17710
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 9º ano > A história recente

Plano de aula - As mídias sociais e as transformações nas relações entre governos e cidadãos

Plano de aula de História com atividades para 9º ano do EF sobre As mídias sociais e as transformações nas relações entre governos e cidadãos

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Monaquelly Carmo De Jesus

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09HI33, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

impressão dos textos ou projeção

Material complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

Mídias sociais: conceito e definição. Disponível em: <https://www.internetinnovation.com.br/blog/midias-sociais-conceito-e-definicao> Acesso em: 06 mai. 2019

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo da aula para a turma. É muito importante começar com a apresentação do objetivo para que os estudantes entendam o que farão e compreendam onde se quer chegar ao fim da aula. Contudo, tome cuidado para, ao fazer isso, não antecipar respostas desde o começo. É necessário sempre garantir que os alunos construam o raciocínio por conta própria.

O objetivo dessa aula é que os alunos possam identificar de que maneiras as mídias sociais transformaram as relações entre governos e cidadãos.

Materiais necessários:

impressão dos textos ou projeção

Material complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

Mídias sociais: conceito e definição. Disponível em: <https://www.internetinnovation.com.br/blog/midias-sociais-conceito-e-definicao> Acesso em: 06 mai. 2019

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Peça que os alunos comentem sobre o uso que fazem das redes sociais: quem possui conta em alguma rede social, quais redes sociais, para que utiliza, o que acha da ferramenta. Depois desses comentários, pergunte se eles já presenciaram o uso ou se já usaram as redes sociais para fins políticos.

Para saber mais:

Mídias sociais: conceito e definição. Disponível em: <https://www.internetinnovation.com.br/blog/midias-sociais-conceito-e-definicao> Acesso em: 06 mai. 2019

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

title> Problematização select-down

Slide Plano Aula title> Problematização

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

title> Problematização select-down

Slide Plano Aula title> Problematização

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011. Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relaçoes entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

title> Problematização select-down

Slide Plano Aula title> Problematização

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

title> Problematização select-down

Slide Plano Aula title> Problematização

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Peça que os alunos criem um twitter ou post de facebook onde se peça a solução para uma demanda importante da comunidade. Deixe claro a diferença entre as duas plataformas. O texto para o twitter deve ser conciso e direto, enquanto que no facebook se pode explicar a questão mais detalhadamente.

Depois que tenham terminado, peça que alguns alunos apresentem a sua produção para que sejam conhecidas as suas demandas, e se elas seriam retwittadas ou curtidas pelos colegas, caso fossem postadas nas respectivas plataformas.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Peça que os alunos criem um twitter ou post de facebook onde se peça a solução para uma demanda importante da comunidade. Deixe claro a diferença entre as duas plataformas. O texto para o twitter deve ser conciso e direto, enquanto que no facebook se pode explicar a questão mais detalhadamente.

Depois que tenham terminado, peça que alguns alunos apresentem a sua produção para que sejam conhecidas as suas demandas, e se elas seriam retwittadas ou curtidas pelos colegas, caso fossem postadas nas respectivas plataformas.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09HI33, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

impressão dos textos ou projeção

Material complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

Mídias sociais: conceito e definição. Disponível em: <https://www.internetinnovation.com.br/blog/midias-sociais-conceito-e-definicao> Acesso em: 06 mai. 2019

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo da aula para a turma. É muito importante começar com a apresentação do objetivo para que os estudantes entendam o que farão e compreendam onde se quer chegar ao fim da aula. Contudo, tome cuidado para, ao fazer isso, não antecipar respostas desde o começo. É necessário sempre garantir que os alunos construam o raciocínio por conta própria.

O objetivo dessa aula é que os alunos possam identificar de que maneiras as mídias sociais transformaram as relações entre governos e cidadãos.

Materiais necessários:

impressão dos textos ou projeção

Material complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

Mídias sociais: conceito e definição. Disponível em: <https://www.internetinnovation.com.br/blog/midias-sociais-conceito-e-definicao> Acesso em: 06 mai. 2019

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Peça que os alunos comentem sobre o uso que fazem das redes sociais: quem possui conta em alguma rede social, quais redes sociais, para que utiliza, o que acha da ferramenta. Depois desses comentários, pergunte se eles já presenciaram o uso ou se já usaram as redes sociais para fins políticos.

Para saber mais:

Mídias sociais: conceito e definição. Disponível em: <https://www.internetinnovation.com.br/blog/midias-sociais-conceito-e-definicao> Acesso em: 06 mai. 2019

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Slide Plano Aula
title> Problematização

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Slide Plano Aula
title> Problematização

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Slide Plano Aula

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011. Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relaçoes entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Slide Plano Aula
title> Problematização

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Slide Plano Aula
title> Problematização

Tempo sugerido: 29 minutos

Orientações: Projete ou distribua entre os alunos os textos relacionados à primavera árabe. Leia ou peça que algum aluno leia o primeiro trecho em voz alta, e peça que os alunos comentem que motivos levaram ao movimento da primavera árabe. Depois de lido o trecho 2, pergunte que mudanças as redes sociais provocaram nas relações entre governos e população, no caso dos países árabes nos movimentos de 2011.

Espera-se que os alunos citem a diminuição do controle dos governos sobre a população, com o aumento do acesso à informação. Sobre o trecho 3, pergunte de que maneira cada rede social dentre as mais famosas contribuiu para o movimento. E sobre o trecho 4, pergunte que malefício pode surgir a partir do uso das redes sociais para fins políticos.

Ao fim da discussão dos textos, deixe claro que a Primavera Árabe foi apenas um exemplo, e que essas mesmas mudanças nas relações que ficaram claras naquela ocasião permanecem nas relações entre governos e população ao redor do mundo.

Material Complementar:

Textos para a problematização

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/vF4EjqbZxCPpNPYttCnJHkC57N7meMBQxWxfzvVyAvWwCUFvGkAZsCSxT7a3/his9-33und03-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

https://exame.abril.com.br/tecnologia/na-primavera-arabe-internet-e-faca-de-dois-gumes/

SOUZA, Rogério; COSTA, Débora. A revolta digital: impacto das redes sociais da internet nos protestos de rua dos países árabes em 2011. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/download/1100/956. Acesso em: 07 abr. 2019

TAVARES, Viviane. O Papel das Redes Sociais na Primavera Árabe de 2011: implicações para a ordem internacional. Disponível em: <https://www.mundorama.net/?p=10624> Acesso em: 07 abr. 2019

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Peça que os alunos criem um twitter ou post de facebook onde se peça a solução para uma demanda importante da comunidade. Deixe claro a diferença entre as duas plataformas. O texto para o twitter deve ser conciso e direto, enquanto que no facebook se pode explicar a questão mais detalhadamente.

Depois que tenham terminado, peça que alguns alunos apresentem a sua produção para que sejam conhecidas as suas demandas, e se elas seriam retwittadas ou curtidas pelos colegas, caso fossem postadas nas respectivas plataformas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Peça que os alunos criem um twitter ou post de facebook onde se peça a solução para uma demanda importante da comunidade. Deixe claro a diferença entre as duas plataformas. O texto para o twitter deve ser conciso e direto, enquanto que no facebook se pode explicar a questão mais detalhadamente.

Depois que tenham terminado, peça que alguns alunos apresentem a sua produção para que sejam conhecidas as suas demandas, e se elas seriam retwittadas ou curtidas pelos colegas, caso fossem postadas nas respectivas plataformas.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE A história recente do 9º ano :

MAIS AULAS DE História do 9º ano:

9º ano / História / Modernização, ditadura civil-militar e redemocratização: o Brasil após 1946

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09HI33 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano