14779
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Conhecendo vida e obra de Henri Matisse

Nesta atividade, as crianças irão fazer obras com recortes inspiradas no trabalho do artista Henri Matisse.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Renata Braga Fonseca

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Conhecendo a artista Niki e sua obra

Confecção de Nanás

Conhecendo a vida e obra de Henri Matisse

Recorte e Colagem de Henri Matisse

Oficina de artes inspiradas em Niki e Matisse

Materiais:

Pesquise na internet imagens de obras de arte do artista Henri Matisse, variando entre pinturas e recorte e colagem (sugestões: Interior vermelho, Janela aberta e Música são algumas pinturas e O palhaço, Tristeza do rei e O caracol são gravuras feitas em papel recortado). Providencie várias cópias de imagens impressas e um cesto para acomodá-las. Se não for possível, apresente-as no seu computador, celular ou livros de arte. Selecione uma foto do Henri Matisse. Salve pequenos vídeos do artista recortando papéis e criando suas colagens (uma sugestão aqui). Separe equipamento para visualizá-los. Sacos com papéis coloridos recortados em tamanhos e formatos diferentes, móbiles com imagens impressas de obras penduradas com barbantes, giz de cera, papéis, livros de histórias, catálogos de arte e massinha de modelar.

Espaços:

Esta atividade pode ser realizada na sala ou em um pátio interno. Pendure pelo espaço móbiles na altura das crianças com imagens de obras e com a foto do Henri Matisse para a apreciação delas. Esse momento poderá ser realizado em grande grupo, pequeno grupo ou individualmente. Distribua os móbiles com uma certa distância entre um e outro, deixando espaço para as crianças que preferirem apreciar as obras dos cestos no chão. Organize um espaço de grande roda para apreciação do vídeo e cantos acolhedores para a livre escolha das crianças que já não estiverem mais envolvidas na atividade. (sugestões: um canto para desenho e pintura, outro para folhear livros de historinhas e catálogos de arte e outro para modelagem).

Tempo sugerido:

Entre 40 minutos e 1 hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como a criança manuseia os móbiles distribuídos pelo espaço? Quais estratégias utiliza para segurá-los de forma que consiga visualizá-los? Suas estratégias englobam aspectos como controle corporal, coordenação, equilíbrio?

2. Como a criança transita entre as possibilidades de contato com as obras? Explora a criatividade e a brincadeira no momento da apreciação? Quais estratégias usa para relacionar as obras com os recortes de papéis?

3. Como as crianças interagem entre si durante a apreciação e as brincadeiras? Como expressam seus sentimentos e opiniões? Fazem uso da fala? De expressões corporais e faciais? Apontam para o que lhes chama atenção?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Perceba, além da comunicação oral, as reações corporais e expressões das crianças durante a apreciação das obras, seja apontando para alguma imagem de interesse, seja demonstrando entusiasmo. Procure incentivar todas a participar, mas respeite se alguma delas preferir só observar e ofereça os cantos de desenho, modelagem e de leitura como outra opção para elas.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Reúna as crianças em grande grupo e diga que irão brincar com recortes de papel, mas que antes conhecerão alguém que fazia obras de artes com a técnica do recorte. Convide-as para se organizarem ao redor de um dos móbiles e diga ali estão algumas obras de um artista chamado Henri Matisse, que ficou conhecido por seus desenhos, suas pinturas e esculturas. Chame a atenção para duas obras criadas com técnicas diferentes (sugestões: Interior vermelho, pintura, e Tristeza do rei, recorte e colagem ). Instigue as crianças sobre como as obras foram feitas. Escute as hipóteses levantadas por elas e faça perguntas para incentivar a exploração das imagens. Algumas podem se aproximar das imagens para tocá-las, ver algum detalhe ou apontar uma figura conhecida. Acolha e valorize essas iniciativas. Em alguns momentos, dê informações sobre as obras que podem não ser percebidas pelas crianças durante a apreciação das imagens, mas tome cuidado para não inibir as ideias delas.

Possíveis falas do professor neste momento: O Matisse criou a obra Tristeza do Rei usando a técnica de recorte e colagem. Ele quis criar uma obra serena, que trouxesse calma pra quem a olhasse. O que vocês sentiram ao ver essa obra?


2

Mostre para as crianças a foto do Matisse que está pendurada em um dos móbiles. Conte uma breve história da vida do artista e sobre como ele fazia as próprias obras. Deixe que as crianças se expressem fazendo comentários e perguntas. Seja responsivo às falas e valorize os comentários.

Possíveis falas do professor neste momento: Este da foto é o Henri Matisse, um artista famoso por criar pinturas com tintas e por pintar com tesouras. Isso mesmo! Mas será que dá para pintar com tesouras? Vamos descobrir isso! O Matisse começou a pintar quando era um rapaz e ficou conhecido pelos desenhos e cores que usava nas suas pinturas. Com o passar dos anos, ele se tornou um velhinho muito gentil e modesto. Certo dia, o Matisse ficou doente e percebeu que não podia mais ficar em pé para pintar. Como era um homem muito criativo ele começou a fazer recortes em papéis bem coloridos. Depois, ele colava com todo cuidado esses recortes em uma tela e criava obras lindas! Assim ele se tornou um dos maiores e mais criativos artistas do século e ficou conhecido como o mestre da cor.


