16811
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

  

Plano de aula - Brasil: Independência e monarquia constitucional

Plano de aula de História com atividades para 8º ano do EF sobre Brasil: Independência e monarquia constitucional

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Daniele Shorne De Souza

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade
EF 08H12, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor para os slides (ou impressões dos slides para ser analisados).

Moedas de real (R$ 0,05, R$ 0,10 e R$ 0,25).

Impressão dos slides com as imagens para a elaboração dos memes.

Para você saber mais:

MENDONÇA, Sonia Regina A independência do Brasil em perspectiva historiográfica, disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/3259057.pdf (Acesso em: 3 de janeiro de 2019.)

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente este slide e faça uma leitura coletiva.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos.

Orientações: Neste momento inicial, a proposta é aproximar os estudantes dos símbolos do governo monárquico no Brasil.

Apresente para os alunos o slide com a primeira moeda do Brasil, o real, no plural réis, que é diferente da atual unidade monetária do país.
Ela foi utilizada entre os anos de 1695 e 1942, e, mesmo já no período republicano, as moedas que circulavam ainda faziam referência ao período monárquico do Brasil.

Em 1695 surgiram pela primeira vez as moedas de 1.000, 2.000 e 4.000 réis, em ouro, e de 20, 40, 80, 160, 320 e 640 réis, em prata. Pode ser observado o símbolo do Reino de Portugal e o nome de Pedro II Rei de Portugal escrito em latim. O valor desta moeda era de 640 réis e era chamada também de patacão.

Faça as seguintes perguntas sobre a primeira moeda do Brasil:

  • Alguém já viu uma moeda destas? (Permita que os alunos que tiveram contato com moedas antigas possam falar neste momento.)
  • Qual é o símbolo que aparece nesta moeda? (O símbolo que aparece na moeda é o brasão de Portugal. Os estudantes poderão reconhecer
    as bandeiras, o brasão e a coroa.)
  • Podemos identificar o valor desta moeda? (O valor da moeda está do lado esquerdo, é 640 réis.)
  • O que podemos ler na moeda? (Petrus II , DG, REX.)
  • O nome desta moeda refere-se a que tipo de governo? (Os estudantes poderão fazer a relação que réis é o plural de real, que se refere à monarquia.)
  • Quais foram os tipos de governo exercidos no Brasil no período que esta moeda (réis) foi utilizada no Brasil (1695 a 1942)?

Você também poderá traçar comparações com moedas de 5, 10 ou 25 centavos atuais, levando-as para que os alunos observem que a moeda brasileira atual ostenta o símbolo da República e, ainda assim, chama-se real, embora usemos o plural reais.

Link doc. para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/KgYs92u9TM4J74bEWr8DnyDfJzsPfwYBR3Kg7VqHjdfbrVj9GBzmKjqkyp2x/his8-12und04-moeda.pdf

Fonte da imagem: Primeira moeda oficial do Brasil. Rank Brasil. Disponível em: http://www.rankbrasil.com.br/Recordes/Materias/0642/Primeira_Moeda_Oficial_Do_Brasil Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

Como adequar à sua realidade:

No caso de algum aluno ter moedas antigas utilizadas no Brasil elas poderão ser trazidas para a sala de aula. O professor pode mostrar as moedas para os alunos e fazer a intervenção pertinente sobre os vários tipos de moeda que já estiveram presentes no nosso sistema monetário.

Para você saber mais:

Reportagem referente às moedas que o Brasil já teve:

https://super.abril.com.br/mundo-estranho/quantas-moedas-o-brasil-ja-teve/ Acesso em: 3 de janeiro de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações:

A Problematização desta aula tem a ideia central de perceber e analisar as continuidades e as rupturas (mudanças) do sistema monárquico no Brasil, após sua independência em relação a Portugal. Esta etapa é composta de duas imagens e dois textos que poderão ser analisadas por alunos e professor, sendo projetadas ou impressas para que os alunos possam visualizá-las.

Após observar os elementos da moeda, relacionada à monarquia, neste momento, faça a análise da imagem com os estudantes, o quadro Declaração da independência, do pintor francês François-René Moreaux, que representa D. Pedro I no retorno da Proclamação da Independência com a ausência de conflitos e participação da população no ato. Chame a atenção dos alunos sobre o ambiente festivo que é retratado e as pessoas que fazem parte da cena e faça as seguintes perguntas norteadoras:

  • Quem era a pessoa em cima do cavalo? (Os estudantes deverão reconhecer a figura de D. Pedro I, o primeiro Imperador do Brasil. Os estudantes poderão chamá-lo de rei também, o importante é que façam a relação da figura dele com a monarquia.)
  • Quantos anos após a Independência, que aconteceu em 1822, foi feita esta imagem? (O quadro foi pintado em 1844, 22 anos após a Independência.)
  • Como é retratado o momento da declaração de Independência neste quadro? (Os estudantes poderão descrever a cena como feliz, com as pessoas tranquilas e saudando D. Pedro, que estava no cavalo.)
  • As pessoas presentes na imagem estão lutando ou estão felizes? (As pessoas da imagem demonstram estar felizes e comemorando.)
  • Quando o pintor retratou este momento ele quis demonstrar um momento de guerra ou de paz? (O momento retratado é de paz e de felicidade.)

Link para impressão do doc. : https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/c7aawDCyCUKSnsZHTNcZF3cU5hChKQGBaMbcCAd2t9gGz5YGyHCYgu5rhmfc/his8-12und04-quadro.pdf

Fonte da imagem: Declaração da independência, François-René Moreaux (1844). Disponível em: http://www.museuimperial.gov.br/images/Proclama%C3%A7%C3%A3o_da_Independ%C3%AAncia._Fran%C3%A7ois_Ren%C3%A9_Moreaux._1844._Museu_Imperial.jpg Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

No extenso e heterogêneo Brasil do início do século XIX, a população era composta de indígenas, negros, crianças e adultos de diferentes classes sociais, como pode ser visto na imagem anterior. Após a Independência, estas pessoas não tinham uma única percepção do que seria ser independente. O texto do slide traz à tona duas visões que podem ser discutidas com os estudantes: aquela das pessoas que viam D. Pedro I como um continuador da dinastia, com tudo que existia na monarquia portuguesa, e outras pessoas que acreditavam que D. Pedro I iria fazer com que existisse no Brasil uma monarquia constitucional separada de Portugal. .

Leia com os alunos o texto do slide e proponha as seguintes perguntas para mediar sua interpretação:

  • D. Pedro era visto da mesma maneira por todas as pessoas que o apoiavam? (Espera-se que os estudantes respondam que não, ele era reconhecido e apoiado por diferentes motivos.)
  • O que pode significar ser louvado por levar adiante a sua dinastia? (Espera-se que os estudantes lembrem-se que D. Pedro era um monarca que fazia parte de uma dinastia, a “ família real” portuguesa.)
  • O que pode significar ser o líder político capaz de sustentar a ordem constitucional? (Espera-se que os estudantes liguem a palavra à Constituição, às leis e à organização do país.)

Doc. para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qFMewyhgapKvJxbmXn2p9BTVKbnYWxu824uxXMqszUjVeTNZhKkc3VPR5xwj/his8-12und04-texto.pdf

Como adequar à sua realidade:

Caso na sua região tenha havido algum movimento independentista, ele poderá ser relembrado com os alunos, sobre como se deu e quais foram as repercussões dele na História local.

Para saber mais:

Dinastia: Série de reis ou soberanos de uma mesma família que se sucedem no trono.

Ordem constitucional: É o conjunto de leis e regras que mantêm a ordem e a direção de um país.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Observe com os estudantes a primeira bandeira do Brasil independente. A proposta é que a identifiquem como símbolo de um novo governo brasileiro, mas que ainda contém algumas continuidades em relação à monarquia portuguesa: nela podemos observar semelhanças com o brasão da moeda analisado no início da aula. As cores escolhidas, verde e amarelo, faziam referência às casas reais: O amarelo representa a Casa de Habsburgo (D. Leopoldina) e o verde representa a Casa de Bragança (Dom Pedro I).

Faça as seguintes perguntas para os estudantes:

  • Há alguma semelhança entre a bandeira e a moeda analisada no início da aula? (Espera-se que os estudantes se refiram à semelhança do brasão com a coroa.)
  • As semelhanças podem indicar uma permanência em relação a antes de o Brasil se tornar independente? Qual seria esta semelhança? (Espera-se que os estudantes relacionem a permanência da coroa com a monarquia.)
  • Qual é a origem da escolha das cores da bandeira brasileira (verde e amarelo)? (Professor, neste momento espere os estudantes responderem. Pelo senso comum o amarelo refere-se às riquezas e o verde às matas. Depois de eles responderem, desfaça o senso comum lembrando das cores das famílias reais. O amarelo representa a Casa de Habsburgo (D. Leopoldina) e o verde representa a Casa de Bragança (Dom Pedro I).

Link para impressão doc.: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ZrEhNrqWGNAvgZJPHguteyqE9znZX7fEzq8S9nwqKHBuqSRAKGa9ZRU8N637/his8-12und04-bandeira.pdf

Imagem original disponível em: https://www.monarquia.org.br/images/Bandeiras/brasilimp1822.jpg Acesso em: 12 de fevereiro de 2019.

Para saber mais:

Sobre as bandeiras históricas do Brasil: https://www.monarquia.org.br/images/Bandeiras/brasilimp1822.jpg Acesso em: 12 de fevereiro de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

No caso, o tipo de monarquia que D. Pedro I exerceu no Brasil, nos moldes da monarquia portuguesa, era bem diferente da monarquia parlamentar, em que o rei submetia-se às vontades do Parlamento, como já funcionava na Inglaterra desde o século XVII. No Brasil, D. Pedro tinha a palavra final com o Poder Moderador, estabelecido com a Constituição de 1824, funcionando como chave de organização política do Império. Este poder era considerado um mecanismo autoritário e centralizador, pois dava autoridade para o monarca regular os outros três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. Seu exercício ocasionou revoltas em algumas províncias, como a Confederação do Equador (Pernambuco).

Leia o texto do slide coletivamente e faça as seguintes perguntas aos estudantes:

  • Você sabe o que faz um moderador em um grupo de discussão online? (É interessante que os estudantes possam reconhecer a autoridade que o moderador tem em um grupo de discussão online, de permitir que algo seja postado ou não.)
  • Quem será que era o moderador na monarquia do D. Pedro I? (Os estudantes deverão relacionar a moderação com a autoridade de autorizar ou não o que acontecia no dia a dia do governo.)
  • O que significa a frase “vele sobre a manutenção da independência, equilíbrio e harmonia dos demais poderes políticos”? (Espera-se que os estudantes percebam que o papel do Poder Moderador era “supervisionar” os demais poderes para que eles ficassem em equilíbrio e que na prática era uma forma de controlar estes poderes.)

Link para impressão doc. : https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/k6EvFVZ2YSeSABHXkPM7MZsSxcdP3p6m9Q4QvcsKWFNkhcPxgyzyCK3bA4Sz/his8-12und04-constituicao.pdf

Texto original disponível em: https://ideg.com.br/constituicao-do-imperio-do-brazil-1824/ Acesso em: 12 de fevereiro de 2019.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Neste momento, o objetivo é caracterizar o modelo de governo monárquico estabelecido no Brasil com a figura de D. Pedro I. O meme proposto mostra o governante com a coroa verde e amarela, já observada em outros momentos da aula, na capital do Brasil (Rio de Janeiro) e faz uma referência ao Poder Moderador.

  • Como vocês imaginam que tenha sido o governo de D. Pedro I? (Com base no meme os estudantes poderão comentar sobre a natureza autoritária do Poder Moderador.)
  • D. Pedro I estava disposto a “ouvir” o que a população queria ou precisava? (Pode-se pensar sobre quais interesses D. Pedro I estava disposto a ouvir e atender: grandes latifundiários, pessoas influentes.)
  • Qual cidade aparece na janela do retrato de D. Pedro I utilizado neste meme? (Os estudantes poderão identificar a cidade do Rio de Janeiro.)
  • Por que esta cidade aparece ali? (Retome com os alunos o fato de que o palácio imperial fica na cidade do Rio de Janeiro e esta também foi a capital do Brasil até 1961.)

Link para impressão do doc. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WQdSTMmCGjZj65nsCQPP6BFJmEtjS9dMypbuzb8pZrJrQtzb3W5yVnq3yaUd/his8-12und04-meme.pdf

Para saber mais:

LYNCH, Christian Edward Cyril. O discurso político monarquiano e a recepção do conceito de Poder Moderador no Brasil (1822-1824). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/dados/v48n3/a06v48n3.pdf

Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Após a análise das imagens os estudantes deverão formar grupos e cada grupo deverá elaborar um meme referente a uma das imagens analisadas na aula, estes memes deverão conter humor e a síntese do tema da continuidade da monarquia no Brasil independente.

O meme poderá ser produzido também com recortes de imagens tiradas da internet e poderão ser expostos para que outras turmas possam visualizá-los. Outra sugestão, caso haja um laboratório de informática com acesso à internet disponível, é usar o site https://www.gerarmemes.com.br/ e fazer a impressão dos memes gerados para a exposição.

Para saber mais:

O termo meme tem origem grega e significa imitação, é aplicado no mundo virtual a qualquer conteúdo (imagem, frase, informação, vídeo, ideia, trecho de música ou poesia etc.) que se popularize rapidamente se tornando “viral”. Assim, o meme é um recurso de comunicação com capacidade de se propagar entre as pessoas utilizando o humor como canal de movimento.

Resumo da aula

download Baixar plano

Orientações: Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade
EF 08H12, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Projetor para os slides (ou impressões dos slides para ser analisados).

Moedas de real (R$ 0,05, R$ 0,10 e R$ 0,25).

Impressão dos slides com as imagens para a elaboração dos memes.

Para você saber mais:

MENDONÇA, Sonia Regina A independência do Brasil em perspectiva historiográfica, disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/3259057.pdf (Acesso em: 3 de janeiro de 2019.)

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente este slide e faça uma leitura coletiva.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos.

Orientações: Neste momento inicial, a proposta é aproximar os estudantes dos símbolos do governo monárquico no Brasil.

Apresente para os alunos o slide com a primeira moeda do Brasil, o real, no plural réis, que é diferente da atual unidade monetária do país.
Ela foi utilizada entre os anos de 1695 e 1942, e, mesmo já no período republicano, as moedas que circulavam ainda faziam referência ao período monárquico do Brasil.

Em 1695 surgiram pela primeira vez as moedas de 1.000, 2.000 e 4.000 réis, em ouro, e de 20, 40, 80, 160, 320 e 640 réis, em prata. Pode ser observado o símbolo do Reino de Portugal e o nome de Pedro II Rei de Portugal escrito em latim. O valor desta moeda era de 640 réis e era chamada também de patacão.

Faça as seguintes perguntas sobre a primeira moeda do Brasil:

  • Alguém já viu uma moeda destas? (Permita que os alunos que tiveram contato com moedas antigas possam falar neste momento.)
  • Qual é o símbolo que aparece nesta moeda? (O símbolo que aparece na moeda é o brasão de Portugal. Os estudantes poderão reconhecer
    as bandeiras, o brasão e a coroa.)
  • Podemos identificar o valor desta moeda? (O valor da moeda está do lado esquerdo, é 640 réis.)
  • O que podemos ler na moeda? (Petrus II , DG, REX.)
  • O nome desta moeda refere-se a que tipo de governo? (Os estudantes poderão fazer a relação que réis é o plural de real, que se refere à monarquia.)
  • Quais foram os tipos de governo exercidos no Brasil no período que esta moeda (réis) foi utilizada no Brasil (1695 a 1942)?

Você também poderá traçar comparações com moedas de 5, 10 ou 25 centavos atuais, levando-as para que os alunos observem que a moeda brasileira atual ostenta o símbolo da República e, ainda assim, chama-se real, embora usemos o plural reais.

Link doc. para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/KgYs92u9TM4J74bEWr8DnyDfJzsPfwYBR3Kg7VqHjdfbrVj9GBzmKjqkyp2x/his8-12und04-moeda.pdf

Fonte da imagem: Primeira moeda oficial do Brasil. Rank Brasil. Disponível em: http://www.rankbrasil.com.br/Recordes/Materias/0642/Primeira_Moeda_Oficial_Do_Brasil Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

Como adequar à sua realidade:

No caso de algum aluno ter moedas antigas utilizadas no Brasil elas poderão ser trazidas para a sala de aula. O professor pode mostrar as moedas para os alunos e fazer a intervenção pertinente sobre os vários tipos de moeda que já estiveram presentes no nosso sistema monetário.

Para você saber mais:

Reportagem referente às moedas que o Brasil já teve:

https://super.abril.com.br/mundo-estranho/quantas-moedas-o-brasil-ja-teve/ Acesso em: 3 de janeiro de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações:

A Problematização desta aula tem a ideia central de perceber e analisar as continuidades e as rupturas (mudanças) do sistema monárquico no Brasil, após sua independência em relação a Portugal. Esta etapa é composta de duas imagens e dois textos que poderão ser analisadas por alunos e professor, sendo projetadas ou impressas para que os alunos possam visualizá-las.

Após observar os elementos da moeda, relacionada à monarquia, neste momento, faça a análise da imagem com os estudantes, o quadro Declaração da independência, do pintor francês François-René Moreaux, que representa D. Pedro I no retorno da Proclamação da Independência com a ausência de conflitos e participação da população no ato. Chame a atenção dos alunos sobre o ambiente festivo que é retratado e as pessoas que fazem parte da cena e faça as seguintes perguntas norteadoras:

  • Quem era a pessoa em cima do cavalo? (Os estudantes deverão reconhecer a figura de D. Pedro I, o primeiro Imperador do Brasil. Os estudantes poderão chamá-lo de rei também, o importante é que façam a relação da figura dele com a monarquia.)
  • Quantos anos após a Independência, que aconteceu em 1822, foi feita esta imagem? (O quadro foi pintado em 1844, 22 anos após a Independência.)
  • Como é retratado o momento da declaração de Independência neste quadro? (Os estudantes poderão descrever a cena como feliz, com as pessoas tranquilas e saudando D. Pedro, que estava no cavalo.)
  • As pessoas presentes na imagem estão lutando ou estão felizes? (As pessoas da imagem demonstram estar felizes e comemorando.)
  • Quando o pintor retratou este momento ele quis demonstrar um momento de guerra ou de paz? (O momento retratado é de paz e de felicidade.)

Link para impressão do doc. : https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/c7aawDCyCUKSnsZHTNcZF3cU5hChKQGBaMbcCAd2t9gGz5YGyHCYgu5rhmfc/his8-12und04-quadro.pdf

Fonte da imagem: Declaração da independência, François-René Moreaux (1844). Disponível em: http://www.museuimperial.gov.br/images/Proclama%C3%A7%C3%A3o_da_Independ%C3%AAncia._Fran%C3%A7ois_Ren%C3%A9_Moreaux._1844._Museu_Imperial.jpg Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

Slide Plano Aula

Orientações:

No extenso e heterogêneo Brasil do início do século XIX, a população era composta de indígenas, negros, crianças e adultos de diferentes classes sociais, como pode ser visto na imagem anterior. Após a Independência, estas pessoas não tinham uma única percepção do que seria ser independente. O texto do slide traz à tona duas visões que podem ser discutidas com os estudantes: aquela das pessoas que viam D. Pedro I como um continuador da dinastia, com tudo que existia na monarquia portuguesa, e outras pessoas que acreditavam que D. Pedro I iria fazer com que existisse no Brasil uma monarquia constitucional separada de Portugal. .

Leia com os alunos o texto do slide e proponha as seguintes perguntas para mediar sua interpretação:

  • D. Pedro era visto da mesma maneira por todas as pessoas que o apoiavam? (Espera-se que os estudantes respondam que não, ele era reconhecido e apoiado por diferentes motivos.)
  • O que pode significar ser louvado por levar adiante a sua dinastia? (Espera-se que os estudantes lembrem-se que D. Pedro era um monarca que fazia parte de uma dinastia, a “ família real” portuguesa.)
  • O que pode significar ser o líder político capaz de sustentar a ordem constitucional? (Espera-se que os estudantes liguem a palavra à Constituição, às leis e à organização do país.)

Doc. para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/qFMewyhgapKvJxbmXn2p9BTVKbnYWxu824uxXMqszUjVeTNZhKkc3VPR5xwj/his8-12und04-texto.pdf

Como adequar à sua realidade:

Caso na sua região tenha havido algum movimento independentista, ele poderá ser relembrado com os alunos, sobre como se deu e quais foram as repercussões dele na História local.

Para saber mais:

Dinastia: Série de reis ou soberanos de uma mesma família que se sucedem no trono.

Ordem constitucional: É o conjunto de leis e regras que mantêm a ordem e a direção de um país.

Slide Plano Aula

Orientações:

Observe com os estudantes a primeira bandeira do Brasil independente. A proposta é que a identifiquem como símbolo de um novo governo brasileiro, mas que ainda contém algumas continuidades em relação à monarquia portuguesa: nela podemos observar semelhanças com o brasão da moeda analisado no início da aula. As cores escolhidas, verde e amarelo, faziam referência às casas reais: O amarelo representa a Casa de Habsburgo (D. Leopoldina) e o verde representa a Casa de Bragança (Dom Pedro I).

Faça as seguintes perguntas para os estudantes:

  • Há alguma semelhança entre a bandeira e a moeda analisada no início da aula? (Espera-se que os estudantes se refiram à semelhança do brasão com a coroa.)
  • As semelhanças podem indicar uma permanência em relação a antes de o Brasil se tornar independente? Qual seria esta semelhança? (Espera-se que os estudantes relacionem a permanência da coroa com a monarquia.)
  • Qual é a origem da escolha das cores da bandeira brasileira (verde e amarelo)? (Professor, neste momento espere os estudantes responderem. Pelo senso comum o amarelo refere-se às riquezas e o verde às matas. Depois de eles responderem, desfaça o senso comum lembrando das cores das famílias reais. O amarelo representa a Casa de Habsburgo (D. Leopoldina) e o verde representa a Casa de Bragança (Dom Pedro I).

Link para impressão doc.: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/ZrEhNrqWGNAvgZJPHguteyqE9znZX7fEzq8S9nwqKHBuqSRAKGa9ZRU8N637/his8-12und04-bandeira.pdf

Imagem original disponível em: https://www.monarquia.org.br/images/Bandeiras/brasilimp1822.jpg Acesso em: 12 de fevereiro de 2019.

Para saber mais:

Sobre as bandeiras históricas do Brasil: https://www.monarquia.org.br/images/Bandeiras/brasilimp1822.jpg Acesso em: 12 de fevereiro de 2019.

Slide Plano Aula

Orientações:

No caso, o tipo de monarquia que D. Pedro I exerceu no Brasil, nos moldes da monarquia portuguesa, era bem diferente da monarquia parlamentar, em que o rei submetia-se às vontades do Parlamento, como já funcionava na Inglaterra desde o século XVII. No Brasil, D. Pedro tinha a palavra final com o Poder Moderador, estabelecido com a Constituição de 1824, funcionando como chave de organização política do Império. Este poder era considerado um mecanismo autoritário e centralizador, pois dava autoridade para o monarca regular os outros três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. Seu exercício ocasionou revoltas em algumas províncias, como a Confederação do Equador (Pernambuco).

Leia o texto do slide coletivamente e faça as seguintes perguntas aos estudantes:

  • Você sabe o que faz um moderador em um grupo de discussão online? (É interessante que os estudantes possam reconhecer a autoridade que o moderador tem em um grupo de discussão online, de permitir que algo seja postado ou não.)
  • Quem será que era o moderador na monarquia do D. Pedro I? (Os estudantes deverão relacionar a moderação com a autoridade de autorizar ou não o que acontecia no dia a dia do governo.)
  • O que significa a frase “vele sobre a manutenção da independência, equilíbrio e harmonia dos demais poderes políticos”? (Espera-se que os estudantes percebam que o papel do Poder Moderador era “supervisionar” os demais poderes para que eles ficassem em equilíbrio e que na prática era uma forma de controlar estes poderes.)

Link para impressão doc. : https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/k6EvFVZ2YSeSABHXkPM7MZsSxcdP3p6m9Q4QvcsKWFNkhcPxgyzyCK3bA4Sz/his8-12und04-constituicao.pdf

Texto original disponível em: https://ideg.com.br/constituicao-do-imperio-do-brazil-1824/ Acesso em: 12 de fevereiro de 2019.

Slide Plano Aula

Orientações:

Neste momento, o objetivo é caracterizar o modelo de governo monárquico estabelecido no Brasil com a figura de D. Pedro I. O meme proposto mostra o governante com a coroa verde e amarela, já observada em outros momentos da aula, na capital do Brasil (Rio de Janeiro) e faz uma referência ao Poder Moderador.

  • Como vocês imaginam que tenha sido o governo de D. Pedro I? (Com base no meme os estudantes poderão comentar sobre a natureza autoritária do Poder Moderador.)
  • D. Pedro I estava disposto a “ouvir” o que a população queria ou precisava? (Pode-se pensar sobre quais interesses D. Pedro I estava disposto a ouvir e atender: grandes latifundiários, pessoas influentes.)
  • Qual cidade aparece na janela do retrato de D. Pedro I utilizado neste meme? (Os estudantes poderão identificar a cidade do Rio de Janeiro.)
  • Por que esta cidade aparece ali? (Retome com os alunos o fato de que o palácio imperial fica na cidade do Rio de Janeiro e esta também foi a capital do Brasil até 1961.)

Link para impressão do doc. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/WQdSTMmCGjZj65nsCQPP6BFJmEtjS9dMypbuzb8pZrJrQtzb3W5yVnq3yaUd/his8-12und04-meme.pdf

Para saber mais:

LYNCH, Christian Edward Cyril. O discurso político monarquiano e a recepção do conceito de Poder Moderador no Brasil (1822-1824). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/dados/v48n3/a06v48n3.pdf

Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Após a análise das imagens os estudantes deverão formar grupos e cada grupo deverá elaborar um meme referente a uma das imagens analisadas na aula, estes memes deverão conter humor e a síntese do tema da continuidade da monarquia no Brasil independente.

O meme poderá ser produzido também com recortes de imagens tiradas da internet e poderão ser expostos para que outras turmas possam visualizá-los. Outra sugestão, caso haja um laboratório de informática com acesso à internet disponível, é usar o site https://www.gerarmemes.com.br/ e fazer a impressão dos memes gerados para a exposição.

Para saber mais:

O termo meme tem origem grega e significa imitação, é aplicado no mundo virtual a qualquer conteúdo (imagem, frase, informação, vídeo, ideia, trecho de música ou poesia etc.) que se popularize rapidamente se tornando “viral”. Assim, o meme é um recurso de comunicação com capacidade de se propagar entre as pessoas utilizando o humor como canal de movimento.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Os processos de independência nas Américas do 8º ano :

MAIS AULAS DE História do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08HI12 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano