15199
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Bebês

Atividade - Brincadeiras com linguagem: Leitura de História

Nesta proposta, veja como organizar e conduzir uma atividade de leitura com os bebês.

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Talita Regina Lopes de Oliveira Marques

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Anteriormente a proposta, tenha conhecimento da história utilizada. Como sugestão você pode utilizar “Bruxa, bruxa, venha à minha festa”, de Audrey Wood

Materiais:

Você precisará de uma história.Busque nos seus meios de pesquisa de costume uma história incrível. Você pode contar “Bruxa, bruxa, venha à minha festa”, de Arden Druce.

Um aparelho para reproduzir o som (caso queira sonorizar o ambiente com uma música instrumental), tule para a tenda e acessórios para a montagem (gancho, por exemplo), livro da história, almofadas ou travesseiros para tematizar, gravuras presentes no livro (para isso, providencie cópias e plastifique-as encapando com plástico, para que fiquem bem resistentes ao manuseio), máquina fotográfica ou celular para registro.

Espaços:

Prepare o ambiente previamente de forma atrativa aos bebês. Se desejar, sonorize o ambiente. Coloque no canto da sala de referência uma grande tenda de tule e almofadas, para ficar mais aconchegante. Deixe as gravuras disponíveis para instigar o interesse dos bebês (num cesto ou varal, de acordo com a disponibilidade do local).

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como o livro desperta o interesse dos bebês pela história? De que maneira os bebês demonstram interesse ao ouvir a história (acompanham atentamente com o olhar, observando as ilustrações)?

2. Como acontece a imitação entre eles e o adulto presente? Que tipo de repertório é ampliado, variações de entonação, gestos realizados pelos adultos ao recontar a história, modo de segurar o livro, virar as páginas etc.?

3. Durante a brincadeira cantada, que emoções, necessidades e desejos são expressados corporalmente? Que movimentos fazem, quais partes do corpo mais usam?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Convide os bebês e incentive a participação de todos. Propicie um espaço seguro para eles. Esteja disponível em local próximo, garantindo que todos tenham acesso a tenda e aos itens ali dispostos. É preciso que os objetos estejam acessíveis para os que ainda não se locomovem com autonomia. Narre o que está acontecendo e faça com que seu corpo sirva de suporte para os movimentos deles e para acolhê-los quando se fizer necessário.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Converse com os bebês do grupo todo acerca da proposta que será realizada, ou seja, a leitura de uma história. Provoque encantamento e se expresse corporalmente. Observe quais as reações iniciais dos bebês. Diga: “veja...o que será que acontecerá aqui hoje? Vamos ver o que temos dentro da tenda?”.

É relevante que todas as ações e situações sejam conversadas com os bebês previamente. Registre, se possível, o momento com fotos, vídeos e pequenas anotações para reflexão posterior.


2

Durante a leitura da história os bebês estarão próximos a você. Observe aquele bebê que bate suas perninhas e estende seus braços para pegar o livro que está na mão do professor. Leia exatamente como está no livro, sem trocar palavras. Treine a leitura antes para ler com ritmo e entonação instigante, despertando interesse e curiosidade nos bebês.

Ofereça o livro e encoraje o bebê a contar a história também. Converse com eles sendo recíproco às suas ações e nomeie tudo o que acontece. Note como ocorre a interação dos bebês com o professor e quais suas reações no decorrer da história acerca dos acontecimentos narrados. Observe a exploração, expressão corpórea, imitação das falas, gestos e quais os pontos de maior interesse do grupo.


3

Mostre o livro onde a história está escrita e permita que os bebês explorem esse portador de texto. Chame atenção para as gravuras que estão com os demais bebês que, por hora, não estão manuseando o livro. Observe suas reações ao reconhecer algo comum para eles. Valide suas iniciativas e descobertas.

Possíveis ações das crianças neste momento: O bebê explora o livro, passa suas mãos pelas páginas, acariciando e sentindo as imagens que estão alí. Nesse momento, ele observa os outros bebês que exploram as gravuras, vai em direção a uma delas e retorna ao livro. O bebê vira as páginas como viu o professor fazendo anteriormente e a observa. Alterna seu olhar,ora para a gravura em sua mão ora para figura do livro. Permanece nessa ação por algum tempo. Após alguns minutos levanta seu olhar e o direciona ao professor, sorri e balbucia buscando comunicar algo.

Possíveis falas do professor neste momento: Veja! O que você encontrou? Sim, são iguais!


Para finalizar:

Com a aproximação da finalização da proposta, converse com os bebês e convide-os para começarem a organizar o espaço. Para ajudar na localização temporal, avise-os qual será o próximo acontecimento do dia, garantindo uma antecipação do que irá acontecer. Informe o quanto é importante organizar o espaço antes de seguirem para a próxima experiência. Valorize e encoraje as iniciativas dos bebês neste momento. Pode ser usada uma música que marque o momento de arrumação com o grupo, como “Nós vamos guardar”, de Fabiana Goddoy (Ninho Musical). Para quem já finalizou a participação na vivência, deixe disponível uma caixa com brinquedos preferidos.

Desdobramentos

É muito importante ter a possibilidade de reapresentar essa vivência aos bebês, se possível, em outros ambientes. A contação de história desenvolve a criatividade, a imaginação, estimula a expressão corpórea e dos sentimentos.

Como sugestão conte ou cantarole: “Brincadeira do Pano Encantado” (Cia. Lúdica TV), “Dois passarinhos” (Cantinho da Música), “O macaco e a velha” (Momento da Criança), “Tartaruga e o Lobo” (Palavra Cantada), “O Rato” (Palavra Cantada) etc.

Engajando as famílias

Convide os familiares para acompanharos relatos das experiências vividas pelos bebês de forma conjunta. Monte um mural interativo, apresente os registros feitos pelos professores, envie para casa no formato de informativos ou coloque em um portfólio. Faça isso de acordo com a forma que costumam compartilhar em sua escola.

Se possível, faça o envio de uma caixa com o livro “Bruxa, bruxa, venha à minha festa” para casa, já com o registro deste trabalho. Destaque a importância da história contada para os bebês. Incentive os familiares a registrarem essa vivência com suas observações e sugestões. Todo esse material poderá ser compartilhado com a comunidade escolar em um rico acervo na escola.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EF03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EF05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano