13613
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Entrevista sobre lugares de brincar no passado

Em uma conversa com moradores do bairro, os pequenos vão explorar sobre espaços onde se costumava brincar e as características que eles possuíam

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Fabiana Bechara da Fonseca

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Este plano faz parte de uma sequência de cinco. São eles:

Descobrindo lugares de brincar na região da escola (link)

Explorando um lugar de brincar (link)

Entrevista sobre lugares de brincar no passado (link)

Melhorias no lugar de brincar da região (link)

Planejando ações para o local de brincar (link)

Para realizar essa atividade é importante que sejam selecionados 2 moradores antigos do bairro (familiares, funcionários da escola, pessoas da comunidade) e que o grupo já tenha tido contato com entrevistas em outras propostas. Além disso, é fundamental que o grupo já tenha discutido sobre os lugares de brincar na região da escola e, se possível, visitado um deles.

Espaços:

Preveja que a atividade será realizada em sala. A proposta é que transcorra em 3 momentos. O primeiro e o último são uma conversa no grande grupoe o segundo a entrevista, que conta com a presença dos convidados. Por isso, organize o ambiente com o grupo de forma a proporcionar a participação de todos nos diferentes momentos.

Materiais:

Papel grande e marcador gráfico para cartaz, para registro das perguntas elaboradas para a entrevista e das informações coletadas. Sugere-se que seja preparada uma pequena demonstração de agradecimento aos convidados, elaborada pelas crianças, tais como: um certificado, um cartão ou uma placa feita pelo grupo.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 01 hora.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como as crianças interagiram com a proposta de buscarem informações sobre como eram os locais de brincar no passado?

2. Como o grupo se engajou para organizar a entrevista? As perguntas sugeridas seguiram o foco da proposta? As crianças encontraram formas para considerarem os diferentes pontos de vistas do grupo nesse movimento?

3. Durante a realização da entrevista, o que as crianças demonstravam? Ficaram surpresas com a diferenças do passado e do presente? Fizeram conexões das falas dos entrevistados com histórias que já vivenciaram?


<inicio-h1>

Para incluir todos:

<

fim-h1>

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança, do grupo ou dos convidados.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Inicie a atividade resgatando com o grupo a lista de lugares de brincar na região do bairro. Convide as crianças para pensarem se estes lugares sempre existiram. Como eles deveriam ser antigamente? Conte que você preparou a visita de antigos moradores do bairro, para que as crianças descubram sobre como eram esses lugares no passado por meio de uma entrevista. Ainda na conversa, instigue o grupo a se preparar para a entrevista, pensando nas perguntas que irão fazer aos convidados. Relembre as crianças que o objetivo da entrevista é descobrir como eram os lugares de brincar na região da escola no passado e que as perguntas devem buscar coletar essas informações. Diga que, para não esquecerem de nenhuma pergunta, você irá anotá-las em um cartaz, para que ele seja um apoio no momento da entrevista.

Possíveis falas do professor neste momento: Para que possamos fazer uma boa entrevista, precisamos nos preparar. Que perguntas iremos fazer? Será que existiam outros lugares de brincar além daqueles que colocamos em nossa lista? E os lugares de brincar que conhecemos, será que eram diferentes?

2

Após a elaboração das perguntas, convide as crianças para organizarem o espaço para receberem os convidados. Questione-as sobre como podem fazer isso, acolhendo as sugestões para a disposição das cadeiras. Chame a atenção quanto a importância de que todos estejam acomodados de modo que possam conversar e olhar para os convidados. Atente-se quanto às condições para acomodar confortavelmente os convidados.

Possíveis falas do professor neste momento: Como iremos receber nossos convidados? Onde eles irão sentar? É importante que o modo de organização possibilite que todos vejam e conversem com os entrevistados. Qual será a melhor forma?


3

Tendo o espaço organizado, defina com o grupo como será a dinâmica da entrevista. Acorde com as crianças como irão se organizar para fazer as perguntas, pedir a palavra, fazer o agradecimento e quem entregará a lembrança (se houver). Diga que, ao final da entrevista, vocês irão se reunir para refletirem e conversarem sobre como foi fazer a entrevista e o que descobriram ao entrevistar os moradores.


4

É chegada a hora da entrevista. Neste momento, peça ao grupo para se acomodar e receber os convidados. Apresente-os ao grupo e faça a abertura da entrevista. Em seguida, convide as crianças a iniciarem as perguntas. Caso o grupo não esteja a vontade para iniciar as perguntas, comente com os entrevistados sobre as experiências já realizadas pelo grupo sobre os lugares de brincar. Convide as crianças a complementarem seu relato e estabelecerem um diálogo com os convidados, realizando as perguntas combinadas. Durante a entrevista, observe como o grupo está se relacionando na experiência. Se necessário, faça pequenas intervenções que assegurem a continuidade da conversa e o foco nos lugares de brincar.

Possíveis falas do professor: Estamos aqui hoje para ouvir um pouco de vocês e como eram os lugares de brincar da região da escola quando vocês eram crianças. Temos conversado bastante sobre os lugares de brincar da região da escola. Já fizemos uma lista de todos os lugares que conhecemos ou que já brincamos, visitamos um local de brincar. Estamos reunindo muitas informações sobre estes lugares, não é crianças? Essa entrevista vai enriquecer nossa investigação e temos algumas perguntas, quem quer começar?


5

Observe o andamento da entrevista e administre o fechamento da conversa quando perceber que o grupo está satisfeito com as perguntas que realizaram. Sinalize que está chegando ao final da entrevista e pergunte se ainda existe alguma pergunta. Caso seja necessário, recorra ao cartaz com as perguntas preparadas, lembrando ao grupo algum item que não tenha sido abordado. Aproveite para perguntar se os entrevistados têm mais alguma consideração a fazer. Siga para a continuidade do que foi acordado pelas crianças em relação ao agradecimento e despedida dos convidados.

Possíveis falas do professor: Pessoal, o tempo da entrevista já está se esgotando, vamos dar uma olhadinha nas perguntas que preparamos para ver se não esquecemos de nada? Se estamos todos satisfeitos, é hora de agradecermos e nos despedir dos convidados.


6

Após as despedidas, reúna o grupo para fazer a partilha das descobertas. Pontue com o grupo o que descobriram sobre os lugares de brincar no passado, percorrendo as perguntas preparadas para a entrevista e anotando as informações coletadas sobre cada uma delas. Reflitam sobre a importância de acolher o conhecimento e a história de pessoas que já vivenciaram experiências diversas na comunidade. Relembre as falas dos convidados e complemente com experiências semelhantes já compartilhadas pelas crianças. Acolha a fala das crianças e instigue-as a ampliarem suas percepções por meio de bons questionamentos, considerando, por exemplo, pontos que outras crianças do grupo trouxeram.

Possíveis falas do professor: Nossa entrevista tinha como objetivo descobrir como eram os lugares de brincar na região da escola no passado. Conseguimos descobrir? Como eram os lugares antigamente? O que vocês acharam mais interessante na fala dos convidados? Olha, que valiosa essa percepção! Ela exemplifica a sua colocação (apontando o dedo para a criança que trouxe uma percepção complementar), não acha? Vocês acham que devemos pensar mais sobre isso?

Para finalizar:

Após as reflexões e trocas, convide o grupo para vivenciar a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

Crianças costumam apreciar a vivência de papéis como entrevistadores. Sendo assim, aproveite a motivação do grupo para propor outras coletas de informações, como fazer um levantamento de quantas crianças na escola já brincaram em algum lugar da lista, por exemplo. Você pode organizar com o grupo um painel que reúna registros gráficos e relatos das descobertas realizadas pelas crianças na entrevista com os moradores.

Engajando as famílias

Proponha às crianças que realizem entrevistas com seus familiares sobre os lugares que brincavam quando crianças e tragam os resultados para compartilhar com o grupo.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO06 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano