14768
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Atividade - Brincando com uma história musicada

Nesta proposta, as crianças irão ouvir uma mesma histórias contada de duas maneiras diferentes: pela leitura e de maneira musicada.

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Helena Cristina Cintra Eher

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para realizar esta atividade, é importante que você já tenha lido esta história algumas vezes para as crianças, de preferência recentemente, a fim de que estejam familiarizadas com a narrativa e com os personagens.

Materiais:

Providencie o livro "O caso do bolinho", de Tatiana Belinky, em mais de um exemplar (se possível) e um papel ou tecido para cobrir a capa dele. Nesse material que cobrirá a capa, faça alguns cortes que te possibilitem mostrar um personagem por vez (como se fossem janelinhas). Separe equipamento para projetar o vídeo. Se não houver essa possibilidade, coloque apenas o áudio para as crianças escutarem. Disponibilize objetos sonoros (como chocalhos, pandeirinhos, colheres de pau, tamborzinhos etc.) e acessórios (plumas, chapéus, colares, tiaras, óculos, aventais etc.) que as crianças possam usar na brincadeira com a história.

Espaços:

Organize a sala de maneira que as crianças possam assistir ao vídeo de forma confortável (atente-se à luminosidade). Deixe um espaço livre para que possam dançar e se movimentar. Próximo a esse espaço, arrume cantos com os objetos sonoros e acessórios de forma que fiquem visíveis e acessíveis às crianças.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. As crianças demonstram interesse em ouvir a história? Quais suas atitudes ao longo da leitura (apontam, antecipam situações e personagens, querem ver as ilustrações, diferenciam as ilustrações da escrita, fazem gestos e imitações)?

2. Como as crianças brincam com a história e com a música (dançam, usam instrumentos sonoros, usam os acessórios, fazem movimentos e gestos, observam, cantam, criam outras narrativas etc.)?

3. Que estratégias as crianças utilizam para se expressar e para interagir com as outras crianças e com o professor?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Fique atento às crianças que precisam de ajuda para se locomover ou se comunicar e verbalize o que expressam de diferentes maneiras. Como essa é uma brincadeira de se expressar na frente do grupo, e algumas crianças são mais extrovertidas que outras, perceba se todas encontram espaço para se colocar e procure estimular que participem ao modo delas, respeitando a individualidade de cada uma. Interfira o mínimo possível nas brincadeiras criadas pelas crianças.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Reúna as crianças em roda no grande grupo e diga que você trouxe uma história já conhecida para ler para elas. Mostre o livro coberto com um tecido ou uma folha de papel que não fique transparente e fale que vai mostrar a capa aos poucos, para que elas digam qual é o livro. Vá descobrindo a capa devagar, fazendo questionamentos a partir do que elas manifestam. Abra as "janelinhas" que você cortou no papel ou tecido, mostre um personagem de cada vez (primeiro o vô, depois a vó, depois o bolinho) e, por último, o título. Aguce a curiosidade e o interesse das crianças a cada intervenção e valide suas constatações.


2

Quando identificarem o livro, mostre a capa inteira e explore-a com as crianças (personagens, situações, textos, título, autor, ilustrador, editora). Pergunte o que lembram da história. Crie um ambiente no qual se sintam seguras e acolhidas para se expressar. Algumas podem levantar, imitar algum personagem, começar a rolar como o bolinho, se aproximar do livro para apontar algo ou querer virar as páginas para encontrar certo personagem. Outras podem começar a contar um trecho da narrativa, cantar a música do bolinho ou listar os personagens que lembram ou fazer questionamentos sobre a história. Fique atento para as diferentes formas que usam para se expressar e verbalize o que querem comunicar usando o corpo (por meio de gestos, movimentos, apontando etc.). Acolha suas iniciativas, considere os diferentes recursos que usam para lembrar da história, valorize e socialize as ideias delas.

Possíveis falas do professor neste momento: Isso mesmo, é o livro do bolinho. Olha, ele lembrou que o bolinho sai rolando por aí. Que mais o bolinho fazia? Muito bem! E alguém lembra como era a música? A raposa comeu o bolinho, né?! (se, por exemplo, uma criança imita esse gesto da raposa).


3

Avise que agora vocês lerão a história. Antes de começar, inicie o momento com algo que você já faz no seu dia a dia. Pode ser um verso, alguma atitude ou música que se torne "a chave" para abrir a atividade de leitura com as crianças. Sugestão: coloque a música “Dá sua mão”, do grupo Palavra Cantada, disponível aqui.


4

Leia a história sem fazer alterações no vocabulário ou inclusões adicionais ao texto. Atente-se à entonação e ao ritmo da narrativa. Mostre as ilustrações para as crianças. Elas podem reagir a determinados personagens com gestos, movimentos, imitações e palavras. Ouça e considere, mas não demore para voltar à leitura a fim de não perder o ritmo e o encadeamento da narrativa. Em histórias de repetição, como nesse caso, é comum que, quanto mais as crianças as escutam, mais se apropriam da narrativa e participam da leitura antecipando e completando a fala do professor. Observe como agem e interagem nesse momento, incentive e valorize sua participação.


5

Ao terminar a leitura, diga a elas que uma história pode ser contada de várias maneiras e que você trouxe um vídeo que conta a mesma história que você leu, mas de um jeito diferente. Mostre o vídeo da cantora Fortuna em uma tela grande, como um televisor ou data show. Possibilite que as crianças interajam livremente com a história e entre elas. Em um primeiro momento, pode ser que elas fiquem mais interessadas em apenas assistir, observando e se encantando com a história. Conforme forem assistindo, elas podem começar a dançar, cantar, antecipar momentos da narrativa, imitar os personagens, manusear o livro enquanto ouvem a música na tentativa de encontrar determinado trecho por meio da ilustração (disponibilize mais de um exemplar, se possível).


6

Observe os gestos e imitações criados pelas crianças. Aponte alguns movimentos que você percebeu que elas fizeram. Diga que você colocará o vídeo da história novamente e que elas podem participar como preferirem. Elas podem apenas ouvir, brincar de ser o bolinho e outros personagens, usar os acessórios e objetos sonoros disponíveis etc. Participe seguindo as ideias e os movimentos criados pelas crianças e não dirija suas ações. Insira alguns elementos na brincadeira para servirem de exemplo que elas possam imitar. Pegue um objeto sonoro, por exemplo, e comece a usá-lo marcando as rimas da história. Enquanto brinca de ser o bolinho junto com elas, use todo o espaço disponível, como se recriasse o caminho pelo qual o bolinho passou. Observe de que forma elas se envolvem na atividade e quais suas preferências neste momento. Enquanto brincam, observe se alguma "assume o comando" do grupo e, se necessário, proponha um revezamento de quem orienta os movimentos, permitindo que todas que quiserem possam assumir esse papel.


Para finalizar:

Coloque o vídeo algumas vezes, de acordo com o interesse das crianças, e avise quando for a última vez antes de organizarem o espaço e se prepararem para a próxima atividade (diga a elas o que vocês farão em seguida). Se tiverem que mudar de ambiente, convide-as a cantar a música do bolinho.

Desdobramentos

É muito importante que as histórias de repetição sejam lidas para as crianças mais de uma vez para que se apropriem cada vez mais da narrativa, se sentindo capazes até de realizar a leitura com autonomia. Em outro momento, divida as crianças em pequenos grupos e leve uma caixa com outros personagens conhecidos, para que incluam na história do bolinho. Outras histórias de repetição podem entrar para o repertório de leituras e brincadeiras, como é o caso de "O Grande Rabanete", uma narrativa que também foi musicada pela cantora Fortuna e pode ser levada para as crianças com a mesma proposta desta atividade.

Engajando as famílias

Escreva um bilhete para os familiares, o que pode ser feito com as crianças, contando sobre a história e mandando o link do vídeo, para que possam assistir em casa. Além disso, próximo à entrada da sala, monte um cantinho da leitura do dia. Assim, as crianças podem sempre convidar seus familiares para folhear o livro junto com elas. Conhecer as histórias permitirá que crianças e adultos possam interagir e conversar sobre elas. Além disso, vendo os livros lidos pelo professor, os familiares podem dar novas sugestões, recontar a história em casa e ampliar sua visão e conversa acerca da importância da leitura.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF05 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano