidade e qual a diferença entre eles. Depois, em pequenos grupos, os alunos discutirão, com base em um questionário, um grafite e tentarão encontrar as denúncias sociais feitas ali. Por último, todos discutirão a que conclusões os grupos chegaram e preencherão um quadro com as principais informações sobre o grafite a fim de perceberem a importância da existência de leis no país que garantam direitos básicos a todos.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Projete ou cole no quadro a reprodução dessas imagens (slide 3 e 4).
  • Pergunte se os alunos já viram imagens como essas pelos muros da cidade. Provavelmente eles responderão que sim. Aprofunde a discussão perguntando onde foi, como eram e o que eles acham que essas imagens significam. Deixe que os alunos se expressem à vontade para perceber o que eles sabem sobre o assunto e também para eles se interessarem pela aula.
  • Pergunte o que eles veem de diferente nas duas imagens. Provavelmente eles dirão que em uma há desenho, e na outra há rabiscos. Chame atenção para o fato de que uma é mais trabalhosa de fazer e contém mais detalhes.
  • Pergunte se eles sabem a diferença entre grafite e pichação. Alguns alunos podem saber a diferença e apontar. Nesse momento, é importante distinguir os dois. O grafite se caracteriza por ser uma expressão artística. Ele exprime um pensamento, seu desenho foi planejado e a escolha das cores não foi aleatória. Além disso, o dono do muro geralmente consente com a grafitagem. Já a pichação não é considerada arte e é proibida no Brasil, pois é feita sem o consentimento do dono do muro. Ela se constitui principalmente de frases e códigos, diferente do grafite que se constitui principalmente de imagens. Ressalte que independentemente de a pichação ser uma transgressão, é um meio de as pessoas se expressarem.
  • Chame a atenção dos alunos para as imagens dos slides 3 e 4: pergunte o que eles vêem em cada uma delas. Na imagem do slide 4, vemos um muro descascado e uma palavra que não conseguimos ler. Pergunte aos alunos que intenção eles acham que o pichador tinha ao escrever aquilo. Ouça as respostas deles, e caso ninguém diga isso, explique que uma das características da pichação é que essas intervenções muitas vezes são direcionadas a outros pichadores, como se fosse um código entre eles, o que a deixa ainda mais à margem do sistema. A intenção da pichação é fazer um protesto por meio da transgressão das regras.
  • Na imagem do slide 3, pergunte aos alunos o que eles veem. É possível perceber pela cesta de basquete que se trata de uma quadra de esportes. No grafite, temos a imagem de um jogador de basquete e uma frase que diz “nós falamos sobre prática”. A imagem do grafite provavelmente faz parte da identidade das pessoas que jogam basquete ali e foi criada com a intenção de incentivar as a pessoas a praticar. Diferentemente da imagem do outro slide, sua mensagem busca ser entendida por qualquer um que passar por ali.
  • Finalize essa discussão preliminar questionando quais motivos levam as pessoas a pichar ou grafitar os muros da cidade. Sobre o porquê de as pessoas escreverem em muros, deve-se chamar atenção para o caráter social desse tipo de intervenção, que é direcionada a todas as pessoas que transitam por esses espaços com a finalidade de despertar nessas pessoas algum tipo de indignação. Além disso, ao ser feito no muro, esse texto tanto pode representar o pensamento de quase ninguém, como o de todo mundo.

Material complementar:

Caso queira utilizar outras imagens de grafite ou conhecer outras imagens, você pode acessar: http://www.eduardokobra.com/projetos/ e http://www.osgemeos.com.br/projetos/

Caso queira outras imagens de pichação, você pode acessar: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2013/09/pichadores-desafiam-policia-e-guarda-e-postam-vandalismo-em-rede-social.html

Para acessar a resolução proposta dessa atividade, clique aqui.

Para acessar a organização dos textos para impressão, clique aqui.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Projete ou cole no quadro a imagem e siga as orientações do slide anterior.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 22 minutos

Orientações:

  • Divida os alunos em grupos e explique que eles farão a leitura de um grafite.
  • Entregue para os grupos a reprodução desse grafite.
  • Distribua para os grupos ou escreva no quadro o roteiro de questões.
  • Deixe que os alunos discutam entre si as respostas para as perguntas.
  • Auxilie os grupos em suas discussões, interaja com os grupos e estimule a discussão de questões como a pobreza, a falta de acesso à alimentação, à educação, ao trabalho, para que os alunos consigam fazer a leitura crítica do texto.

Material complementar:

Para acessar o roteiro de perguntas, clique aqui.

Para acessar a resolução proposta dessa atividade, clique aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

  • Discuta com os alunos que resposta eles deram a cada pergunta.
  • Projete ou escreva no quadro esta tabela e, conforme for discutindo as respostas com os alunos, preencha-o. A resolução desse exercício está nos materiais complementares do slide anterior.
  • Nesse momento, feche a aula refletindo com a turma sobre a importância da existência de leis no país que garantam esses direitos básicos a todos e que seu cumprimento deve ser exigido pelos cidadãos.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Textos de lei/ debate e no campo de atuação na vida pública. A aula faz parte do módulo de leitura.

Materiais necessários: Reprodução Grafite e de roteiro de perguntas.

Informações sobre o gênero: O texto de lei circula no meio jurídico e traz as normas de conduta da vida social. Esse gênero caracteriza-se pelo uso da linguagem genérica e tem uma estrutura específica, sendo organizada em títulos, capítulos e sessões. Apesar de conter direitos e deveres do cidadão, a regulação se dá de modo intuitivo pelo uso dos verbos indicativos, diferente do uso do imperativo encontrado em textos prescritivos. O grafite é uma intervenção urbana feita em muros e tem por objetivo, além de mostrar uma arte feita por todos e para todos, promover debates a respeito de problemas sociais, sendo uma ferramenta de denúncia. Desse modo, a leitura do gênero possibilita uma reflexão sobre as injustiças sociais e a necessidade de leis que contribuam para a diminuição dessas injustiças, pois enquanto um funciona como instrumento de denúncia, o outro regulamenta ações que garantem os direitos e deveres do cidadão.

No dicionário, pichação é grafado com ch, mas a versão com x é a utilizada pelos pixadores. Neste plano, optamos por utilizar a versão que responde à formalidade da Língua, porém é interessante estar ciente que a escolha dos pixadores pela grafia com x não é mero acaso, pois a pichação é vista no Brasil como uma transgressão, algo que foge à regra, assim como grafia da palavra quando utilizado o x.

Dificuldades antecipadas: Dificuldade em interpretar a imagem; dificuldades em relacionar a imagem a denúncias sociais.

Referências sobre o assunto:

CARVALHO, Milena. Pichação-arte é pixação? Disponível em: https://casperlibero.edu.br/revistas/pichacao-arte-e-pixacao/ Acesso em 27/8/2018.

CUSTODIO, Guilherme. Pixação (com X mesmo) também é arte. Disponível em: http://www.aescotilha.com.br/colunas/a-margem/pixacao-com-x-mesmo-tambem-e-arte/ Acesso em 29/08/2018.

WAINER, João; OLIVEIRA, Roberto. Pixo. Disponível em:https://vimeo.com/29691112.

MESQUITA, Marcelo. Cidade cinza. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7NpppZaGfJo

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente a proposta da aula para os alunos. Primeiramente, diga que eles discutirão se já viram imagens de pichação e grafite pelas ruas da cidade e qual a diferença entre eles. Depois, em pequenos grupos, os alunos discutirão, com base em um questionário, um grafite e tentarão encontrar as denúncias sociais feitas ali. Por último, todos discutirão a que conclusões os grupos chegaram e preencherão um quadro com as principais informações sobre o grafite a fim de perceberem a importância da existência de leis no país que garantam direitos básicos a todos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Projete ou cole no quadro a reprodução dessas imagens (slide 3 e 4).
  • Pergunte se os alunos já viram imagens como essas pelos muros da cidade. Provavelmente eles responderão que sim. Aprofunde a discussão perguntando onde foi, como eram e o que eles acham que essas imagens significam. Deixe que os alunos se expressem à vontade para perceber o que eles sabem sobre o assunto e também para eles se interessarem pela aula.
  • Pergunte o que eles veem de diferente nas duas imagens. Provavelmente eles dirão que em uma há desenho, e na outra há rabiscos. Chame atenção para o fato de que uma é mais trabalhosa de fazer e contém mais detalhes.
  • Pergunte se eles sabem a diferença entre grafite e pichação. Alguns alunos podem saber a diferença e apontar. Nesse momento, é importante distinguir os dois. O grafite se caracteriza por ser uma expressão artística. Ele exprime um pensamento, seu desenho foi planejado e a escolha das cores não foi aleatória. Além disso, o dono do muro geralmente consente com a grafitagem. Já a pichação não é considerada arte e é proibida no Brasil, pois é feita sem o consentimento do dono do muro. Ela se constitui principalmente de frases e códigos, diferente do grafite que se constitui principalmente de imagens. Ressalte que independentemente de a pichação ser uma transgressão, é um meio de as pessoas se expressarem.
  • Chame a atenção dos alunos para as imagens dos slides 3 e 4: pergunte o que eles vêem em cada uma delas. Na imagem do slide 4, vemos um muro descascado e uma palavra que não conseguimos ler. Pergunte aos alunos que intenção eles acham que o pichador tinha ao escrever aquilo. Ouça as respostas deles, e caso ninguém diga isso, explique que uma das características da pichação é que essas intervenções muitas vezes são direcionadas a outros pichadores, como se fosse um código entre eles, o que a deixa ainda mais à margem do sistema. A intenção da pichação é fazer um protesto por meio da transgressão das regras.
  • Na imagem do slide 3, pergunte aos alunos o que eles veem. É possível perceber pela cesta de basquete que se trata de uma quadra de esportes. No grafite, temos a imagem de um jogador de basquete e uma frase que diz “nós falamos sobre prática”. A imagem do grafite provavelmente faz parte da identidade das pessoas que jogam basquete ali e foi criada com a intenção de incentivar as a pessoas a praticar. Diferentemente da imagem do outro slide, sua mensagem busca ser entendida por qualquer um que passar por ali.
  • Finalize essa discussão preliminar questionando quais motivos levam as pessoas a pichar ou grafitar os muros da cidade. Sobre o porquê de as pessoas escreverem em muros, deve-se chamar atenção para o caráter social desse tipo de intervenção, que é direcionada a todas as pessoas que transitam por esses espaços com a finalidade de despertar nessas pessoas algum tipo de indignação. Além disso, ao ser feito no muro, esse texto tanto pode representar o pensamento de quase ninguém, como o de todo mundo.

Material complementar:

Caso queira utilizar outras imagens de grafite ou conhecer outras imagens, você pode acessar: http://www.eduardokobra.com/projetos/ e http://www.osgemeos.com.br/projetos/

Caso queira outras imagens de pichação, você pode acessar: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2013/09/pichadores-desafiam-policia-e-guarda-e-postam-vandalismo-em-rede-social.html

Para acessar a resolução proposta dessa atividade, clique aqui.

Para acessar a organização dos textos para impressão, clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

Projete ou cole no quadro a imagem e siga as orientações do slide anterior.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 22 minutos

Orientações:

  • Divida os alunos em grupos e explique que eles farão a leitura de um grafite.
  • Entregue para os grupos a reprodução desse grafite.
  • Distribua para os grupos ou escreva no quadro o roteiro de questões.
  • Deixe que os alunos discutam entre si as respostas para as perguntas.
  • Auxilie os grupos em suas discussões, interaja com os grupos e estimule a discussão de questões como a pobreza, a falta de acesso à alimentação, à educação, ao trabalho, para que os alunos consigam fazer a leitura crítica do texto.

Material complementar:

Para acessar o roteiro de perguntas, clique aqui.

Para acessar a resolução proposta dessa atividade, clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

  • Discuta com os alunos que resposta eles deram a cada pergunta.
  • Projete ou escreva no quadro esta tabela e, conforme for discutindo as respostas com os alunos, preencha-o. A resolução desse exercício está nos materiais complementares do slide anterior.
  • Nesse momento, feche a aula refletindo com a turma sobre a importância da existência de leis no país que garantam esses direitos básicos a todos e que seu cumprimento deve ser exigido pelos cidadãos.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 9º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP21 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano