16825
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 8º ano > Configurações do mundo no século XIX

Plano de aula - Darwinismo social no Brasil

Plano de aula de História com atividades para 8º ano do EF sobre Darwinismo social no Brasil

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Daniela Reis De Moraes

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08HI27 Identificar as tensões e os significados dos discursos civilizatórios, avaliando seus impactos negativos para os povos indígenas originários e as populações negras nas Américas, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Para dar início a esta aula, peça para que os alunos se organizem em grupos de no máximo quatro pessoas.

Materiais necessários: Para a realização desta aula estarão disponíveis materiais na versão impressa dos conteúdos trabalhados nos slides:

Contexto: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/yedP6qzrWBC4UuM8XdVc8QrVmnh5YBdYYNmE5QUZ8VuJnwk8PNJfYSTdDSwN/his8-27und01-contexto.pdf

Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf

Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/VcrRUtwUwEaxRVNtwPDGe5t4637YKHfRNftwcq3BxzrFnr6AGdQXZEAGwPVm/his8-27-sistematizacao.pdf

Na Sistematização, os alunos deverão construir um cartaz/panfleto. Será necessário providenciar folha A4, lápis de cor, canetinha hidrográfica, giz de cera, régua, revistas e jornais para recorte, tesoura sem ponta e cola branca escolar. Os panfletos serão confeccionados individualmente.

Material complementar: Para a confecção deixamos disponíveis links para inspirar sua imaginação, se for possível, poderá apresentar o site aos alunos:

https://www.canva.com/pt_br/aprenda/50-exemplos-de-panfleto-brilhantes/ Acesso em: 25 de fev. de 2019.

http://www.montesclaros.mg.gov.br/agencia_noticias/2018/mar-18/Panfleto%20Igualdade%20racial.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais:

Caso queira aprofundar seus conhecimentos sobre o tema, sugerimos a leituras dos materiais abaixo:

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente este slide e faça uma leitura coletiva.

Para você saber mais: Sugerimos este vídeo de um youtuber conhecido entre a faixa etária de alunos do Fundamental II e do Médio que trata do tema eugenia racial, ou seja, da história do pensamento da superioridade das raças. O material traz uma linguagem interessante, dinâmica e além disso possui a fala da antropóloga Lilia Schwarcz. Caso queira e considere ser pertinente em sua aula, você poderá apresentar este vídeo aos alunos, para dar início a esta aula, ainda no Contexto: Branqueamento no Brasil - The History Channel Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=_4S-7yvxyw8 Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Projete os slides para os alunos, ou, se preferir, entregue este material na versão impressa. Oriente que os alunos observem os trechos do vídeo, leiam atentamente as legendas. Se for necessário, você poderá fazer esta leitura. Pergunte aos alunos, quais características foram levantadas neste teste e quais características cada boneco recebeu. Depois, questione o porquê.

  • Neste momento, é importante que os alunos reconheçam que há dois bonecos e que a característica que diferencia é a cor, um é branco e o outro preto. Posteriormente, os alunos deverão analisar como as crianças associam as características de bonito, feio, bom ou mau.
  • Esta etapa tem o propósito de fazer a leitura primária da fonte. Você poderá sortear o nome de dois ou três alunos para fazer suas colocações. Assim, esta parte da atividade não se estenderá e não comprometerá o andamento da aula.
  • Peça para que os alunos leiam as questões para análise das fontes de contextualização.

Observe atentamente as imagens e debata com seus colegas.

  • Identifique as diferenças entre os bonecos.

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que a principal característica que diferencia os bonecos é a cor.

  • Qual boneco foi escolhido como bonito? Qual foi escolhido como feio? Qual foi escolhido como mau?

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que características como feio e mau foram atribuídas ao boneco preto, e a característica como bonito foi atribuída ao boneco branco.

  • Qual justificativa você poderia dar para tais escolhas?

Expectativa de resposta: Os alunos poderão apresentar questões relacionadas à educação destas crianças, que aprenderam com os pais, ou mesmo porque estão sendo racistas (caso isto ocorra, questione: O que você quer dizer com racismo?. Além disso, pode surgir uma relação com a teoria de Darwin sobre a evolução das espécies.

Como adequar à sua realidade: Você poderá entregar este material na versão impressa. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/yedP6qzrWBC4UuM8XdVc8QrVmnh5YBdYYNmE5QUZ8VuJnwk8PNJfYSTdDSwN/his8-27und01-contexto.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019

Para você saber mais: Sugerimos que veja o vídeo completo do teste social sobre o racismo: https://www.youtube.com/watch?v=kGqArTY4HWI Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Professor, projete os slides para os alunos, ou, se preferir, entregue este material na versão impressa. Oriente que os alunos observem os trechos do vídeo, leiam atentamente as legendas, se for necessário você poderá fazer esta leitura. Pergunte aos alunos quais características foram levantadas neste teste e quais características cada boneco recebeu. Depois, questione o porquê.

  • Neste momento, é importante que os alunos reconheçam que há dois bonecos e que a característica que diferencia é a cor, um é branco e o outro preto. Posteriormente, os alunos deverão analisar como as crianças associam as características de bonito, feio, bom ou mau.
  • Esta etapa tem o propósito de fazer a leitura primária da fonte, você poderá sortear o nome de dois ou três alunos para fazer suas colocações. Assim, esta parte da atividade não se estenderá e não comprometerá o andamento da aula.
  • Peça para que os alunos leiam as questões para análise das fontes de contextualização.

Observe atentamente as imagens e debata com seus colegas.

  • Identifique as diferenças entre os bonecos.

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que a principal característica que diferencia os bonecos é a cor.

  • Qual boneco foi escolhido como bonito? Qual foi escolhido como feio? Qual foi escolhido como mau?

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que características como feio e mau foram atribuídas ao boneco preto,
e a característica como bonito foi atribuída ao boneco branco.

  • Qual justificativa você poderia dar para tais escolhas?

Expectativa de resposta: Os alunos poderão apresentar questões relacionadas à educação destas crianças, que aprenderam com os pais, ou mesmo porque estão sendo racistas (caso isto ocorra, questione: O que você quer dizer com racismo?. Além disso, podem surgir relação com a teoria de Darwin sobre a evolução das espécies.

Como adequar à sua realidade: Você poderá entregar este material na versão impressa. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/yedP6qzrWBC4UuM8XdVc8QrVmnh5YBdYYNmE5QUZ8VuJnwk8PNJfYSTdDSwN/his8-27und01-contexto.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019

Para você saber mais: Sugerimos que veja o vídeo completo do teste social sobre o racismo: https://www.youtube.com/watch?v=kGqArTY4HWI Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Professor, projete os slides para os alunos, ou, se preferir, entregue este material na versão impressa. Oriente que os alunos observem os trechos do vídeo, leiam atentamente as legendas. Se for necessário, você poderá fazer esta leitura. Pergunte aos alunos quais características foram levantadas neste teste e quais características cada boneco recebeu. Depois, questione o porquê.

  • Neste momento, é importante que os alunos reconheçam que há dois bonecos e que a característica que diferencia é a cor, um é branco e o outro preto. Posteriormente, os alunos deverão analisar como as crianças associam as características de bonito, feio, bom ou mau.
  • Esta etapa tem o propósito de fazer a leitura primária da fonte, você poderá sortear o nome de dois ou três alunos para fazer suas colocações. Assim, esta parte da atividade não se estenderá e não comprometerá o andamento da aula.
  • Peça para que os alunos leiam as questões para análise das fontes de contextualização.

Observe atentamente as imagens e debata com seus colegas.

  • Identifique as diferenças entre os bonecos.

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que a principal característica que diferencia os bonecos é a cor.

  • Qual boneco foi escolhido como bonito? Qual foi escolhido como feio? Qual foi escolhido como mau?

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que características como feio e mau foram atribuídas ao boneco preto,
e a característica como bonito foi atribuída ao boneco branco.

  • Qual justificativa você poderia dar para tais escolhas?

Expectativa de resposta: Os alunos poderão apresentar questões relacionadas à educação destas crianças, que aprenderam com os pais, ou mesmo porque estão sendo racistas (caso isto ocorra, questione: O que você quer dizer com racismo?). Além disso, podem surgir relação com a teoria de Darwin sobre a evolução das espécies.

Como adequar à sua realidade: Você poderá entregar este material na versão impressa. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/yedP6qzrWBC4UuM8XdVc8QrVmnh5YBdYYNmE5QUZ8VuJnwk8PNJfYSTdDSwN/his8-27und01-contexto.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019

Para você saber mais: Sugerimos que veja o vídeo completo do teste social sobre o racismo: https://www.youtube.com/watch?v=kGqArTY4HWI Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências a contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base em questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social. É importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies bem como esta teoria contribuiu para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo, o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa deste conteúdo para cada grupo, ou, se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de conceitos históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133. Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev.
de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências à contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base nas questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social, é importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies. Esta teoria foi usada para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa deste conteúdo para cada grupo, ou, se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de Conceitos Históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133 . Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências à contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base nas questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social. É importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies bem como esta teoria contribuiu para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa deste conteúdo para cada grupo, ou, se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de conceitos históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133 . Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências à contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base nas questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social. É importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies bem como esta teoria contribuiu para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa, deste conteúdo. para cada grupo, ou, se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de conceitos históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133 . Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências à contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base nas questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social. É importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies bem como esta teoria contribuiu para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa deste conteúdo para cada grupo, ou se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de conceitos históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133 . Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos, ou escreva no quadro, bem como, se preferir, leia-o para a turma.

Nesta etapa os alunos deverão construir um cartaz/panfleto que aborde as consequências desta mentalidade da superioridade branca, no Brasil, é importante que os alunos reconheçam que tal pensamento gerou ações racistas e discriminatórias, como o que foi apresentado no teste com as crianças e os bonecos.

Deste modo, será necessário providenciar folha A4, lápis de cor, canetinha hidrográfica, giz de cera, régua, revistas e jornais para recorte, tesoura sem ponta e cola branca escolar. Os panfletos serão confeccionados individualmente.

No final, os panfletos poderão ser expostos na escola, você poderá escolher um lugar onde há grande circulação de pessoas. Outra ideia é fazer cópias destes cartazes e pedir para a turma distribuir na escola e fazer uma campanha de conscientização sobre o que eles aprenderam nesta aula.

Uma alternativa extra, que poderá ser realizada como extensão desta aula, é pedir para que os alunos gravem um pequeno vídeo, entre 30 e 60 segundos, com cada grupo, onde cada um mostraria seu cartaz e as conclusões a que chegaram. Assim, a turma poderia montar uma exposição permanente e reunir a escola para assistir e debater o tema da aula.

Como adequar à sua realidade: Se necessário entregue aos alunos uma cópia impressa da sistematização (pode ser uma por grupo). Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/VcrRUtwUwEaxRVNtwPDGe5t4637YKHfRNftwcq3BxzrFnr6AGdQXZEAGwPVm/his8-27-sistematizacao.pdf

Para você saber mais: Para a confecção deixamos disponível links para inspirar sua imaginação, se for possível, poderá apresentar o site aos alunos:

https://www.canva.com/pt_br/aprenda/50-exemplos-de-panfleto-brilhantes/ Acesso em: 25 de fev. de 2019.

http://www.montesclaros.mg.gov.br/agencia_noticias/2018/mar-18/Panfleto%20Igualdade%20racial.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF08HI27 Identificar as tensões e os significados dos discursos civilizatórios, avaliando seus impactos negativos para os povos indígenas originários e as populações negras nas Américas, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Para dar início a esta aula, peça para que os alunos se organizem em grupos de no máximo quatro pessoas.

Materiais necessários: Para a realização desta aula estarão disponíveis materiais na versão impressa dos conteúdos trabalhados nos slides:

Contexto: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/yedP6qzrWBC4UuM8XdVc8QrVmnh5YBdYYNmE5QUZ8VuJnwk8PNJfYSTdDSwN/his8-27und01-contexto.pdf

Problematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf

Sistematização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/VcrRUtwUwEaxRVNtwPDGe5t4637YKHfRNftwcq3BxzrFnr6AGdQXZEAGwPVm/his8-27-sistematizacao.pdf

Na Sistematização, os alunos deverão construir um cartaz/panfleto. Será necessário providenciar folha A4, lápis de cor, canetinha hidrográfica, giz de cera, régua, revistas e jornais para recorte, tesoura sem ponta e cola branca escolar. Os panfletos serão confeccionados individualmente.

Material complementar: Para a confecção deixamos disponíveis links para inspirar sua imaginação, se for possível, poderá apresentar o site aos alunos:

https://www.canva.com/pt_br/aprenda/50-exemplos-de-panfleto-brilhantes/ Acesso em: 25 de fev. de 2019.

http://www.montesclaros.mg.gov.br/agencia_noticias/2018/mar-18/Panfleto%20Igualdade%20racial.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais:

Caso queira aprofundar seus conhecimentos sobre o tema, sugerimos a leituras dos materiais abaixo:

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente este slide e faça uma leitura coletiva.

Para você saber mais: Sugerimos este vídeo de um youtuber conhecido entre a faixa etária de alunos do Fundamental II e do Médio que trata do tema eugenia racial, ou seja, da história do pensamento da superioridade das raças. O material traz uma linguagem interessante, dinâmica e além disso possui a fala da antropóloga Lilia Schwarcz. Caso queira e considere ser pertinente em sua aula, você poderá apresentar este vídeo aos alunos, para dar início a esta aula, ainda no Contexto: Branqueamento no Brasil - The History Channel Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=_4S-7yvxyw8 Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Projete os slides para os alunos, ou, se preferir, entregue este material na versão impressa. Oriente que os alunos observem os trechos do vídeo, leiam atentamente as legendas. Se for necessário, você poderá fazer esta leitura. Pergunte aos alunos, quais características foram levantadas neste teste e quais características cada boneco recebeu. Depois, questione o porquê.

  • Neste momento, é importante que os alunos reconheçam que há dois bonecos e que a característica que diferencia é a cor, um é branco e o outro preto. Posteriormente, os alunos deverão analisar como as crianças associam as características de bonito, feio, bom ou mau.
  • Esta etapa tem o propósito de fazer a leitura primária da fonte. Você poderá sortear o nome de dois ou três alunos para fazer suas colocações. Assim, esta parte da atividade não se estenderá e não comprometerá o andamento da aula.
  • Peça para que os alunos leiam as questões para análise das fontes de contextualização.

Observe atentamente as imagens e debata com seus colegas.

  • Identifique as diferenças entre os bonecos.

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que a principal característica que diferencia os bonecos é a cor.

  • Qual boneco foi escolhido como bonito? Qual foi escolhido como feio? Qual foi escolhido como mau?

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que características como feio e mau foram atribuídas ao boneco preto, e a característica como bonito foi atribuída ao boneco branco.

  • Qual justificativa você poderia dar para tais escolhas?

Expectativa de resposta: Os alunos poderão apresentar questões relacionadas à educação destas crianças, que aprenderam com os pais, ou mesmo porque estão sendo racistas (caso isto ocorra, questione: O que você quer dizer com racismo?. Além disso, pode surgir uma relação com a teoria de Darwin sobre a evolução das espécies.

Como adequar à sua realidade: Você poderá entregar este material na versão impressa. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/yedP6qzrWBC4UuM8XdVc8QrVmnh5YBdYYNmE5QUZ8VuJnwk8PNJfYSTdDSwN/his8-27und01-contexto.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019

Para você saber mais: Sugerimos que veja o vídeo completo do teste social sobre o racismo: https://www.youtube.com/watch?v=kGqArTY4HWI Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Professor, projete os slides para os alunos, ou, se preferir, entregue este material na versão impressa. Oriente que os alunos observem os trechos do vídeo, leiam atentamente as legendas, se for necessário você poderá fazer esta leitura. Pergunte aos alunos quais características foram levantadas neste teste e quais características cada boneco recebeu. Depois, questione o porquê.

  • Neste momento, é importante que os alunos reconheçam que há dois bonecos e que a característica que diferencia é a cor, um é branco e o outro preto. Posteriormente, os alunos deverão analisar como as crianças associam as características de bonito, feio, bom ou mau.
  • Esta etapa tem o propósito de fazer a leitura primária da fonte, você poderá sortear o nome de dois ou três alunos para fazer suas colocações. Assim, esta parte da atividade não se estenderá e não comprometerá o andamento da aula.
  • Peça para que os alunos leiam as questões para análise das fontes de contextualização.

Observe atentamente as imagens e debata com seus colegas.

  • Identifique as diferenças entre os bonecos.

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que a principal característica que diferencia os bonecos é a cor.

  • Qual boneco foi escolhido como bonito? Qual foi escolhido como feio? Qual foi escolhido como mau?

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que características como feio e mau foram atribuídas ao boneco preto,
e a característica como bonito foi atribuída ao boneco branco.

  • Qual justificativa você poderia dar para tais escolhas?

Expectativa de resposta: Os alunos poderão apresentar questões relacionadas à educação destas crianças, que aprenderam com os pais, ou mesmo porque estão sendo racistas (caso isto ocorra, questione: O que você quer dizer com racismo?. Além disso, podem surgir relação com a teoria de Darwin sobre a evolução das espécies.

Como adequar à sua realidade: Você poderá entregar este material na versão impressa. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/yedP6qzrWBC4UuM8XdVc8QrVmnh5YBdYYNmE5QUZ8VuJnwk8PNJfYSTdDSwN/his8-27und01-contexto.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019

Para você saber mais: Sugerimos que veja o vídeo completo do teste social sobre o racismo: https://www.youtube.com/watch?v=kGqArTY4HWI Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Professor, projete os slides para os alunos, ou, se preferir, entregue este material na versão impressa. Oriente que os alunos observem os trechos do vídeo, leiam atentamente as legendas. Se for necessário, você poderá fazer esta leitura. Pergunte aos alunos quais características foram levantadas neste teste e quais características cada boneco recebeu. Depois, questione o porquê.

  • Neste momento, é importante que os alunos reconheçam que há dois bonecos e que a característica que diferencia é a cor, um é branco e o outro preto. Posteriormente, os alunos deverão analisar como as crianças associam as características de bonito, feio, bom ou mau.
  • Esta etapa tem o propósito de fazer a leitura primária da fonte, você poderá sortear o nome de dois ou três alunos para fazer suas colocações. Assim, esta parte da atividade não se estenderá e não comprometerá o andamento da aula.
  • Peça para que os alunos leiam as questões para análise das fontes de contextualização.

Observe atentamente as imagens e debata com seus colegas.

  • Identifique as diferenças entre os bonecos.

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que a principal característica que diferencia os bonecos é a cor.

  • Qual boneco foi escolhido como bonito? Qual foi escolhido como feio? Qual foi escolhido como mau?

Expectativa de resposta: Espera-se que os alunos identifiquem que características como feio e mau foram atribuídas ao boneco preto,
e a característica como bonito foi atribuída ao boneco branco.

  • Qual justificativa você poderia dar para tais escolhas?

Expectativa de resposta: Os alunos poderão apresentar questões relacionadas à educação destas crianças, que aprenderam com os pais, ou mesmo porque estão sendo racistas (caso isto ocorra, questione: O que você quer dizer com racismo?). Além disso, podem surgir relação com a teoria de Darwin sobre a evolução das espécies.

Como adequar à sua realidade: Você poderá entregar este material na versão impressa. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/yedP6qzrWBC4UuM8XdVc8QrVmnh5YBdYYNmE5QUZ8VuJnwk8PNJfYSTdDSwN/his8-27und01-contexto.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019

Para você saber mais: Sugerimos que veja o vídeo completo do teste social sobre o racismo: https://www.youtube.com/watch?v=kGqArTY4HWI Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências a contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base em questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social. É importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies bem como esta teoria contribuiu para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo, o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa deste conteúdo para cada grupo, ou, se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de conceitos históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133. Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev.
de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências à contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base nas questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social, é importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies. Esta teoria foi usada para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa deste conteúdo para cada grupo, ou, se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de Conceitos Históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133 . Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências à contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base nas questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social. É importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies bem como esta teoria contribuiu para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa deste conteúdo para cada grupo, ou, se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de conceitos históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133 . Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências à contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base nas questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social. É importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies bem como esta teoria contribuiu para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa, deste conteúdo. para cada grupo, ou, se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de conceitos históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133 . Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos ou entregue uma versão impressa. Escolha alguns alunos para que realizem a leitura das fontes, pode ser um para cada slide. Peça para que leiam os textos. Chame a atenção aos títulos dos slides, pois neles há referências à contextualização destas fontes.

  • Após a leitura, peça para que os alunos debatam entre si, com base nas questões apresentadas no slide. Lembre-se que estarão organizados em grupos de no máximo quatro pessoas.
  • Oriente que os alunos leiam o slide sobre Charles Darwin e o significado de darwinismo social. É importante que eles compreendam que Darwin foi um cientista do século XIX que desenvolveu uma tese sobre a evolução das espécies bem como esta teoria contribuiu para a formação do pensamento social onde se constrói uma segregação entre os seres humanos.

Sobre o debate que será proposto aos alunos:

  • Qual o posicionamento de Darwin ao visitar o Brasil escravagista?

Expectativa: Espera-se que os alunos compreendam que Darwin teve uma visão negativa sobre o pensamento escravagista e que considerou absurdo o modo com que os escravos eram torturados pelos seus “senhores”.

  • O que o autor Sílvio Romero defendia para a sociedade brasileira?

Expectativa: Espera-se que os alunos perceberam que Sílvio Romero defendia a superioridade da “raça” branca no Brasil durante o século XIX.

Como adequar à sua realidade: Se necessário, entregue uma cópia impressa deste conteúdo para cada grupo, ou se preferir, para cada aluno. Disponível: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mxMY2DpeTdSaGktDNxu6h84R34PNBRpqFFKVAsBV33hyBpAQG4E4pKdB4avj/his8-27und-problematizacao.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Para você saber mais: Nesta etapa, caso queira se aprofundar nos conteúdos sobre a eugenia branca no Brasil, sugerimos estes materiais para consulta:

Sobre o darwinismo social, o professor poderá fazer a leitura completa deste conceito no Dicionário de conceitos históricos. Dicionário de conceitos históricos. SILVA, Kalina Vanderlei e SILVA, Maciel Henrique. 2. Edição. 2. Reimpressão - São Paulo: Contexto, 2009. p. 133 . Disponível em:

https://efabiopablo.files.wordpress.com/2013/04/dicionc3a1rio-de-conceitos-histc3b3ricos.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A mestiçagem da alma: literatura, crítica e ciência na construção do discurso racial no Brasil pós-1870. Disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/2832-6906-1-PB.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Metamorfoses na interpretação do Brasil: tensões no paradigma racial - Sílvio Romero, Nina Rodrigues, Euclides da Cunha e Oliveira Vianna. Tese de doutorado disponível em: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Desktop/TESE_RICARDO_SEQUEIRA_BECHELLI.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

A sociedade brasileira e a Teoria do Branqueamento. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cUcMlhD9N7Y Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos.

Orientações: Apresente o slide aos alunos, ou escreva no quadro, bem como, se preferir, leia-o para a turma.

Nesta etapa os alunos deverão construir um cartaz/panfleto que aborde as consequências desta mentalidade da superioridade branca, no Brasil, é importante que os alunos reconheçam que tal pensamento gerou ações racistas e discriminatórias, como o que foi apresentado no teste com as crianças e os bonecos.

Deste modo, será necessário providenciar folha A4, lápis de cor, canetinha hidrográfica, giz de cera, régua, revistas e jornais para recorte, tesoura sem ponta e cola branca escolar. Os panfletos serão confeccionados individualmente.

No final, os panfletos poderão ser expostos na escola, você poderá escolher um lugar onde há grande circulação de pessoas. Outra ideia é fazer cópias destes cartazes e pedir para a turma distribuir na escola e fazer uma campanha de conscientização sobre o que eles aprenderam nesta aula.

Uma alternativa extra, que poderá ser realizada como extensão desta aula, é pedir para que os alunos gravem um pequeno vídeo, entre 30 e 60 segundos, com cada grupo, onde cada um mostraria seu cartaz e as conclusões a que chegaram. Assim, a turma poderia montar uma exposição permanente e reunir a escola para assistir e debater o tema da aula.

Como adequar à sua realidade: Se necessário entregue aos alunos uma cópia impressa da sistematização (pode ser uma por grupo). Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/VcrRUtwUwEaxRVNtwPDGe5t4637YKHfRNftwcq3BxzrFnr6AGdQXZEAGwPVm/his8-27-sistematizacao.pdf

Para você saber mais: Para a confecção deixamos disponível links para inspirar sua imaginação, se for possível, poderá apresentar o site aos alunos:

https://www.canva.com/pt_br/aprenda/50-exemplos-de-panfleto-brilhantes/ Acesso em: 25 de fev. de 2019.

http://www.montesclaros.mg.gov.br/agencia_noticias/2018/mar-18/Panfleto%20Igualdade%20racial.pdf Acesso em: 25 de fev. de 2019.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Configurações do mundo no século XIX do 8º ano :

MAIS AULAS DE História do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08HI27 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano