13527
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - EMOÇÕES: O CORPO FALA

Plano de aula de Ciências com atividades para 1° do Fundamental sobre emoções

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Juliana Nair dos Santos Silva

 

Sobre esta aula select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Materiais necessários para a aula: Projetor de slides, revistas, jornais, quadrinhos, panfletos que contenham rostos e expressões corporais, canetinha, lápis de cor e papel cartão.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Apresente aos alunos o título conforme o slide, questione o que eles percebem nas imagens e o que compreendem sobre a expressão “o corpo fala”. O objetivo nesse momento é levantar os conhecimentos trazidos pela turma sobre diferentes formas de expressão corporal, bem como a visão acerca das formas de se comunicar. Faça um registro no quadro da fala dos alunos.

CONTEXTO select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Após a apresentação do tema e problematização sobre formas de nos expressarmos, retome os registros feitos no quadro, caso tenha aparecido o termo “chorar”, circule-o e foque as atenções para essa manifestação. Se não houver essa citação advinda deles, instigue uma reflexão para que isso ocorra. Pergunte, por exemplo, “quando nós choramos?”, “será que chorar é somente uma expressão de tristeza ou dor?” e se alguém tem curiosidade de saber porque e como, biologicamente, essa emoção acontece.

Ilustre, em seguida, por meio do link: https://www.youtube.com/watch?v=07SbNI5jzno, de onde vem o choro e discuta com os alunos o que foi possível extrair do vídeo.

QUESTÃO DISPARADORA select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Prossiga com as questões disparadoras da aula: “De quais formas o meu corpo pode se expressar?” e “Todas as pessoas se expressam da mesma forma?”. Lembre-se de que as crianças não deverão respondê-las neste momento, mas sim pensar a respeito ao longo das atividades propostas e concluírem juntos, durante a sistematização.

MÃO NA MASSA select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 50 minutos

Orientações: Mostre aos alunos imagens de diferentes expressões, conforme sugerido no slide. Podemos perceber diversos semblantes de euforia, dúvida, espanto, dor, susto, alegria, tédio, plenitude, desconfiança e até tranquilidade. O objetivo nesse momento é que os alunos observem e discutam sobre as diferentes formas de se expressar.

Divida a turma em grupos a fim de descobrir e descrever o significado de algumas expressões. Escolha um aluno para ir à frente da sala e sussurre no ouvido dele uma emoção, por exemplo, raiva. Ele poderá franzir a testa, fazer gestos com as mãos e ombros, abrir a boca. Dê um minuto para que os grupos anotem o que perceberam. Faça o mesmo com mais dois ou três alunos, pedindo expressões de espanto, felicidade e o que mais julgar necessário. Após concluídas as encenações, os grupos discutem as anotações e seus porquês, escrevendo os movimentos observados e hipóteses sobre quais partes do corpo foram utilizadas. O professor também pode repetir expressões para ressaltar a diferença de nossas estruturas e mecanismos corporais diante de uma mesma situação.

Sugestões de materiais de pesquisa que poderão enriquecer o repertório de descrições e descobertas, como livros adequados à faixa etária, com ilustrações e formas curiosas de abordagem desse tema:

  • “Que cara é essa?”, de Nicola Smee, editora Caramelo.
  • “Expressões idiomáticas ilustradas”, de Sofia Rente, editora Lidel
  • “Expressões com história”, de Alice Vieira, produzido pela Texto Editora

Utilize caso julgue pertinente e finalize a atividade com a elaboração do jogo cara a cara das expressões explicitado a seguir.

MÃO NA MASSA select-down

Slide Plano Aula

Orientações: O jogo será criado pelos alunos que, ainda em grupos, farão recortes de revistas, jornais ou até quadrinhos que representem as emoções pesquisadas. As fichas do jogo serão constituídas da imagem com a expressão escolhida e deverão também nomear os personagens.

Propõe-se aqui um momento dedicado à observação de traços, diferenças e rica troca entre eles sobre formas de pensar, agir e se comunicar, enriquecido pela pesquisa, se julgar pertinente.

Após concluídas as fichas, os alunos deverão se reunir para expor o que foi discutido, produzido e finalizar a elaboração com registro das regras e o que mais julgarem necessário.

O jogo original consiste em dois adversários que, com as mesmas cartas, descrevem as características que observam para que o outro adivinhe quem é o personagem baseado nessa descrição. No caso da criação em sala, sugere-se que após concluídas as cartas feitas pelos alunos, seja feita uma cópia em scanner e impressão para otimizar o tempo e deixar as fichas idênticas.

O jogo poderá ser utilizado por outras turmas em intervalos e aulas relacionadas ao tema.

SISTEMATIZAÇÃO select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Finalize a aula com a sistematização das atividades e retomada das questões disparadoras. Perceba, através da produção das fichas do jogo, bem como discutindo em roda com os alunos, se eles trazem nas falas de conclusão uma clareza sobre a origem e manifestação das expressões pesquisadas.

Conclua interligando os conhecimentos biológicos adquiridos durante a aula com a reflexão sobre o respeito às diferentes formas de se expressar. Reitere a importância de atitudes empáticas e a beleza da diversidade de nosso convívio, os aprendizados e crescimento quando se compreende melhor a si e o outro.

Após a discussão dedique o tempo final para que os alunos possam explorar o jogo criado e se divertir.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Materiais necessários para a aula: Projetor de slides, revistas, jornais, quadrinhos, panfletos que contenham rostos e expressões corporais, canetinha, lápis de cor e papel cartão.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Apresente aos alunos o título conforme o slide, questione o que eles percebem nas imagens e o que compreendem sobre a expressão “o corpo fala”. O objetivo nesse momento é levantar os conhecimentos trazidos pela turma sobre diferentes formas de expressão corporal, bem como a visão acerca das formas de se comunicar. Faça um registro no quadro da fala dos alunos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Após a apresentação do tema e problematização sobre formas de nos expressarmos, retome os registros feitos no quadro, caso tenha aparecido o termo “chorar”, circule-o e foque as atenções para essa manifestação. Se não houver essa citação advinda deles, instigue uma reflexão para que isso ocorra. Pergunte, por exemplo, “quando nós choramos?”, “será que chorar é somente uma expressão de tristeza ou dor?” e se alguém tem curiosidade de saber porque e como, biologicamente, essa emoção acontece.

Ilustre, em seguida, por meio do link: https://www.youtube.com/watch?v=07SbNI5jzno, de onde vem o choro e discuta com os alunos o que foi possível extrair do vídeo.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Prossiga com as questões disparadoras da aula: “De quais formas o meu corpo pode se expressar?” e “Todas as pessoas se expressam da mesma forma?”. Lembre-se de que as crianças não deverão respondê-las neste momento, mas sim pensar a respeito ao longo das atividades propostas e concluírem juntos, durante a sistematização.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 50 minutos

Orientações: Mostre aos alunos imagens de diferentes expressões, conforme sugerido no slide. Podemos perceber diversos semblantes de euforia, dúvida, espanto, dor, susto, alegria, tédio, plenitude, desconfiança e até tranquilidade. O objetivo nesse momento é que os alunos observem e discutam sobre as diferentes formas de se expressar.

Divida a turma em grupos a fim de descobrir e descrever o significado de algumas expressões. Escolha um aluno para ir à frente da sala e sussurre no ouvido dele uma emoção, por exemplo, raiva. Ele poderá franzir a testa, fazer gestos com as mãos e ombros, abrir a boca. Dê um minuto para que os grupos anotem o que perceberam. Faça o mesmo com mais dois ou três alunos, pedindo expressões de espanto, felicidade e o que mais julgar necessário. Após concluídas as encenações, os grupos discutem as anotações e seus porquês, escrevendo os movimentos observados e hipóteses sobre quais partes do corpo foram utilizadas. O professor também pode repetir expressões para ressaltar a diferença de nossas estruturas e mecanismos corporais diante de uma mesma situação.

Sugestões de materiais de pesquisa que poderão enriquecer o repertório de descrições e descobertas, como livros adequados à faixa etária, com ilustrações e formas curiosas de abordagem desse tema:

  • “Que cara é essa?”, de Nicola Smee, editora Caramelo.
  • “Expressões idiomáticas ilustradas”, de Sofia Rente, editora Lidel
  • “Expressões com história”, de Alice Vieira, produzido pela Texto Editora

Utilize caso julgue pertinente e finalize a atividade com a elaboração do jogo cara a cara das expressões explicitado a seguir.

Slide Plano Aula

Orientações: O jogo será criado pelos alunos que, ainda em grupos, farão recortes de revistas, jornais ou até quadrinhos que representem as emoções pesquisadas. As fichas do jogo serão constituídas da imagem com a expressão escolhida e deverão também nomear os personagens.

Propõe-se aqui um momento dedicado à observação de traços, diferenças e rica troca entre eles sobre formas de pensar, agir e se comunicar, enriquecido pela pesquisa, se julgar pertinente.

Após concluídas as fichas, os alunos deverão se reunir para expor o que foi discutido, produzido e finalizar a elaboração com registro das regras e o que mais julgarem necessário.

O jogo original consiste em dois adversários que, com as mesmas cartas, descrevem as características que observam para que o outro adivinhe quem é o personagem baseado nessa descrição. No caso da criação em sala, sugere-se que após concluídas as cartas feitas pelos alunos, seja feita uma cópia em scanner e impressão para otimizar o tempo e deixar as fichas idênticas.

O jogo poderá ser utilizado por outras turmas em intervalos e aulas relacionadas ao tema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Finalize a aula com a sistematização das atividades e retomada das questões disparadoras. Perceba, através da produção das fichas do jogo, bem como discutindo em roda com os alunos, se eles trazem nas falas de conclusão uma clareza sobre a origem e manifestação das expressões pesquisadas.

Conclua interligando os conhecimentos biológicos adquiridos durante a aula com a reflexão sobre o respeito às diferentes formas de se expressar. Reitere a importância de atitudes empáticas e a beleza da diversidade de nosso convívio, os aprendizados e crescimento quando se compreende melhor a si e o outro.

Após a discussão dedique o tempo final para que os alunos possam explorar o jogo criado e se divertir.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Vida e Evolução do 1º ano :

MAIS AULAS DE Ciências do 1º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Ciências

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano