NOVA ESCOLA e Google se unem para medir o impacto do jornalismo

O jornalismo é mais necessário do que nunca e pode, sim, gerar mudanças

POR:
Ubiratan Leal
Pedro Burgos, criador da ferramenta Impacto.jor, apresenta os veículos parceiros da iniciativa do Google News Lab (Rodrigo Ratier / NOVA ESCOLA)

Qual o resultado concreto do que se escreve em um veículo como NOVA ESCOLA? Para responder a essa pergunta complicada, é fundamental saber qual o impacto que cada reportagem, cada artigo, cada entrevista, cada nota tem diante do público. É por isso que, nesta quarta, anunciamos uma parceria com Google News Lab, Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (Projor), Folha de S.Paulo, Veja, Nexo Jornal e Gazeta do Povo no lançamento do Impacto.jor.

Trata-se de uma ferramenta que permite medir, acompanhar e entender melhor o impacto que elas causam à sociedade. Ela adota uma metodologia inspirada no trabalho das maiores ONGs de jornalismo investigativo dos Estados Unidos, como o The Marshall Project e a ProPublica.

O aspecto mais visível é um software para medir impacto das reportagens - citações, prêmios recebidos, pronunciamentos políticos, respostas da administração pública, transformações reais ocorridas impulsionadas pelas reportagens. Além disso, o Impacto.jor reunirá informações disponíveis na rede para encontrar novos impactos. Nas redações, editores podem ver quando algum político citou o veículo na tribuna da Câmara, se um influenciador digital compartilhou um link em redes sociais, ou se um blog copiou a reportagem, por exemplo.

A ideia central é mostrar que o jornalismo é mais necessário do que nunca – e pode, sim, gerar mudanças e impacto no mundo. Afinal, essa é a nossa missão.

Tags

Guias