3

Após a apresentação da história da vida do Matisse, retome a expressão pintar com tesouras e as possíveis falas das crianças a respeito dela. A partir disso, instigue-as a pensar em como o artista realizava essa técnica. Acolha, interaja e socialize com o grupo as diferentes hipóteses levantadas pelo grupo.Convide as crianças para se sentarem próximas ao computador e apresente um pequeno vídeo que mostre o Matisse recortando papéis coloridos e colando-os, para criar uma de suas obras. Observe o que as crianças comunicam vendo o vídeo e valide algumas hipóteses.

Possíveis falas do professor neste momento: Como será que o Matisse pintava com a tesoura? Ah! Você acha que ele colocava a tesoura no pote de tinta e pintava como se fosse um pincel? Pode ser! Quem acha que é assim também? Vamos ver como era?

4

Aponte para os outros móbiles que estão distribuídos pelo espaço e diga que neles estão outras obras do artista. Convide as crianças para apreciá-los. Distribua também pelo espaço cestos com imagens de algumas obras. Deixe os grupos se organizarem autonomamente ao redor dos cestos e andarem livremente apreciando as imagens dos móbiles. Reveze-se entre os pequenos grupos e ouça o que as crianças falam sobre o que está sendo perceptível para elas nas imagens. Deixe que manipulem livremente as imagens dos cestos ou dos móbiles, acompanhe e conduza a sua abordagem a partir do interesse individual de cada criança. Você pode instigar a apreciação apontando para o grupo alguma obra que uma criança escolheu. Explore a imaginação dos pequenos, ouça as falas deles, anote em um caderno os comentários e registre todos os momentos por meio de fotos.


5

Observe o interesse das crianças e ofereça para os pequenos grupos sacos com pedaços de papéis recortados, inspirados nas obras de Matisse. Proponha que brinquem livremente com os papéis como em um mosaico. Dê tempo para que criem suas formas e imagens e perceba o que falam sobre as produções. Faça referência à obra O caracol e aponte que foi unindo pedaços de papéis coloridos que o artista a criou. Explore a imaginação das crianças e faça perguntas sobre o que estão fazendo. Torne o momento da apreciação lúdico e significativo para elas. Fotografe as criações.


6

Observe a interação das crianças com os materiais e umas com as outras. Algumas delas podem não querer brincar com o mosaico, mas sim criar outras brincadeiras. Acolha as iniciativas e seja brincante também. Participe escolhendo alguns recortes e inventando um personagem, criando um diálogo entre você e o personagem ou entre ele e a criança, sugerindo que algum colega da turma crie outras narrativas com o recorte que ela tem na mão. Envolva outras crianças na brincadeira e respeite as que não quiserem participar. Fique atento ao repertório de criações dos pequenos com os pedaços de papéis e acompanhe tudo responsivamente. Observe se alguma criança relaciona os recortes de papéis com as obras do Matisse, essa relação entre o concreto dos papéis e o abstrato das obras pode demonstrar que ela percebe que está experimentando um mesmo conhecimento em contextos diferentes.


Para finalizar:

Ao se aproximar do tempo estimado para a atividade ou quando as crianças não estiverem mais tão envolvidas, comece a sinalizar que a proposta está chegando ao fim. Observe que algumas delas podem começar a se deslocar para os cantos que você organizou para desenho, modelagem ou folhear um livro. Comunique as que ainda estão envolvidas na apreciação ou na brincadeira com os papéis que a atividade está chegando ao fim e que logo irão organizar a sala para a próxima. Passado uns dez minutos, convide a turma para organizar os materiais e o espaço junto com você. Torne o momento de arrumação mais divertido, cantando uma música específica para isso ou fazendo uma brincadeira para esse fim. Comente qual será a próxima prática ou proponha o desafio de que juntem os pedaços de papéis em pares e de mãos dadas: uma criança segura o saquinho e a outra coloca os papéis dentro dele, sem que soltem as mãos.

Desdobramentos

Em outro momento, você pode propor que as crianças façam recortes de papéis coloridos para brincar de mosaicos na escola ou em casa. É importante solicitar também que elas pesquisem junto com as famílias curiosidades sobre a vida do artista e sobre as obras dele. Informe que as informações serão compartilhadas com as outras crianças no decorrer da semana.

Engajando as famílias

Organize um mural na entrada da sala ou em algum local que seja visível aos familiares das crianças e exponha as imagens do artista junto com as fotos das produções feitas durante a brincadeira de mosaico. Converse com os responsáveis, na entrada ou na saída, e relate brevemente aspectos do artista que foram apresentados para a turma e alguns momentos da apreciação das obras. Você pode também enviar saquinhos com os recortes de papéis coloridos para casa, para que as crianças brinquem junto com as famílias.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02CG04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02ET01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano