11465
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Matemática > 7º ano > Álgebra

Plano de aula - Identificando a equivalência de expressões algébricas

Plano de aula de Matemática com atividades para o 7º ano do Fundamental sobre Identificar e explorar formas de expressar regularidades algebricamente.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Lucas Henrique Viana

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Autor: Lucas Henrique Viana

Mentor: Rodrigo Morozetti Blanco

Especialista de área: Sandra Regina Correa Amorim

Habilidade da BNCC

EF07MA12 – Reconhecer se duas expressões algébricas obtidas para descrever a regularidade de uma mesma sequência numérica são ou não equivalentes.



Objetivos específicos

Identificar e explorar formas de expressar regularidades algebricamente



Conceito-chave

Equivalência de expressões algébricas.



Recursos necessários

Lápis, papel, borracha, fichas impressas e tesoura.





Tempo sugerido: 2 Minutos.

Orientação: Projete (ou leia) o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar com os alunos o objetivo da aula.

Aquecimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 Minutos (slides 3 e 4)

Orientação: Inicie este momento da aula solicitando aos alunos que respondam o que entendem por equivalência e que apresentem alguns exemplos. Após isto, peça para que respondam individualmente a atividade proposta.

Propósito: Situar os alunos sobre o conteúdo a ser estudado, através de interações e realização de pequenas atividades.

Aquecimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 Minutos (slides 3 e 4)

Orientação: Inicie este momento da aula solicitando aos alunos que respondam o que entendem por equivalência e que apresentem alguns exemplos. Em seguida, peça para que respondam individualmente a atividade proposta.

Propósito: Situar os alunos sobre o conteúdo a ser estudado, através de interações e realização de pequenas atividades.

Materiais complementares:

Aquecimento

Resolução do aquecimento

Atividade principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 19 Minutos

Orientação: Solicite que os alunos, de maneira individual, leiam a atividade e tentem realizá-la, utilizando lápis, folha de papel (ou do caderno). Logo depois, deixe que cada aluno discuta com o colega do lado as suas soluções e, principalmente, os caminhos percorridos até encontrarem as respostas. Fique atento (a) para fazer suas intervenções, através da mediação, com perguntas que tenham como objetivo, principalmente, explorar o raciocínio dos alunos na busca pela resolução. Não deixe de anotar tudo aquilo que você considerar relevante para futuras observações.

Propósito: Fazer com que os alunos investiguem formas de identificar quando duas expressões algébricas são equivalentes

Materiais complementares:

Atividade principal

Resolução da atividade

Guia de intervenção

Discussão das Soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 Minutos (slides de 6 a 9).

Orientação: Peça inicialmente para que alguns alunos compartilhem suas resoluções com a turma. A cada resolução apresentada, pergunte se a turma concorda ou não com tal resolução e também se chegaram a respostas iguais, mas com estratégias diferentes. Após as discussões, siga com o diálogo das personagens nos slides 6 a 8.

Destaque o fato de que a expressão algébrica encontrada pela personagem Fernanda no slide 8 não serve para os quadrados, a não ser que a primeira figura tivesse 1 quadrado e não 3. Ou ainda se considerarmos a figura 1 dos quadrados como figura 0 dos triângulos e trocarmos a expressão de 2(n - 1) + 1 para 2n + 1.

Mostre então a pergunta do slide 9. O objetivo de tal comparação é abrir espaço para mais discussões e dar uma oportunidade para que aqueles que ainda possuem dúvidas sobre como verificar se duas expressões algébricas são equivalentes possam obter mais um esclarecimento. O principal é que percebam que, embora a substituição seja um bom artifício para verificar a equivalência de expressões, a manipulação algébrica (via utilização da distributiva e adição de monômios semelhantes) é sempre mais eficiente.

Propósito: Fazer com que os alunos discutam e compartilhem suas resoluções, dúvidas e erros.

Discussão das Soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 Minutos (slides de 6 a 9).

Orientação: Peça inicialmente para que alguns alunos compartilhem suas resoluções com a turma. A cada resolução apresentada, pergunte se a turma concorda ou não com tal resolução e também se chegaram a respostas iguais, mas com estratégias diferentes. Após as discussões, siga com o diálogo das personagens nos slides 6 a 8.

Destaque o fato de que a expressão algébrica encontrada pela personagem Fernanda no slide 8 não serve para os quadrados, a não ser que a primeira figura tivesse 1 quadrado e não 3. Ou ainda se considerarmos a figura 1 dos quadrados como figura 0 dos triângulos e trocarmos a expressão de 2(n - 1) + 1 para 2n + 1.

Mostre então a pergunta do slide 9. O objetivo de tal comparação é abrir espaço para mais discussões e dar uma oportunidade para que aqueles que ainda possuem dúvidas sobre como verificar se duas expressões algébricas são equivalentes possam obter mais um esclarecimento. O principal é que percebam que, embora a substituição seja um bom artifício para verificar a equivalência de expressões, a manipulação algébrica (via utilização da distributiva e adição de monômios semelhantes) é sempre mais eficiente.

Propósito: Fazer com que os alunos discutam e compartilhem suas resoluções, dúvidas e erros.

Discussão das Soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 Minutos (slides de 6 a 9).

Orientação: Peça inicialmente para que alguns alunos compartilhem suas resoluções com a turma. A cada resolução apresentada, pergunte se a turma concorda ou não com tal resolução e também se chegaram a respostas iguais, mas com estratégias diferentes. Após as discussões, siga com o diálogo das personagens nos slides 6 a 8.

Destaque o fato de que a expressão algébrica encontrada pela personagem Fernanda no slide 8 não serve para os quadrados, a não ser que a primeira figura tivesse 1 quadrado e não 3. Ou ainda se considerarmos a figura 1 dos quadrados como figura 0 dos triângulos e trocarmos a expressão de 2(n - 1) + 1 para 2n + 1.

Mostre então a pergunta do slide 9. O objetivo de tal comparação é abrir espaço para mais discussões e dar uma oportunidade para que aqueles que ainda possuem dúvidas sobre como verificar se duas expressões algébricas são equivalentes possam obter mais um esclarecimento. O principal é que percebam que, embora a substituição seja um bom artifício para verificar a equivalência de expressões, a manipulação algébrica (via utilização da distributiva e adição de monômios semelhantes) é sempre mais eficiente.

Propósito: Fazer com que os alunos discutam e compartilhem suas resoluções, dúvidas e erros.

Discussão das Soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 Minutos (slides de 6 a 9).

Orientação: Peça inicialmente para que alguns alunos compartilhem suas resoluções com a turma. A cada resolução apresentada, pergunte se a turma concorda ou não com tal resolução e também se chegaram a respostas iguais, mas com estratégias diferentes. Após as discussões, siga com o diálogo das personagens nos slides 6 a 8.

Destaque o fato de que a expressão algébrica encontrada pela personagem Fernanda no slide 8 não serve para os quadrados, a não ser que a primeira figura tivesse 1 quadrado e não 3. Ou ainda se considerarmos a figura 1 dos quadrados como figura 0 dos triângulos e trocarmos a expressão de 2(n - 1) + 1 para 2n + 1.

Mostre então a pergunta do slide 9. O objetivo de tal comparação é abrir espaço para mais discussões e dar uma oportunidade para que aqueles que ainda possuem dúvidas sobre como verificar se duas expressões algébricas são equivalentes possam obter mais um esclarecimento. O principal é que percebam que, embora a substituição seja um bom artifício para verificar a equivalência de expressões, a manipulação algébrica (via utilização da distributiva e adição de monômios semelhantes) é sempre mais eficiente.

Propósito: Fazer com que os alunos discutam e compartilhem suas resoluções, dúvidas e erros.

Sistematização do conceito select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 Minutos

Orientação: Leia a fala dos personagens junto dos alunos e certifique-se que todos entenderam os métodos mencionados.

Propósito: Fazer com que os alunos formalizem as aprendizagens da aula.

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Encerre a atividade retomando com os estudantes sobre a equivalência (ou não) de expressões algébricas. Se possível, comente algumas das dúvidas dos alunos ou destaque algumas estratégias utilizadas por eles, que poderão ser útil aos demais colegas.

Propósito: Fazer com que os alunos retomem as principais aprendizagens da aula.

raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 Minutos.

Orientação: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem. Circule para verificar como os alunos estão realizando a atividade. O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram avançar no conteúdo proposto, então, procure identificar e anotar os comentários de cada um. No final, reserve um tempo para um debate coletivo registrando as soluções no quadro.

Propósito: Verificar se os alunos aplicam os conhecimentos adquiridos numa situação semelhante e avaliar os conhecimentos de cada um a respeito da equivalência de duas (ou mais) expressões algébricas.

Materiais complementares:

Raio X para impressão

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 Minutos.

Orientação: Projete (ou leia) o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar com os alunos o objetivo da aula.


Autor: Lucas Henrique Viana

Mentor: Rodrigo Morozetti Blanco

Especialista de área: Sandra Regina Correa Amorim

Habilidade da BNCC

EF07MA12 – Reconhecer se duas expressões algébricas obtidas para descrever a regularidade de uma mesma sequência numérica são ou não equivalentes.



Objetivos específicos

Identificar e explorar formas de expressar regularidades algebricamente



Conceito-chave

Equivalência de expressões algébricas.



Recursos necessários

Lápis, papel, borracha, fichas impressas e tesoura.




Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 Minutos (slides 3 e 4)

Orientação: Inicie este momento da aula solicitando aos alunos que respondam o que entendem por equivalência e que apresentem alguns exemplos. Após isto, peça para que respondam individualmente a atividade proposta.

Propósito: Situar os alunos sobre o conteúdo a ser estudado, através de interações e realização de pequenas atividades.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 Minutos (slides 3 e 4)

Orientação: Inicie este momento da aula solicitando aos alunos que respondam o que entendem por equivalência e que apresentem alguns exemplos. Em seguida, peça para que respondam individualmente a atividade proposta.

Propósito: Situar os alunos sobre o conteúdo a ser estudado, através de interações e realização de pequenas atividades.

Materiais complementares:

Aquecimento

Resolução do aquecimento

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 19 Minutos

Orientação: Solicite que os alunos, de maneira individual, leiam a atividade e tentem realizá-la, utilizando lápis, folha de papel (ou do caderno). Logo depois, deixe que cada aluno discuta com o colega do lado as suas soluções e, principalmente, os caminhos percorridos até encontrarem as respostas. Fique atento (a) para fazer suas intervenções, através da mediação, com perguntas que tenham como objetivo, principalmente, explorar o raciocínio dos alunos na busca pela resolução. Não deixe de anotar tudo aquilo que você considerar relevante para futuras observações.

Propósito: Fazer com que os alunos investiguem formas de identificar quando duas expressões algébricas são equivalentes

Materiais complementares:

Atividade principal

Resolução da atividade

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 Minutos (slides de 6 a 9).

Orientação: Peça inicialmente para que alguns alunos compartilhem suas resoluções com a turma. A cada resolução apresentada, pergunte se a turma concorda ou não com tal resolução e também se chegaram a respostas iguais, mas com estratégias diferentes. Após as discussões, siga com o diálogo das personagens nos slides 6 a 8.

Destaque o fato de que a expressão algébrica encontrada pela personagem Fernanda no slide 8 não serve para os quadrados, a não ser que a primeira figura tivesse 1 quadrado e não 3. Ou ainda se considerarmos a figura 1 dos quadrados como figura 0 dos triângulos e trocarmos a expressão de 2(n - 1) + 1 para 2n + 1.

Mostre então a pergunta do slide 9. O objetivo de tal comparação é abrir espaço para mais discussões e dar uma oportunidade para que aqueles que ainda possuem dúvidas sobre como verificar se duas expressões algébricas são equivalentes possam obter mais um esclarecimento. O principal é que percebam que, embora a substituição seja um bom artifício para verificar a equivalência de expressões, a manipulação algébrica (via utilização da distributiva e adição de monômios semelhantes) é sempre mais eficiente.

Propósito: Fazer com que os alunos discutam e compartilhem suas resoluções, dúvidas e erros.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 Minutos (slides de 6 a 9).

Orientação: Peça inicialmente para que alguns alunos compartilhem suas resoluções com a turma. A cada resolução apresentada, pergunte se a turma concorda ou não com tal resolução e também se chegaram a respostas iguais, mas com estratégias diferentes. Após as discussões, siga com o diálogo das personagens nos slides 6 a 8.

Destaque o fato de que a expressão algébrica encontrada pela personagem Fernanda no slide 8 não serve para os quadrados, a não ser que a primeira figura tivesse 1 quadrado e não 3. Ou ainda se considerarmos a figura 1 dos quadrados como figura 0 dos triângulos e trocarmos a expressão de 2(n - 1) + 1 para 2n + 1.

Mostre então a pergunta do slide 9. O objetivo de tal comparação é abrir espaço para mais discussões e dar uma oportunidade para que aqueles que ainda possuem dúvidas sobre como verificar se duas expressões algébricas são equivalentes possam obter mais um esclarecimento. O principal é que percebam que, embora a substituição seja um bom artifício para verificar a equivalência de expressões, a manipulação algébrica (via utilização da distributiva e adição de monômios semelhantes) é sempre mais eficiente.

Propósito: Fazer com que os alunos discutam e compartilhem suas resoluções, dúvidas e erros.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 Minutos (slides de 6 a 9).

Orientação: Peça inicialmente para que alguns alunos compartilhem suas resoluções com a turma. A cada resolução apresentada, pergunte se a turma concorda ou não com tal resolução e também se chegaram a respostas iguais, mas com estratégias diferentes. Após as discussões, siga com o diálogo das personagens nos slides 6 a 8.

Destaque o fato de que a expressão algébrica encontrada pela personagem Fernanda no slide 8 não serve para os quadrados, a não ser que a primeira figura tivesse 1 quadrado e não 3. Ou ainda se considerarmos a figura 1 dos quadrados como figura 0 dos triângulos e trocarmos a expressão de 2(n - 1) + 1 para 2n + 1.

Mostre então a pergunta do slide 9. O objetivo de tal comparação é abrir espaço para mais discussões e dar uma oportunidade para que aqueles que ainda possuem dúvidas sobre como verificar se duas expressões algébricas são equivalentes possam obter mais um esclarecimento. O principal é que percebam que, embora a substituição seja um bom artifício para verificar a equivalência de expressões, a manipulação algébrica (via utilização da distributiva e adição de monômios semelhantes) é sempre mais eficiente.

Propósito: Fazer com que os alunos discutam e compartilhem suas resoluções, dúvidas e erros.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 Minutos (slides de 6 a 9).

Orientação: Peça inicialmente para que alguns alunos compartilhem suas resoluções com a turma. A cada resolução apresentada, pergunte se a turma concorda ou não com tal resolução e também se chegaram a respostas iguais, mas com estratégias diferentes. Após as discussões, siga com o diálogo das personagens nos slides 6 a 8.

Destaque o fato de que a expressão algébrica encontrada pela personagem Fernanda no slide 8 não serve para os quadrados, a não ser que a primeira figura tivesse 1 quadrado e não 3. Ou ainda se considerarmos a figura 1 dos quadrados como figura 0 dos triângulos e trocarmos a expressão de 2(n - 1) + 1 para 2n + 1.

Mostre então a pergunta do slide 9. O objetivo de tal comparação é abrir espaço para mais discussões e dar uma oportunidade para que aqueles que ainda possuem dúvidas sobre como verificar se duas expressões algébricas são equivalentes possam obter mais um esclarecimento. O principal é que percebam que, embora a substituição seja um bom artifício para verificar a equivalência de expressões, a manipulação algébrica (via utilização da distributiva e adição de monômios semelhantes) é sempre mais eficiente.

Propósito: Fazer com que os alunos discutam e compartilhem suas resoluções, dúvidas e erros.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 Minutos

Orientação: Leia a fala dos personagens junto dos alunos e certifique-se que todos entenderam os métodos mencionados.

Propósito: Fazer com que os alunos formalizem as aprendizagens da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Encerre a atividade retomando com os estudantes sobre a equivalência (ou não) de expressões algébricas. Se possível, comente algumas das dúvidas dos alunos ou destaque algumas estratégias utilizadas por eles, que poderão ser útil aos demais colegas.

Propósito: Fazer com que os alunos retomem as principais aprendizagens da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 Minutos.

Orientação: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem. Circule para verificar como os alunos estão realizando a atividade. O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram avançar no conteúdo proposto, então, procure identificar e anotar os comentários de cada um. No final, reserve um tempo para um debate coletivo registrando as soluções no quadro.

Propósito: Verificar se os alunos aplicam os conhecimentos adquiridos numa situação semelhante e avaliar os conhecimentos de cada um a respeito da equivalência de duas (ou mais) expressões algébricas.

Materiais complementares:

Raio X para impressão

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Álgebra do 7º ano :

Com o plano de aula sobre álgebra os alunos aprendem a investigar padrões em sequências e representação da regularidade observada em linguagem matemática, conhecem a linguagem algébrica e sua relação com as propriedades das operações, estudam equivalência de expressões algébricas e resolução de problemas de proporcionalidade e de equações polinomiais do 1o grau.

MAIS AULAS DE Matemática do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07MA16 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano